A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sistemas de Bancos de Dados 1º Semestre – 2011 Pedro Antonio Galvão Junior Fone: 9531-7555

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sistemas de Bancos de Dados 1º Semestre – 2011 Pedro Antonio Galvão Junior Fone: 9531-7555"— Transcrição da apresentação:

1

2 Sistemas de Bancos de Dados 1º Semestre – 2011 Pedro Antonio Galvão Junior Fone: Versão – Fev/2011. Análise de Sistemas Sistemas de Informação Redes de Computadores

3 Exercício – Loja de Peças.

4 Modelo Entidade – Relacionamento (MER)

5 Atributo Atributo: Elemento de dado que contém informação que descreve uma entidade. Um atributo também pode ser chamado como coluna, ou seja, trata-se de elemento que compõem uma tabela(entidade).

6 Atributo Atributo Mono valorizado: assume um único valor para cada elemento do conjunto-entidade. –Ex.: Nome Atributo Composto: formado por um ou mais sub-atributos –Ex.: Endereço

7 Atributo Atributo Multivalorado: uma única entidade tem diversos valores para este atributo (seu nome é sempre representado no plural) –Ex.: Dependentes Atributo Determinante: identifica cada entidade de um conjunto- entidade (também conhecido com atributo chave) –Ex.: Cod_Func Domínio de um Atributo: conjunto de valores permitidos para o atributo –Ex.: Sexo {M, F}

8 Relacionamentos Relacionamento: estrutura que indica a associação de elementos de duas ou mais entidades.

9 Relacionamentos Atributo de Relacionamento: depende de todos os conjuntos-entidade associados entre si. –Exemplo:

10 Cardinalidade Conhecida como uma propriedade importante de um relacionamento entre entidades. Sua funcionalidade é informar quantas ocorrências de uma entidade pode estar associada a uma determinada ocorrência através do relacionamento. Existem dois tipos de cardinalidade: –Máxima e Mínima.

11 Cardinalidade Máxima Este tipo de cardinalidade indica um nível de relacionamento entre duas ou mais entidade existente em um modelo de banco de dados. Sendo utilizada graficamente para representar as possibilidades de ocorrências, sendo elas: –a cardinalidade máxima representa através do número ( 1 ) e –a cardinalidade máxima ilimitada, usualmente chamada de cardinalidade máxima muitos e referência pela letra n.

12 Cardinalidade Representação Binária Representação Binária Representada através de um relacionamento binário existente entre duas ocorrências de entidade. Podemos classificar os relacionamento binários da seguinte maneira: –n:n (muitos para muitos); –1:n (Um para muitos); –1:1 (Um para Um).

13 Restrições de Mapeamento (cardinalidade) Um-para-um: uma entidade em A está associada no máximo a uma entidade em B e uma entidade em B está associada no máximo a uma entidade em A.

14 Restrições de Mapeamento (cardinalidade) Um-para-muitos: uma entidade em A está associada a qualquer número de entidades em B, enquanto uma entidade em B está associada no máximo a uma entidade em A.

15 Restrições de Mapeamento (cardinalidade) Muitos-para-muitos: Uma entidade em A está associada a qualquer número de entidades em B, e uma entidade em B está associada a qualquer número de entidades em A.

16 Elementos importantes Chave: é um conjunto de um ou mais atributos que, tomados coletivamente, permite-nos identificar unicamente uma entidade no conjunto-entidade. Integridade de Entidade: Nenhum atributo que participe da chave de um conjunto-entidade deve aceitar valores nulos. Aspectos Relevantes: A questão fundamental do projeto de chaves é reduzir ao máximo os efeitos de redundância. A alteração dos valores de campos constituintes da chave primária ou a remoção de uma entidade de um conjunto entidade pode ocasionar problemas de integridade referencial.

17 Representação Gráfica Chaves no Modelo MER Chaves no Modelo MER

18 Cardinalidade Mínima Representa outra forma de informação existente no modelo entidade relacionamento, expressando o número mínimo de ocorrências de entidade que estão associadas a uma ocorrência de entidade através de um relacionamento. Podendo ser representada através do número 0 (zero) ou número 1 (um). A cardinalidade mínima 1 também recebe a denominação de associação obrigatória, já que ela indica que o relacionamento deve obrigatoriamente associar uma entidade com a outra. Como base esta linha de raciocínio, a cardinalidade mínima 0 recebe a denominação de associação opcional.

19 Revisão AtributosAtributos Relacionamentos.Relacionamentos. Cardinalidade, Cardinalidade Máxima e Mínima.Cardinalidade, Cardinalidade Máxima e Mínima. Restrições de Mapeamento.Restrições de Mapeamento. Elementos Importantes.Elementos Importantes.

20 Exercício – Laboratório Sistemas Comerciais. Atividade realizada em grupo composto por 3 alunos.Atividade realizada em grupo composto por 3 alunos. Você receberá a descrição de uma sistema comercial e deverá desenvolver o Modelo Entidade Relacionamento contendo: Tabelas, Colunas, Chaves e Relacionamentos.Você receberá a descrição de uma sistema comercial e deverá desenvolver o Modelo Entidade Relacionamento contendo: Tabelas, Colunas, Chaves e Relacionamentos. Elaborar o Diagrama Entidade Relacionamento, utilizando os seguintes elementos: Entidades, Atributos, Chaves (Primárias e Estrangeiras), Relacionamentos e Cardinalidade.Elaborar o Diagrama Entidade Relacionamento, utilizando os seguintes elementos: Entidades, Atributos, Chaves (Primárias e Estrangeiras), Relacionamentos e Cardinalidade.

21


Carregar ppt "Sistemas de Bancos de Dados 1º Semestre – 2011 Pedro Antonio Galvão Junior Fone: 9531-7555"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google