A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INFORMAÇÃO O Trabalho de Projecto apresentado na disciplina de Área de Projecto é composto por um total de 302 slides. Esta versão pretende apenas mostrar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INFORMAÇÃO O Trabalho de Projecto apresentado na disciplina de Área de Projecto é composto por um total de 302 slides. Esta versão pretende apenas mostrar."— Transcrição da apresentação:

1 INFORMAÇÃO O Trabalho de Projecto apresentado na disciplina de Área de Projecto é composto por um total de 302 slides. Esta versão pretende apenas mostrar o tipo de trabalho desenvolvido, pelo que foram apenas seleccionados alguns slides, tendo em conta as diferentes categorias trabalhadas.

2 ESCOLA SECUNDÁRIA D. SANCHO I

3 Área de Projecto Turma /2007

4 PATRIMÓNIO ARQUITECTÓNICO DE VILA NOVA DE FAMALICÃO E SEU CONCELHO

5 Como património arquitectónico entenda-se: construções com alguma importância na história e vida do nosso concelho, independentemente das funções que estas desempenham e da sua idade.

6 PATRIMÓNIO ARQUITECTÓNICO RELIGIOSO

7 ALMINHAS

8 Alminhas de Barrimau Localização: Lugar de Barrimau, face à EN 14, Calendário – V. N. Famalicão Honra: S. Bento Descrição: - nicho estruturado em granito e revestido a cimento - painel de azulejos recentes, com a imagem de S. Bento - crucifixo

9 Alminhas de S. Bento Localização: Lugar da Portela, face à EN 206, Requião – V. N. Famalicão Invocação: S. Bento Construção: 1974, por cumprimento de um voto em honra a S. Bento Descrição: - nicho em cimento, revestido de azulejos - imagem de S. Bento, com cerca de 45 cm de altura

10 CAPELAS

11 Capela da Bemposta Localização: Quinta da Bemposta, Joane – V. N. Famalicão Proprietário: José Carlos Marinho Descrição exterior: - área de 22,8 m2 - fachada em alvenaria rusticada com o vão em arco de volta inteira - fresta no alçado oeste

12 Descrição interior: - nave em tijoleira e presbitério em madeira - altar-mor com mesa adossada com frontal pintado - retábulo em talha neoclássica - Imaginário: - S. Cláudio (fins do século XVII), confundida pelos devotos com Santo Ovídio

13 Capela do Bom Jesus de Penso Localização: São Martinho de Avidos – V. N. Famalicão Outra designação: capela de Nª Senhora da Conceição Proprietário: paróquia Construção provável: 1681 Descrição exterior: - área de 26 m2 - fachada rústica Descrição interior: - paredes revestidas a verniz - tecto em forma de masseira - pavimento em tijoleira - altar-mor em talha do séc. XVII

14 Imaginário: - S. Lourenço, S. Caetano, Menino Deus e Senhora da Saúde, séc. XVII Apêndice Histórico: - fundada por António Gonçalves e sua esposa Maria Antónia, moradores no lugar do Penso, lugar este que na altura era o mais populoso da freguesia.

15 CRUZEIROS

16 Cruzeiro de Joane Localização: Lugar da Feira, Joane - V. N. Famalicão Proprietário: município Edificação: 1640 Recuperação do cruzeiro: 1809 Transferência da Igreja Matriz: 1955 Descrição: - Soco constituído por cinco degraus de planta circular - base paralelepipédica composto por plinto - coluna toscana, com fuste - cruz latina de secção circular com remate das hastes em forma de botão - dado com cálice e hóstia - inscrições "ANNO / 1640 / R.F.O. / 1809" e "1649 / AN / NOS"

17 Cruzeiro do Cemitério Localização: S. Martinho de Avidos – V. N. Famalicão Construção provável: Proprietário: paróquia Custo aproximado: 12 mil reis Descrição: - simétrico, transversal, de grande simplicidade - cruz apoiada sobre pedestal de granito - cruz vazia, parecendo assim uma cruz que interiormente tem outra cruz

18 IGREJAS

19 Igreja de Cabeçudos Localização: Cabeçudos - Vila Nova de Famalicão Construção provável: séculos XVII-XVIII Padroeiro: S. Cristóvão Descrição exterior: - traçado monumental Descrição interior: - três altares (altar-mor dedicado a S. Cristóvão, e os laterais a Nossa Senhora da Assunção e a S. Sebastião)

20 Igreja Matriz de Riba dAve Localização: Riba dAve – V. N. Famalicão Inauguração: 2 de Julho de 1950 Proprietário: Fundação Narciso Ferreira

21 Descrição exterior: - paredes e colunas sólidas - vitrais de uma obra artística de Leone Descrição interior: - interiores revestidos a azulejos - altares bem distribuídos, ostentando riquíssimas imagens - coro moderno e original Imaginário: - Cristo na Agonia, do altar maior - S. Pedro e S. Joaquim Apêndice Histórico: - foi erigida em memória de Eva Rosa dOliveira Ferreira e Narciso Ferreira.

