A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Aparelho Reprodutor Masculino. Distribuição: - Testículos (gônadas masculinas) - Ductos genitais - Glândulas acessórias - Estruturas de suporte : Pênis.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Aparelho Reprodutor Masculino. Distribuição: - Testículos (gônadas masculinas) - Ductos genitais - Glândulas acessórias - Estruturas de suporte : Pênis."— Transcrição da apresentação:

1 Aparelho Reprodutor Masculino

2 Distribuição: - Testículos (gônadas masculinas) - Ductos genitais - Glândulas acessórias - Estruturas de suporte : Pênis Escroto Funções: - formação de espermatozóides - produção de hormônios sexuais - liberação de gametas no trato reprodutor feminino

3 (+-250)

4 Desenvolvimento –Cavidade abdominal –No período fetal descem para o saco escrotal –Peritônio túnica vaginal cavidade serosa recobre porção antero-lateral –Porção posterior vasos e nervos Testículos

5 Sistema Genital Masculino Testículos –Produzem espermatozóides e secretam hormônios sexuais masculinos. Ductos genitais –Situados no interior dos testículos os túbulos retos e a rede testicular. –Situados fora dos testículos os túbulos eferentes; o ducto epididimário, o ducto deferente e o ducto ejaculatório. Glândulas anexas –Vesículas seminais, próstata e glândulas Bulbouretrais Pênis

6 Cápsula conjuntivo denso irregular túnica albugínea divide o testículo em septos (200 a 300 lóbulos) 1 a 4 túbulos seminíferos testículo

7 Testículos Função –Gametogênese –Esteroidogênese Testosterona. Desenvolvimento dos espermatozóides. Desenvolvimento, crescimento e manutenção das glândulas e características sexuais secundárias. –Secretam fluidos (funções) Transporte Manutenção Maturação

8 Túbulos Seminíferos Epitélio estratificado complexo –Células de Sertoli Cilíndricas, não proliferam –Núcleo ovóide, grande –Nucléolo evidente Prolongamentos laterais e apicais –Junções oclusivas comunicantes Circulam as células germinativas Funções –Suporte –Barreira hematotesticular –Fagocitose –Secretar fluidos, inibina (- FSH e Controla Testoresna) –Sofre ação do FSH

9 Células de Sertoli Compartimentos: 1.Compartimento Basal: Espermatogônias e Espermátides jovens 2.2. Compartimento Adluminal: Espermatócitos e Espermátides

10 Túbulos Seminíferos Epitélio estratificado complexo –Células intersticiais de Leydig No tecido conjuntivo frouxo, entre os túbulos seminíferos –Produzimos os hormônios andrógenos TESTOSTERONA

11 Epitélio estratificado complexo –Células Espermatogênicas –Espermatogônias Compartimento basal Células DIPLÓIDES, MITÓTICA –Espermatócitos Espermatócitos primários, secundários –Primeira divisão MEIÓTICA, HAPLÓIDES Compartimento adluminal –Espermátides Compartimento adluminal, HAPLÓIDES ESPERMIOGÊNESE se transformam em –Espermatozóides

12 Cabeça, com núcleo com 23 cromossomos, acrossoma entra em contato com a membrana celular, contém enzimas como neuraminidase, hialuronidase, fosfatase ácida e acrosina. Reação acrossômica espermatozóide e ovócito A cauda é responsável pela maior parte do comprimento Peça intermediária

13 Ductos Genitais - Ductos Intratesticulares Túbulos Retos –Após os túbulos seminíferos, retos e curtos –Formados por: Células de Sertoli. Células epiteliais cúbicas com microvilos curtos. Tecido conjuntivo denso. Rede Testicular –Revestida por: Células epiteliais cúbicas a pavimentosas, alguns microvílos. Dessa rede partem 8 a 15 túbulos eferentes.

14 Ductos Genitais - Ductos Extratesticulares Túbulos Eferentes –8 a 15 túbulos –Epitélio simples e pseudoestratificado cilíndrico ciliado –Fina camada de músculo liso Ducto Epididimário –Um único ducto, intensamente enovelado, músculo liso –Epitélio pseudoestratificado cilíndrico com microvilos imóveis (estereocílios) –Fagocitam restos celulares e fluido Ducto Deferente (até a próstata) –Tubo reto, parede espessa, 2 camadas de músculo liso –Epitélio pseudoestratificado cilíndrico com estereocílios Ducto Ejaculatório (inicia na próstata e vai até a uretra) –Penetra na próstata, termina na uretra como ducto ejaculatório –Epitélio colunar simples

15 SÊMEN Espermatozóides + fluído das células de sertoli + material das glândulas anexas: - Vesículas Seminais - Próstata - Glândulas Bulbouretrais Volume varia de 1 a 5 ml O número de espermatozóides (por ejaculação) normalmente varia de 50 a 100 milhões / ml (pode variar de 20 a 250 milhões/ml).

16 Histofisiologia dos testículos Produz espermatozóides e secretam testosterona. Formam cerca de 200 milhões de espermatozóides por dia. As células de Sertoli secretam fluido que atua na nutrição e transporte. –LH atua sobre as células de Leydig. (luteinizante) –FSH induz as células de Sertoli a sintetizarem a proteína de ligação a androgênio (ABP), que se liga a testosterona, evitando a sua saída e elevando o nível no local para manter a espermatogênese. (folículo estimulante)

17 Fatores que interferem na espermatogênese –Deficiências nutricionais –Temperatura testicular elevada Varicocele Sauna Febre Vestimentas –Hormônios, antiandrogênicos, estrogênios –Infecções locais ou gerais –Drogas, álcool –Radiação, choque elétrico –Caxumba orquite uni ou bilateral –Criptorquidia quando os testículos não descem no período fetal, ocorre inibição da espermatogênese, não ocorrendo inibição de produção dos hormônios sexuais masculinos.

18 Obrigada pela atenção de vocês, tenha uma excelente semana


Carregar ppt "Aparelho Reprodutor Masculino. Distribuição: - Testículos (gônadas masculinas) - Ductos genitais - Glândulas acessórias - Estruturas de suporte : Pênis."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google