A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Departamento de Informação e Monitoramento – DEINF Núcleo de Gestão da Rede Escolar e Matrícula – DER Centro Sul Coordenadoria de Informação, Monitoramento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Departamento de Informação e Monitoramento – DEINF Núcleo de Gestão da Rede Escolar e Matrícula – DER Centro Sul Coordenadoria de Informação, Monitoramento."— Transcrição da apresentação:

1 1 Departamento de Informação e Monitoramento – DEINF Núcleo de Gestão da Rede Escolar e Matrícula – DER Centro Sul Coordenadoria de Informação, Monitoramento e Avaliação Educacional - CIMA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO Censo Escolar da Educação Básica Verificações

2 SISTEMA EDUCACENSO - ACESSO 2 O dirigente municipal indicou na Ficha Cadastral o superusuário do Município O superusuário deve ser cadastrado pelo superusuário da entidade que seja superior (Diretoria de Ensino) Os superusuários das escolas devem ser cadastrados/excluídos por sua entidade superior

3 3 Sistema Educacenso – perfil dos usuários PERFIL ESCOLA MUNICIPAL PERFIL SECRETARIA MUNICIPAL PERFIL DIRETORIA DE ENSINO PERFIL SECRETARIA ESTADUAL PERFIL ESCOLA ESTADUAL PERFIL ESCOLA PARTICULAR INFANTIL PERFIL ESCOLA PARTICULAR FUNDAMENTAL E MÉDIO SEE /SP cria usuário e altera dados de todos os perfis DEs criam usuários e alteram perfis de usuários de todas as escolas e SMEs SMEs criam usuários e alteram perfis de todos usuários da SME e escolas municipais e particulares infantis ESCOLAS criam usuários e alteram perfis dos usuários da escola SENAC/SESI/SENAI/PAULA SOUZA/CEFOR ESCOLAS SENAC/SESI/SENAI/PAULA SOUZA/CEFOR

4 4 PROCEDIMENTOS PARA SOLICITAR NOVA SENHA 1.Acessar o site ; 2.Digitar o CPF e clicar em solicitar nova senha 3.Digitar o CPF e o cadastrado 4.Em segundos a nova senha entra na caixa de e- mails 5.Digitar na tela de autenticação do Educacenso o CPF e a senha enviada pelo Sistema Educacenso para o do usuário SISTEMA EDUCACENSO - ACESSO

5 5 O Sistema exibirá tela que deverá ser preenchida rigorosamente de acordo com as instruções: Sua senha deve conter Letras minúsculas Letras maiúsculas Números [0-9] # $ % & * Tamanho 6-20 caracteres SISTEMA EDUCACENSO - ACESSO

6 O Cadastro da escola possui informações divididas em três grandes grupos: IDENTIFICAÇÃO, CARACTERIZAÇÃO e DADOS EDUCACIONAIS Cada campo do Cadastro da Escola deve ser verificado e, se necessário, corrigido VERIFICAR O CADASTRO DE CADA ESCOLA 6

7 Procedimentos para verificações – Cadastro da Escola 1-Digitar o código da escola 2-Clicar em Pesquisar 3-Clicar em Selecionar Escola 7 Obs.: A escola ao acessar não necessita selecionar, entra direto.

8 ao selecionar a escola o sistema exibirá o Termo de compromisso Necessário ler atentamente e declarar estar de acordo com o Termo de Compromisso para prosseguir nas verificações/alteraç ões, assinalar de acordo e continuar 8 Clicar em continuar...

9 9

10 Qualquer alteração no campo Nome da Escola deverá ser informada à equipe de Cadastro de Escolas da SEE/SP através do envio do ato legal que alterou o nome da escola. Lembramos que não pode haver divergências entre os Sistemas. Alterações nos campos referentes à ENDEREÇO devem necessariamente ser informadas à SEE/SP através do envio da ficha cadastral. Alterações indevidas, sem a atualização do Cadastro da Escola na SEE/SP podem causar problemas para a entidade. 10

11 11 O Sistema exibirá a Localização Geográfica da Escola. Obs.: Para localidades com problemas de CEP não será possível realizar a migração deste dado. Caso a escola tenha as coordenadas poderá informar. Não é campo obrigatório.

