A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ap 21.1 Vi novo céu e nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ap 21.1 Vi novo céu e nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe."— Transcrição da apresentação:

1 Ap 21.1 Vi novo céu e nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe.

2 NOVO CÉU E NOVA TERRA Vimos que a terra permanecerá para sempre. (Is 60.21) Ec 1.4 Geração vai e geração vem; mas a terra permanece para sempre.

3 Nas passagens que falam que a terra passará a palavra é: parercomai : Passar de uma condição para outra.

4 Ap 21.1 Vi novo céu e nova terra, Kai eidon ouvranon kainon kai gen kainen neos = Diz respeito ao tempo e se aplica ao que recentemente veio à existência. kainos = Diz respeito à qualidade e se aplica ao que demonstra características novas.

5 2Co 5.17 E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas. Kainon = arcaia (como a original) Gl 6.15; Mt 26.29; Lc 22.20; etc.

6 O NOVO CÉU E A NOVA TERRA Que é o céu? É um lugar? Como a terra será renovada? Como será a vida no novo céu e na nova terra?

7 Viveremos eternamente com Deus no novo céu e na nova terra. Após o juízo final, entraremos em um reino onde nunca mais haverá maldição. Nela (na Nova Jerusalém), estará o trono de Deus e do Cordeiro. Os seus servos o servirão (Ap 22.3)

8 Ap Vi também a cidade santa, a nova Jerusalém, que descia do céu, da parte de Deus, ataviada como noiva adornada para o seu esposo. Então, ouvi grande voz vinda do trono, dizendo: Eis o tabernáculo de Deus com os homens. Deus habitará com eles. Eles serão povos de Deus, e Deus mesmo estará com eles.

9 Na visão de João, ele vê a cidade santa, a nova Jerusalém que descia do céu, da parte de Deus, e ouve uma voz:... Eis o tabernáculo de Deus com os homens. Deus habitará com eles... (vers. 3) Então haverá uma união do céu com a terra nessa nova criação e ali viveremos na presença de Deus.

10 Que é o céu? O lugar em que Deus habita. O Senhor diz o céu é o meu trono (Is 66.1) O céu é o lugar em que Deus torna conhecida da forma mais completa a sua presença para abençoar. A maior manifestação da presença de Deus para abençoar é vista no céu, onde é adorado pelas criaturas celestiais e santos redimidos.

11 O céu é um lugar, não apenas um estado mental. É esse lugar de habitação de Deus que de alguma maneira será feito novo no tempo do juízo final e unido à uma terra renovada.

12 Várias passagens indicam que a criação física será renovada de forma expressiva. Rm A ardente expectativa da criação aguarda a revelação dos filhos de Deus. Pois a criação está sujeita à vaidade, não voluntariamente, mas por causa daquele que a sujeitou, na esperança de que a própria criação será redimida do cativeiro da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus.

13 Mas a terra será simplesmente renovada ou será destruída por completo e substituída por uma nova terra recriada por Deus?

14 Algumas passagens parecem falar de uma criação inteiramente nova. Hb Eles perecerão; tu, porém, permaneces; sim, todos eles envelhecerão qual veste; também, qual manto, os enrolarás, e, como vestes, serão igualmente mudados; tu, porém, és o mesmo, e os teus anos jamais terão fim. Também: Hb ; 2Pe 3.10; etc.

15 2Pe 3.10, que fala dos elementos que se desfazem e da terra e as obras sobre ela que são queimadas, não falam do planeta terra, mas das coisas sobre a superfície da terra (ou seja, a maior parte da terra e das coisas sobre a terra). 2Pe 3.10 Virá, entretanto, como ladrão, o Dia do Senhor, no qual os céus passarão com estrepitoso estrondo, e os elementos se desfarão abrasados; também a terra e as obras que nela existem serão atingidas.

16 Deus fez a criação original muito boa. Gn 1.31 Viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom. Houve tarde e manhã, o sexto dia. Não há nada inerentemente pecaminoso ou mau ou não espiritual no mundo físico que Deus fez ou nas suas criaturas, ou ainda no corpo físico que nos deu.

17 Nosso corpo ressurreto fará parte da nova criação. Em vista disso, no novo céu e nova terra haverá lugar e atividades para nosso corpo ressurreto, que nunca envelhecerá nem adoecerá.

18 Se Deus destruisse o mundo físico por completo, seria o reconhecimento de que o pecado frustrou e venceu os seus propósitos. Rm porque os dons e a vocação de Deus são irrevogáveis.

