A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Por que implementar a IHAC? Evidências Científicas mostram que o DESMAME PRECOCE é a causa mais importante da MORBI- MORTALIDADE INFANTIL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Por que implementar a IHAC? Evidências Científicas mostram que o DESMAME PRECOCE é a causa mais importante da MORBI- MORTALIDADE INFANTIL."— Transcrição da apresentação:

1 Por que implementar a IHAC? Evidências Científicas mostram que o DESMAME PRECOCE é a causa mais importante da MORBI- MORTALIDADE INFANTIL.

2 Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC)* Visa oferecer a todos os bebês o melhor começo de vida possível ao criar um ambiente de atendimento à saúde que tenha como norma o apoio ao aleitamento materno. * Faz parte da Estratégia Global para a Alimentação de Lactentes e Crianças de Primeira Infância da Organização Mundial da Saúde e do UNICEF - Declaração Conjunta OMS/UNICEF (1989)

3 Objetivos: Implementar os Dez Passos Pôr fim à prática de distribuição gratuita ou a baixo custo de substitutos do leite materno a unidades de saúde.

4 Ter uma norma escrita sobre aleitamento materno, que deve ser rotineiramente transmitida a toda a equipe de saúde. PASSO 1 Declaração Conjunta OMS/UNICEF (1989) COMO TORNAR UM HOSPITAL AMIGO DA CRIANÇA

5 Capacitar toda a equipe de saúde, para implementar esta norma. COMO TORNAR UM HOSPITAL AMIGO DA CRIANÇA PASSO 2 Declaração Conjunta OMS/UNICEF ( 1989 )

6 Orientar todas as gestantes sobre as vantagens e o manejo do aleitamento materno. COMO TORNAR UM HOSPITAL AMIGO DA CRIANÇA PASSO 3 Declaração Conjunta OMS/UNICEF (1989)

7 Ajudar as mães a iniciar a amamentação na primeira meia hora após o nascimento do bebê. COMO TORNAR UM HOSPITAL AMIGO DA CRIANÇA PASSO 4 Declaração Conjunta OMS/UNICEF (1989)

8 Mostrar às mães como amamentar e como manter a lactação, mesmo se vierem a ser separadas de seus filhos. COMO TORNAR UM HOSPITAL AMIGO DA CRIANÇA PASSO 5 Declaração Conjunta OMS/UNICEF (1989)

9 Não dar ao recém-nascido nenhum outro alimento ou bebida além do leite materno, a não ser que tal procedimento tenha uma indicação médica. COMO TORNAR UM HOSPITAL AMIGO DA CRIANÇA PASSO 6 Declaração Conjunta OMS/UNICEF (1989)

10 Praticar o alojamento conjunto - permitir que mãe e bebê permaneçam juntos - 24 horas por dia. COMO TORNAR UM HOSPITAL AMIGO DA CRIANÇA PASSO 7 Declaração Conjunta OMS/UNICEF (1989)

11 Encorajar o amamentação sob livre demanda. COMO TORNAR UM HOSPITAL AMIGO DA CRIANÇA PASSO 8 Declaração Conjunta OMS/UNICEF (1989)

12 Não dar bicos artificiais ou chupetas a crianças amamentadas ao seio. COMO TORNAR UM HOSPITAL AMIGO DA CRIANÇA PASSO 9 Declaração Conjunta OMS/UNICEF (1989)

13 Encaminhar as mães, por ocasião da alta hospitalar, para grupos de apoio ao aleitamento materno na comunidade ou em serviços de saúde. COMO TORNAR UM HOSPITAL AMIGO DA CRIANÇA PASSO 10 Declaração Conjunta OMS/UNICEF (1989)

14 Fluxograma para credenciamento de Hospitais Amigos da Criança *SES solicita ao Hospital que providencie a documentação relativa aos pré-requisitos do MS e encaminha dois Avaliadores Locais ao Hospital. ** MS avalia documentação da pré-avaliação e pré-requisitos e encaminha dois Avaliadores externos ao hospital. ***O mesmo se aplica ao não cumprimento dos pré-requisitos ****O Hospital que solicita nova Avaliação Global ao MS no período de 6 meses é avaliado somente nos passos não cumpridos. ***** O Hospital monitora suas práticas anualmente e a SES faz reavaliações trianuais.

