A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

VI Jornada Cyro Martins sobre Saúde Mental- 2009Sir ERNEST SHACKLETON...Tinha uma Pedra no Meio do Caminho... (Um Paradigma de Liderança na Prevenção às.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "VI Jornada Cyro Martins sobre Saúde Mental- 2009Sir ERNEST SHACKLETON...Tinha uma Pedra no Meio do Caminho... (Um Paradigma de Liderança na Prevenção às."— Transcrição da apresentação:

1 VI Jornada Cyro Martins sobre Saúde Mental- 2009Sir ERNEST SHACKLETON...Tinha uma Pedra no Meio do Caminho... (Um Paradigma de Liderança na Prevenção às Drogas) Pedro Eugênio M. S. Ferreira Psiquiatra- Departamento de Psiquiatria da PUCRS- Coordenador do Ambulatório de Dependências Químicas do Hospital São Lucas da PUCRS

2 À lembrança: da pessoa do médico psicanalista e escritor Cyro Martins ( o gaúcho a pé ) e de Sir Ernest Shackleton ( o marinheiro a pé ) Aos pais E a todos que buscam se superar por uma causa nobre

3 ATUALIDADE-Epidemia de Crack Um problema de saúde pública O seu consumo destrói regiões do cérebro responsáveis pelo juízo crítico e tomada de decisões, produzindo o que se denomina de hipofrontalidade desumanizando a pessoa do dependente químico e comprometendo, também, a família.

4 Ação do Crack no Sistema de Recompensa Cerebral Lobo Frontal : tomada de decisões Vias dopaminérgicas Núcleus Acumbens responsável pelo prazer & dependência

5 A cultura pop incentivando a drogadição (não-resiliência) Glamorização de ídolos & Músicas fazendo apologia às drogas/álcool: eu bebo sim e estou vivendo, tem gente que não bebe e está morrendo Morphine ; Demerol ; Sister Morphine ; Brownsugar (Michael Jackson; Rolling Stones; Mirianne Faithfull). Cocaine (Eric Clapton; Stones; Hendrix, Joe Cocker; 50 Cent) Ídolos: Amy Winehouse; Kate Moss; J. Endrix, Keth Hichard; Janes Joplin, John Lennon; Raul Seixas; Tim Maia; Marcelo D2; etc.

6 Como fazer a prevenção às drogas no âmbito familiar?

7 Perseverança & Resistência (resiliência) Empenhar-se e prosperar, lutar e sempre ter esperança Desempenhar um grande papel em um mundo com um final feliz. Razões para viver. (Shackleton)

8 Biografia Sir Ernest Shackleton ( ) Filho de um médico. Aos 15 anos, abandona a escola, o Dulwich College, e vai viver no mar como aprendiz de marinheiro. Um de seus professores o descreveu como sendo uma pedra que muito rola e não cria limo; Não se fixaria em nenhuma atividade laboral, devido à sua: imaturidade, desatenção, irresponsabilidade, esquecimentos frequentes dos deveres escolares, impulsividade, e por ser irrequieto e desmotivado para os estudos. Péssimo desempenho escolar- era colocado em turmas de alunos um ano mais jovens. Ele referia-se ao sistema educacional como entediante, que não tornava as coisas interessantes, onde a geografia não passava de nomes de cidades, baias e ilhas. (TDA/H & Transtorno no Aprendizado ?)

9 Biografia Sir Ernest Shackleton ( ) Sua frase preferida ao se auto-descrever: Adoro uma luta e, quando as coisas (são) fáceis, eu detesto" (Morrel & Capparell, 2003) Os sintomas persistiram na vida adulta: não conseguia ficar longe da Antártida, ainda que tivesse jurado muitas vezes para si e para sua família que abandonaria as explorações; não conseguia fixar-se em um só lugar ou emprego. Fracassou em quase todos os projetos, Financeiramente impulsivo e imprevidente, nunca fez seguro de vida, constantemente endividado Infidelidades conjugais constantes (busca da novidade)

10 Biografia Sir Ernest Shackleton ( ) Comandante da Trans-Antarctic Expedition (Endurance). Schackleton nunca liderou mais do que 28 pessoas. Deixou de atingir quase todos os objetivos e perdeu seu navio. Depois da sua morte, permaneceu esquecido por longo tempo. Que feito extraordinário nos legou?

