A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MÓDULO MÓDULO MÓDULO PROGRAMA DE PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA CONTEÚDO MíNIMO 4 4.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MÓDULO MÓDULO MÓDULO PROGRAMA DE PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA CONTEÚDO MíNIMO 4 4."— Transcrição da apresentação:

1

2 MÓDULO MÓDULO MÓDULO PROGRAMA DE PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA CONTEÚDO MíNIMO 4 4

3 INSTRUÇÃO NORMATIVA IN - Nº 1 de 11/O4/94 e PROGRAMA DE PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA ( P P R ) Recomendações, Seleção e Uso de Respiradores

4 ( I N / PPR Pa rágrafo1.1 ) O QUE É ( I N / PPR Pa rágrafo1.1 ) O QUE É Conjunto de medidas práticas e administrativas; Devem ser adotadas por toda empresa onde for necessário o uso de respirador; É obrigatório desde 15 de agosto de PARA QUE PARA QUE Alcançar, durante o uso de um respirador, o nível de proteção que se espera dele. ? ?

5 OS RESPIRADORES SOMENTE DEVEM SER USADOS QUANDO AS MEDIDAS DE PROTEÇÃO COLETIVA: OS RESPIRADORES SOMENTE DEVEM SER USADOS QUANDO AS MEDIDAS DE PROTEÇÃO COLETIVA: - Não são viáveis; - Não atingem níveis aceitáveis de contaminação; - Estão em manutenção; - Estão em estudo ou sendo implantadas. PRÁTICAS PERMITIDAS ANTES DE OPTAR PELO USO DE RESPIRADORES VOCÊ DEVERÁ: ( IN / PPR Parágrafo 1.2 ) ANTES DE OPTAR PELO USO DE RESPIRADORES VOCÊ DEVERÁ: I- Diminuir a exposição; 2- Adotar proteção coletiva 3- Substituir as substâncias tóxicas.

6 RESPONSABILIDADES DO EMPREGADOR RESPONSABILIDADES DO EMPREGADOR ( IN / PPR Parágrafo 1.3) Fornecer o respirador quando necessário; Fornecer o respirador adequado; Estabelecer e manter um PPR; Permitir ao empregado sair da área de risco quando: O respirador apresentar falha de funcionamento; Detectar penetração do agente contaminante; Aumentar a resistência à respiração; Sentir desconforto devido ao uso do EPR, sentir náusea, fraqueza, tosse, espirro, dificuldade para respirar, calafrio, tontura, ânsia de vômito, etc; Necessidade de lavar o rosto; Necessidade de trocar o filtro; Necessidade de descanso em área não contaminada. Investigar causa do mau funcionamento do EPR e comunicar, se necessário, ao fabricante e SSST/MTb.

7 RESPONSABILIDADES DO EMPREGADO (IN / PPR PARÁGRAFO 1.4) Usar o EPR de acordo com as instruções recebidas Usar o EPR de acordo com as instruções recebidas Guardar corretamente Guardar corretamente Sair da área de risco se houver falha Sair da área de risco se houver falha Comunicar ao responsável problemas de saúde Comunicar ao responsável problemas de saúde

8 CONTEÚDO MíNIMO ( IN / PPR Parágrafo 1.5 ) O PPR DEVE SER ESCRITO E CONTER, NO MÍNIMO, OS ITENS: Indicação do administrador Exame médico prévio / anual Critério técnico de seleção do EPR Treinamento dos usuários e envolvidos Ensaio de vedação prévio / anual Manutenção, higienização, inspeção e guarda Auditoria anual Indicação do administrador Exame médico prévio / anual Critério técnico de seleção do EPR Treinamento dos usuários e envolvidos Ensaio de vedação prévio / anual Manutenção, higienização, inspeção e guarda Auditoria anual

9 ADMINISTRAÇÃO DO PPR ( IN / PPR Parágrafo 2 ) 1. ADMINISTRADOR DO PROGRAMA: E o único responsável e que tem autoridade Pode ser do SESMT (ou supervisor, pequena empresa) Deve ter conhecimentos de proteção respiratória Deve conhecer a legislação ADMINISTRAÇÃO DO PPR ( IN / PPR Parágrafo 2 ) 1. ADMINISTRADOR DO PROGRAMA: E o único responsável e que tem autoridade Pode ser do SESMT (ou supervisor, pequena empresa) Deve ter conhecimentos de proteção respiratória Deve conhecer a legislação 2. SUAS RESPONSABILIDADES INCLUEM: 2. SUAS RESPONSABILIDADES INCLUEM: Identificação dos riscos Seleção dos respiradores Manutenção de registros e procedimentos escritos atualizados Realização de auditoria anual do PPR Identificação dos riscos Seleção dos respiradores Manutenção de registros e procedimentos escritos atualizados Realização de auditoria anual do PPR

