A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Período Joanino (1808-1821) O Brasil se torna sede do reino português. Unidade 6 Tema 3.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Período Joanino (1808-1821) O Brasil se torna sede do reino português. Unidade 6 Tema 3."— Transcrição da apresentação:

1 Período Joanino ( ) O Brasil se torna sede do reino português. Unidade 6 Tema 3

2 Portugal entre duas potências Bloqueio continental Relação de dependência Portugal- Inglaterra. Logo após o final da União Ibérica ( ), o país caíra sob a dominação da Inglaterra. Assinatura do Tratado de Methuen (ou dos Panos e Vinhos). D. João, príncipe regente.

3 Decisão de D. João O governo francês enviou um ultimato a Portugal: ou aderia ao Bloqueio Continental, ou teria seu território invadido. Nessa situação crítica o governo britânico oferecia proteção naval para que não só a Família Real, mas toda a Corte Portuguesa e os funcionários do governo se transferissem para o Brasil. Portugal se comprometia – mediante um acordo firmado secretamente – a ceder temporariamente a estratégica Ilha da Madeira aos britânicos e a permitir o comércio direto entre a Grã-Bretanha e o Brasil.

4 A vinda da família real para o Brasil A aproximação dos franceses desencadeou confusão e desespero. Ao todo, mais de pessoas apertaram-se a bordo de 16 navios de guerra e 20 de transporte – todos portugueses. A frota britânica do almirante Sidney Smith dava-lhes cobertura. Foram embarcados os arquivos dos ministérios, móveis e pratarias, bem como uma enorme soma de dinheiro, equivalente à metade das moedas que circulavam em Portugal. Parte da guarnição militar de Lisboa também foi para bordo com seu armamento. O ESTADO METROPOLITANO PORTUGUÊS TRANSFERIU-SE PARA SUA COLÔNIA BRASILEIRA! Essa completa subversão das regras do pacto colonial traria enormes benefícios para o Brasil.

5 Abertura dos portos A transferência do Estado Português para o Brasil foi fundamental para que nosso país pudesse encaminhar seu processo de emancipação política. O primeiro passo nesse sentido foi abertura dos portos brasileiros a todas as nações amigas – que na ocasião se resumiam à Inglaterra, já que até os Estados Unidos mantinham relações preferenciais com a França Napoleônica. Tratado de Comércio e Navegação, concedia tarifas privilegiadas às exportações inglesas no Brasil. Necessidade de abastecer a corte.

6 Mudanças D. João, tomou numerosas iniciativas importantes. No plano econômico: foi revogado o alvará de D. Maria I que proibia a instalação de indústrias no Brasil; criaram-se a Casa da Moeda e o Banco do Brasil; no militar, fundaram-se as Academias Militar e Naval e foi implantada uma fábrica de munições; A maior de todas essas realizações deu-se em 1815, quando foi instituído o Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves. O Brasil deixava de ser uma colônia, equiparava-se a Portugal e, mais que isso, tornava-se a sede do reino.

7 Mudanças No plano cultural: surgiram a Imprensa Régia, e a Gazeta do Rio de Janeiro, primeiro jornal impresso no Brasil, a Biblioteca Real, o Real Teatro de S. João, o Jardim Botânico as Escolas de Medicina da Bahia e do Rio de Janeiro, após a queda de Napoleão, contratou a vinda de uma importante Missão Artística Francesa.(Artistas: Taunay e Debret), Tentou transformar a cidade do Rio de Janeiro no cartão postal do reino.

8 Imagens de Debret

9

10

11

12

13

14 Taunay

15 Debret: regresso da família real

16 TAREFA Para divertir o fim de semana!!!! Página 158 Exercícios 1,2,3,4

17 Regresso de D. João Em Portugal, o governo de D. João VI ele gerou fortes ressentimentos entre a burguesia, que perdera o lucrativo monopólio do comércio com o Brasil. Além da crise econômica, Portugal sofrera com as invasões francesas (foram três) e com as lutas travadas principalmente por tropas britânicas para repeli-las. Adicionalmente, havia um sentimento de humilhação diante da Inversão Brasileira, que colocara o Brasil no topo do Reino Unido, tanto em termos administrativos como econômicos. Napoleão caíra definitivamente em 1815; mas D. João recusava-se a voltar para Portugal, o que abria a perspectiva de o Rio de Janeiro se tornar a capital permanente da Monarquia Lusa.

18 Revolução Liberal do Porto. Causas As idéias liberais (isto é, antiabsolutistas) vinham penetrando em Portugal. Essa ideologia ganhou espaço durante a ausência da Família Real, já que tanto ingleses como franceses – cujas tropas disputavam o território português – representavam tendências contrárias ao Antigo Regime ainda vigente em Portugal. Após a expulsão dos invasores franceses, Portugal passou a ser administrado por um general inglês, Beresford. Na prática, porém, ele atuava como administrador absoluto, subordinado apenas formalmente à ao rei.

19 Revolução Liberal do Porto Em 1820, irrompeu na cidade do Porto uma revolução liberal, conduzida pela burguesia mas com forte participação popular. O movimento ganhou rapidamente o país e uma Junta Provisória de governo convocou eleições para uma Assembléia Constituinte que poria fim ao absolutismo. Assembléia Constituinte foi instalada em Lisboa, com o nome de Cortes. Deputados brasileiros foram enviados para participar dos debates. Mas as Cortes de Lisboa tinham o projeto de recolonizar o Brasil, acabando com o Reino Unido. Para executar esse projeto, era necessário primeiro que o governo português se reinstalasse em Portugal.

20 Exercícios Em sala: exercícios (1 a 4) p.175 e p.179. Em casa: exercícios: p. 172


Carregar ppt "Período Joanino (1808-1821) O Brasil se torna sede do reino português. Unidade 6 Tema 3."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google