A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Lei de Diretrizes e Bases (Lei 9394/1996) – LDB regulamenta as diretrizes e bases relacionadas com a Educação, ela afirma que a EJA deve ser assegurada.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Lei de Diretrizes e Bases (Lei 9394/1996) – LDB regulamenta as diretrizes e bases relacionadas com a Educação, ela afirma que a EJA deve ser assegurada."— Transcrição da apresentação:

1 A Lei de Diretrizes e Bases (Lei 9394/1996) – LDB regulamenta as diretrizes e bases relacionadas com a Educação, ela afirma que a EJA deve ser assegurada para aqueles que não tiveram acesso ou condições de permanência nos estudos na idade/ensino regular dando possibilidade a esses sujeitos de uma nova vida. Entretanto não é somente viabilizar vagas nas escolas, mas sim assegurar que o aluno inicie o curso e o conclua, dando aos mesmos, condições plausíveis para que isso aconteça, com todo amparo e instrumentos físicos e humanos pois a EJA sempre foi uma modalidade da Educação que ficou relegada ao segundo plano na elaboração das políticas públicas educacionais, A Educação de Jovens e Adultos (EJA) no Brasil (...) é marcada pela descontinuidade e por tênues políticas públicas, insuficientes para dar conta da demanda potencial e do cumprimento do direito, nos termos estabelecidos pela constituição federal de Essas políticas são, muitas vezes, resultantes de iniciativas individuais ou de grupos isolados, especialmente no âmbito da alfabetização, que se somam às iniciativas do estado. (Documento Base PROEJA, 2005). Nesse sentido, esta pesquisa nos mostra os desafios enfrentados pelos profissionais da educação e destaca as potencialidades dessa modalidade do ensino enquanto oportunidade de melhoria da qualidade de vida e promoção do aumento da renda devido a qualificação do estudante trabalhador e, sobretudo uma maior possibilidade de participação no mundo letrado que vivemos. Para a realização deste estudo foi utilizada a abordagem qualitativa de caráter exploratório e desenvolveu-se em duas etapas – levantamento bibliográfico e análise do instrumento de coleta de dados (aplicação de questionário) – na primeira, foi feito um levantamento bibliográfico com objetivo de construir os alicerces que vieram a sustentar as idéias aqui apresentadas. Após essa etapa inicial foi realizado aplicação de questionário semi-estruturado com os professores da EEEFM Profª Juraci Machado no bairro Barcelona no município de Serra. Os questionários foram aplicados aos professores e ao pedagogo da escola que atuam no turno noturno com as turmas da Educação de Jovens e Adultos (1º segmento e 2º segmento). O objetivo da aplicação deste instrumento de coleta de dados é identificar na escola supracitada os desafios e potencialidades enfrentadas pelos docentes que atuam com essa modalidade da Educação. A análise dos dados realizar-se-á a partir das respostas dos profissionais da escola ao questionário, sendo assim, foram aplicados dois questionários - um para os professores e um para o pedagogo - o questionário para os professores composto por 11 questões (sendo 5 questões fechadas e 6 questões abertas) e do pedagogo que atua juntamente com esses profissionais composto por 15 questões (sendo 5 questões fechadas e 10 questões abertas) delineando assim nossa amostra. Cabe ressaltar que a referida amostra representa o universo da escola selecionada. Depreende-se da análise dos questionários aplicados com os profissionais da EEEFM Profª Juraci Machado que eles possuem conhecimento e experiência para propor a disciplina que ministram aos alunos da EJA, alguns profissionais tem experiência no Ensino Fundamental e Médio Regular e fazem uma adaptação para o público da EJA. O Currículo da Escola foi construído a partir do Currículo Básico Comum da Secretaria de Educação e processos pedagógicos para adaptar o currículo a realidade dos alunos. Os profissionais buscam partir da realidade dos alunos como nos ensina Freire, para o educador-educando, dialógico, problematizador, o conteúdo programático da educação não é uma doação ou uma imposição – um conjunto de informes a ser depositado nos educandos, mas a revolução organizada, sistematizada e acrescentada ao povo, daqueles elementos que este lhe entregou de forma desestruturada. (Freire, 1987, p.47) Por outro lado quando foi perguntado sobre as Orientações que receberam da Secretaria da Educação para atuarem com a EJA os profissionais responderam que não receberam orientações da SEDU e atuam de acordo com a experiência profissional que possuem. Agora em relação aos recursos didáticos os educadores utilizam quadro, livro, revistas, jornais, músicas, jogos, DVD para promoverem o processo de ensino