A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Educação Física Iuri severo Enzo Humberto Cristiano Maglioli.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Educação Física Iuri severo Enzo Humberto Cristiano Maglioli."— Transcrição da apresentação:

1 Educação Física Iuri severo Enzo Humberto Cristiano Maglioli

2 Alongamento

3 Flexibilidade é um ponto crítico para o desempenho favorável do atleta tanto no treinamento quanto em competição. A flexibilidade é alcançada através do alongamento. O alongamento é posterior ao trote aeróbico leve no início da seção de treinamento, de competição ou durante o relaxamento. Comece com um alongamento fácil até o ponto de tensão e segure esta posição por 15 a 30 segundos até o puxão diminuir.

4 Quando a tensão diminui, force o movimento do alongamento vagarosamente até sentir a tensão novamente. Segure esta nova posição por mais 15 segundos. Cada alongamento deve ser repetido quatro ou cinco vezes para cada lado do corpo.

5 O alongamento deve fazer parte da rotina de todos. Foi comprovado que o alongamento diário regular tem os seguintes efeitos: Aumenta o comprimento da unidade muscular/tendão Melhora os movimentos das articulações Reduz a tensão dos músculos Desenvolve consciência do próprio corpo Promove melhora na circulação Faz você se sentir bem

6 Alguns atletas, como, por exemplo, aqueles com síndrome de Down, podem apresentar baixo tônus muscular que os faz parecer mais flexíveis. Cuide para não permitir que estes atletas se alonguem além de um limite seguro e normal. Muitos dos alongamentos são perigosos para a prática de qualquer atleta e jamais devem fazer parte de um programa seguro de alongamento.

7 Entre os alongamentos que não são seguros estão os seguintes: flexão do pescoço para trás flexão do tronco para trás rolamento da espinha Alongamento é eficaz somente se for feito com precisão. Os atletas precisam focar no posicionamento e no alinhamento corretos do corpo.

8

9 Sobre aquecimento

10 O aquecimento é a componente básica e inicial de preparação para o treino ou competição. O objectivo principal do aquecimento é criar no atleta uma predisposição para o esforço, ou seja, criar as condições para que ele possa aplicar todas as energias indispensáveis para o melhor desempenho e ainda prevenir a ocorrência de lesões nos músculos ou articulações e acidentes, sempre indesejáveis.

11 Todos os jovens, no seu processo de formação, devem ser encorajados a conhecer os benefícios da prática desportiva, bem como os rituais inerentes à disciplina ou modalidade que praticam e serem esclarecidos acerca das normas regulamentares dessa mesma modalidade ou disciplina do atletismo, não esquecendo outros. Aspectos relacionados com a táctica e o treino, tais como o doseamento do esforço e o aquecimento prévio, para que eles usufruam ao máximo dos prazeres que pode proporcionar essa mesma prática desportiva ou extraiam dela o maior número possível de benefícios.

12 Não existem métodos universais ou rígidos para a realização do Aquecimento, muito pelo contrário - existe uma grande variedade de métodos. O método mais vulgar é o do aquecimento geral realizado através de uma actividade física que envolva os grandes grupos musculares, realizando exercícios e movimentos activos. Neste género de aquecimento faz-se um pouco de corrida e executam-se alguns exercícios de ginástica geral o que é insuficiente.

13 O mais adequado é o Aquecimento específico e realizado de uma forma activa / dinâmica. Este tipo de Aquecimento envolve os grupos musculares que serão prioritariamente solicitados durante a competição ou treino, nele se incluindo movimentos idênticos aos da actividade a realizar, embora realizados a uma intensidade mais baixa. De uma forma geral este método de aquecimento é organizado da seguinte forma. Corrida contínua lenta, Movimentos variados de corrida e marcha, Exercícios de descontracção, Exercícios de flexibilidade e de mobilidade articular, Exercícios de coordenação, Exercícios da própria disciplina para preparar o ritmo de execução.

14 FLEXIBILIDADE

15 A flexibilidade é uma condição prévia necessária, principalmente anatómica, para a execução dos movimentos desportivos. Ela permite utilizar praticamente todas as possibilidades de movimento da articulação para todos os lados. O desenvolvimento da flexibilidade depende das características específicas do indivíduo ( tensões,músculos, ligamentos, superfícies das articulações ). Uma boa flexibilidade geral é atingida sempre que todas as articulações do corpo mostrem corresponder às capacidades de movimentação.

16 As particularidades técnicas de algumas disciplinas do atletismo exigem, em contrapartida, uma flexibilidade especial. Numa fase de iniciação de jovens, a flexibilidade adquire então um grande significado. A elasticidade da musculatura e dos ligamentos encontra-se, no centro. Ela é favoravelmente influenciada através dos exercícios de estiramento que possibilitam a flexibilidade da articulação bem como uma grande amplitude oscilatória dos movimentos. Além disso, um músculo só pode exercer a sua maior força através de uma maior amplitude. Os atletas devem por isso executar, no campo da ginástica especial ( por exemplo para a corrida de barreiras, lançamentos, etc.), exercícios de flexibilidade para as articulações e exercícios de estiramento muscular.

17 FIM


Carregar ppt "Educação Física Iuri severo Enzo Humberto Cristiano Maglioli."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google