A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SISTEMA DE INFORMAÇÃO E INTRODUÇÃO À ANÁLISE DE DADOS Rejane Sobrino Pinheiro Kátia Regina de Barros Sanches Aula 1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SISTEMA DE INFORMAÇÃO E INTRODUÇÃO À ANÁLISE DE DADOS Rejane Sobrino Pinheiro Kátia Regina de Barros Sanches Aula 1."— Transcrição da apresentação:

1 SISTEMA DE INFORMAÇÃO E INTRODUÇÃO À ANÁLISE DE DADOS Rejane Sobrino Pinheiro Kátia Regina de Barros Sanches Aula 1

2 Programa Aula 1: Sistemas de Informação em Saúde no Brasil I: finalidades, evolução, abrangência, nível de agregação dos dados, detalhamento da informação e cobertura Apresentação dos Sistemas de Informação e Grandes bases de Dados em Saúde (SIM, SINASC, SINAN, SIH-SUS, SIA-APAC). Acesso ao DATASUS Recuperação de dados e uso do TABNET, IDB- Brasil, Indicadores do Pacto da Atenção Básica. Tabwin: download e instalação Aula 2: SIM, IBGE, SINAN usando o Tabnet e Tabwin Cálculo de taxas, percentuais. Apresentação em gráficos e mapas. Aula 3: SIH-SUS e SINASC. Análise bivariada Introdução ao EpiInfo I: uso dos dados do SINAN Read, Browse, Freq Introdução ao EpiInfo II: uso dos dados do SINAN Define, recode, let, if Aula 4: Introdução ao EpiInfo III: Análise bivariada Tables, means, write recfile, route

3 Qual a pergunta? O que e como apresentar?

4 Tabela com 1 coluna: DO/sexo contar óbitos por sexo DO/município de residência contar municípios Distribuição causa básica contar as causas básicas Tabela com mais de 1 coluna: Distribuição da causa básica por sexo Distribuição da causa básica por faixa etária Tabelas com filtro – subconjunto dos dados: Distribuição da causa básica para os homens Distribuição da causa básica para as mulheres Distribuição da causa básica para os residentes no município X. Variável & seleção de registros Tabulações: linhas, colunas, conteúdo

5 Página do DATASUS Página inicial – Links de acesso a informações: Informação de Saúde e Arquivos Recuperação de dados via tabulador na Internet – Tabnet Acesso de duas formas básica: lista de indicadores (UF, região, capitais e região metropolitana) e SIS Acesso a uma lista de indicadores: previamente tabulados, Tabnet permitindo tabulação para UF e capitais Acesso aos dados via SIS e o cálculo do indicador é feito a posteriori. O Tabwin é um software de domínio público desenvolvido pelo Datasus, que permite o cáculo de indicadores feito pelo usuário, apresentação de gráficos e mapas. As tabelas podem ser feitas: no Tabnet e trabalhadas no Tabwin diretamente no Tabwin, a partir dos arquivos de dados originais disponí-vel na página do Datasus.

6

7 É disponibilizada uma lista de indicadores para consulta Indicadores prontos : o acesso é pelo nome do indicador Alguns indicadores já vem tabulados Tabelas via programa de tabulação pela internet Tabnet

8 Lista de Indicadores de Saúde: IDB-Brasil Indicadores do Pacto da Atenção Básica

9

10

11 Indicadores e Dados Básicos IDB-Brasil Alguns indicadores em saúde: Demográficos Socioeconômicos Mortalidade Morbidade e fatores de risco Recursos Cobertura Estão desagregados por UF (tabelas prontas). Alguns estão desagregados para capitais e regiões metropolitanas. Morbidade: possui indicadores relacionados aos diferentes agravos de notificação compulsória.

12 Texto em pdf

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29 Mostraremos mais tarde como elaborar o gráfico Tx incidência de TB por 100 mil habitantes

30 TB – alguns dados Coeficiente de incidência TB no Brasil 48 casos por habitantes. 8 estados apresentaram em 2000 coef. maior que a média nacional. RJ e Amazonas maiores taxas de incidência de TB por todas as formas. A estabilidade aparente da situação da TB é duvidosa principalmente pelos atuais índices de cura e abandono. Meta acordada mundialmente: cura 85%; abandono __. < 5%. Segundo MS (2004), no Brasil: % cura de 70% e a taxa de abandono de 10%. Cerca de 6000 pessoas morrem anualmente por tuberculose no Brasil com uma taxa por volta de 3/ habitantes, porém há que se considerar a subnotificação Coef. incidência TB: EUA (8,7/100 mil hab) e Canadá (7/100 mil habitantes).