10 ADMINISTRAÇÃO DO PPR ( IN / PPR Parágrafo 2 ) AUDITORIA DEVE ABRANGER, NO MíNIMO: Administração do programa Treinamento Avaliação médica Avaliação ambiental Ensaios de vedação Seleção e distribuição dos respiradores Uso Limpeza, higienização e guarda Manutenção e inspeção Qualidade do ar comprimido respirável Emergências Problemas especiais DEVE ABRANGER, NO MíNIMO: Administração do programa Treinamento Avaliação médica Avaliação ambiental Ensaios de vedação Seleção e distribuição dos respiradores Uso Limpeza, higienização e guarda Manutenção e inspeção Qualidade do ar comprimido respirável Emergências Problemas especiais

11 PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS ESCRITOS ( IN / PPR Parágrafo 3 ) A EMPRESA DEVE ESTABELECER PROCEDIMENTOS ESCRITOS SOBRE O USO CORRETO DOS RESPIRADORES PARA: O USUÁRIO DEVE RECEBER CÓPIA DO PROCEDIMENTO APROPRIADO. Uso rotineiro Uso em emergências Uso rotineiro Uso em emergências e resgates

12 PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS ESCRITOS - USO ROTINEIRO ( IN / PPR Parágrafo 3.1 ) OS PROCEDIMENTOS ESCRITOS DEVEM COBRIR O PROGRAMA COMPLETO E INCLUIR, NO MÍNIMO: Treinamento Ensaios de vedação Distribuição dos respiradores Limpeza, guarda e manutenção Inspeção Monitoramento do uso Seleção Política da empresa na área de proteção respiratória Treinamento Ensaios de vedação Distribuição dos respiradores Limpeza, guarda e manutenção Inspeção Monitoramento do uso Seleção Política da empresa na área de proteção respiratória

13 Respiradores a serem usados em cada situação prevista Limitações e capacidade dos respiradores escolhidos Riscos potenciais resultados do uso desses respiradores Respiradores a serem usados em cada situação prevista Limitações e capacidade dos respiradores escolhidos Riscos potenciais resultados do uso desses respiradores PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS ESCRITOS PARA EMERGÊNCIAS E SALVAMENTOS ( IN / PPR Parágrafo 3.2 ) DEVEM CONTER TAMBÉM: PARA EMERGÊNCIAS E SALVAMENTOS ( IN / PPR Parágrafo 3.2 ) DEVEM CONTER TAMBÉM:

14 TREINAMENTO ( IN / PPR Parágrafo 6 ) TREINAMENTO DO SUPERVISOR PROGRAMA MÍNIMO: Fundamentos de proteção respiratória; Riscos de exposição; Fundamentos de proteção respiratória; Riscos de exposição; Problemas de uso e a sua solução; Problemas de uso e a sua solução; Critério de escolha de respiradores; Treinamento dos usuários; Verificação de vedação e ensaios de vedação; Critério de escolha de respiradores; Treinamento dos usuários; Verificação de vedação e ensaios de vedação; Acompanhamento do uso; Manutenção e guarda; Regulamentos sobre o uso e legislação Acompanhamento do uso; Manutenção e guarda; Regulamentos sobre o uso e legislação Fundamentos de proteção respiratória; Riscos de exposição; Fundamentos de proteção respiratória; Riscos de exposição; Problemas de uso e a sua solução; Problemas de uso e a sua solução; Critério de escolha de respiradores; Treinamento dos usuários; Verificação de vedação e ensaios de vedação; Critério de escolha de respiradores; Treinamento dos usuários; Verificação de vedação e ensaios de vedação; Acompanhamento do uso; Manutenção e guarda; Regulamentos sobre o uso e legislação Acompanhamento do uso; Manutenção e guarda; Regulamentos sobre o uso e legislação

15 TREINAMENTO ( IN / PPR Parágrafo 6 ) TREINAMENTO DO USUÁRIO PROGRAMA MÍNIMO: Necessidade do uso; Riscos de exposição; Necessidade do uso; Riscos de exposição; Problemas de uso e a sua solução; Problemas de uso e a sua solução; Proteção coletiva: como vai? Proteção coletiva: como vai? Porque foi selecionado aquele respirador; Capacidade e limitação do respirador; Inspeção prévia e colocação do respirador Porque foi selecionado aquele respirador; Capacidade e limitação do respirador; Inspeção prévia e colocação do respirador Verificação de vedação e ensaios de vedação; Verificação de vedação e ensaios de vedação; Manutenção e guarda; Procedimentos de emergência. Manutenção e guarda; Procedimentos de emergência. Necessidade do uso; Riscos de exposição; Necessidade do uso; Riscos de exposição; Problemas de uso e a sua solução; Problemas de uso e a sua solução; Proteção coletiva: como vai? Proteção coletiva: como vai? Porque foi selecionado aquele respirador; Capacidade e limitação do respirador; Inspeção prévia e colocação do respirador Porque foi selecionado aquele respirador; Capacidade e limitação do respirador; Inspeção prévia e colocação do respirador Verificação de vedação e ensaios de vedação; Verificação de vedação e ensaios de vedação; Manutenção e guarda; Procedimentos de emergência. Manutenção e guarda; Procedimentos de emergência.

