A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Qualificando as anotações de enfermagem do Hospital Estadual Sumaré *Milene Karine Zimmer Volpe Enfermeira Supervisora do Serviço de Educação Permanente.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Qualificando as anotações de enfermagem do Hospital Estadual Sumaré *Milene Karine Zimmer Volpe Enfermeira Supervisora do Serviço de Educação Permanente."— Transcrição da apresentação:

1 Qualificando as anotações de enfermagem do Hospital Estadual Sumaré *Milene Karine Zimmer Volpe Enfermeira Supervisora do Serviço de Educação Permanente e Auditoria – HES Antonieta Keiko KakudaShimo Professora Doutora do Departamento de Enfermagem – FCM/UNICAMP

2 Modelo de Gestão - OSS OSS (Organização Social Saúde) Referência (população/ mil) –2° maior Hospital da região (HC) 22mil metros de área construída 270 Leitos 1050 internações/mês Inauguração setembro de 2000 Qualidade na assistência hospitalar Titulação: Acreditação Hospitalar ONA: Nível 3 Qualidade Hospitalar – 2001 Hospital Amigo da Criança ISO 2001/9000 – Agência Transfusional PELM – Laboratório

3 Enfermeiro: 74 Técnico de Enfermagem: 164 Auxiliar de Enfermagem: 301 Total colaboradores HES: 1171 Total da Equipe de Enfermagem: 45% Recursos Humanos

4 ... percurso histórico do HES Histórico Evolução Prescrição caminhando...

5 Processo de Enfermagem Qualificação do registro SAE Auditoria de Prontuário Legislação Conteúdo Data / Hora Registro seqüencial Legíbilidade Sem rasuras Identificação Profissional Ordem cronológica Checagem de prescrições Padrão Perfil da clientela Meta 60% Eficiência Qual o 1ª passo? Como fazer? Ordem cronológica/checagem de prescrições Capacitação/aprimoramento 100% colaboradores HES Integração/acompanhamento novos colaboradores 3 meses Reforçar orientação jornal GATE Avaliação do resultado imediato Avaliação continuada Histórico Diagnóstico De Enfermagem Prescrição Evolução Anotação* 1.Aprimoramento 2.Estudos de caso 3.Seleção DE 4.Intervenção/DE- HES 5.Revisão de impressos 1 Operacional Prospectiva 10% total de prontuários 6.Grupo Estudos DE 7.Avaliação imediata 8.Avaliação 6 meses, 1 e 2a 9.Avaliação continuada Estratégias: 1 Padronização de impressos e sistema MV Terias Método de coleta de dados De NANDA Capacitação Implementação Checagem AE / TE Individualizada Análise Planejamento Resultado Fonte de informação p/ avaliação da assistência prestada

6 Introdução No presente estudo apresentar-se-á o primeiro passo (Qualificação das anotações de enfermagem) de uma trajetória planejada para alcançar a implementação de todas as etapas da Sistematização de Assistência de Enfermagem – SAE e seu registro nos prontuários. Subsidio para o enfermeiro estabelecer o plano de cuidados/prescrição/ Avaliação de resultados.

7 Objetivos Apresentar a intervenção educativa para qualificar (primeiro passo) os registros de enfermagem dos técnicos e auxiliares de enfermagem do HES. Identificar o impacto da intervenção no resultado geral do processo de auditoria de enfermagem nos prontuários.

8 Metodologia Trata-se de um estudo descritivo, com o caráter de relato de experiência de uma intervenção educativa : 1. Análise por amostragem dos prontuários de todas as unidades assistenciais do HES no mês de julho de Intervenção: aprimoramento teórico e prático devidamente estruturado com os objetivos propostos para os auxiliares e técnicos de enfermagem da instituição em sala de aula, durante o horário de trabalho agendado previamente em todos os plantões, com duração de 2 horas. 3. Análise por amostragem dos prontuários de todas as unidades assistenciais do HES no mês de dezembro de 2006.

