A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CABEAMENTO ESTRUTURADO INFRAESTRUTURA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO Data: 07 e 09/08/2012 Professor: Júlio César Pacheco

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CABEAMENTO ESTRUTURADO INFRAESTRUTURA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO Data: 07 e 09/08/2012 Professor: Júlio César Pacheco"— Transcrição da apresentação:

1 CABEAMENTO ESTRUTURADO INFRAESTRUTURA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO Data: 07 e 09/08/2012 Professor: Júlio César Pacheco

2 CABEAMENTO ESTRUTURADO –MARIN, Paulo Sérgio. Cabeamento Estruturado – Desvendando cada passo: do projeto à instalação. São Paulo: Érica, 2008 Bibliografia

3 CABEAMENTO ESTRUTURADO Sistemas de Processamento em Batch: Implementados na década de 1950; Equipamentos enormes, caros e operados por mão de obra especializada; Usuários submetiam jobs (em cartões ou fitas magnéticas) em lotes (batchs); Não havia interação usuário/sistema e as filas de processamento eram inevitáveis. Centro Processamento em Batch Evolução dos Sistemas Computacionais

4 CABEAMENTO ESTRUTURADO Sistemas de Time-sharing: Implementados na década de 1960; Implementação de terminais interativos, que acessavam o sistema através de linhas de comunicação (enlaces); O sistema opera em compartilhamento de tempo de processamento (time –sharing) para atendimento de vários usuários simultaneamente; Centro Processamento em Time-sharing Evolução dos Sistemas Computacionais (cont) USUÁRIOSUSUÁRIOS

5 CABEAMENTO ESTRUTURADO Sistemas Distribuídos (década de 1970): Os terminais de usuários evoluíram para mini e microcomputadores de bom desempenho e baixo custo; Surgiram novas arquiteturas de sistemas, onde a inteligência passou a ser distribuída pelo sistema, possibilitando aumento de velocidade de processamento, melhor modularidade e compartilhamento de recursos. Sistema de Comunicação Evolução dos Sistemas Computacionais (cont) Impressora Disco

6 CABEAMENTO ESTRUTURADO Uma Rede provê o compartilhamento de informações e recursos. Trabalhar em um ambiente de rede permite que pessoas ou grupos compartilhem estas informações e recursos. Redes de Computadores

7 CABEAMENTO ESTRUTURADO Vantagens na utilização das Redes de Computadores Confiabilidade Redução de custos Escalabilidade Convergência Disponibilização de Recursos

8 CABEAMENTO ESTRUTURADO Disponibilização plena de recursos: Programas, equipamentos e dados disponíveis para todos na rede, independente da localização física de recursos e usuários; Confiabilidade: Arquivos importantes e/ou muito usados, podem ser replicados em dois ou mais computadores (redundância); Redução de custos: Ao se duplicar recursos ou compartilha- los, evita-se ter que ter várias cópias de um mesmo objeto. Por exemplo, compartilhamento de impressora ou gravador de DVDs. Vantagens na utilização das Redes de Computadores

9 CABEAMENTO ESTRUTURADO Escalabilidade: Pode-se aumentar a performance do sistema gradualmente, de acordo com o crescimento da demanda, acrescentando recursos mais poderosos à rede; Convergência: Manipulando as informações de forma totalmente digital, é possível integrar em uma única plataforma os mais diversos serviços, tais como voz, dados e imagens. Vantagens na utilização das Redes de Computadores

10 CABEAMENTO ESTRUTURADO REDE TÍPICAS Internet SOHO (pequenas redes) WORKGROUP (número pequeno de usuários, geralmente de um grupo de trabalho). DEPARTAMENTAL (conjunto de workgroups) Marketing Shows e exibições Studio Marketing LAN / WAN

11 CABEAMENTO ESTRUTURADO REDE TÍPICAS Matriz CORPORATIVA (interconexão de LANs, locais e remotas) LAN / WAN

12 CABEAMENTO ESTRUTURADO Em função da dimensão da área geográfica a ser atendida por uma rede, a mesma pode ser classificada em: Classificação das Redes de Computadores

13 CABEAMENTO ESTRUTURADO LAN (Local Area Network) rede que permite a interconexão de equipamentos de comunicação de dados em uma pequena região delimitada geralmente por uma sala, empresa, escritório, prédio ou campus. Características: Pequeno alcance (de centenas de metros a algumas dezenas de quilômetros); Geralmente de propriedade privada; Altas taxas de transmissão (atualmente de 10 Mbps a 1 Gbps); Baixas taxas de erro ( BER de a ). Classificação das Redes de Computadores

14 CABEAMENTO ESTRUTURADO MAN (Metropolitan Area Network): rede que permite a interconexão de equipamentos de comunicação de dados em uma região metropolitana geralmente composta por um centro urbano com grande demanda de serviços. Características: Médio alcance (de várias dezenas a centenas de quilômetros); De propriedade de pequenas ou médias operadoras (públicas ou privadas); Altas taxas de transmissão (atualmente de 1 a 2.4 Gbps); Utilizam-se principalmente de fibras ópticas e eventualmente de enlaces de rádio. Classificação das Redes de Computadores

