A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Tecido Epitelial Giciane Carvalho Vieira. Classificação do Tecido Epitelial Tecido Epitelial de Revestimento (TER) Tecido Glandular (TG)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Tecido Epitelial Giciane Carvalho Vieira. Classificação do Tecido Epitelial Tecido Epitelial de Revestimento (TER) Tecido Glandular (TG)"— Transcrição da apresentação:

1 Tecido Epitelial Giciane Carvalho Vieira

2 Classificação do Tecido Epitelial Tecido Epitelial de Revestimento (TER) Tecido Glandular (TG)

3 Funções Proteção Absorção Secreção Excreção Percepção sensorial Contração Transporte transcelular

4 Origem Embriológica Ectodérmica Mesodérmica Endodérmica

5 Características dos Epitélios Células agrupadas densamente Secreção da matriz extracelular (lâmina basal) Avascular Morfologia polarizada Pouca substância extracelular Presença de junções intercelulares Capacidade de sofrer divisão Presença de especializações estruturais Nutrição e oxigenação por difusão pela lâmina basal

6 Classificação do TER Simples –Pavimentoso –Cúbico –Cilíndrico Pseudo-estratificadoEstratificado –Pavimentoso –Cúbico –Cilíndrico –De Transição Queratinizado Não-queratinizado

7 TER Simples Pavimentoso Exemplos de localização: Camada Parietal da Cápsula de Bowman Alvéolos Pulmonares Endotélio Mesotélio

8 TER Simples Cúbico Exemplos de localização: Folículos Tireoidianos Túbulos Renais Revestimento externo do ovário Alguns ductos glandulares

9 TER Simples Colunar Exemplos de localização: Revestimento do intestino Estômago Vesícula biliar Útero Oviduto

10 TER Pseudo-estratificado Exemplos de localização: Traquéia Brônquios Cavidade Nasal Epidídimo

11 TER Estratificado Pavimentoso Exemplos de localização: Queratinizado Epiderme Uretra Masculina Não-queratinizado Esôfago Cavidade Bucal Faringe

12 TER Estratificado Cúbico Exemplos de localização: Ductos das glândulas sudoríparas

13 TER Estratificado Colunar Exemplos de localização: Conjuntiva do olho

14 TER de Transição Exemplos de localização: Ureteres Bexiga urinária Pelve renal Cálices renais

15 Junções Intercelulares Junções de adesão ou ancoragem: Zônulas de adesão Desmossomos Hemidesmossomos Junções de oclusão: Zônulas de oclusão Junções de comunicação: Junções tipo gap

16 Domínio Apical Canais Iônicos Proteínas Transportadoras H + ATPase (Adenosina Trifosfatase) Glicoproteínas Enzimas hidrolíticas Aquaporinas

17 Junções de oclusão Junções de adesão Junções de comunicação Domínio Lateral

18 Domínio Basal Hemidesmossomos

19 Parênquima e Estroma?

20 Membrana Basal Lâmina Densa Lâmina Lúcida Lâmina Reticular Lâmina Basal

21 Função da Membrana Basal Estrutural Filtração de moléculas Influenciam na polaridade das células Regula a proliferação e a diferenciação celular Influi no metabolismo celular Influi na organização das proteínas nas membranas plasmáticas de células adjacentes Controle da migração de células

22 Especializações de Membrana Microvilos Estereocílios Cílios Flagelos

23 Renovação das Células Epiteliais Turn over regular Função Localização

24 Neuroepitélio é um epitélio especializado Ex.: corpúsculos gustativos

25 Mioepitélio célula epitelial especializada de distribuição limitada são muito ramificadas contêm microfilamentos de actina podem contrair Ex.: alvéolos secretores e ductos intralobulares de algumas glândulas

26 Pele:EpidermeDermeHipoderme Panículo adiposo Anexos:PêlosUnhas Gl. sudoríparas Gl. sebáceas Pele

27 Epiderme Células: - Queratinócitos - Melanócitos - Células de Langerhans - Células de Merkel T.E.R. estratificado pavimentoso queratinizado Camadas: - Basal - Espinhosa - Granulosa - Lúcida - Córnea

28 Pele Espessa: Gl. sudoríparas Pele Fina: Folículos pilosos Músculos eretores dos pelos Gl. sebáceas Gl. sudoríparas Classificação da pele quanto a espessura da epiderme:

29 RER tirosinase RER tirosinase AG vesículas de tirosinase AG vesículas de tirosinase citoplasma melanossomos I (tirosinase + tirosina): citoplasma melanossomos I (tirosinase + tirosina): * tirosina 3,4 diidroxifenilalanina dopa- quinona melanina * tirosina 3,4 diidroxifenilalanina dopa- quinona melanina tirosinase e melanina (melanossomos II e III) tirosinase e melanina (melanossomos II e III) grânulos de melanina (sem tirosina) grânulos de melanina (sem tirosina) prolongamentos queratinócitos lisossomos prolongamentos queratinócitos lisossomos Processo de Melanogênese

30 A cor da pele resulta de vários fatores: Conteúdo em melanina; Conteúdo em caroteno; Quantidade de capilares na derme; Cor do sangue nesses capilares.

31 Escurecimento da pele por exposição à luz solar: Ocorre inicialmente o escurecimento da melanina pré-existente; Aceleração do transporte de melanina para os queratinócitos; A síntese da melanina é aumentada.

32 Correlações Clínicas Quelóide Pênfigo vulgar Neoplasia Metaplasia Carcinoma


Carregar ppt "Tecido Epitelial Giciane Carvalho Vieira. Classificação do Tecido Epitelial Tecido Epitelial de Revestimento (TER) Tecido Glandular (TG)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google