A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sistemas Distribuídos Walfredo Cirne & Fubica Brasileiro

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sistemas Distribuídos Walfredo Cirne & Fubica Brasileiro"— Transcrição da apresentação:

1 Sistemas Distribuídos Walfredo Cirne & Fubica Brasileiro

2 Objetivos Formação básica em sistemas distribuídos Explorar os tópicos quentes da área Melhorar nos alunos a capacidade de leitura crítica de artigos técnicos Melhorar nos alunos a capacidade de escrita técnica

3 Metodologia Aulas expositivas Leitura de artigos clássicos –Melhorar nos alunos a capacidade de leitura crítica de artigos técnicos Apresentação de artigos Resumo de artigos –Melhorar nos alunos a capacidade de escrita técnica

4 Aspectos Cobertos no Curso Protocolos TCP/IP e Internet Paradigmas para Sistemas Distribuídos Modelos para Sistemas Distribuídos Distribuição de Conteúdo Computação Global Peer-To-Peer

5 Apresentação de Artigos Entenda o artigo!!! Prepare uma história para contar –O problema (e porque é interessante) –A solução –As evidencias de que a solução funciona –O impacto (as conclusões) Cada aluno apresenta 1 artigo

6 Resumo de Artigos Entenda o artigo!!! Resuma o artigo Apresente um juízo de valor sobre o artigo Me mande um com o resumo antes da aula O resumo é curto (de ½ a 1 página)

7 Como a Internet Funciona

8 As Três Grandes Camadas Conexão física –Possibilita a transmissão de bits entre máquinas conectadas diretamente por um fio Internetworking –Fornece roteamento, possibilitando que máquinas conectadas indiretamente (via roteadores) troquem bits Aplicações –Utilizam serviços de interconexão para fazer algo útil (web, ,...)

9 Conexão Física Ponto-a-ponto barramento Com-fio sem-fio Local longa-distância Ethernet, ATM, satélite, FDDI, X.25, Sonet Camada física + Camada de enlace Cada vez mais rápida

10 Internetworking IP provê roteamento para que duas máquinas quaisquer na Internet possam estabelecer uma conexão fim-a-fim –Endereço IP é univesalmente válido –IP esconde a tecnologia de conexão física utilizada –ISIS, RIP, BGP provêm a tabela de roteamento TCP provê transmissão confiável entre processos DNS provê nomes Camada de redes + Camada de transporte + Resolução de Nomes

11 Roteamento IP: Conexão Web IP PPP TCP HTTP IP Ethernet TCP HTTP Cliente Servidor IP PPP IP FDDI Ether Roteador Conexão Virtual Conexão Física

12 Como Roteamento Funciona Tabela de roteamento diz para onde mandar cada pacote –Tabelas são construidas dinamicamente por ISIS, RIP, BGP, etc Tabelas contém apenas a rede física –Endereços IP são números de 4 bytes –O prefixo denomina a rede física e o sufixo a máquina –Duas máquinas ligadas por uma conexão física estão na mesma rede física

13 IP: O Gargalo da Apulheta IP TCP UDP Web audio video Ethernet ATMFDDI SONET WDM X.25 FTP DNS

14 Limitações à Conexão Fim-a-Fim Firewalls limitam vários serviços Endereços privados impedem conexões fora da intranet Proxies contornam estes problemas, mas somente para serviços conhecidos

15 Aplicações Realizam algo útil para o usuário final Utilizam os serviços de internetworking –Conexão fim-a-fim entre dois computadores quaisquer na Internet (IP) –Conexão confiável (TCP) –Nomes para as máquinas (DNS) Web, , ssh, Real Audio, Napster,... Há ainda aplicações revolucionárias a serem criadas

16 Acessando : Um Exemplo de Como a Internet Funciona

17 Internet A Visão do Usuário alegria.ucsd.eduwww.dsc.ufpb.br ?

18 Usando DNS para Resolver o Nome Servidor DNS Local ( ) Qual o endereço de ? alegria.ucsd.edu ( ) Se o servidor DNS local não conhece ele descobrirá a resposta com outros servidores DNS

19 Chegando ao backbone da UCSD (Roteamento Estático) Roteador Local ( ) pacote para alegria.ucsd.edu ( ) UCSD (rota default)

20 Dentro da UCSD: Roteamento Intra-Domínio UCSD Para Internet Roteador Local

21 AT&T Chegando Até CG: Roteamento Inter-Domínio Sprint UUNet RNP UCSD


Carregar ppt "Sistemas Distribuídos Walfredo Cirne & Fubica Brasileiro"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google