31

32

33

34

35 Digitar nome arquivo

36

37

38 Calcula a mortalidade propocional para cada sexo. Fem d. ap. circulatório e respiratório Masc d. ap. circulatório e causas externas

39 Exercícios 1) Comparar a série das mal definidas pelo link do IDB-Brasil, calcular a mortalidade proporcional por causas mal definidas, entre os estados do Brasil, 1990 a 2003 salvar para o Tabwin. 2) Comparar a Taxa de mortalidade por doenças transmissíveis entre as capitais do BR, em 2003, segundo faixa etária selecionar as imunopreviníveis salvar para o Tabwin. 3) Comparar as taxas de mortalidade por Aids entre homens e mulheres, segundo capitais do BR, em 2003 Salvar para o Tabwin. 4) Comparar a série das mal definidas do RN e os estados do Nordeste pelo link do IDB-Brasil, calcular a mortalidade proporcional por causas mal definidas para RN, entre 1990 e 2003 salvar para o Tabwin

40 Exercícios Diferentes níveis de agregação seleção da região: 5) Tabular a mortalidade proporcional por causas mal definidas por faixa etária e sexo para o RN. Comparar salvar para o Tabwin. 6) Tabular a mortalidade proporcional por causas mal definidas por faixa etária e sexo para Natal. Comparar salvar para o Tabwin. 7) Tabular a mortalidade proporcional por causas mal definidas por faixa etária para os municípios da Grande Natal. Comparar salvar para o Tabwin. 8) Tabular os óbitos por município de residência – RN – 2004 salvar para o Tabwin.

41 Solução exercício 1

42

43

44

45 Solução exercício 2

46

47 Solução exercício 3

48

49 Solução exercício 4

50

51 Solução exercício 5

52

53 Exercício 5: Maior para as mulheres em idade reprodutiva Maior para mais velhos Maior para homens fora da idade reprodutiva Apresentaremos mais adiante a elaboração do gráfico

54 Solução exercício 6 Descer as janelas de selação disponíveis

55 Solução exercício 6

56

57 Solução exercício 7

58

59

60 Pacto da Atenção Básica Alguns indicadores relacionados ao acompanhamento de doenças transmissíveis encontram-se nesse link do Datasus (TB e hansen). Estão desagregados por município. Dados retirados do SINAN informados pela SVS. % abandono de TB Taxa de incidência de TB Coeficiente de prevalência de hanseníase Coeficiente de detecção de hanseníase (-) ou em branco: valor nulo (não arredondamento) ou valor não disponível

61

62

63

64 Mostraremos mais tarde como fazer o gráfico

65 Média BR /100 mil Mostraremos mais tarde como fazer o mapa

66 Anuário Estatístico de Saúde do Brasil Texto com tabulações prontas, por UF, baseadas no IDB. Está disponível o de As tabulações podem ser copiadas com copia e cola e coladas no Excel, por exemplo.

67

68

69

70

71

72

73

74

75

76 Indicadores municipais de saúde Portal da Saúde Texto com tabulações prontas, por UF, baseadas no IDB. Seleção de um município por vez. As tabulações podem ser copiadas (com cópia e cola) e coladas no Excel, por exemplo.

77

78

79

80

81

82 Sistemas de Informação em Saúde via Tabnet

83 É disponibilizada uma lista de indicadores para consulta Indicadores prontos : o acesso é pelo nome do indicador Alguns indicadores já vem tabulados Tabelas via programa de tabulação pela internet Tabnet

84 Recuperação de dados e tabulação Tabnet Tabnet tabulador via Internet Facilidade de acesso a dados e a formas de consolidação simples (tabelas) usado nos slides anteriores. Nível de desagregação mínimo município Como deseja a tabela: variável da linha da coluna e o conteúdo. A tabulação é para um subgrupo da população? Ver seleção A tabela pode ser salva em 2 formatos: CSV e TAB. Amigável possui limitação de consulta x facilidade de uso. Por exemplo, não faz consulta por hospital.

85

86

87

88

89

90

91 Falaremos mais tarde sobre isso

92 Voltando à tabulação... Óbitos por sexo – RN em 2004

93

94 Nova tabulação Óbitos por município de residência – RN em 2004

95

96

97 Nova tabulação Óbitos por município de residência e por sexo – RN em 2004

98

99

100 Nova tabulação Óbitos por município de residência e por sexo Filtrando somente para Grande Natal

101

102 Número de óbitos x população taxa

103

104

105

106 Distribuição das causas

107

108 Somente para homens

109

110 1ª. D.aparelho circulatório 2ª. Sintomas e sinais – mal definidas 3ª. Causas externas 4ª. Neoplasias

111 Distribuição das causas Somente para mulheres

112

113 1ª. D.aparelho circulatório 2ª. Sintomas e sinais – mal definidas 3ª. Neoplasias 4ª. D.endócrino e nutricionais

114 Distribuição das causas por sexo

115

116 Exercícios 1 - Para Natal, as causas de óbito diferem entre homens e mulheres? 2 – Calcular a mortalidade proporcional 3 – Distribuição de óbitos por sexo para todos os municípios (salvar para o Tabwin). Podemos usar planilha ou Tabwin

117


Carregar ppt "SISTEMA DE INFORMAÇÃO E INTRODUÇÃO À ANÁLISE DE DADOS Rejane Sobrino Pinheiro Kátia Regina de Barros Sanches Aula 1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google