A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Terceira Idade: viver mais e melhor.. Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 2 A longevidade As populações envelhecem, mas uma das mais importantes constatações.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Terceira Idade: viver mais e melhor.. Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 2 A longevidade As populações envelhecem, mas uma das mais importantes constatações."— Transcrição da apresentação:

1 Terceira Idade: viver mais e melhor.

2 Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 2 A longevidade As populações envelhecem, mas uma das mais importantes constatações acerca da evolução da população humana é a de que progressivamente tem aumentado o número de pessoas que atingem o que chamamos a terceira idade. Vinte anos foi adicionados à expectativa de vida em todo mundo nos últimos cinqüenta anos.

3 Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 3 Contribuíram: progressos nos serviços de saúde; progressos nos serviços de saúde; saneamento urbano; saneamento urbano; a produção de alimentos... a produção de alimentos... Prevê-se que em 2030, em várias nações industrializadas, um terço da população do mundo terá mais de sessenta anos de idade Prevê-se que em 2030, em várias nações industrializadas, um terço da população do mundo terá mais de sessenta anos de idade

4 Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 4 Aspectos bio-psicossociais: Ter saúde é muito mais que estar fisicamente bem. Ter saúde é muito mais que estar fisicamente bem. Os aspectos psicológicos e sociais são determinantes da sanidade. Os aspectos psicológicos e sociais são determinantes da sanidade. É necessário viver todas as fases da vida desempenhando um papel social relevante e acreditando em si próprio. É necessário viver todas as fases da vida desempenhando um papel social relevante e acreditando em si próprio. Essas podem ser as grandes alternativas para envelhecermos com sucesso. Essas podem ser as grandes alternativas para envelhecermos com sucesso.

5 Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 5 O idoso mantém sua capacidade normal de experimentar prazer É uma fase extremamente crítica para o indivíduo, particularmente na nossa cultura É uma fase extremamente crítica para o indivíduo, particularmente na nossa cultura Onde as perdas são mais valorizadas que os ganhos, levando a repercussões Onde as perdas são mais valorizadas que os ganhos, levando a repercussões bio-psicossociais. bio-psicossociais. Capacidade de sentir prazer

6 Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 6 O idoso possui capacidade normal de experimentar prazer sexual Fazendo-o com mais carinho; Fazendo-o com mais carinho; Mais lentamente; Mais lentamente; Se adaptando a posições mais confortáveis; Se adaptando a posições mais confortáveis; Que exigem menos esforços físicos. Que exigem menos esforços físicos. Capacidade de sentir prazer

7 Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 7 A atividade sexual regular funciona como estímulo a novas relações Devido à maior experiência de vida. Devido à maior experiência de vida. A qualidade da resposta sexual pode até mudar para melhor. A qualidade da resposta sexual pode até mudar para melhor. Na verdade, o que existe, são apenas modificações quantitativas. Na verdade, o que existe, são apenas modificações quantitativas. Quanto mais se usa a sexualidade, mas ela se desenvolve; Quanto mais se usa a sexualidade, mas ela se desenvolve;

8 Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 8 Os valores sociais, morais e sexuais influenciam na determinação de uma vida satisfatória Nossas atitudes têm relação direta com nossa satisfação em vários campos da vida. Nossas atitudes têm relação direta com nossa satisfação em vários campos da vida.

9 Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 9 A sexualidade possui várias formas de manifestação: Inclui afeto; Inclui afeto; Abraços; Abraços; Carícias; Carícias; Beijos; Beijos; Contato... Contato...

10 Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 10 Importância da terceira idade Idade em que o papel reprodutor da espécie declina. Idade em que o papel reprodutor da espécie declina. Idade em que econômica e juridicamente adquirimos o direito de escolher entre: Idade em que econômica e juridicamente adquirimos o direito de escolher entre: 1.repousar de um longo período de vida dedicada ao trabalho; 1.repousar de um longo período de vida dedicada ao trabalho; 2. continuar a trabalhar do modo que melhor nos convém.

11 Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 11 Importância... Idade de colher o que se plantou, de retomar projetos e objetivos adiados; Idade de retribuir à sociedade a experiência acumulada. Divertir... Continuar desenvolvendo...

12 Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 12 Envelhecer com sucesso Um grande número de pessoas envelhecem com sucesso. O maior indicador do bem-estar na maturidade e na velhice é o conceito que as pessoas têm de si mesmas e não a presença de problemas ou indicadores clínicos. Um grande número de pessoas envelhecem com sucesso. O maior indicador do bem-estar na maturidade e na velhice é o conceito que as pessoas têm de si mesmas e não a presença de problemas ou indicadores clínicos.

