A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SCC0141 - Bancos de Dados e Suas Aplicações Prof. Jose Fernando Rodrigues Junior Material original: Elaine Parros Machado de Sousa MER – Parte 1.

Cópias: 1
USP – ICMC - GBDI 1 Evolução dos Sistemas de Informação Sistemas de Informação baseados em gerenciamento de arquivos programas e arquivos orientados a.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SCC0141 - Bancos de Dados e Suas Aplicações Prof. Jose Fernando Rodrigues Junior Material original: Elaine Parros Machado de Sousa MER – Parte 1."— Transcrição da apresentação:

1 SCC Bancos de Dados e Suas Aplicações Prof. Jose Fernando Rodrigues Junior Material original: Elaine Parros Machado de Sousa MER – Parte 1

2 USP – ICMC – GBDI MER - Modelo Entidade Relacionamento MER – Criado por Peter Chen The entity-relationship model: towards a unified view of data, ACM TODS, Voltado para a representação dos aspectos estáticos (informação) do Domínio da Aplicação Modelagem semântica dos dados

3 USP – ICMC – GBDI MER - Modelo Entidade Relacionamento Popular Simplicidade Expressividade Intuitivo representação gráfica da informação Diagrama Entidade-Relacionamento Diagrama Entidade-Relacionamento (DE-R)

4 USP – ICMC – GBDI Modelos de Dados definem um conjunto (limitado) de Construtores Sintáticos um mesmo Construtor Sintático pode ser usado para representar diversas situações do mundo real MER – Construtores Sintáticos Sobrecarga Semântica

5 USP – ICMC – GBDI Conjunto de Entidades (CE) Conjunto de Relacionamentos (CR) Atributos de Entidades Atributos de Relacionamentos MER – Construtores Sintáticos

6 USP – ICMC – GBDI Entidades coisas, objetos, pessoas, entes, etc. do mundo real Conjuntos de Entidades coleções de entidades que têm a mesma estrutura e o mesmo significado na modelagem estrutural e semanticamente iguais MER

7 USP – ICMC – GBDI MER não trata Entidades individuais, apenas Conjuntos de Entidades Notação DER: retângulo Pessoa Disciplina Conjunto de Entidades

8 USP – ICMC – GBDI Relacionamentos associações entre entidades do mundo real Conjuntos de Relacionamentos relacionamentos entre entidades dos mesmos CEs Pessoa Disciplina Conjunto de Relacionamentos

9 USP – ICMC – GBDI Notação DER : losango Pessoa Disciplina Escola Matricula Trabalha Conjunto de Relacionamentos

10 USP – ICMC – GBDI Ex: vários Conjuntos de Relacionamentos envolvendo os mesmos Conjuntos de Entidades Pessoa Disciplina Matricula Faz Prova Conjunto de Relacionamentos

11 USP – ICMC – GBDI propriedadesAtributos valores que representam propriedades das entidades e relacionamentos no mundo real atributos de entidades atributos de relacionamentos Atributos

12 USP – ICMC – GBDI Notação DER: elipses ligadas aos Conjuntos de Entidades Pessoa Matricula Disciplina Nome No. USP Nome Sigla Número Créditos Atributos de Entidades

13 USP – ICMC – GBDI Idéia: os atributos de um Conjunto de Entidades descreve todas as entidades do conjunto Pergunta: um Conjunto de Entidades sem atributos tem significado para a modelagem??? Atributos de Entidades

14 USP – ICMC – GBDI Conjuntos: conceito que fundamenta quase toda a matemática;Conjuntos: conceito que fundamenta quase toda a matemática; Definição: coleção de elementos distintos (sem repetição) e sem ordem definida (apenas eventual);Definição: coleção de elementos distintos (sem repetição) e sem ordem definida (apenas eventual); Conjuntos são a base dos SBGDs;Conjuntos são a base dos SBGDs; Como definir conjuntos em SGBDs?Como definir conjuntos em SGBDs? Conjunto

15 USP – ICMC – GBDI Restrição de UnicidadeRestrição de Unicidade: Todo conjunto de entidades deve ter um atributo, ou um conjunto de atributos, cujo valor identifique univocamente cada entidade no conjunto Restrição de Unicidade - Chave CHAVE

16 USP – ICMC – GBDI Chave SimplesChave Simples: Notação DER: grifar atributo chave Restrição de Unicidade - Chave Pessoa Nome NUSP CPF Anotação: CPF é identificador

17 USP – ICMC – GBDI ChaveChave: principal meio de acesso a uma entidade outros possíveis atributos identificadores (outras chaves) podem ser anotados separadamente, para efeito de documentação e para o projeto lógico Restrição de Unicidade - Chave

18 USP – ICMC – GBDI Chave SimplesChave Simples: Notação DER: grifar atributo chave Restrição de Unicidade - Chave Pessoa Nome NUSP CPF Anotação: CPF é identificador

19 USP – ICMC – GBDI Número Chave CompostaChave Composta: entidade precisa de mais de um atributo para identificação a concatenação de todos estes atributos indica a chave única Restrição de Unicidade - Chave Sala Aula Bloco Campus Notação DER: todos os atributos da chave grifados Capacidade

20 USP – ICMC – GBDI Número Créditos Ex: onde colocar um atributo NOTA??? Pessoa Matricula Disciplina Nome No. USP Nome Atributos Sigla

21 USP – ICMC – GBDI Se fosse um atributo de Pessoa, cada pessoa teria uma nota única para qualquer disciplina Atributos Pessoa Matricula Disciplina Nome No. USP Nota Ex: onde colocar um atributo NOTA??? Número Créditos Nome Sigla

22 USP – ICMC – GBDI Se fosse um atributo de Disciplina, todas as pessoas matriculadas numa disciplina teriam a mesma nota Pessoa Matricula Disciplina Nome No. USP Ex: onde colocar um atributo NOTA??? Número Créditos Nome Sigla Nota Atributos

23 USP – ICMC – GBDI Número Créditos Ex: onde colocar um atributo NOTA??? Pessoa Matricula Disciplina Nome No. USP Nome Atributos de Relacionamentos Sigla Nota em MATRICULA!!!