12 Alterações nos campos referentes à TELEFONE devem necessariamente serem realizadas também no Sistema de Cadastro de Escolas da SEE/SP. Alterações indevidas, sem a atualização do Cadastro da Escola na SEE/SP podem causar problemas para a entidade. 12

13 Os campos de 19 (Código do órgão regional de ensino) 19a (Nome do órgão regional de ensino) e 20 (Dependência administrativa e Entidade Superior) são campos fechados para alteração pois são definidos pela SEE/SP 13

14 No campo 20 verificar a Localização/Zona da escola se está preenchido corretamente. As alterações devem ser inicialmente feitas junto ao Cadastro de Escolas da SEE/SP 14

15 no campo 22a verificar se o poder público está assinalado corretamente. Escola PARTICULAR não poderá ser CONVENIADA (somente as escolas comunitárias, confessionais e filantrópicas ) no campo 22 verificar se a categoria da escola privada está correta DESTACAMOS o campo 21a somente poderá ser assinalado como CONVENIADA COM PODER PUBLICO se a entidade encaminhou para a equipe de Cadastro de Escolas da SEE/SP cópia do convênio. Se existe erro, entrar em contato com a Coordenação do Cadastro de Escolas. 15

16 Se a escola for CONVENIADA com o Poder Público deverá constar Instituições sem fins lucrativos Mantenedora da Escola Privada (campo 23). Campo obrigatório para criação de escola privada 16

17 Verificar CNPJ da escola privada. Corrigir sempre no Sistema Cadastro de Escola 17 Na migração foi adota o procedimento de repetir o CNPJ da escola para a mantenedora ou vice-versa para as publicações do ato legal de autorização que não constem um dos CNPJs. Por essa razão a conferência é fundamental. Qualquer divergência pode impedir o cadastramento da instituição junto ao SISCEBASc

18 18 Verificar se os campos estão preenchidos corretamente. Quem compartilha é quem cede o espaço

19 verificar todos os campos da Caracterização da Escola 19

20 Todas as escolas que tenham marcado alojamento no Cadastro de Escolas será migrado como alojamento de aluno. Se alguma escola tiver algo diferente alterar no EDUCACENSO (campo 34) 20 verificar todos os campos da Caracterização da Escola Qualquer alteração no campo 34 – Dependências existentes na escola deverá ser informada à equipe de Cadastro de Escolas através da Ficha Cadastral. Não pode haver divergências entre os Sistemas.

21 21 verificar todos os campos da Caracterização da Escola

22 22 verificar todos os campos da Caracterização da Escola

23 Atenção para os campos 45 e 46 dos Dados Educacionais: as escolas que também oferecem Atividade Complementar ou/e Atendimento Educacional Especializado – AEE, os campos 44 e 45 constam informação NÃO EXCLUSIVAMENTE já as escolas EXCLUSIVAS de Atividade Complementar ou Atendimento Educacional Especializado – AEE o campo 44 e 45 trazem a informação EXCLUSIVAMENTE. Atividade Complementar: atividades de livre escolha da escola, que se enquadram como complementares ao currículo obrigatório, tais como: atividades recreativas, artesanais, artísticas, de esporte, lazer, culturais, de acompanhamento e reforço ao conteúdo escolar, aulas de informática, línguas estrangeiras, educação para a cidadania e direitos humanos, dentre outras, oferecidas no contra turno da escolarização. Atendimento Educacional Especializado - AEE: serviço da Educação Especial, de caráter complementar ou suplementar, voltado para a formação dos alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação realizado no turno inverso ao da escolarização. 23

24 Educação Especial – Modalidade Substitutiva (representada no Cadastro de Alunos como Tipo de Ensino 33 – EEE Modalidade (campo 42) 24

25 Consistência: A opção só é aberta quando informada a modalidade Educação de Jovens e Adultos. 25 todas as etapas de ensino devem ser verificadas Programa Projovem voltado a elevação da escolaridade de jovens de 18 a 29 anos, que não completaram o ensino fundamental, com ações integradas com qualificação profissional inicial e a participação cidadã. O Programa é desenvolvido no âmbito da modalidade de Educação de Jovens e Adultos presencial e agrega as etapas dos anos iniciais e finais do ensino fundamental.

26 verificar o correto preenchimento dos campos (alguns foram carregados do link Censo 2013) 26

27 27 Os exemplos de Relatórios são do ano de A análise criteriosa dos relatórios permitirá que todos os erros sejam corrigidos

28 28 Os exemplos de Relatórios são do ano de A análise criteriosa dos relatórios permitirá que todos os erros sejam corrigidos

29 29 A análise criteriosa dos relatórios permitirá que todos os erros sejam corrigidos Os exemplos de Relatórios são do ano de 2012.