16 TREINAMENTO TREINAMENTO ( IN / PPR Parágrafo 6 ) OUTROS REQUISITOS: 1- FREQUÊNCIA INICIAL ANUAL 2. DOCUMENTAÇÃO QUEM FOI TREINADO EM QUE FOI TREINADO INSTRUTOR RESULTADO DA AVALIAÇÃO (se for feita) 3.TREINAMENTO DE BRIGADAS DE EMERGÊNCIA

17 1- Existe procedimento escrito sobre o PPR? 2- Os procedimentos escritos fazem referência à: - Seleção de respirador? - Treinamento e reciclagem regular? - Ensaio de vedação? - Política sobre barba? - Inspeção, manutenção, higienização e guarda dos epr? - Avaliação médica dos usuários? - Critério de avaliação do PPR? 3- O administrador é a única autoridade do PPR? 4- O administrador tem conhecimentos de proteção respiratória? 5- Existe orçamento alocado ao PPR? AVALIAÇÃO DO PPR I- ADMINISTRAÇÃO

18 1- Estão listadas todas as substâncias tóxicas em uso? 2- Foi determinada a concentração das substâncias no último ano/mês? 3- São conhecidos o LT, limiar de odor, concentração IPVS, penetração pela pele, o potencial de irritação aos olhos, etc.? 4- Foram identificados trabalhadores potencialmente expostos? 5- Existem espaços confinados, com deficiência de oxigênio, com risco de explosão? 6- Existe critério lógico de seleção dos respiradores? 7- O tamanho dos contaminantes particulados é conhecido ou estimado? 8- Existe critério lógico para selecionar, a classe apropriada de respirador, para cada situação de risco? II- SELEÇÃO DOS EPR

19 Fator de proteção atribuído? 9- No critério de seleção constam os itens: - Risco de incêndio? - Deficiência de oxigênio? - Situações de emergência? - Concentração média dos contaminantes e respectivas faixas? - Situações IPVS? - Irritação dos olhos? - Fator de proteção atribuído? - Natureza do contaminante ( poeira, fumos, gases, etc.)? - Distribuição do tamanho das partículas do aerossol? - Uso somente para escape? - As propriedades de alerta estão abaixo do LT? - A vida útil dos filtros químicos é conhecida? - É conhecida a inflamabilidade dos contaminantes? - Se existem misturas de contaminantes qual LT é usado? - Efeitos à saúde devido a superexposição? II- SELEÇÃO DOS EPR

20 2- O programa faz referência a: - Oportunidade de manuseio e ajuste do respirador - Ensaio qualitativo ou quantitativo de vedação? - Demonstração prática de inspeção e limpeza? - Contaminantes presentes e respectivos riscos? - Outros controles disponíveis? - Explicação do porque é necessário o uso de respiradores? - Conseqüências sobre o uso impróprio dos respiradores? - Explicações sobre o critério de seleção? - Reconhecimento de situações de emergência? - Registro de presença no treinamento? 1- Existe programa de treinamento? III- TREINAMENTO

21 1- Os ensaios de vedação são realizados por pessoa qualificada? 2- O trabalhadores conseguem mostrar como se faz a verificação de vedação pelo teste de pressão positiva ou negativa? 3- O ensaio de vedação contem os itens: - Os empregados compreendem qual o objetivo do ensaio? - Qual é o ensaio recomendado (sacarina,...) - Os procedimento de ensaio são seguidos completamente? -É feito antes o ensaio de sensibilidade de odor/sabor? - O empregado tem a possibilidade de escolha (tipos, tamanho) de respirador? - Estão disponíveis os registros do ensaio de vedação? 4- O equipamento de ensaio obedece as especificações? 5- O equipamento funciona bem e está em bom estado? 6- Disponibilidade de diversos respiradores(tipos, tamanho)? 7- Estão disponíveis os registros dos ensaios? IV- ENSAIOS DE VEDAÇÃO

22 1- Os respiradores são inspecionados regularmente, isto é, existe check-list e registros? 2- A inspeção inclui os itens: - Partes danificadas? - Verificação de funcionamento? 3- Os respiradores são limpos e higienizados regularmente? 4- A manutenção é feita por pessoa treinada? 5- Quando não em uso, os respiradores, são guardados de forma apropriada? V- INSPEÇÃO, LIMPEZA, HIGIENIZAÇÃO, MANUTENÇÃO E GUARDA

23 1- Existe um questionário médico que permita verificar se uma pessoa pode usar aquele tipo de respirador? 2- A função pulmonar do usuário do respirador é monitorada regularmente? 3- Se ocorrem resultados anormais, o usuário do respirador é encaminhado à um médico qualificado? VI- AVALIAÇÃO MÉDICA


Carregar ppt "MÓDULO MÓDULO MÓDULO PROGRAMA DE PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA CONTEÚDO MíNIMO 4 4."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google