A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1. 2 SEMINÁRIO: BALANÇO, DESAFIOS E PERSPECTIVAS PARA O ENSINO MÉDIO NO BRASIL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1. 2 SEMINÁRIO: BALANÇO, DESAFIOS E PERSPECTIVAS PARA O ENSINO MÉDIO NO BRASIL."— Transcrição da apresentação:

1 1

2 2 SEMINÁRIO: BALANÇO, DESAFIOS E PERSPECTIVAS PARA O ENSINO MÉDIO NO BRASIL

3 3 O Ensino Médio Em âmbito nacional, fatores como a desigualdade educacional e uma relação precária entre a permanência dos alunos na escola e uma aprendizagem de qualidade, configuram o panorama do Ensino Médio. A consolidação de uma política pública prioritária para esta etapa do ensino requer uma visão sistêmica e integrada em que a avaliação permita fazer projeções sobre a qualidade de ensino que se almeja implementar.

4 4 A nova perspectiva do Ensino Médio prevê, portanto, a execução de programas e ações orgânicas, considerando funções específicas como o currículo, formação de professores, materiais didáticos e tecnologias, além de reestruturar e fortalecer a gestão educacional com a articulação e apoio dos Sistemas de Educação Básica para sua realização.

5 5 Estimativa do impacto financeiro do FUNDEB por unidade federada e esfera de governo – UF Contribuição ao FUNDEBReceita do FUNDEB Est./DFMunicípiosTOTALEst./DFMunicípiosTOTAL AC , , , , , ,3 AL , , , , , ,0 AM , , , , , ,8 AP , , , , , ,2 BA , , , , , ,8 CE , , , , , ,7 DF , , ,3 ES , , , , , ,9 GO , , , , , ,7 Fonte: MEC/INEP

6 6 Estimativa do impacto financeiro do FUNDEB por unidade federada e esfera de governo UF Contribuição ao FUNDEBReceita do FUNDEB Est./DFMunicípiosTOTALEst./DFMunicípiosTOTAL MA , , , , , ,2 MG , , , , , ,3 MS , , , , , ,3 MT , , , , , ,6 PA , , , , , ,0 PB , , , , , ,8 PE , , , , , ,4 PI , , , , , ,0 PR , , , , , ,5 Fonte: MEC/INEP

7 7 Estimativa do impacto financeiro do FUNDEB por unidade federada e esfera do governo UF Contribuição ao FUNDEBReceita do FUNDEB Est./DFMunicípiosTOTALEst./DFMunicípiosTOTAL RJ , , , , , ,4 RN , , , , , ,7 RO , , , , , ,8 RR , , , , , ,4 RS , , , , , ,2 SC , , , , , ,2 SE , , , , , ,4 SP , , , , , ,3 TO , , , , , ,1 Estados , , , , , ,0 Fonte: MEC/INEP

8 8 UF Contribuição ao FUNDEBReceita do FUNDEB Est./DFMunicípiosTOTALEst./DFMunicípiosTOTAL AC AL AM AP BA CE ES GO MA Estimativa do impacto financeiro do FUNDEB por unidade federada e esfera de Governo Fonte: MEC/INEP

9 9 UF Contribuição ao FUNDEBReceita do FUNDEB Est./DFMunicípiosTOTALEst./DFMunicípiosTOTAL MG MS MT PA PB PE PI PR RJ RN RO Estimativa do impacto financeiro do FUNDEB por unidade federada e esfera de Governo Fonte: MEC/INEP

10 10 Estimativa do impacto financeiro do FUNDEB por unidade federada e esfera de Governo UF Contribuição ao FUNDEBReceita do FUNDEB Est./DFMunicípiosTOTALEst./DFMunicípiosTOTAL RR RS SC SE SP TO Est DF Total Fonte: MEC/INEP

11 11 Fonte: MEC/INEP Número de Matrículas do Ensino Médio/ TotalFederalEstadualTotalFederalEstadual Brasil Norte Nordeste Sudeste Sul Centro- Oeste Mato Grosso do Sul

12 12 Fonte: MEC/INEP Número de Matrículas da EJA-Ensino Médio/ TotalFederalEstadualTotalFederalEstadual Brasil Norte Nordeste Sudeste Sul Centro- Oeste Mato Grosso do Sul

13 13 Fonte: MEC/INEP Número de Matrículas da Educação Profissional / TotalFederalEstadualTotalFederalEstadual Brasil Norte Nordeste Sudeste Sul Centro- Oeste Mato Grosso do Sul

14 14 Taxa de Aprovação – Ensino Médio/2005 Total Dependência Administrativa FederalEstadualMunicipalPrivada Brasil73,2%84,9%70,5%75,4%92,7% Norte70,5%83,6%68,8%80,4%92,0% Nordeste70,9%82,8%68,2%74,1%90,8% Sudeste76,1%85,2%73,2%79,0%93,6% Sul72,3%88,8%69,1%64,6%94,2% Centro-Oeste71,5%86,7%68,0%76,5%92,4% Mato Grosso do Sul 67,8%88,9%63,0%75,6%94,4% Fonte: MEC/INEP

