A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ULTRA-SOM. Ultra-som É uma modalidade de penetração profunda capaz de produzir alterações nos tecidos, por mecanismos térmicos e não térmicos. É uma modalidade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ULTRA-SOM. Ultra-som É uma modalidade de penetração profunda capaz de produzir alterações nos tecidos, por mecanismos térmicos e não térmicos. É uma modalidade."— Transcrição da apresentação:

1 ULTRA-SOM

2 Ultra-som É uma modalidade de penetração profunda capaz de produzir alterações nos tecidos, por mecanismos térmicos e não térmicos. É uma modalidade de penetração profunda capaz de produzir alterações nos tecidos, por mecanismos térmicos e não térmicos. Introdução: Introdução: 1950.

3 Princípios Físicos Piezoeletricidade foi descoberta por Pierre e Jacques Curie em Piezoeletricidade: é uma polarização elétrica produzida por certos materiais, como algumas moléculas e cristais, quando submetidos a uma deformação mecânica. É a propriedade que certos materiais (cristais) apresentam quando a se contraem e se expandem produzindo uma corrente elétrica. efeito piezoelétrico direto.

4 Efeito piezoelétrico inverso quando uma corrente alternada passa através do cristal piezoelétrico, resultando na contração e expansão dos cristais. Materiais piezoelétricos mais comuns: quartzo, turmalina, Sal de Rochelle,Titanato de Bário, Titanato Zirconato de Chumbo (PZT).

5 Princípios Físicos

6 Velocidade da Onda Ultra-sônica Velocidade de propagação metros/segundo Ar 330 Água 1500 Gordura 1430 Músculo 1620 tecidos moles 1540 Osso 3500

7 Tipos de Onda Ultra-Som Contínuo: Gera efeito térmico, mediante absorção pelos tecidos e sua transformação em calor. Método decorrente de: vibração molecular fricção atrito de partículas calor. Em tecidos mais vascularizados, é provável que o calor seja logo dissipado; em tecidos menos vascularizados, essa dissipação ocorrerá em menor intensidade.

8 Tipos de Onda U.S. Pulsado: Recurso empregado com objetivo principal de gerar efeito mecânico. Funciona com parâmetros como razão marca:espaço, intervalo, e ciclo livre. Intensidades mais altas podem ser usadas com segurança em um tratamento pulsado, pois o aquecimento médio é reduzido.

9 Efeitos Biológicos Efeitos Térmicos: Deve-se a absorção da onda ultra-sônica pelo tecido. -Aumento da extensibilidade de estruturas colágenas. Ex: ligamentos, cápsulas, tendões. Ex: ligamentos, cápsulas, tendões. -Aumento da circulação sanguínea.

10 Efeitos Biológicos Efeitos Não-Térmicos: Cavitação: formação de cavidades ou bolhas no meio liquido, contendo quantidades variáveis de gás ou vapor. Cavitação: formação de cavidades ou bolhas no meio liquido, contendo quantidades variáveis de gás ou vapor. a) Cavitação estável: vibração de corpos gasosos que oscilam geralmente de forma não linear. Terapêutica. a) Cavitação estável: vibração de corpos gasosos que oscilam geralmente de forma não linear. Terapêutica. Pode provocar alteração estrutural em células biológicas ou macromoléculas.

11

12 b) Cavitação instável: violenta implosão de bolhas associada a intensidade alta. Pode formar radicais livres. Não é terapêutica. Pode formar radicais livres. Não é terapêutica. Força de Radiação: pressão exercida na membrana celular que provavelmente contribui para a difusão de eletrólitos através dela. Força de Radiação: pressão exercida na membrana celular que provavelmente contribui para a difusão de eletrólitos através dela. Efeitos: Efeitos: - Alteração na permeabilidade celular. - Alteração na permeabilidade celular. - Facilitação do fluxo sanguíneo. - Facilitação do fluxo sanguíneo. - Aumento do suprimento de oxigênio, nutrientes. - Aumento do suprimento de oxigênio, nutrientes. - Aumento do metabolismo celular. - Aumento do metabolismo celular. Microfluxo acústico: pressão de radiação exercida pela onda ultra- sônica quando desloca-se através de um meio compressível. Microfluxo acústico: pressão de radiação exercida pela onda ultra- sônica quando desloca-se através de um meio compressível.