11 Shackleton, no entanto... J á foi tratado por seus biógrafos como o O maior líder que jamais surgiu nesta terra de Deus, sem exceção. T. S. Eliot inspirou-se nele no célebre poema The Waste Land (A Terra Desolada) NASA- nome de Shackleton a uma cratera no Polo Sul da lua NASA- método de liderança de Shackleton nos treinamentos dos astronautas Conferencista em nome da Royal Scottish Geographical Society.

12 Sir Ernest Shackleton -"Endurance Deixou um legado de valor científico: (i) Expedição Discovery (1900-4) : alcançou o pólo sul (ii) Expedição Nimrod (1907-9): descobriu o pólo sul magnético (iii) encontrou carvão e (iv) vegetação em ilha do pólo sul (v) Expedição Endurance(1913-5) (vi) inovou o apoio logístico das expedições Lansing A. A Incrível Viagem de Shackleton, 2004; Morrel & Capparell. Uma Lição de Coragem, 2003

13 Tinha uma pedra no meio do caminho... de Shackleton Ele atingiu um novo ponto culminante na história da liderança: perdidos em um mar congelado na Antártica, durante 2 anos ( ), toda sua tripulação voltou em segurança devido ao espírito de líder de Shackleton.

14 Frank Worsley Comandante do Endurance Não importa o que aconteça, ele está sempre pronto para alterar seus planos, e, nesse meio tempo, dá risadas, faz piadas e se diverte com qualquer brincadeira dos outros, dessa maneira mantendo todos animados.

15 BIOGRAFIAS

16 Endurance Expedition (1913-5)

17 Sir Ernest Shackleton

18 Conferências de Sir Ernest Shackleton

19 Princípios Gerais da Liderança de Shackleton- I Forneça sentido para o grupo seguir uma rotina. Esta pode ser chata, mas também pode-se lutar contra a chatice. Entenda e avalie sua presença perante o resto do grupo. Permaneça otimista, mantenha o humor apesar das circunstâncias perigosas. Não perca o juízo quando todos enlouquecerem. Audacioso nos planos, mas cauteloso na execução, dando grande atenção aos detalhes. Demonstre persistência e garra.

20 Princípios Gerais da Liderança de Shackleton - II Tenha senso de respeito. Seja líder servil : – Lembre-se você é responsável. – Bem-estar do grupo em primeiro lugar. – Reforce o respeito pelos indivíduos com capacidade de agir (treine-o para ser substituto). – Não tenha medo de crise. – Depois de um tempo de trabalho, sirva chocolate.

21 Princípios Gerais da Liderança de Shackleton - III – Arrisque ir até onde ninguém tenha ido. – Quando pensar que não pode ir além, vá além. – Quando seu barco afundar, bóie no gelo por um tempo. E faça ajustes no plano original. A natureza é sua amiga. – Quando uma onda fria e molhada bater-lhe na face, lembre-se: É um grande dia!. – Você nunca está sozinho.

22 Princípios Gerais da Liderança de Shackleton - IV – Permanecer conectado aos outros e estabelecer presença. – Sempre que possível, desconecte a ansiedade emocional do grupo. – Saber quem pode e quem não pode continuar na atividade. – Manter-se lúcido e saber o seu papel na situação. – Na dúvida, leia o manual do navio.