9 Metodologia - Intervenção Objetivos propostos para essa intervenção foram: 1. Aprimorar os colaboradores de enfermagem em relação aos registros de enfermagem em ordem cronológica; 2. Aprimorar os colaboradores de enfermagem em relação à checagem das prescrições de enfermagem e médica; 3. Orientar os colaboradores de enfermagem em relação aos aspectos éticos e legais dos registros de enfermagem; 4. Melhorar a base de informação do cuidado prestado para o planejamento da assistência de enfermagem; 5. Reforçar a responsabilidade do profissional envolvido no processo de assistência de Enfermagem Ao término de cada aula foi consolidado a absorção das informações oferecidas e aparos de possíveis dúvidas por meio de um exercício de fixação dessas informações.

10 Apresentação e discussão de resultados Unidades avaliadas Prontuários analisados (antes) jul/2006 Score Prontuários analisados (após) dez/2006 Score Aumento em % Nº% GeralNº% Geral clinica cirúrgica 4 96 E 2279 A (-)17 Clinica médica 5 91 E 1097 E 6 UTI neo 1 88 E 492 E 4 pediatria 2 77 A 889 E 12 Clinica de Especialidades 6 76 A 1078 A 2 centro cirúrgico ambulatorial 3 76 A 3397 E 21 centro cirúrgico 3 73 A 3486 E 13 UTI Adulto 2 72 A 591 E 18 urgência referenciada pediátrica 1 65 A 595 E 30 urgência referenciada adulto 3 52 D 489 E 36 Tota3076,6_13589,3_145 Legenda: E – eficiente (100%-80%) A – aceitável (79%-60%) D – deficiente (59% - 0%) Tabela 01: distribuição da qualificação das anotações de enfermagem nos prontuários em porcentagem conforme as unidade avaliadas.

11 Conclusão Conclui-se que atingiu a melhoria dos registros; 6% na unidade de clinica médica 2% clinica de especialidades 12% pediatria 4% UTI neo 18% UTI adulto 13% centro cirúrgico 21% centro cirúrgico ambulatorial 36% urgência referenciada adulto 30% urgência referenciada

12 Conclusão Antes da intervenção 30% das unidades – E – Eficiente 60% das unidades – A – Aceitável 10% das unidades – D - Deficiente Após a intervenção 80% das unidades – E – Eficiente 20% das unidades – A – Aceitável 0% das unidades – D - Deficiente

13 Conclusão Outras ações; Inclusão desse treinamento no programa de integração dos novos colaboradores; Acompanhamento no período experimental de até 90 dias; Destaque no jornal do Grupo de Apoio Técnico de Enfermagem – GATE de veiculação interna a todos colaboradores de enfermagem.

14 Bibliografia 1.Sistematização da Assistência de Enfermagem – SAE.Revista do COREN-SP, Cianciarullo, T. I; Guarda, D. M. R; Melleiro, M, M; Anabuki, M, H; Sistemas de Assistência de enfermagem: Evolução e tendências.São Paulo: Ícone, Possari, J. F. Prontuário do paciente e os registros de enfermagem. 1. Ed. São Paulo: Iátria, Bork, A. M.T. Enfermagem baseada em evidências. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, D INNOCENZO, M.; ADAMI, N. P. Análise da qualidade dos registros de enfermagem nos prontuários de pacientes de hospitais de ensino e universitários. ACta Paul. Enf., São Paulo, V. 17, n. 4, p , PADUA, A. R. Análise das anotações de enfermagem: uma proposta de sistematização da assistência de enfermagem. São Paulo, Dissertação (Mestrado) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de são Paulo. 7.VENTURINI, D. A.; MARCON, S. S. Anotações de enfermagem em uma unidade cirúrgica de um hospital escola. Brasília, V. 61, n. 5, set/out de 2008.

15


Carregar ppt "Qualificando as anotações de enfermagem do Hospital Estadual Sumaré *Milene Karine Zimmer Volpe Enfermeira Supervisora do Serviço de Educação Permanente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google