A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROGRAMA CHAPECÓ MAIS SORRIDENTE Dra Leocádia Maria Ramos Pezzini Coordenadora de Saúde Bucal do Município de Chapecó Outubro 2008.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROGRAMA CHAPECÓ MAIS SORRIDENTE Dra Leocádia Maria Ramos Pezzini Coordenadora de Saúde Bucal do Município de Chapecó Outubro 2008."— Transcrição da apresentação:

1 PROGRAMA CHAPECÓ MAIS SORRIDENTE Dra Leocádia Maria Ramos Pezzini Coordenadora de Saúde Bucal do Município de Chapecó Outubro 2008

2 A grandeza de um ser humano não está no quanto ele sabe, mas no quanto tem consciência que não sabe. O destino não é freqüentemente inevitável, mas uma questão de escolha. Quem faz escolha, Escreve sua própria história, Constrói seus próprios caminhos. Augusto Cury

3 Equipe da Coordenação de Saúde Bucal Leocádia Ramos Pezzini, C.D. Coordenadora de Saúde Bucal do Município de Chapecó Nilton José Storgatto, C.D. Coordenador do CEO Fernanda de Araújo, A.C.D. Assistente de Gabinete da Coordenação Equipe de Saúde Bucal 52Cirurgiões Dentistas 45 Auxiliares de Consultório Dentário

4 A saúde bucal deve ser entendida como objeto de intervenção de todos os profissionais da equipe e não exclusivamente dos que trabalham na área odontológica. Carvalho et al, 2004.

5 Chapecó: Capital do Oeste habitantes (projeções IBGE 2007) 93% urbana 2 hospitais 26 centros de saúde 32 ESF e 5 EACS 23 ESB 1 CEO III CERES CAPS(I- II –ad) Clinica da Mulher Centro de Imagens Terceiros turnos (quatro) Hospital Materno Infantil (em construção) Hospital Dia

6

7 Breve Histórico –1982: iniciou a fluoretação da água –1994:início da ESF 2 ESB (aldeia e CAIC) –1995: inicio do heterocontrole da água –2002 (jan): 1 º concurso para dentista 40h –2004: 9 ESB –2005: 19 ESB(modalidade I), CEO II (integralidade), IV lev epidemiol –2008: 23 ESB (cobertura pop. 52%), CEO III (com subsídio municipal) e V lev epidemiol Cobertura de Flúor na água 2008: 94,2% na área urbana

8 ÁREA DE ABRANGÊNCIA TERRITORIALIZAÇÃO ADSCRIÇÃO DE CLIENTELA FICHAS: COMUNIDADE ESCOLARES GESTANTES IDOSOS LIVRE DEMANDA URGÊNCIA AGENDAMENTO: ACORDADO ENTRE CLS E ESF 12 PACIENTES POR TURNO + URGÊNCIAS ATIVIDADES ATENÇÃO BÁSICA CASOS COM MAIOR COMPLEXIDADE CEO III

9 A ODONTOLOGIA ABRE A BOCA: A INSERÇÃO DA SAÚDE BUCAL NA EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA CHAPECÓ

10 O trabalho em equipe permite a integralidade das ações, melhorando a qualidade e a resolutividade do atendimento. CORPORIZAR A BOCA BUCALIZAR O CORPO Fotos de trabalhos em equipe

11 A ESB partiu em busca de novos conhecimentos sobre a população da área de abrangência e suas necessidades.

12 A abordagem centrada na família humanizou o atendimento, fortalecendo o vínculo entre os profissionais e a comunidade.

13 Participação da ESB nas reuniões com os conselhos locais e municipais de saúde.

14 ESB trabalhando com grupos: gestantes, puérperas, idosos, mães, trabalhadores, HAS-DIA.

15 O dentista passou a ser participante ativo das ações de promoção, educação e prevenção.

16

17 Escola: Grande Aliada da Saúde Bucal

18 As atividades coletivas facilitam o atendimento individual

19 Levantamento Epidemiológico

20

21

22 Capacitações da ESB - parcerias História do SUS Histórico da Odontologia em Chapecó Materiais usados em Dentística na atualidade Controle da dor e ansiedade Empoderamento do usuário do SUS Sensibilidade dentinária X restaurações em resina Biossegurança / Esterilização Políticas Públicas / Conselhos Municipais Encontro Regional: Protocolos de Atendimento no CEO (todos os municípios de referência em Chapecó) Interações Medicamentosas Dentística Restauradora (casos clínicos)

23 EQUIPES DE SAÚDE BUCAL RODAS DE DISCUSSÃO

24 CHÁ DE IDÉIAS

25

26 Agendamento no CEO Modalidade III População total / no. vagas disponíveis = índice Índice x população local = no. vagas PRÓTESE: 50h PERIODONTIA: 30h ENDODONTIA: 80h RADIOLOGIA: 20h CIRURGIA: 40h ODONTOPEDIATRIA: 40hCLÍNICA DO BEBÊ : 40h PACIENTES ESPECIAIS: 10h Referência para 11 municípios da SDR Chapecó ** Para prótese são 76 municípios.

27 Embora a mudança no processo de trabalho ainda seja um grande desafio, os resultados mostram que a incorporação da saúde bucal na ESF promove uma conjugação de saberes e práticas, enriquecendo as ações da equipe.

28 Prêmio Brasil –Sorridente Brasília – Outubro/2008

29 Prêmio Brasil –Sorridente Brasília – Outubro/2008


Carregar ppt "PROGRAMA CHAPECÓ MAIS SORRIDENTE Dra Leocádia Maria Ramos Pezzini Coordenadora de Saúde Bucal do Município de Chapecó Outubro 2008."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google