15 CABEAMENTO ESTRUTURADO WAN (Wide Area Network): a rede que permite a interconexão de equipamentos de comunicação de dados através de longas distâncias, geralmente interligando cidades, países ou continentes. Características: Grande alcance (de várias centenas a milhares de quilômetros); Geralmente de propriedade de grandes operadoras (públicas ou privadas); Baixas taxas de transmissão (de 64 Kbps a 2 Mbps, chegando hoje a Gbps); Por questões de confiabilidade é importante o estabelecimento de caminhos alternativos. Classificação das Redes de Computadores

16 CABEAMENTO ESTRUTURADO Define a forma como todos os dispositivos estão ligados entre si, bem como se processa a troca de informação entre eles. Ela garante a redução de custos e aumento da eficiência do sistema através da combinação de recursos outrora dispersos Topologia das Redes de Computadores

17 CABEAMENTO ESTRUTURADO Multiponto: Cada enlace se conecta a três ou mais pontos da rede; Exemplo: Barramento; Ponto a Ponto: Cada enlace se conecta a apenas dois pontos da rede; Exemplos: Estrela, Anel; Topologia das Redes de Computadores

18 CABEAMENTO ESTRUTURADO Barramento: Barramento (físico e lógico) Topologia das Redes de Computadores

19 CABEAMENTO ESTRUTURADO Barramento: Topologia das Redes de Computadores Todos os computadores estão ligados a um cabo contínuo que é terminado em ambas as extremidades por conector com uma resistência ligada entre a malha e o fio central do cabo (terminadores). Vantagens: Facilidade de instalação; É relativamente econômica; Usa menos cabo que as outras topologias Desvantagens: Dificuldade de mudar ou mover nós; Não possui tolerância a falhas, caso falhe um dos nós toda a rede para. Dificuldade de diagnosticar falhas ou erros.

20 CABEAMENTO ESTRUTURADO ESTRELA: CONCENTRADOR Topologia das Redes de Computadores

21 CABEAMENTO ESTRUTURADO ESTRELA: Topologia das Redes de Computadores Todos os pontos ligam-se em ponto central (concentrador), que pode ser um hub ou um switch. Vantagens: Facilidade de modificação do sistema, já que todos os cabos se concentram para um só ponto. Um nó (nodo) falhar, só esse dispositivo é afetado. Fácil detecção e isolamento de falhas, dado que o nó central está diretamente ligado a todos os outros.

22 CABEAMENTO ESTRUTURADO ESTRELA: Topologia das Redes de Computadores Todos os pontos ligam-se em ponto central (concentrador), que pode ser um hub ou um switch. Desvantagens: Maior comprimento de cabo para efetuar ligações; A distância máxima sem amplificação é de apenas 100 m. Dependência do nó central, se este falha, a rede fica inoperante. O número de portas de um concentrador é limitado. Em comparação com a topologia em barramento, os custos de implantação são mais elevados.

23 CABEAMENTO ESTRUTURADO Anel: FRAD – Frame Relay Access Devices MP1 MP4 MPN MP2 MP3 MP5 MP6 MP7 Topologia das Redes de Computadores

24 CABEAMENTO ESTRUTURADO Anel: Topologia das Redes de Computadores Nessa topologia, cada ponto está diretamente ligado a dois outros pontos de rede. Os dados circulam num sentido de um ponto para outro, cada ponto inclui um dispositivo de recepção e transmissão, o que lhe permite receber o sinal e passá-lo ao ponto seguinte, no caso de a informação não lhe ser destinada. Vantagens: Pequeno comprimento de cabo; Não são necessários armários de distribuição de cabos dado que as ligações são efetuadas em cada um dos nós; O desenho das cabeamento é bastante simples.

25 CABEAMENTO ESTRUTURADO Anel: Topologia das Redes de Computadores Nessa topologia, cada ponto está diretamente ligado a dois outros pontos de rede. Os dados circulam num sentido de um ponto para outro, cada ponto inclui um dispositivo de recepção e transmissão, o que lhe permite receber o sinal e passá-lo ao ponto seguinte, no caso de a informação não lhe ser destinada. Desvantagens: A falha de um nó provoca a falha da rede; Dificuldade de localização de falhas; Dificuldade em reconfigurar a rede (instalação de vários nós em locais diferentes); Dificuldade no estabelecimento de protocolo de acesso à rede

26 CABEAMENTO ESTRUTURADO Malha:

27 CABEAMENTO ESTRUTURADO Na topologia em malha existe uma ligação física direta entre cada um dos nós, isto é, todos comunicam com todos. A única vantagem desta rede é a tolerância a falhas, pelo menos no que diz respeito a cabeamento, já que em relação aos computadores depende mais deles do que da rede. Malha:

28 CABEAMENTO ESTRUTURADO Topologia física baseada numa estrutura hierárquica de várias redes e sub- redes. Existem um ou mais concentradores que ligam cada rede local e existe um outro concentrador que interliga todos os outros concentradores. Árvore:

29 CABEAMENTO ESTRUTURADO Árvore:

30 CABEAMENTO ESTRUTURADO Nessa topologia, o desenho final da rede resulta da combinação de duas ou mais topologias de rede. A combinação de duas ou mais topologias de rede permite-nos beneficiar das vantagens de cada uma das topologias que integram esta topologia. Híbrida:

31 CABEAMENTO ESTRUTURADO Híbrida:


Carregar ppt "CABEAMENTO ESTRUTURADO INFRAESTRUTURA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO Data: 07 e 09/08/2012 Professor: Júlio César Pacheco"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google