22 MOSTEIROS

23 Mosteiro de Arnoso Localização: Arnoso de Santa Eulália – V. N. Famalicão Estilo: Românico Fundação: 642, por S. Frutuoso Monumento Nacional: 1938 Encargo: Direcção Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais

24 Descrição interior: - nave, capela-mor, arco triunfal - dois pórticos laterais - arcadas cegas apoiadas em meias colunas com capitéis e bases esculpidas –frescos representando figuras humanas –portal axial que apresenta três arquivoltas de arco de volta perfeita –porta do muro sul com inscrição «ERA MCXXXXIIII»

25 PATRIMÓNIO ARQUITECTÓNICO CIVIL

26 ESTRUTURAS COMEMORATIVAS

27 BUSTOS

28 Busto do Cardeal Cerejeira Localização: Rua de Camões, Lousado – V. N. Famalicão Inauguração: 15 de Outubro de 1944 Arquitecto: S. Caldas Beneméritos: Povo de Lousado e Junta de Freguesia Apêndice Histórico: - Homenagem ao Cardeal Manuel Gonçalves Cerejeira,natural de Lousado.

29 Biografia: - 29 de Novembro de 1888: nasce em Lousado; : entra para a Faculdade de Teologia (Coimbra); : recebe, em Braga, a Prima Tonsura; : eleito arcebispo de Mitilene; : eleito décimo quarto patriarca de Lisboa; - 16 de Dezembro: elevado ao cardinalato pelo Papa Pio XI; - 2 de Agosto de 1977: falece em Lisboa.

30 GLORIETAS

31 Arthur Cupertino de Miranda Localização: Praça D. Maria II – V. N. Famalicão Objectivo: Homenagem a Arthur Cupertino de Miranda Data de Inauguração: 8 de Dezembro de 1992 pelo Chefe de Estado Apêndice Histórico: - Arthur Cupertino de Miranda, nasceu a 15 de Setembro de 1892 e faleceu a 20 de Julho de 1912, com 87 anos, na Casa do Monte do Louro. Começou por ser empregado da Casa Bancária Fernandes Guimarães, na cidade do Porto. A 14 de Maio de 1919 fundou, com o irmão, a Casa Bancária Cupertino de Miranda & Irmão, Ldª, que teve a sua sede na Rua Sá da Bandeira no Porto.

32 Biografia: - Cupertino de Miranda era um homem polivalente, pois foi: - poeta, jornalista, escritor, economista, orador fluente, excelente banqueiro. - Ao longo da sua vida obteve um grande número de condecorações. Com o dinheiro que ganhou ajudou não só a sua terra natal (Louro), mas também a nossa cidade. Esses vestígios de solidariedade ainda hoje são visíveis.

33 MONUMENTOS COMEMORATIVOS

34 Monumento aos mortos da Grande Guerra Apêndice Histórico: Em 9 de Fevereiro de 1920, em reunião camarária, tomou- se a decisão para a construção do monumento. Na inauguração esteve presente o Ministro do Comércio, a qual decorreu com grande pompa com 2 minutos de silêncio e 3 tiros de dinamite em memória dos mortos da pátria.

35 Monumento ao Bombeiro Voluntário Localização: Parque 1º de Maio – V. N. Famalicão Inauguração: Festas Antoninas de 1985 (13 de Junho) Formatura: - três corporações da cidade comandadas pelo Comandante dos B. V. Famalicenses, Aníbal Oliveira

36 Comissão organizadora: - Comandantes: Fernando Soares (B. V. de Famalicão), Aníbal Alves de Oliveira (B. V. Famalicenses), José Cerqueira Pimentel (B. V. de Ribadave) Órgãos presentes na inauguração: - Presidente da Câmara, Dr. Agostinho Fernandes, Comandantes das Corporações de Bombeiros do Concelho, Governador Civil de Braga.

37 ESTRUTURAS ECONÓMICAS

38 Boa Reguladora Localização: Lugar do Louredo, Calendário – V. N. Famalicão Ano de fundação: 1892 Fundador: José Gomes da Costa Carvalho Apêndice Histórico: - é a mais antiga fábrica de relógios da Península Ibérica. Em 1957 passa a fabricar contadores e em 1983 começa a produzir fiscalizadores de chamadas telefónicas e de interruptores horários da Quartz. Actualmente industrializa contadores de energia eléctrica.

