A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Teleprocessamento Meios de Transmissão Aula 05 Prof. Eduardo Leivas Bastos

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Teleprocessamento Meios de Transmissão Aula 05 Prof. Eduardo Leivas Bastos"— Transcrição da apresentação:

1 Teleprocessamento Meios de Transmissão Aula 05 Prof. Eduardo Leivas Bastos

2 Teleprocessamento Meios físicos de transmissão Direcionados (guiados) par trançado cabo coaxial fibra ótica Não-direcionados (não-guiados ou irradiados) rádio microondas (terrestre e satelital) infra-vermelho laser

3 Teleprocessamento Fatores de projeto Largura de banda maior largura de banda -> maior taxa de transmissão Perdas na transmissão atenuação do sinal limita a distância da comunicação Interferência comum em meios não-guiados, porém pode se manifestar em meio guiado através de acoplamento entre cabos Número de receptores receptores introduzem atenuação (ex: Ethernet LAN)

4 Teleprocessamento Espectro Eletromagnético

5 Teleprocessamento Espectro Eletromagnético

6 Teleprocessamento Meios Direcionados

7 Teleprocessamento Consiste de pares de fios de cobre Isolados individualmente Enrolados de forma helicoidal (reduz interferência) pares paralelos = antena = alta interferência Um par atua como um canal de comunicação Vários pares unidos juntos dentro de um mesmo cabo Par Trançado

8 Teleprocessamento Meio de transmissão mais comum Rede Telefônica entre a central telefônica e a casa do assinante (subscriber loop) Dentro de prédios ramais de PABX Para redes locais (LAN) 10Mbps/100Mbps/1000Mbps conector RJ-45 Par Trançado - Aplicações

9 Teleprocessamento Barato Fácil de manusear e instalar Curtas distâncias Taxa de transmissão menor do que a fibra ótica ou o cabo coaxial Par Trançado - Prós e Contras

10 Teleprocessamento Par trançado - Tipos Unshielded Twisted Pair (UTP) Fio telefônico comum Baixíssimo custo Fácil instalação Sofre interferência eletromagnética externa Shielded Twisted Pair (STP) Blindagem em cada par trançado Custo mais elevado Mais difícil de manipular Interferência eletromagnética externa reduzida utilizado em ambientes hostis

11 Teleprocessamento Par trançado - Categorias UTP

12 Teleprocessamento Cabo coaxial (coax) Melhor isolamento do que o par trançado Suporta transmissões em maiores distâncias Dois tipos: 50 Ohms (baseband) transmissão digital (ex: LAN) 75 Ohms (broadband) transmissão analógica (televisão a cabo)

13 Teleprocessamento Cabo coaxial (coax)

14 Teleprocessamento Cabo coaxial - Aplicações Utilização versátil Televisão TV a cabo (CATV) Centrais telefônicas sendo substituído por fibras óticas Comunicação entre computadores (LAN) sinalização digital conector BNC

15 Teleprocessamento Fibra ótica Forma cilíndrica composta de três partes concêntricas Núcleo (core): silício ou plástico (8 a 100 m) Cladding: cobertura de silício ou plástico que envolve o núcleo Capa (jacket) Informações são transmitidas por pulsos de luz Laser ou LED

16 Teleprocessamento Fibra ótica

17 Teleprocessamento Fibra ótica - Atenuação

18 Teleprocessamento Fibra ótica - Modos de transmissão

19 Teleprocessamento Fibra ótica - frequências Wavelength (in vacuum) range (nm) Frequency range (THz) Band label Fiber typeApplication 820 to to 333 MultimodeLAN 1280 to to 222SSingle modeVarious 1528 to to 192CSingle modeWDM 1561 to to 192LSingle modeWDM

20 Teleprocessamento Fibra ótica - WDM

21 Teleprocessamento Fibra ótica - Características de transmissão Grande capacidade de transmissão Taxa de transmissão de Gbps DWDM (Dense Wavelength Division Multiplexing) ex: 80 canais de 10Gbps são disponíveis Baixa atenuação Não sensível à interferência eletromagnética Repetidores Dezenas de quilômetros de distância

22 Teleprocessamento Fibra ótica - Aplicações Transmissão a longas distâncias Troncos telefônicos de longa distância Troncos metropolitanos Conexões entre PABX Redes Locais (LAN)

23 Teleprocessamento Atenuação - Meios Guiados

24 Teleprocessamento Meios não-guiados (wireless)

25 Teleprocessamento Transmissão Wireless 2GHz to 40GHz –Microondas/Satélite –Altamente direcional –Ponto-a-ponto 30MHz to 1GHz –Omnidirectional –Radio 3 x to 2 x Hz –Infravermelho –Uso local

26 Teleprocessamento Rádio Omnidirecional Fácil de gerar Trafegam em longas distâncias Penetram facilmente em obstáculos em freqüências baixas Refletem em obstáculos em freqüências altas Ex: AM,FM

27 Teleprocessamento Microondas (Terrestre) Freqüências > 100MHz: as ondas trafegam em linha reta Antenas parabólicas (3m de diâmetro) concentram o sinal em um único feixe para aumentar o S/N Deve possuir visada direta Precursora das fibras óticas em telecom Necessidade de repetidores

28 Teleprocessamento Microondas - Topologia

29 Teleprocessamento Microondas (Terrestre) Distância máxima entre antenas: d = 7.14 Kh d = distância em quilômetros h = altura da antena (m) K = 4/3 Ex: Duas antenas que possuem altura de 100m podem estar no máximo a 7.14 x 133 = 82Km

30 Teleprocessamento Microondas (Satélite) Satélite é uma estação repetidora Satélite recebe o sinal em uma freqüência (uplink), amplifica (ou repete) este sinal, e retransmite em outra freqüência (downlink) Tipos de satélites: GEO (Geosynchronous Earth Orbit) Km da terra LEO (Low Earth Orbit) MEO (Medium Earth Orbit) Empregos: Televisão, telefonia de longa distância, redes privadas

31 Teleprocessamento Satélite - Ponto-a-Ponto

32 Teleprocessamento Satélite - Ponto-a-Ponto RTT (Round Trip Time) –tempo que o sinal leva para ir do ponto A até o ponto B e retornar ao ponto A Calcule o RTT da seguinte topologia: AB 36000Km

33 Teleprocessamento Satélite - Broadcast

34 Teleprocessamento Infra-vermelho Modulação da luz infra-vermelho Direcional e bloqueado por barreiras físicas Comunicação barata e sem regulamentação Fácil de construir Necessita de visada direta (ou reflexão) Empregos - comunicação a curta distância: ex: controle remoto, TV, portas de garagem

35 Teleprocessamento Luz visível (laser) Unidirecional Grande largura de banda e baixo custo Fácil de instalar Sem precisar de licença Problemas em dias chuvosos ou com nevoeiro

36 Teleprocessamento Propagação Wireless

37 Teleprocessamento Meios de Transmissão Aula 05 Prof. Eduardo Leivas Bastos


Carregar ppt "Teleprocessamento Meios de Transmissão Aula 05 Prof. Eduardo Leivas Bastos"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google