15 15 Taxa de Reprovação – Ensino Médio/2005 Total Dependência Administrativa FederalEstadualMunicipalPrivada Brasil11,5%11,2%12,3%9,4%5,8% Norte8,7%12,2%8,9%5,1%6,5% Nordeste9,0%12,7%9,4%6,7%6,5% Sudeste13,0%10,1%14,2%13,3%5,5% Sul14,5%9,2%15,9%21,5%4,9% Centro-Oeste10,9%12,0%11,8%5,5%5,7% Mato Grosso do Sul 16,1%11,1%18,1%16,3%4,7% Fonte: MEC/INEP

16 16 Taxa de Abandono – Ensino Médio/2005 Total Dependência Administrativa FederalEstadualMunicipalPrivada Brasil15,3%3,9%17,2%15,2%1,5% Norte20,8%4,2%22,3%14,5%1,5% Nordeste20,1%4,5%22,4%19,2%2,7% Sudeste10,9%4,7%12,6%7,7%0,9% Sul13,2%2,0%15,0%13,9%0,9% Centro-Oeste17,6%1,3%20,2%18,0%1,9% Mato Grosso do Sul 16,1%0,0%18,9%8,1%0,9% Fonte: MEC/INEP

17 17 Fonte: MEC/INEP IDEB – Prova Brasil / Saeb 2007 Etapa de Ensino IDEBProva Brasil / SAEB Taxa de aprovação média (%) REALMETANota média de Ling. Port. e Matem.(padr.) Brasil 3º EM 3,43,53,43,54,4 77,277,8 Norte 3º EM 2,9 3,03,83,975,173,8 Nordeste 3º EM 3,03,13,03,14,0 75,575,8 Sudeste 3º EM 3,63,73,63,74,54,779,279,8 Sul 3º EM 3,7393,73,84,9 76,279,3 Centro- Oeste 3º EM 3,33,4 3,54,5 74,875,7 Mato Grosso do Sul 3º EM 3,33,83,33,44,74,968,578,9

18 18 Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação Plano de Ações Articuladas – PAR/MS Melhorar o desempenho das escolas da Rede Estadual de Ensino; - Acompanhar os ações/projetos implementados pela SED junto à 100% das escolas estaduais; - Implantar em 113 escolas estaduais, com IDEB abaixo da média nacional, atividades educativas no contraturno escolar; - Implantar coordenação por área nas disciplinas Língua Portuguesa e Matemática nas séries iniciais do Ensino Fundamental. Investir na formação dos coordenadores pedagógicos da Rede Estadual de Ensino; - Oferecer Curso de Formação Continuada para coordenadores pedagógicos da rede; - Oferecer curso de Especialização em Gestão Pedagógica para os coordenadores pedagógicos da Rede; -Implantar e implementar programa de formação continuada para professores e equipes pedagógicas da Rede.

19 19 Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação Plano de Ações Articuladas – PAR/MS Garantir que as escolas da REE tenha mecanismos que estimulem a leitura; - Elaborar e implementar programa de incentivo a leitura envolvendo professores e alunos da Rede; - Disponibilizar um profissional da educação por escola para atuar como multiplicador e mediador no programa de incentivo a leitura. Reorganizar o PPP das escolas da REE; - Orientar a reorganização do Projeto Político Pedagógico em 100% das escolas da Rede. Elevar as taxas de aprovação na Educação Básica; - Acompanhar e avaliar o processo de ensino e aprendizagem das escolas da Rede.

20 20 Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação Plano de Ações Articuladas – PAR/MS Qualificar os profissionais da educação que atuam no Ensino Médio; - Habilitar professores em Química, Física, Sociologia, Espanhol e Filosofia. Implantar nas escolas da REE com Ensino Médio o ensino de Espanhol; - Universalizar nas escolas estaduais de ensino médio a língua estrangeira moderna/Espanhol, conforme Deliberação CEE/MS Nº 8434/2007; - Elaborar material de suporte pedagógico para a disciplina de Espanhol.

21 21 Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação Plano de Ações Articuladas – PAR/MS Estimular a formação científica dos alunos do Ensino Médio; - Elaborar material de suporte pedagógico para atender escolas com Ensino Médio; - Adquirir softwares educativos para a formação científica; - Implantar e implementar programa e projetos de formação científica para o Ensino Médio. Atender o Ensino Médio noturno nas suas especificidades; - Reestruturar o ensino médio noturno. Dotar às escolas de Ensino Médio de infra-estrutura necessária; - Equipar 52 dos laboratórios de ciências naturais e exatas.

22 22 Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação Plano de Ações Articuladas – PAR/MS Investir na formação dos professores que atuam na EJA: - Implantar e implementar Política de Formação Continuada para professores da EJA; - Elaborar Programa de Formação Continuada para professores que atuam na EJA.

23 23 Maria Nilene Badeca da Costa Secretária de Estado de Educação de Mato Grosso do Sul 2008


Carregar ppt "1. 2 SEMINÁRIO: BALANÇO, DESAFIOS E PERSPECTIVAS PARA O ENSINO MÉDIO NO BRASIL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google