23 Shackleton- algumas pistas sobre a formação de sua liderança... Hierarquia familiar A esperança no amanhã cultivada no seu lar A valorização do sacrifício humanitário- Um estilo épico de viver O nome do barco = Polaris, trocado para Endurance (em inglês- resistência) - inspirado no brasão da família Fortitudini vincimus = Vencemos pela resistência. Resiliência Psíquica (resistir e progredir apesar da adversidade) que pode ser cultivada/reforçada.

24 Transpondo os conceitos de Shackleton para os dias atuais A questão da liderança dos pais A esperança no amanhã (ilusão saudável) Transpor vicissitudes & desafios através do lúdico & do responsável Líder servil em um mundo tempestuoso. (i) doação incondicional (ii) empatia, (iii) mas não indulgência (iv) estimular os filhos a valorizar a vida.

25 Líder Continente Em geral você tem de esconder deles não apenas a verdade, mas seus sentimentos sobre a verdade. Você pode saber que os fatos são absolutamente contrários, mas não deve dizer nada (Shackleton ) Manejo da ansiedade frente aos desafios

26 O btenção do melhor de cada filho Monitorar constantemente Estabelecer e discutir razões para os limites Reforçar o acerto Aceitar carinhosamente o filho (como ele é). Dar-lhe tarefas e deixar que ele as cumpra pessoalmente.

27 Tinha uma pedra (crack) no meio do caminho Uma crise – os pais devem: assumir o controle da situação, através de um plano de ação (líder servidor) pedir apoio e mostrar confiança em seu desenlace positivo. comportamento exemplar manter o filho drogado junto à si ser solidário e honesto Shackleton- tarefas árduas intercaladas com o lúdico (campeonato de futebol, corridas de trenós, hóquei) – com premiação (pequenos mimos- chocolate quente)

28 Buscando Soluções em Família O humor para estimular o vínculo Nunca repreender um filho na frente de terceiros Evitar com sutileza que o pessimismo contagie o grupo familiar Induzir o filho a querer realizar uma tarefa e sentir-se orgulhoso disto

29 Resiliência às drogas Resumo: Valorização da vida O aprendizado deve ser feito no lar, observando o comportamento dos pais - constante, adequado, maduro e objetivo Induzindo/reforçando a resiliência, isto é, estimulando circuitos cerebrais necessários para a sobrevivência do indivíduo.

30 A pedra no meio do caminho: Como resistir às drogas Princípios morais Noção da necessidade da auto-proteção (fragilidade da condição humana) Excessiva coragem pode ser idiotice

31 Shackleton X Famílias Atuais Desafio: apesar do provável TDAH, Shackleton sempre buscava se superar. Filhos com psicopatologias podem realizar grandes sonhos. Integração: A união das famílias ajuda os filhos a evitarem as drogas ou a lutarem contra a dependência. Esperança: Shackleton mantinha as esperanças no amanhã. Não encare a dependência do filho como uma luta perdida.

32 A Pedra (crack) no meio do Caminho.... Desprendimento do passado Shackleton ao ver o Endurance afundando disse: "Perdemos o navio e carga, agora vamos voltar para casa".

33 A Liderança É incitar os outros a desejarem realizar coisas necessárias, ainda que difíceis de serem alcançadas É uma atividade solitária. (Shackleton) 23/04/1916 – O James Caird é lançado ao mar - Ilhas Elephant

34 O Resgate Final Súbito o pior se faz melhor aos bravos. Os ventos da adversidade podem rapidamente se dissipar. (Prospice)

35 Tripulação do Endurance salva

36

37 Sir Ernest Shackleton está enterrado na ilha da Geórgia do Sul, num pequeno cemitério à beira da praia. Em torno de seu túmulo cresce um tipo de rúcula que o explorador Amyr Klink adora colher para suas refeições à bordo.

38 Fortitudini vincimus


Carregar ppt "VI Jornada Cyro Martins sobre Saúde Mental- 2009Sir ERNEST SHACKLETON...Tinha uma Pedra no Meio do Caminho... (Um Paradigma de Liderança na Prevenção às."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google