A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ATMOSFERA COMPOSIÇÃO: 78% Nitrogênio 21% Oxigênio 1% Outros gases Na Troposfera quanto mais elevada a altitude menor a temperatura. Em média a cada 200m.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ATMOSFERA COMPOSIÇÃO: 78% Nitrogênio 21% Oxigênio 1% Outros gases Na Troposfera quanto mais elevada a altitude menor a temperatura. Em média a cada 200m."— Transcrição da apresentação:

1 ATMOSFERA COMPOSIÇÃO: 78% Nitrogênio 21% Oxigênio 1% Outros gases Na Troposfera quanto mais elevada a altitude menor a temperatura. Em média a cada 200m a temperatura diminui 1º C.

2 Pressão atmosférica e deslocamento do ar (vento)

3 Brisa Maritima e Brisa Continental Obs: A água (oceanos) naturalmente aquece mais lentamente do que as áreas continentais, consequentemente se resfria mais lentamente.

4 Clima de Monções – Ventos sazonais Monções de Verão – Elevam a umidade no continente asiático – ideal para a agricultura, porém o volume das chuvas pode causar inundações. Monções de Inverno – Empurram a umidade para fora do continente asiático, causando escassez de chuvas.

5 Célula polar Célula de Ferrel Célula de Hadley Circulação do ar atmosférico global

6 FATORES CLIMÁTICOS Altitude – Quanto maior a altitude menor a temperatura. Latitude – Quanto maior a latitude menor a temperatura. Relevo – É fator climático quando “age” como barreira natural – impedindo a passagem dos ventos ou criando corredores de vento. Maritimidade – Influencia áreas próximas ao mar (litoral) causando maior umidade do ar e “equilibrando” a temperatura, consequentemente a amplitude térmica é “baixa”. Continentalidade – Influencia áreas no interior dos continentes (distantes do mar), causa menor umidade do ar – a amplitude térmica nessas áreas é maior do que no litoral. Correntes marítimas – Observamos dois tipos de correntes: as quentes e as frias. -Correntes quentes – originam-se em regiões tropicais e deslocam-se em direção as regiões polares (aumentando a temperatura e a umidade por onde passam). -Correntes frias – originam-se em regiões polares e deslocam-se em direção as regiões tropicais (diminuindo a temperatura e a umidade por onde passam). MASSAS DE AR

7 Massas de ar – São grandes “bolhas” de ar que ao se deslocarem carregam consigo as características do local de origem. Podem ser:  Quente e úmida;  Quente e seca;  Fria e úmida;  Fria e seca. Tipos:  Equatorial – Forma-se em áreas equatoriais.  Tropical – Forma-se em regiões próximas aos tropicos.  Polar – Forma-se em regiões polares. Obs: O encontro entre massas de ar (quente e fria) causam as frentes frias ou quentes. Esse encontro geralmente provoca as chamadas chuvas frontais.

8 Ação das Massas de Ar no Brasil Entre os fatores climáticos, é um dos mais importantes na formação dos climas.

9

10 Climas do Brasil  Equatorial – Predominante na região Norte (Amazônia). -Apresenta temperaturas elevadas o ano todo (amplitude térmica ± 4º C.) -As chuvas são abundantes o ano inteiro (índice pluviométrico em torno de 3.500mm/ano).  Tropical Típico – Predominante no Planalto Central brasileiro, abrange ainda parte no Nordeste e Sudeste do país. -Apresenta duas estações distintas: Verão chuvoso (índice pluviométrico em torno de 1.500mm/ano). Inverno seco. - As temperaturas são elevadas (amplitude térmica em torno de ± 6º C.) Obs: A massa Equatorial continental é a responsável pelas chuvas no verão.

11  Tropical Litorâneo – Abrange o litoral Nordestino e do Sudeste. -Apresenta temperaturas elevadas o ano inteiro (amplitude térmica ± 7º C.) -As chuvas são bem distribuídas durante o ano, entretanto com maior concentração no inverno (índice pluviométrico em torno de 2.000mm/ano).  Tropical de Altitude – Predominante nas serras e planaltos do Sudeste. -O fator altitude tem grande importância na formação deste clima. -Apresenta duas estações distintas: Verão chuvoso (índice pluviométrico em torno de 1.700mm/ano) – temperaturas elevadas. Inverno seco – temperaturas amenas (de moderado a frio – com ocorrência de geada). - Amplitude térmica ± 8º C.

12  Tropical Semi-árido – Predominante no Sertão Nordestino, parte do Agreste e extremo norte de Minas Gerais. -Apresenta escassez de chuvas (índice pluviométrico em torno de 500mm/ano) – período das chuvas de fevereiro a maio. -Temperaturas elevadas (amplitude térmica ± 9º C.)  Subtropical – Predominante na região Sul do Brasil. -Apresenta as quatro estações bem definidas. -As chuvas são bem distribuídas durante o ano todo (índice pluviométrico em torno de 3.000mm/ano). -Apresenta verão quente e inverno frio (geada e neve esporádica). -Amplitude térmica ± 13º C. Obs: O relevo (planalto da Borborema) impede que as massas úmidas cheguem até o Sertão Nordestino – provocando as chuvas orográficas ou de relevo -

13


Carregar ppt "ATMOSFERA COMPOSIÇÃO: 78% Nitrogênio 21% Oxigênio 1% Outros gases Na Troposfera quanto mais elevada a altitude menor a temperatura. Em média a cada 200m."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google