13 Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 13 Brilhantes e no auge: Ivo Pitanguy, 79 anos Cirurgião plástico O que acha da vida depois dos 70 anos: Não senti nada ao fazer outras datas redondas, como 50, 60 ou 70. Acho um erro o homem se entender cronologicamente. Como se imagina daqui a dez anos: Gostaria de estar vivendo no Brasil, trabalhando, curtindo a natureza com minha família e meus amigos.

14 Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 14 Lygia Bojunga Nunes, 73 anos Escritora, premiada com o "Nobel" de literatura infanto-juvenil O que acha da vida depois dos 70 anos: A vida nunca esteve tão boa. Estou com a minha capacidade produtiva e criativa na melhor forma. Também tenho mais profundidade nos relacionamentos. Como se imagina daqui a dez anos: Continuando. Vivemos sem saber quando vamos morrer, por isso sempre tenho projetos e personagens em mente.

15 Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 15 Manoel de Barros, 88 anos Poeta O que acha da vida depois dos 80 anos: Intelectualmente, a vida melhora. Do ponto de vista físico, complica. Não mudei nada na minha rotina: como carne vermelha, feijão, arroz e mandioca todos os dias. Como se imagina daqui a dez anos: Quero escrever mais livros, pescar e andar a cavalo.

16 Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 16 José Carlos Dias, 66 anos Advogado O que acha da vida depois dos 60 anos: Toma-se consciência de que a maturidade não tem só desvantagens, mas a sabedoria de raciocinar a vida. Como se imagina daqui a dez anos: Ainda advogando, mas curtindo outras coisas da vida: ler, ouvir música e conviver com a família. Advogado O que acha da vida depois dos 60 anos: Toma-se consciência de que a maturidade não tem só desvantagens, mas a sabedoria de raciocinar a vida. Como se imagina daqui a dez anos: Ainda advogando, mas curtindo outras coisas da vida: ler, ouvir música e conviver com a família.

17 Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 17 Paulinho da Viola, 62 anos Cantor e compositor O que acha da vida depois dos 60 anos: Não brigo com o tempo. Não houve nada de diferente, só passei a me interessar por outras coisas, como marcenaria. Como se imagina daqui a dez anos: Não faço planos. Quando tinha 30, imaginava coisas, e minha vida saiu diferente. Se eu estiver em forma, quero estar cantando, tocando e fazendo restaurações em madeira.

18 Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 18 Ney Matogrosso, 64 anos Cantor O que acha da vida depois dos 60 anos: Estremeci quando fiz 60 anos. Por insegurança, achava que eu tinha de ser diferente. Hoje vejo que a idade não me mudou. Como se imagina daqui a dez anos: Ainda cantando. As pessoas me diziam que a minha voz não resistiria ao tempo. Mas hoje sei que trabalho melhor do que aos 30.

19 Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 19 Envelhecimento saudável A sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia recomenda: Mexa-se. A atividade física é um grande fator de promoção da qualidade e da duração da vida. Ande, pratique alongamento, dance. Não pare.

20 Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 20 Envelhecimento saudável Coma alimentos saudáveis. Evite produtos industrializados. Coma menos gorduras. Abuse de frutas e verduras. Use pouco sal, reduza o consumo de açúcar. Durma bem, descanse o suficiente, espreguice ao acordar. Trate bem o seu corpo. Tenha persistência, seja disciplinado. Mantenha seu compromisso de envelhecer com saúde. Trace objetivos e tarefas. Mantenha seus sonhos vivos.

21 Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 21 Envelhecimento saudável Busque a alegria. Valorize as coisas boas que a vida nos dá. Não seja amargo ou rancoroso. Viva o dia de hoje. Seja independente. Não dependa de ninguém para garantir seu bem-estar. Tenha solidariedade, faça-se necessário. Seja disponível. Mantenha-se fiel as causas sociais. Mantenha sua crença na vida, no amor e na fraternidade.

22 Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 22 Vida saudável... Prazerosa... Descobertas... Aprendizagem...


Carregar ppt "Terceira Idade: viver mais e melhor.. Profª Teresa Cristina Barbo Siqueira 2 A longevidade As populações envelhecem, mas uma das mais importantes constatações."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google