39 ESTRUTURAS DE HABITAÇÃO

40 Casa de Boamense Localização: Lugar de Boamense, Cabeçudos - V. N. Famalicão Construção provável: Séculos XVII/XVIII Propriedade: privada Arquitecto: Fernando Távora Enquadramento: - rural, isolado, extensa área composta por vinha, pomar e mata - acesso principal feito através de largo arborizado - portal de cantaria de granito com portão de ferro enquadrado por par de pilastras coroadas por urnas - muro de delimitação da propriedade, de secção quadrangular, e as interiores de secção circular, em pedra fendida - na pilastra do extremo direito encontra-se lápide de bronze com inscrição «A NE»

41 Descrição interior: - paredes rebocadas e pintadas de branco - pavimento em soalho e tectos em estuque e em masseira, na ala primitiva - primeiro piso : biblioteca, garrafeira, tulhas, "loja dos gastos"e dependências para os caseiros, vestíbulo com escadaria de madeira com guarda em balaustrada, de dois lanços divergentes com patamar intermédio, de acesso ao segundo piso - segundo piso: quartos, sala de jantar, copa e cozinha com lar e forno em pedra - sótão, dependências agrícolas em torno do pátio: adega, casas de carvão e lenha, carpintaria e capoeiras - jardim fronteiro à fachada principal - poço e ruínas de antigas cavalariças, na lateral SO Apêndice Histórico: - Inscrição relevada em lápide existente no portal de acesso à casa; moldura simples; bronze; tipo de letra: capital quadrada; leitura: NESTA CASA VIVEU E TRABALHOU O HISTORIADOR ALBERTO SAMPAIO

42 Casa das Lameiras Localização: Rua Alves Roçadas – V. N. Famalicão Edifício: Brasonado de médio porte, século XVIII Estilo: arquitectónico de certa beleza, que recorda as construções do século XVIII Proprietário: Santa Casa da Misericórdia do Porto Funcionalidade actual: Escola para educadoras de infância

43 Descrição Interior: - salão com tecto de maceira ostentando o brasão esculpido em madeira do século XVIII, da antiga família Ferreira

44 ESTRUTURAS DE UTILIDADE PÚBLICA

45 Fontanário Localização actual: Largo dos Eixidos, V. N. de Famalicão Outra designação: Chafariz da Rua Direita Construção provável: séc. XVIII / XIX Propriedade: pública (municipal) Descrição: - tanque circular percorrido por cornija na base e no topo, com bordo saliente - pedestal prismático, encimado por base e coluna decorada por acantos, que suporta taça circular com quatro bicas zoomórficas, em forma de leão, sobrepujada por obelisco cónico, estriado, rematado por fogareu

46 Enquadramento: urbano, isolado, implantado em largo triangular, pavimentado com lajes de granito Apêndice Histórico: - a localização inicial foi na Praça D. Maria II (1º Campo da Feira), passando depois para em frente ao Mercado Municipal no antigo Campo da Feira. A sua recolocação faz parte de um projecto de reabilitação urbana. Foi recolocado no local actual em 2000.

47 INSTITUIÇÕES

48 Escola Secundária D. Sancho I Localização: R. Barão da Trovisqueira– V. N. Famalicão Outras designações: Escola Industrial e Comercial; Escola Secundária nº 1 Início da construção: 28 de Novembro de 1960 Projecto: Junta da Construção para o Ensino Técnico e Secundário (Ministério das Obras Públicas) Custo total: contos Capacidade: alunos Inauguração: 16 de Março de 1963 com a presença do Engº Arantes de Olieira (Ministro das Obras Públicas) Descrição: - área coberta:5 800 m2 - área de pavimento: m2 - arquitectura escolar do Estado Novo

49 Apêndice Histórico: - Foi Álvaro Folhadela Marques, Presidente da Câmara Municipal, quem reivindicou uma escola industrial e comercial para a vila, a qual viria a ser criada pelo Decreto-Lei nº , de 8 de Agosto de Foi seu primeiro Director o Engº Manuel Augusto de Oliveira Duarte. Actualmente, o órgão executivo compõe-se dos seguintes elementos: Presidente – Engº Benjamim Araújo; Vice-Presidentes – Maria Amélia Figueiredo e Maria da Conceição Ribeiro; Assessores – Maria Rosa Rebelo e Artur Passos.