19 A terra será perfeita e também nosso corpo físico será novamente muito bom aos olhos de Deus e servirá para cumprir os propósitos originais com que o Senhor nos colocou na terra.

20 Hb 2.8 Todas as coisas sujeitaste debaixo dos seus pés. Ora, desde que lhe sujeitou todas as coisas, nada deixou fora do seu domínio. Agora, porém, ainda não vemos todas as coisas a ele sujeitas;

21 Isso concretizará o plano original de Deus de ter todas as coisas no mundo sujeitas ao homem que ele criou. Nesse sentido, então, herdaremos a terra (Mt 5.5) e reinaremos sobre ela como Deus planejou no princípio.

22 Por essa razão, não deveria nos causar tanta surpresa o fato de que algumas descrições da vida no céu incluem aspectos que em grande medida são partes da criação física ou material que Deus fez.

23 Comeremos e beberemos na ceia. Ap 19.9 Então, me falou o anjo: Escreve: Bem-aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro. E acrescentou: São estas as verdadeiras palavras de Deus.

24 O rio da água da vida passa no meio da rua principal. Ap 22.1 Então, me mostrou o rio da água da vida, brilhante como cristal, que sai do trono de Deus e do Cordeiro.

25 Quando consideramos o fato de que a presente criação é temporária e que nossa vida na nova criação será eterna, temos uma forte motivação para viver uma vida ética e cristã, acumulando tesouros no céu.

26 Jesus nos diz: Mt Não acumuleis para vós outros tesouros sobre a terra, onde a traça e a ferrugem corroem e onde ladrões escavam e roubam, mas ajuntai para vós outros tesouros no céu, onde traça nem ferrugem corrói, e onde ladrões não escavam, nem roubam, porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração.

27 A nova criação será um lugar de grande beleza, abundância e alegria na presença de Deus. Na descrição do céu em Apocalipse 21 e 22, isso é afirmado várias vezes.

28 Ap Vi novo céu e nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. Vi também a cidade santa, a nova Jerusalém, que descia do céu, da parte de Deus, ataviada como noiva adornada para o seu esposo. Então, ouvi grande voz vinda do trono, dizendo: Eis o tabernáculo de Deus com os homens. Deus habitará com eles. Eles serão povos de Deus, e Deus mesmo estará com eles.

29 Cidade santa Preparada como noiva adornada para o seu esposo. Não existirá morte, nem luto, pranto ou dor. Beberemos de graça da fonte da água da vida. É uma cidade que tem a glória de Deus. Semelhante a uma pedra preciosíssima. Uma cidade imensa. Nela nunca entrará nada contaminado.

30 Porém, mais importante do que tudo é o fato de que estaremos na presença de Deus sem nenhuma barreira. Ap Então, ouvi grande voz vinda do trono, dizendo: Eis o tabernáculo de Deus com os homens. Deus habitará com eles. Eles serão povos de Deus, e Deus mesmo estará com eles. E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram.

31 Ap A cidade não precisa nem do sol, nem da lua, para lhe darem claridade, pois a glória de Deus a iluminou, e o Cordeiro é a sua lâmpada. Esse será o cumprimento do propósito de Deus em nos chamar para a sua glória e virtude (2Pe 1.3).

32 Então habitaremos com ele com exultação, imaculados diante da sua glória. Jd Ora, àquele que é poderoso para vos guardar de tropeços e para vos apresentar com exultação, imaculados diante da sua glória, ao único Deus, nosso Salvador, mediante Jesus Cristo, Senhor nosso, glória, majestade, império e soberania, antes de todas as eras, e agora, e por todos os séculos. Amém!

33 Às vezes experimentamos a alegria da genuína adoração a Deus. Mas nessa cidade essa alegria será multiplicada muitas vezes mais e veremos o cumprimento do objetivo para o qual fomos criados.

34 Nossa maior alegria será ver o próprio Senhor e estar com ele para sempre. Quando João fala das bênçãos da cidade celestial, o ponto culminante é :...contemplarão a sua face (Ap 22.4)

35 Sl Quem mais tenho eu no céu? Não há outro em quem eu me compraza na terra. Ainda que a minha carne e o meu coração desfaleçam, Deus é a fortaleza do meu coração e a minha herança para sempre.

36 Pr. Marco Antonio de Souza


Carregar ppt "Ap 21.1 Vi novo céu e nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google