A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Centro de Eventos AMRIGS - Porto Alegre/RS - 08 de novembro de 2012 Odacir Klein Biodiesel no Brasil: A visão da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Centro de Eventos AMRIGS - Porto Alegre/RS - 08 de novembro de 2012 Odacir Klein Biodiesel no Brasil: A visão da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de."— Transcrição da apresentação:

1 Centro de Eventos AMRIGS - Porto Alegre/RS - 08 de novembro de 2012 Odacir Klein Biodiesel no Brasil: A visão da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Oleaginosas e Biodiesel

2 Câmara Setorial vinculada ao MAPA participação de todos os elos da cadeia produtiva agroenergia matérias-primas reflexos no agronegócio entidades públicas instituições privadas

3 Aquecimento global; Introdução de um novo biocombustível na matriz energética; Redução das importações de diesel; Criação de emprego e renda; Fixação de famílias no campo; Expansão da agricultura sustentável; Aproveitamento de solos inadequados para culturas alimentícias; Contribuição para o desenvolvimento regional; Produção de óleos vegetais sem prejuízo para as exportações Principais motivadores da criação do PNPB

4 PNPB - Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel Criação da Comissão Executiva Interministerial do Biodiesel, coordenada pela Casa Civil Lançamento do Programa – Dezembro de 2004 (MP 214/04) Marco Regulatório – Lei – jan/05: alterou a Lei do Petróleo

5 PNPB - Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel Atribuiu competência à ANP para regular toda a cadeia de produção e consumo; Estabeleceu os percentuais de mistura de 2 a 5%; Estabeleceu o monitoramento da inserção do biodiesel pelo CNPE; Criação do modelo tributário e do Selo Social – desoneração PIS/COFINS na compra de MP oriunda da Agricultura Familiar e participação nos leilões; Resoluções da ANP - produtor de biodiesel, especificação e regras de comercialização

6 O desafio: Diversificação de matérias-primas com sustentabilidade e ampliação de resultados de inclusão social O biodiesel no Brasil: um programa de sucesso Panorama atual: Mistura obrigatória - B5 – único mercado existente Foco na agricultura familiar – o selo combustível social Estruturação do mercado: leilões

7 AUTORIZATIVOOBRIGATÓRIO Antecipação de metas pelo CNPE Lei nº /2005: mistura obrigatória

8 Evolução anual da produção, da demanda compulsória e da capacidade nominal autorizada pela ANP no país

9 Produção, demanda compulsória e capacidade nominal autorizada pela ANP por região (agosto/2012)

10 Evolução mensal da produção, da demanda compulsória e da capacidade nominal autorizada pela ANP no país (2012)

11 Cadeia de Produção do Biodiesel

12 12 Alimento x Combustível legumessojaprocessamento Farelo – 80% proteínacereais Biodiesel Óleo – 20%

13 Matérias-primas utilizadas para produção de biodiesel (perfil nacional) Mês de referência: agosto/2012

14 Matérias-primas utilizadas para produção de biodiesel (perfil regional)

15

16

17

18

19 Escala Cadeia estruturada Domínio tecnológico Vetor de incremento para a exportação do alimento A importância da soja no início do PNPB

20 Discriminação 2013/2014 (P) 2012/2013 (P) 1. Soja 1.1. Estoque Inicial Produção Antecipação da colheita Importação Sementes/Outros Exportação Processamento Estoque Final Total Brasil – Complexo de Soja Balanço de Oferta/Demanda (1.000 t) Ano Comercial (Fev-Jan) (P) Previsão Fonte/Elaboração: ABIOVE – Coordenadoria de Economia e Estatística Legenda: Alterações com relação à última previsão Atualizado em: 23 de outubro de 2012

21 Discriminação 2013/2014 (P) 2012/2013 (P) 2. Farelo 2.1. Estoque Inicial Produção Importação Consumo interno Exportação Estoque Final Brasil – Complexo de Soja Balanço de Oferta/Demanda (1.000 t) Ano Comercial (Fev-Jan) (P) Previsão Fonte/Elaboração: ABIOVE – Coordenadoria de Economia e Estatística Legenda: Alterações com relação à última previsão Atualizado em: 23 de outubro de 2012

22 Discriminação 2013/2014 (P) 2012/2013 (P) 3. Óleo 3.1. Estoque Inicial Produção Importação Consumo interno Exportação Estoque Final Brasil – Complexo de Soja Balanço de Oferta/Demanda (1.000 t) Ano Comercial (Fev-Jan) (P) Previsão Fonte/Elaboração: ABIOVE – Coordenadoria de Economia e Estatística Legenda: Alterações com relação à última previsão Atualizado em: 23 de outubro de 2012

23 Participação Brasileira no Mercado Mundial de Farelo de Soja Sem considerar o marco regulatório do B20 nas projeções (mil toneladas) Fonte: World Oilseeds and Products-FAPRI 2010 Agricultural Outlook, Adaptado por FGV Projetos

24 Projeção de Produção de Outras Oleaginosas Volume (1000m 3 ) Crescimento projetado de outras oleaginosas Palma Canola 50 Girassol 210 Mamona 280 Outros 341 Aumento de mais de 3 milhões de toneladas

25 O que garante a diversificação? 25 Projeção Canola (Área ha) Zoneamento Agrícola Programa Nacional da Produção Sustentável de Óleo de Palma Projeção Palma (Área ha)

26 PNPB – Reflexos positivos Novas matérias-primas; Importância da Embrapa Agroenergia Pesquisa constante e qualificada de novas matérias-primas.

27 PNPB – Reflexos positivos Estudo da União Europeia publicado em 18 de julho de 2012 conclui que biocombustíveis colocam o Brasil entre os menores emissores de CO2 do mundo. Segundo a Fundação Getúlio Vargas, a poluição do ar é 57% menor com o biodiesel em relação ao diesel. Isso traz qualidade ambiental e bem-estar para as pessoas, diminuindo o gasto público com saúde;

28 Obviamente, a qualidade de vida da população, principalmente nos grandes centros urbanos, melhora consideravelmente com o uso do biodiesel, com reflexos na saúde humana e nos orçamentos públicos; PNPB – Reflexos positivos

29 Dados do Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA - informam que 104 mil famílias de agricultores familiares foram beneficiadas com o Programa em Segundo a Fundação Getúlio Vargas, de 2005 a 2010 a geração de empregos no setor correspondeu a 1,3 milhão, desde a lavoura até os postos de abastecimento.

30 Outro efeito positivo é que, com adição de biodiesel, o Brasil deixou de importar 2,7 bilhões de litros de diesel em 2011, economizando o equivalente a 2 bilhões de dólares. PNPB – Reflexos positivos

31 Avanços necessários: Novo marco regulatório; Outros usos. B20 Metropolitano;

32 Obrigado! Obrigado! Odacir Klein Brasília - DF Centro Empresarial Liberty Mall SCN Quadra 2 bloco D torre A sala Brasília - DF Fone/Fax: 55 (61) Porto Alegre - RS Av. Carlos Gomes, º andar Porto Alegre - RS Fone/Fax: 55 (51)


Carregar ppt "Centro de Eventos AMRIGS - Porto Alegre/RS - 08 de novembro de 2012 Odacir Klein Biodiesel no Brasil: A visão da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google