A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Dicas para uma avaliação de desempenho produtiva Data: Instrutoras: Marcos de Alvarenga Mudado - REPRODUÇÃO AUTORIZADA -

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Dicas para uma avaliação de desempenho produtiva Data: Instrutoras: Marcos de Alvarenga Mudado - REPRODUÇÃO AUTORIZADA -"— Transcrição da apresentação:

1 Dicas para uma avaliação de desempenho produtiva Data: Instrutoras: Marcos de Alvarenga Mudado - REPRODUÇÃO AUTORIZADA -

2 DICAS PARA O GERENTE ANTES DA ENTREVISTA COM O SERVIDOR: 3.Liste todas as atividades ou rotinas executadas pelo servidor no período avaliado. Pense nos pontos fortes e fracos do servidor em cada uma das atividades. Anote estes dados para uso na conversa. Lembre-se: a avaliação de desempenho deve ter como foco o TRABALHO, o desempenho e não a pessoa do servidor. 1.Agende a conversa sobre a avaliação com o servidor com alguma antecedência. Desta forma, as duas partes terão tempo para se preparar. Reserve um tempo mínimo de 1 hora para cada conversa. 2.Peça ao servidor para fazer uma autoavaliação do seu desempenho. Peça a ele também que pense e anote sugestões para melhoria do seu trabalho e dos trabalhos do setor.

3 4.Cuidado com os FANTASMAS da avaliação: b) EFEITO DE HALO: Uma característica do desempenho do servidor não deve contaminar todas as outras. Por isso existem vários prognosticadores e eles devem ser avaliados separadamente. Só assim o servidor saberá em quais precisa se desenvolver. c) TENDÊNCIA CENTRAL: Não avalie os servidores com uma nota razoável apenas para cumprir o processo. Isso desmotiva os servidores mais comprometidos e premia os demais. Não perca a chance de desenvolver sua equipe! a) CONTAMINAÇÃO: o período de avaliação é de 6 meses. Não valorize apenas os últimos acontecimentos!

4 5.Preencha a avaliação de desempenho do servidor com base nestes levantamentos. Registre as notas a lápis ou numa folha à parte. Elas poderão ser alteradas em virtude da conversa. NA CONVERSA COM O SERVIDOR: 2.Elogie os pontos fortes do servidor em cada atividade. Ressalte suas qualidades. 1.Pergunte ao servidor sobre as atividades que ele executou no período: o que ele vê como pontos fortes e fracos. Ouça mais do que fale.

5 3.Converse sobre os pontos a serem desenvolvidos: que dificuldades ele teve? Que sugestões ele tem para melhorar CADA ATIVIDADE? Em que estes pontos interferiram nos resultados do trabalho do setor? O quê você, chefia, e o servidor podem fazer para desenvolver estes pontos? 4.Como estes pontos podem ser desenvolvidos? Pense junto com o servidor em ações de desenvolvimento. Lembre-se: nem sempre treinamento é a melhor opção. Na maior parte dos casos, nada substitui a orientação, o acompanhamento e os feedbacks cotidianos do gerente. 5.Deixe bastante claras suas expectativas com relação às atividades a serem desenvolvidas pelo servidor e o desempenho esperado dele, tanto na realização do trabalho como na conduta do servidor. Lembre-se: o óbvio não existe. 6.Se necessário, já deixe agendada outra conversa para avaliar o desenvolvimento do servidor antes do final do período.

6 PARA O PRÓXIMO PERÍODO: 4.Incentive o servidor a descobrir, por si mesmo, as melhores soluções. Não dê sempre respostas prontas. Contribua para o desenvolvimento do servidor! 1.Não confie na memória: registre os fatos que lhe chamaram mais atenção no desempenho de cada servidor ao longo do período. Isso facilitará imensamente a próxima avaliação. Lembre-se: isto não é perda de tempo, é o exercício pleno da função gerencial. 2.Crie uma cultura de feedbacks permanentes ao longo do período. Aproveite o momento em que ocorreu o fato para elogiar ou para apontar falhas. Aproveite cada oportunidade para desenvolver o servidor. 3.Caso necessário, tenha conversas individuais com o servidor ao longo do período. NÃO ESPERE a próxima avaliação para corrigir os rumos.

7 DICAS PARA O SERVIDOR ANTES DA ENTREVISTA COM CHEFIA: 2.Tente determinar as variáveis que interferiram, positiva ou negativamente, em seu desempenho. Pense no ambiente físico, clima organizacional, condições de trabalho, na interação com seu chefe, em sua capacitação profissional, no relacionamento do grupo de trabalho ou em outras questões pessoais. Anote estes dados. 1.Pense nas atividades que você executou no período e identifique aquelas que conseguiu desempenhar muito bem, aquelas cujos resultados não corresponderam ao desempenho esperado e aquelas que não conseguiu realizar (se for o caso). Lembre-se que o período a ser considerado é de seis meses.

8 3.A partir desta reflexão, faça a sua autoavaliação de desempenho no formulário. 4.A partir da sua autoavaliação, pense em propostas para seu desenvolvimento e para a melhoria dos trabalhos no setor. Faça anotações. 5.Anote também dúvidas, sugestões e questões relacionadas com o gerenciamento do desempenho que você gostaria de abordar durante a entrevista. NA CONVERSA COM A CHEFIA: 1.Exponha à sua chefia como está o andamento dos seus trabalhos, o que pode ser feito para melhorar e também o que você pode fazer para melhorar. 2.Aproveite esta oportunidade para esclarecer com sua chefia exatamente o que ela espera de você e de seu trabalho. Não perca esta chance!

9 3.Aceite os feedbacks como oportunidades de crescimento. Não leve as críticas para o lado pessoal. Lembre-se: trata-se de uma reunião de trabalho. PARA O PRÓXIMO PERÍODO: 2.Manifeste ao seu gerente o interesse em fazer planejamento de suas atividades. Esteja também atento a novas tarefas e novas formas de contribuir para o desenvolvimento do setor. DIVDEP – Ramal 1230 – 1.Não aguarde o final do período para conversar com seu chefe sobre sugestões para o setor ou questões que estejam te incomodando. Com o passar do tempo o problema pode se agravar ou cair no esquecimento!


Carregar ppt "Dicas para uma avaliação de desempenho produtiva Data: Instrutoras: Marcos de Alvarenga Mudado - REPRODUÇÃO AUTORIZADA -"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google