50 AGRADECIMENTOS Bombeiros Voluntários de Famalicão (secretaria) Bombeiros Voluntários Famalicenses (secretaria) Comandante dos Bombeiros de Riba dAve Comandante Vítor Azevedo Departamento de Urbanismo da Câmara Municipal, V. N. Famalicão José Carlos Marinho José Santos Padre Manuel Magalhães Paula Costa (Biblioteca Municipal – Fundo Local) Ricardo Veloso Santa Casa da Misericórdia Sr. Meneses Visconde de Pindela

51 GRUPOS DE TRABALHO: - A: Ana Isabel Vieira e Júlia Saraiva - B: Maria Antónia Oliveira e Carina Silva

52 GRUPOS DE TRABALHO: - C: Filipa Araújo e Patrícia Oliveira - D: Sofia Sousa e Verónica Fontes

53 GRUPOS DE TRABALHO: - E: Ana Queirós e Ângela Monteiro - F: Marta Sobral, Palmira Pinheiro e Sofia Ferreira - G: Filipa Maciel e João Pedro Silva

54 ORIENTAÇÃO E COORDENAÇÃO Maria Antonieta Costa

55

56 BIBLIOGRAFIA

57 BASTOS, Helder, Freitas, Marta, História das Freguesias e Concelhos de Portugal, vol. 19, QuidNovi, 2004 BASTOS, Maria Rosário da Costa, Santa Maria de Oliveira – Um domínio monástico do Entre-Douro-e-Minho em finais da Idade Média, Pelouro da Cultura, Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, V. N. Famalicão, 1997 Boletim de Informação da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Ano I, Série IV, nº3, Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, V. N. Famalicão, 1995 Boletim Cultural, Coord. Artur Sá da Costa, Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, V. N. de Famalicão, 1999, nº 15

58 Boletim Cultural, Coord. Sá da Costa, Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, V. N. Famalicão, 1998, nº 16 Boletim Informativo, Universidade Lusíada, 2ª série, edição especial, 1999, p. 2. CARVALHO, António Augusto, Reguladora, Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, 1998 CARVALHO, Vasco César de, Aspectos de Vila Nova, o Hospital de S. João de Deus, Minerva,V. N. Famalicão, 1944 CARVALHO, Vasco de,Vila Nova de Famalicão, «Do Regenerador de 26 de Julho a 20 de Setembro de 1902» COSTA, Miguel Dias, anos - Reguladora, edições Asa, Porto

59 Estrela do Minho, n.º 1484 Famalicão - Terras de Vila Nova de Famalicão, coord. de Paulino Gomes, Angégia Editores, s. l., 1996 MARQUES, José, A Terra de Vermoim na Idade Média, 2000 MARTINS, António e Faria, Emília Nóvoa, Mosteiro de Santa Maria de Landim, Raízes e Memória, Landim, 2002 MARTINS, Mário da Costa, LIMA, Joaquim Gomes, Arthur Cupertino de Miranda, Homenagem Nacional, 1988 Mercado Municipal, Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, Fundo local, Setembro, 2000

60 PEREIRA, Augusto Castro, Contributo para a História dos Têxteis no Vale do Ave: O caso da Fábrica do Caído ( ), 1998, Faculdade de Letras da Universidade do Porto SALGADO, Benjamim, A Igreja do Divino Salvador de Joane SALGADO, Padre Benjamim, Vila Nova entre dois Forais, Edições Quasi, s. l., 2005 TEIXEIRA, Ana Luísa, SIMÕES, Eugénia, GRENHA, Helena, Os Recursos Humanos e o Marketing na Fundação Cupertino de Miranda de V. N. de Famalicão, pp. 1-4, Instituto Politécnico do Porto – Escola Superior de Educação do Porto, 6 de Abril de 2005 Tudo Começou no Louro, s. l., Edições Fundação Cupertino de Miranda, s. d.

61 Terras da Nossa Terra, dir. Dr. Argentino C. S. Pessoa, Porto, 1984, pp VIEIRA, A. Martins, As Capelas no Concelho de Vila Nova de Famalicão, Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, s. d., s. l. Vila Nova de Famalicão, dir. António M. Mota, Grafica Vilar do Pinheiro, Vilar do Pinheiro, 2002 Vila Nova de Famalicão nas Memórias Paroquiais de 1758, Coord. José Viriato Capela e António Joaquim Pinto da Silva, Edição da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, 2001 INTERNET:

62 FIM


Carregar ppt "INFORMAÇÃO O Trabalho de Projecto apresentado na disciplina de Área de Projecto é composto por um total de 302 slides. Esta versão pretende apenas mostrar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google