13 Efeitos Terapêuticos Tecido ósseo: - Acelera o reparo ósseo. - Acelera o reparo ósseo. O Ultra-som pulsado faz com que os osteoblastos acelerem seus potenciais de membrana permitindo o bombeamento de íons e a captação de nutrientes. O Ultra-som pulsado faz com que os osteoblastos acelerem seus potenciais de membrana permitindo o bombeamento de íons e a captação de nutrientes. Aumento do fluxo sanguíneo no local da fratura, alterando o fluxo de cálcio. Aumento do fluxo sanguíneo no local da fratura, alterando o fluxo de cálcio.

14 Efeitos Terapêuticos Tecidos Moles: Fase Inflamatória aguda: 1- Estimula a liberação de grânulos pelos mastócitos. 2- Aumento da permeabilidade lisossomal. 3- Aumento do influxo de cálcio pelos mastócitos. Fase Proliferativa: 1- Aumento do influxo de cálcio nos fibroblastos. 2- Aumento da resistência da cicatrização. 3- Abreviação na resolução do processo inflamatório.

15 Efeitos Terapêuticos F ase de remodelamento: -Aumento da deposição de colágeno. -Aumento da elasticidade mudança da disposição de fibras colágenas.

16 Parâmetros 1- Área de Rarefação Efetiva (ERA): todos os pontos nos quais a intensidade ultra-sônica é igual ou superior a 5 % da intensidade ultra-sônica máxima expressa em centímetros quadrados. 4 cm 2 4 cm 2 2- Intensidade: quantidade de energia que passa por unidade de área na unidade de tempo. Unidade: W/cm2 0,01 a 2,0 W/cm2 Efeitos terapêuticos térmicos: 0,5 a 3 w/cm 2 Não térmicos: entre 0,1 a 0,5 w/cm 2

17 Parâmetros Intensidade Temporal Média: mede a potência de energia ultra-sônica liberada nos tecidos em um dado período. Ex: U.S. Pulsado: 50 %, Intensidade: 2 w/cm2 ( 2 w/cm2 x 0,5= 1 w/cm2) ITM: 1 watt/cm2. 3- Saída Contínua: 5 cm de profundidade. 4- Saída Pulsada: redução dos efeitos térmicos e aumento da produção dos efeitos não-térmicos. 1:2; 1:4; 1:6

18 Parâmetros 5- Potencia: quantidade de energia produzida por um transdutor. Intensidade x ERA Unidade de medida: watts 6- Freqüência: 1MHz a 3 MHz

19 Parâmetros Tempo: depende da área, intensidade e metas terapêuticas. T= Área / ERA 4 cm largura e 5 de comprimento = 20 cm2 T= 20/4 = 5 minutos Tempo máximo= 15 minutos por área

20 Período de repetição dos pulsos Ciclo de Trabalho 50%, 25%, 20%, 15%, 10% e 5%. Agudo: 5 ou 10 % Subagudo: 20 a 25 % ou 50 %

21 Freqüência de repetição dos pulsos: Geralmente é fixa 100 Hz -16 e 48Hz: reparo de feridas (cicatrização), agudo Hz: subagudo

22 Agentes de Acoplamento Materiais: géis hidrossolúveis e água desgaseificada. Aplicação Direta: superfícies planas. Aplicação Subaquática: superfícies de contornos irregulares. Aplicação com bolsa dagua

23 Contra-Indicações. Baço; Cérebro Diabetes; Endoprótese Epífise óssea em crescimento Infecção urinária/renal Órgãos reprodutores Osteoporose Sobre a coluna Tumores; Varizes

24 FONOFORESE Introdução de agentes farmacológicos através da pele. Principio: cavitação Aumento da permeabilidade da membrana.


Carregar ppt "ULTRA-SOM. Ultra-som É uma modalidade de penetração profunda capaz de produzir alterações nos tecidos, por mecanismos térmicos e não térmicos. É uma modalidade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google