15 No Brasil, a IHAC foi implementada através do Programa Nacional de Incentivo ao Aleitamento Materno, em articulação os Estados; Municípios; Sociedade Brasileira de Pediatria; ONGs de Apoio à Amamentação, OMS; OPAS e UNICEF, desde INICIATIVA HOSPITAL AMIGO DA CRIANÇA INICIATIVA HOSPITAL AMIGO DA CRIANÇA COMO É IMPLEMENTADO NO BRASIL? Atualmente na Área Técnica de Saúde da Criança e Aleitamento Materno

16 CONTEXTUALIZAÇÃO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS NA ATENÇÃO À CRIANÇA NO CENÁRIO MUNDIAL E NACIONAL Brasil é signatário da Declaração do Milênio 2000 Pacto Nacional pela Redução da Mortalidade Materna e Neonatal 2004 Pacto pela Vida – 2006 PAC SAÚDE – MAIS SAÚDE

17 SAÚDE INTEGRAL DA CRIANÇA Promoção, Proteção e Apoio ao Aleitamento Materno Investigação do Óbito Infantil Prevenção de Violências e Promoção da Cultura de Paz Atenção à Saúde do Recém-Nascido Incentivo e Qualificação do Acompanhamento do Crescimento e Desenvolvimento ÁREA DE SAÚDE DA CRIANÇA E ALEITAMENTO MATERNO / DAPES /SAS Linhas de Cuidado

18 POLÍTICA NACIONAL DE ALEITAMENTO MATERNO Monitoramento Divulgação/ Campanhas Promoção, Proteção e Apoio ao Aleitamento Materno Atenção Básica Proteção à Amamentação Atenção Hospitalar Bancos de Leite

19 POLÍTICA NACIONAL DE ALEITAMENTO MATERNO AÇÕES IHAC Mãe Canguru Promoção, Proteção e Apoio ao Aleitamento Materno

20 Distribuição de HAC por Estado Distribuição de HAC por Estado março 2008 março 2008 GO-22 PI-11 PE-11 RN-26 SE-2 MA- 21 ES-4 CE-30 AL-7 BA-8 SP-35 MG-19 RJ-17 PR-17 RS-16 SC-19 DF-11 MS-4 MT-0 AC-1 AM-5 AP-1 PA-10 TO-3 RR-O RO-0 PB hospitais em outubro/2008

21 POLÍTICA NACIONAL DE ALEITAMENTO MATERNO IHAC Objetivo Geral Promover ações facilitadoras do aleitamento materno no âmbito da rede hospitalar Objetivo Específico Ampliar e consolidar a IHAC no Brasil

22 PLANO DE AÇÃO E COMPETÊNCIAS IHAC Ministério da Saúde Capacitar novos avaliadores Capacitar multiplicadores dos cursos Disponibilizar material instrucional para os Estados Ofertar a placa pelo reconhecimento do título Promover sistemas de monitoramento dos HAC Fornecer apoio técnico aos Estados

23 PLANO DE AÇÃO E COMPETÊNCIAS IHAC Estados Reavaliar os HAC a cada três anos Priorizar os Municípios com alto índice de mortalidade infantil para novos HAC Sensibilizar gestores hospitalares Prover avaliadores da IHAC Viabilizar Curso de 20h nos Municípios Fornecer apoio técnico aos Municípios Alcançar a meta de 10% ao ano de ampliação da IHAC

24 PLANO DE AÇÃO E COMPETÊNCIAS IHAC Municípios Indicar os hospitais que deverão implantar a IHAC Promover a capacitação dos profissionais dos hospitais indicados Fornecer apoio técnico aos hospitais na consecução da Iniciativa Hospitais Responsabilizar-se pelo cumprimento dos Dez Passos de forma contínua Fazer monitoramento

25 Nos primeiros 4 anos: crescimento exponencial; apos 1996, aumento lento. Variações de um pais a outro. Em 15 anos - cerca de HAC. Média de 1330 HAC por ano. 140 países do mundo aderiram à Iniciativa: De 1991 a 2008 apenas 7 hospitais foram credenciados por pais (por ano) em média Tendências da IHAC desde 1991 Marina Rea

26

27 Tendências da IHAC no Brasil 322 Hospitais Amigos da Criança (outubro/2008) hospitais com leitos obstétricos do SUS (6,8% são HAC). Brasil repete tendência mundial: nos primeiros 4 anos: crescimento exponencial; depois de 1996, aumento mais lento (introdução de critérios extras?) Maior aumento verificado nos anos (repercussão dos cursos de sensibilização de gestores?)Média de 21 hospitais por ano; Dos 3346 municípios onde existem hospitais com leitos obstétricos do SUS, somente 205 deles possuíam HAC. Marina Rea

28 REVITALIZAÇÃO DA IHAC Revisão e atualização dos materiais de capacitação da IHAC pela OMS e UNICEF Nova interpretação do Passo 4 e 10 Inclusão dos critérios de avaliação do cumprimento da NBCAL Critérios opcionais para avaliar ações em casos HIV (preval) e se tornar um hospital amigo da mãe Atualização das Razões médicas aceitáveis para substituir o leite materno (Passo 6)

29 GRATAGRATA


Carregar ppt "Por que implementar a IHAC? Evidências Científicas mostram que o DESMAME PRECOCE é a causa mais importante da MORBI- MORTALIDADE INFANTIL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google