aprendizagem porém, encontram algumas dificuldades como a carência de material especifico para o aluno, a falta de profissional nos laboratórios de informática, a escola não possui biblioteca e nem sala de vídeo, dificultando assim o trabalho dos professores. As respostas do pedagogo estão em concordância com as respostas que foram dadas pelos professores, gostaríamos de ressaltar apenas alguns aspectos. Em relação as orientações da Secretaria de Educação ele disse que são os pedagogos da Rede Estadual que buscam as orientações e repassam para os professores nas escolas. Além disso, ele acredita que falta uma política específica para a realidade desses alunos. O governo dá aos professores suporte em sua carga horária, propondo a cada segmento um currículo que atenda a cada especificidade da idade/série, para assim dar a cada disciplina conteúdos mínimos, privilegiando o trabalhador. Ele ressalta que é preciso repensar a grade curricular do curso para atender aos jovens e adultos e as suas necessidades. Em relação ao papel do pedagogo no auxilio ao processo de planejamento dos educadores da EJA ele destacou que cada profissional tem seu cronograma de planejamento, toda semana é visto como está evoluindo o conteúdo, às relações entre professor X aluno e aluno X professor e os processos avaliativos. O pedagogo auxilia com propostas e intervenções a partir dos planejamentos feitos. Na visão do pedagogo a EJA é uma modalidade da Educação que resgata a cidadania pois a grande maioria dos alunos são trabalhadores em busca de qualificação profissional e se propõe a esse objetivo mas ainda é um segmento de localização de alunos ditos problemas no regular. Nesse sentido a EEEFM Profª Juraci Machado realiza projetos voltados para a escrita, leitura e mercado de trabalho. Esta pesquisa nos coloca diante de questões discutidas pela sociedade brasileira há bastante tempo que é a Educação de Jovens e Adultos e, entretanto, ainda presenciamos um índice significativo de pessoas analfabetas na nossa sociedade. Sendo assim, foram analisadas as práticas pedagógicas dos profissionais que atuam com os alunos da EJA no sentido de entender os desafios e potencialidades enfrentados por essa modalidade da educação. A Formação de Professores se constitui em um elemento importante nesse processo pois é através da formação que os profissionais buscam conhecimentos necessários para a melhoria da qualidade do ensino na EJA; de acordo com as especificidades do educando jovem e adulto. Nesse sentido, é fundamental ao professor a realização de capacitações, cursos, pós-graduação; bem como a promoção de espaços nas escolas para reflexão sobre a prática educativa. Em relação ao Currículo Escolar ele é adaptado de acordo com a realidade da comunidade escolar e com as necessidades dos alunos tendo como base o Currículo Básico Comum da Secretaria de Educação. Essa construção ocorre de forma individual pois cada profissional faz essa adaptação de acordo com a disciplina que ministra, com a experiência que possui e com os conhecimentos adquiridos em seu processo de formação. Isto posto, entendemos que o ensino na EJA deve respeitar as especificidades dos alunos de forma a promover uma educação comprometida com a formação humana, construída de forma democrática, dialógica para superar a exclusão social e o preconceito existentes em nossa sociedade. Agradeço ao meu Senhor por cumprir em mim mais uma promessa. Aos meus pais por sempre me ajudarem em TUDO. Alvinho, obrigada, você tem sido um tio maravilhoso... Ao meu esposo pela cumplicidade e muito amor. A minha amiga, companheira de estudos Mariana, obrigada por me ajudar a concluir esse curso. A querida Támie, que tanto me ajudou. Ao meu orientador Marcelo Q. Schimit pelo apoio e dedicação. BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. MEC. Disponível em: Acesso em 27 de abr de BRASIL. Ministério da Educação. Programa de Integração da Educação Profissional ao Ensino Médio na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos – PROEJA. Decreto Nº 5.478: Brasília, FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 17. Ed. Rio de janeiro: Paz e Terra, SOARES, Leôncio. Avanços e Desafios na Formação do Educador de Jovens e Adultos. In: MACHADO, Maria Margarida (org.). Formação de Educadores de Jovens e Adultos. Brasília: SECAD/MEC, UNESCO, 2008, 184 p. OS DESAFIOS E POTENCIALIDADES DOS PROFISSIONAIS QUE ATUAM NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: UMA ANÁLISE NA EEEFM PROFª JURACI MACHADO


Carregar ppt "A Lei de Diretrizes e Bases (Lei 9394/1996) – LDB regulamenta as diretrizes e bases relacionadas com a Educação, ela afirma que a EJA deve ser assegurada."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google