A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CONSTRUINDO UM PROJETO DE VIDA Orientações aos pais e alunos Colégio Loyola Patrícia Quaresma Ragone Parte da palestra proferida no dia 14/04/2011

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CONSTRUINDO UM PROJETO DE VIDA Orientações aos pais e alunos Colégio Loyola Patrícia Quaresma Ragone Parte da palestra proferida no dia 14/04/2011"— Transcrição da apresentação:

1 CONSTRUINDO UM PROJETO DE VIDA Orientações aos pais e alunos Colégio Loyola Patrícia Quaresma Ragone Parte da palestra proferida no dia 14/04/2011 (31)

2 CONSTRUINDO UM PROJETO DE VIDA Construir um projeto de vida não é uma tarefa simples. Seguem algumas orientações que podem auxiliar nesse processo: Orientações aos alunos Mantenha a perseverança; Dedique-se mais à escolha e menos à aceitação passiva das coisas; Procure saber acerca dos aspectos positivos e negativos da sua escolha; Aprenda a conversar consigo mesmo;

3 CONSTRUINDO UM PROJETO DE VIDA Formule metas concretas (específicas, comprováveis, positivas e mensuráveis) e em uma escala de dificuldades; Acrescente etapas: a construção do projeto de vida não se concretiza com a escolha da profissão, tenha projetos de curto, médio e longo prazo; Ensaie secretamente; Ofereça-se recompensas; Aglutine em torno de si pessoas que o ajudarão. Desenvolva a reciprocidade; Dê a você a possibilidade de modificar seus objetivos; Tenha bem delineado o seu território pessoal;

4 CONSTRUINDO UM PROJETO DE VIDA Use o erro como condição de acerto. Pense o sucesso como pessoal, permanente e abrangente. Pense o fracasso como comportamental e/ou circunstancial, transitório e específico; Trabalhe sua autoestima diariamente. Maximize sua competência; Confie em suas possibilidades, ouse até o limite possível e procure administrá-lo; Seja guardião da sua escolha.

5 CONSTRUINDO UM PROJETO DE VIDA Orientações aos pais As relações que os pais têm com a profissão constituem um modelo que interfere posteriormente na escolha dos filhos. Nossa influência é transmitida com muito mais intensidade pela forma como vivemos nossas vidas do que pela maneira como os aconselhamos a viverem as suas. Deve-se destacar que o modo como os pais se posicionam em relação à profissão exerce influência na orientação vocacional do filho. O que eles valorizam mais: ganhar dinheiro ou ser feliz? (p.72) (Ragone, 2009); Não se basear nos achismos, ou seja, em afirmações tendenciosas e sem fundamento (Ragone, 2009);

6 CONSTRUINDO UM PROJETO DE VIDA Mude: Você não precisa passar, para: Faça o melhor que puder (Ragone, 2009); Ter flexibilidade e interferir apenas quando necessário. Isto significa dosar o grau de seu envolvimento: os pais precisam deixar os filhos viverem suas próprias vidas; Oferecer espaço aberto para reflexão e informação diversificada; Incentivar, orientar, fornecer os recursos, ouvi-los falar sobre suas ambições e ansiedades; Ajudá-los a manter a agenda equilibrada, definir prioridades e saber oferecer a nossa atenção e tempo juntos; Reforçá-los no caminho da fé ;

7 CONSTRUINDO UM PROJETO DE VIDA Estar sintonizados com os padrões de nossos filhos e dispostos a perguntar, com habilidade, o que está acontecendo quando algo parecer errado; Saber respeitar o tempo livre: é época deles terem outras descobertas; Oferecer as melhores condições para que saiam das experiências negativas com a esperança intacta no futuro, e otimistas, de uma forma realista, em relação ao que virá e ao que farão de suas vidas; Incentivá-los a encarar suas próprias desilusões e encorajá-los a persistir ou a encontrar um caminho novo e melhor quando estiverem a ponto de desistir;

8 CONSTRUINDO UM PROJETO DE VIDA Descobrir dentro de nós, pais, a determinação necessária para mostrar aos nossos filhos como eles podem cultivar essa mesma determinação em suas vidas; Responsabilizá-los pelo que lhes cabe em experiências mal sucedidas e incentivá-los a ter confiança e fé na sua capacidade de melhorar na próxima vez. Colocar os jovens na estrada do sucesso, mas de maneira adequada às suas necessidades e talentos; Ajudar a redirecionar suas energias, poupando-os de frustrações desnecessárias. Referência: Ragone, P.Q. (2009) Laços- contribuições da terapia cognitiva para as relações familiares. Belo Horizonte.


Carregar ppt "CONSTRUINDO UM PROJETO DE VIDA Orientações aos pais e alunos Colégio Loyola Patrícia Quaresma Ragone Parte da palestra proferida no dia 14/04/2011"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google