24 USP – ICMC – GBDI Observação: os CEs sempre possuem atributos, mas os CRs podem existir mesmo que não tenham atributos próprios Atributos de Relacionamentos existência de CR é justificada pela associação entre os CEs ex: queremos representar que pessoas matriculam-se em disciplinas, mas pode ser que não estejamos interessados em indicar as notas obtidas em cada matrícula

25 USP – ICMC – GBDI Atributos Tipos de atributos Simples vs. Composto simples (atômico): não dividido; uma única parte composto: dividido em partes; possui sub-atributos

26 USP – ICMC – GBDI Atributo Composto Pessoa Nome NUSP Endereço Composto Rua Número CEP Cidade Pessoa Nome NUSP Rua Número CEP Cidade Endereço Notação

27 USP – ICMC – GBDI Atributo Composto Pessoa Nome NUSP Endereço EndRua CEP Cidade Nome Numero Apart Nome Pessoa Nome NUSP EndRua Número CEP Cidade Endereço Apart Notação

28 USP – ICMC – GBDI Atributos Tipos de atributos Monovalorado vs. Multivalorado monovalorado: pode assumir um único valor para uma/um entidade/relacionamento em particular multivalorado: pode assumir mais de um valor para uma/um entidade/relacionamento em particular

29 USP – ICMC – GBDI N.Ser.Med. Atributo Multivalorado Alergias Aluno Nome Multivalorado N.Ser.Med. Alergias Aluno Nome Notação

30 USP – ICMC – GBDI Atributos Tipos de atributos Armazenado vs. Derivado armazenado: atributo da entidade derivado: valor pode ser obtido a partir dos valores de outros atributos da entidade ou de informação armazenada em seus relacionamentos

31 USP – ICMC – GBDI Data Nascimento Atributo Derivado Idade Aluno Nome Derivado Notação Aluno Nome Data Nascimento Idade

32 USP – ICMC – GBDI Atributo Derivado Número Créditos Pessoa Matricula Disciplina Nome No. USP Nome Sigla Nro Disciplinas

33 USP – ICMC – GBDI PAPELCada CE que participa de um CR tem um PAPEL no CR Indicação opcional pode facilitar entendimento da modelagem Conjunto de Relacionamentos - Papéis Pessoa Matricula Disciplina Matriculada em Matricula

34 USP – ICMC – GBDI Indicação de papéis deve ser feita sempre que houver ambigüidade na interpretação do CR Empresa Contrata Curso ContrataContratadopor ContratadaporContrata ? ? Conjunto de Relacionamentos - Papéis

35 USP – ICMC – GBDI em geral CEs assumem papéis distintos em CRs distintos Nota Pessoa Matricula Disciplina Concluir matriculada em matricula conclui é concluída Conjunto de Relacionamentos - Papéis

36 USP – ICMC – GBDI Auto-Relacionamento: um mesmo CE desempenha mais de um papel num mesmo CR Disciplina Pré - Requisito tem pré-requisito é pré-requisito Conjunto de Relacionamentos - Papéis

37 USP – ICMC – GBDI Restrição estrutural Cardinalidade Restrição estrutural todo CR associa uma ou mais entidades de um CE 1 a uma ou mais entidades de um CE 2 Cardinalidade determina o número de relacionamentos dos quais cada entidade pode participar Conjunto de Relacionamentos - Cardinalidade

38 USP – ICMC – GBDI Conjunto de Relacionamentos - Cardinalidade 1 Um para Um 1 Ementa Descreve Disciplina N Um para Muitos 1 Turma Tutora Professor Pessoa Matricula Disciplina M N Muitos para Muitos

39 Exercício – Base de Dados de alunos de uma universidade Um aluno ingressa na universidade para cursar apenas um curso. Dados pessoais do aluno, como nome, endereço e CPF são armazenados. Além disso, cada aluno recebe na universidade um número único. Os cursos têm nome e código. Os alunos se matriculam em disciplinas, das quais sabe-se sigla, nome, número de créditos e livros recomendados. As disciplinas são ministradas por professores, sendo que uma disciplina pode ter apenas um professor. Para cada disciplina que ministra, o professor pode adotar um método de ensino. Cada professor é vinculado a uma área de pesquisa, e possui uma sala onde realiza seu trabalho. As salas são para um professor apenas, e são localizadas de acordo com um número, e com o campus e o bloco onde estão. Além disso, a universidade possui um programa de auxílio em que um aluno pode ser ajudado por um (e somente um) estudante voluntário, mas o voluntário pode ajudar vários alunos.


Carregar ppt "SCC0141 - Bancos de Dados e Suas Aplicações Prof. Jose Fernando Rodrigues Junior Material original: Elaine Parros Machado de Sousa MER – Parte 1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google