A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Federação Portuguesa de Atletismo DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO Curso de Treinadores - Nível 2 Atletismo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Federação Portuguesa de Atletismo DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO Curso de Treinadores - Nível 2 Atletismo."— Transcrição da apresentação:

1 Federação Portuguesa de Atletismo DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO Curso de Treinadores - Nível 2 Atletismo

2 OS TREINADORES DEVEM DEDICAR AOS JOVENS ATLETAS MUITO TEMPO NO ENSINO DAS HABILIDADES BÁSICAS EM PRIMEIRO LUGAR PARA DESENVOLVER A COORDENAÇÃO ATRAVÉS DOS MOVIMENTOS BÁSICOS PARA A CORRIDA, SALTOS E LANÇAMENTOS SÓ DEPOIS - MOVIMENTOS ESPECÍFICOS DE CADA DISCIPLINA

3 A FACILIDADE COM QUE UMA CRIANÇA APRENDE UMA HABILIDADE DEPENDE DE: MATURAÇÃO MATURAÇÃO EXPERIÊNCIA EXPERIÊNCIA ENSINO ENSINO DIFICULDADE DA TAREFA DIFICULDADE DA TAREFA

4 COMO AJUDAR AS CRIANÇAS A APRENDER 1 - A FASE DE INTERIORIZAÇÃO 1 - A FASE DE INTERIORIZAÇÃO Reflectir sobre o que se vai fazer Quando as crianças aprendem algo de novo, passam por 3 fases de aprendizagem: O Treinador tem de explicar o que pretende que o atleta faça e não apenas demonstrar. Esta fase pode ser lenta, dependendo do atleta e da dificuldade da tarefa.

5 COMO AJUDAR AS CRIANÇAS A APRENDER 2 - A FASE DA APRENDIZAGEM 2 - A FASE DA APRENDIZAGEM Experimentar vários modos de executar a tarefa O treinador deve dar feedbacks para melhorar a coordenação dos movimentos

6 COMO AJUDAR AS CRIANÇAS A APRENDER 3 - A FASE DA HABILIDADE 3 - A FASE DA HABILIDADE Executar a Habilidade Automatização do gesto. Rendimento. Eficácia do Movimento.

7 DESENVOLVIMENTO DO JOVEM ATLETA PROMOVER UMA GRANDE VARIEDADE DE EXPERIÊNCIAS NOS ESCALÕES JOVENS, FAZENDO A ESPECIALIZAÇÃO MAIS TARDE ATLETISMO ATLETISMO E OUTROS DESPORTOS IDADE PRÁTICA DE DIFERENTES MODALIDADES

8 TREINO ESPECÍFICO NUMA DETERMINADA DISCIPLINA TREINO GERAL EM VÁRIAS DISCIPLINAS IDADE PRÁTICA DO ATLETISMO DESENVOLVIMENTO DO JOVEM ATLETA Ao longo da sua carreira o jovem deve ir praticando as diferentes disciplinas do atletismo, e só mais tarde especializar-se numa disciplina. Ao longo da sua carreira o jovem deve ir praticando as diferentes disciplinas do atletismo, e só mais tarde especializar-se numa disciplina.

9 PRINCÍPIOS PARA ESTRUTURAR A PRÁTICA MOVIMENTOS GRANDES ANTES DE MOVIMENTOS PEQUENOS MOVIMENTOS GRANDES ANTES DE MOVIMENTOS PEQUENOS DAS TAREFAS SIMPLES PARA AS MAIS COMPLEXAS DAS TAREFAS SIMPLES PARA AS MAIS COMPLEXAS AS PARTES E O TODO AS PARTES E O TODO Movimentos simples devem ser apresentados como um todo. Movimentos complexos devem ser ensinados por partes. PRÁTICA CONTÍNUA OU DESCONTÍNUA PRÁTICA CONTÍNUA OU DESCONTÍNUA A capacidade de concentração das crianças é reduzida pelo que deve Haver uma grande variedade de situações no treino. CONDIÇÕES DE PRÁTICA E COMPETIÇÃO CONDIÇÕES DE PRÁTICA E COMPETIÇÃO Competições adaptadas às crianças são fundamentais para a motivação

10 – PRATICAR A MODALIDADE DENTRO DAS LIMITAÇÕES DA CRIANÇA – DAR AMPLAS OPORTUNIDADES PARA UMA GRANDE VARIEDADE DE EXPERIÊNCIAS DE MOVIMENTOS OBSERVAÇÕES PARA O TREINADOR

11 - Explicar as tarefas de forma simples. - Demonstrar as tarefas. - Dar tempo para a prática. - Ser paciente e corrigir um erro de cada vez. - Não esperar muito demasiado cedo. OBSERVAÇÕES PARA O TREINADOR