30 CADASTRO DE TURMAS 30 Esta opção será acessada pela escola caso tenha observado erro. Também deverá corrigir no Sistema de Cadastro de Alunos Clicar em Turma / Pesquisar. Em seguida/Pesquisar novamente para que todas as turmas apareçam

31 Clicar em Aluno / Pesquisar e em seguida digitar o nº da Identificação única e/ou nome e data de nascimento, CPF. Finalmente clicar em Pesquisar Caso seja necessário fazer qualquer alteração nas informações do Cadastro do Aluno ou do seu vinculo seguir os passos abaixo. CADASTRO DE ALUNOS 31

32 O Sistema exibirá o cadastro do aluno que para ser alterado está dividido em Identificação; Dados Pessoais e Vínculo 32

33 Qualquer alteração na Identificação do Aluno deve ser replicada no SCA - Sistema de Cadastro de Alunos Atenção para o campo 12 – deficiência do aluno corrigir até dois campos de cada vez quando corrigir os campos dos nomes. O sistema não permite mais que dois campos alterados! 33

34 Qualquer alteração dos Dados Pessoais do Aluno deve ser replicada no SCA - Sistema de Cadastro de Alunos A CIMA não migra as informações de ENDEREÇO RESIDENCIAL, portanto não deverão ser preenchidos estes campos. 34 NUNCA INFORMAR ENDEREÇO DE ALUNO

35 obrigatório justificar porque o aluno não possui dados de nenhum documento. Verificar se está correta a informação Na migração o motivo definido foi Escola não possui informação de documentação do aluno. Caso a escola tenha outra justificativa (Aluno não possui os documentos) deverá ser alterado no campo Justificar a falta de documento 35

36 Ao clicar em Editar Vinculo o usuário poderá alterar: deficiência; espaço onde o aluno recebe a escolarização e a situação do transporte 36

37 no campo 29a poderá ser alterado/incluído o Poder Público responsável pelo transporte escolar No campo 29b poderá ser alterado/incluído o Tipo de Veículo utilizado no transporte escolar Importante: 1- Caso exista alguma escola comunitária ou confessional que possua convênio com poder público, deverá ser informado no campo 29a (a CIMA não coletou esta informação) 2- O Tipo de veículo utilizado BICICLETA também não foi coletado pela CIMA (portanto deverá ser informado). Informar somente se a bicicleta for patrimônio do poder publico 37 Para os Municípios será migrado no campo 29b OUTRO TIPO DE VEICULO RODOVIÁRIO

38 38 Para corrigir informações do cadastro de um docente Clicar em Docente/ Pesquisar e em seguida digitar o nº da Identificação única, ou o CPF ou ainda o nome e data de nascimento. Finalmente clicar em Pesquisar CADASTRO DE DOCENTES

39 39 O Sistema exibirá o cadastro do docente que encontra-se dividido em Identificação; Dados Pessoais e Vínculo

40 Novidade 2012: campo 14 Deficiência do Docente 40

41 Nos campos referentes aos Dados Pessoais é possível alterar Escolaridade e cursos do docente IMPORTANTE: não deve ser preenchido o campo Endereço! 41

42 Ao clicar em Editar Vinculo poderá ser alterado no campo 26 a Função que o profissional exerce na turma (docente, auxiliar/assistente educacional ou tradutor intérprete de libras) no campo 27 a Situação funcional/regime de contratação/tipo de vínculo (concursado/efetivo/estável, contrato temporário/contrato terceirizado/CLT) No campo 28 a turma em que atua No campo 29 as disciplinas que leciona 42

43 43 Período para confirmar ou desconsiderar matrículas duplicadas diretamente no Módulo de Confirmação de Matrícula no sistema Educacenso. Assim que a opção for aberta encaminharemos orientações por comunicado. Envio dos dados finais pelo Inep ao Ministério da Educação : 29/11/2013 Publicação Final: dezembro/2013 Módulo de Confirmação de Matrícula

44 OBRIGADA Fone:


Carregar ppt "1 Departamento de Informação e Monitoramento – DEINF Núcleo de Gestão da Rede Escolar e Matrícula – DER Centro Sul Coordenadoria de Informação, Monitoramento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google