12 – INDICAR OS PONTOS MAIS IMPORTANTES EM QUE DEVE CONCENTRAR-SE – AJUDAR AS CRIANÇAS A AVALIAR AS SUAS PRÓPRIAS EXECUÇÕES – PERMITIR USAR AS HABILIDADES APRENDIDAS EM COMPETIÇÃO OBSERVAÇÕES PARA O TREINADOR

13 – USAR LINGUAGEM SIMPLES E FÁCIL DE ENTENDER – SER POSITIVO AO COMUNICAR AS SUAS IMPRESSÕES OBSERVAÇÕES PARA O TREINADOR

14 INFLUÊNCIA DOS OUTROS INFLUÊNCIA DOS PAIS INFLUÊNCIA DE OUTROS JOVENS INFLUÊNCIA DO TREINADOR DESENVOLVIMENTO SOCIAL (Como estabelece a criança relações com os outros)

15 INFLUÊNCIA DOS PAIS DESENVOLVIMENTO SOCIAL (Como estabelece a criança relações com os outros) Principalmente nos primeiros anos, são as figuras mais importantes para as crianças À medida que as crianças crescem vêm a sua influência partilhada com outros. Tem papel importante na maneira como as crianças vêm o Desporto

16 INFLUÊNCIA DE OUTROS JOVENS INFLUÊNCIA DE OUTROS JOVENS DESENVOLVIMENTO SOCIAL (Como estabelece a criança relações com os outros) Vai aumentado à medida que aumenta a independência das crianças Assume diferentes formas ao longo do crescimento 0-5 anos: brincam ao lado dos outros 6-9 anos: ver quem é melhor anos: Procuram o seu grupo anos: amigos assumem influência dominante

17 INFLUÊNCIA DO TREINADOR INFLUÊNCIA DO TREINADOR DESENVOLVIMENTO SOCIAL (Como estabelece a criança relações com os outros) Ao ensinar-lhes técnicas novas e interessantes podem tornar-se muito importantes para os jovens. No Atletismo, quando se prolonga a relação treinador atleta por um longo período, isto é particularmente evidenciado. Um gesto ou um olhar podem ser suficientes para motivar ou desmotivar um atleta.

18 – ELOGIAR OS ATLETAS COMO RECOMPENSA DOS SEUS ESFORÇOS – PROCURAR QUE TODOS PARTICIPEM O MÁXIMO POSSÍVEL – DAR CONFIANÇA, INCENTIVANDO OS ATLETAS A EXPERIMENTAR COISAS NOVAS – ATRIBUIR CERTA QUANTIDADE DE ÊXITO A TODOS, DURANTE A SESSÃO DE TREINO OBSERVAÇÕES PARA O TREINADOR

19 – PRESTAR ATENÇÃO A TODOS OS ATLETAS E NÃO SÓ AOS MELHORES – AVALIAR O RESULTADO E NÃO O ATLETA – NÃO FORÇAR OS ATLETAS A ESPECIALIZAR-SE DEMASIADO CEDO – AVALIAR OS ERROS DE FORMA POSITIVA OBSERVAÇÕES PARA O TREINADOR

20 – MODIFICAR AS TÉCNICAS – ADAPTAR E UTILIZAR O EQUIPAMENTO E MATERIAIS QUE SEJAM DE TAMANHO E PESO APROPRIADO – MODIFICAR AS REGRAS PARA FACILITAR A APRENDIZAGEM E A ACTIVIDADE ADAPTAÇÃO DO ATLETISMO PARA AS CRIANÇAS

21 – USAR A MÍNIMA QUANTIDADE DE REGRAS PARA OS JOVENS ATLETAS – A COMPETIÇÃO DEVE SER INFORMAL ATÉ AOS 12 ANOS DE IDADE – EVITAR QUE AS CRIANÇAS PARTICIPEM NAS COMPETIÇÕES PARECIDAS COM AS DOS ADULTOS, ENQUANTO NÃO ESTIVEREM PREPARADAS OBSERVAÇÕES PARA O TREINADOR

22 – NÃO FORÇAR AS CRIANÇAS A GANHAR A TODO O CUSTO – RECOMPENSAR AS CRIANÇAS PELOS SEUS ESFORÇOS – VER COMO SE PODE ADAPTAR O ATLETISMO PARA QUE SEJA MAIS ADEQUADO À CRIANÇA OBSERVAÇÕES PARA O TREINADOR


Carregar ppt "Federação Portuguesa de Atletismo DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO Curso de Treinadores - Nível 2 Atletismo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google