A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Broadcast de Informações em Meio Sem Fio Welmisson Silva.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Broadcast de Informações em Meio Sem Fio Welmisson Silva."— Transcrição da apresentação:

1 Broadcast de Informações em Meio Sem Fio Welmisson Silva

2 2 Índice Introdução Introdução Limitações Limitações Acessando Informações Acessando Informações Modos de Broadcast Modos de Broadcast Técnicas de Broadcast Técnicas de Broadcast Broadcast Disk Broadcast Disk Medidas de tempo Medidas de tempo Infra-estrutura Infra-estrutura Novos sistemas Novos sistemas Broadcast Indexing Broadcast Indexing Conclusões Conclusões

3 3 Introdução Adicionou nova dimensão na área de computação móvel; Adicionou nova dimensão na área de computação móvel; Permite direcionar, acessar e processar informação de qualquer lugar do mundo; Permite direcionar, acessar e processar informação de qualquer lugar do mundo; Com ou sem interação com o cliente; Com ou sem interação com o cliente; Deve haver um grande número de canais sem fio. Deve haver um grande número de canais sem fio.

4 4 Limitações Pequena capacidade de armazenar energia, das unidades móveis (MU); Pequena capacidade de armazenar energia, das unidades móveis (MU); As MU podem gastar 5000 vezes mais energia com a CPU ativada (active mode), que desativada (doze mode); As MU podem gastar 5000 vezes mais energia com a CPU ativada (active mode), que desativada (doze mode); Muito consumo de energia com display, envio e recepção de dados; Muito consumo de energia com display, envio e recepção de dados;

5 5 Limitações Largura de banda em wireless é muito menor que em redes com fios; Largura de banda em wireless é muito menor que em redes com fios; Método de transferência de dados é assimétrico. Método de transferência de dados é assimétrico.

6 6 Acessando Informações Acessando informações em broadcast Acessando informações em broadcast A informação é estritamente seqüencial; A informação é estritamente seqüencial; Cliente espera pela informação desejada, no caso de interesse por um tipo (consumo de tempo e recursos); Cliente espera pela informação desejada, no caso de interesse por um tipo (consumo de tempo e recursos); Ideal é que clientes direcionem apenas quando a informação desejada aparecer (selective tunnig); Ideal é que clientes direcionem apenas quando a informação desejada aparecer (selective tunnig); Tempo de espera zero é impossível; Tempo de espera zero é impossível; Índices eficientes podem minimizar o tempo de espera Índices eficientes podem minimizar o tempo de espera

7 7 Modos de Broadcast Três modos de gerencia de broadcast, e relações entre cliente e servidor de dados: Três modos de gerencia de broadcast, e relações entre cliente e servidor de dados: Modo Broadcast: Modo Broadcast: Envio periódico dos dados mais populares; Envio periódico dos dados mais populares; Dados são colocados em um canal; Dados são colocados em um canal; Clientes ouvem o canal e podem baixar os dados. Clientes ouvem o canal e podem baixar os dados.

8 8 Modos de Broadcast Modo por Demanda: Modo por Demanda: Os clientes podem solicitar dados que não estão no broadcast corrente. Os clientes podem solicitar dados que não estão no broadcast corrente. Modo Híbrido Modo Híbrido Combinação entre os modos broadcast e por demanda. Combinação entre os modos broadcast e por demanda.

9 9 Técnicas de Broadcast Há duas técnicas de broadcast de dados: Pull e Push. Há duas técnicas de broadcast de dados: Pull e Push. Pull: Pull: É orientado a usuário, por meio de request; É orientado a usuário, por meio de request; Usuário assume que a informação desejada está no espaço de broadcast; Usuário assume que a informação desejada está no espaço de broadcast; Deve haver uma forma de o cliente escolher as informações, sem lixo. Deve haver uma forma de o cliente escolher as informações, sem lixo.

10 10 Técnicas de Broadcast - Pull Pull: Pull: Vantagens: Vantagens: fácil de usar; fácil de usar; iteração entre usuário e servidor por query; iteração entre usuário e servidor por query; Desvantagens: Desvantagens: Utiliza muitos recursos, cliente envia consulta por um canal, servidor responde por outro. Utiliza muitos recursos, cliente envia consulta por um canal, servidor responde por outro. Se muitos usuários pedem a mesma informação, cada um ocupará dois canais com informações idênticas. Se muitos usuários pedem a mesma informação, cada um ocupará dois canais com informações idênticas.

11 11 Técnicas de Broadcast - Push Push: Push: O servidor envia dados por um ou vários canais; O servidor envia dados por um ou vários canais; Clientes direcionam para o canal com as informações de interesse; Clientes direcionam para o canal com as informações de interesse; Clientes não enviam dados; Clientes não enviam dados; Técnica usada em WebCasting; Técnica usada em WebCasting; Realiza pré-entrega de pacotes para conteúdos multimídia. Realiza pré-entrega de pacotes para conteúdos multimídia.

12 12 Técnicas de Broadcast - Push Aplicações de Push: Aplicações de Push: Mundo financeiro, notícias, TV a cabo por broadcast, etc.; Mundo financeiro, notícias, TV a cabo por broadcast, etc.; Quase todos os sistemas de atualização de programas utilizam push; Quase todos os sistemas de atualização de programas utilizam push; Muitas empresas utilizam como meio de publicidade; Muitas empresas utilizam como meio de publicidade; Disseminar informações de grande interesse a funcionário de uma empresa, por sua intranet. Disseminar informações de grande interesse a funcionário de uma empresa, por sua intranet.

13 13 Técnicas de Broadcast - Push Push: Push: Vantagens: Vantagens: Servidor atualiza as informações no cliente em intervalos regulares; Servidor atualiza as informações no cliente em intervalos regulares; Update incremental reduz acesso e tempo de download; Update incremental reduz acesso e tempo de download; Ajuda organizações a identificar, focar e alcançar seus potenciais clientes; Ajuda organizações a identificar, focar e alcançar seus potenciais clientes;

14 14 Técnicas de Broadcast - Push Push: Push: Vantagens (cont.): Vantagens (cont.): Servidor tem mais tempo para produzir dados, não perde tempo com numerosos pedidos individuais; Servidor tem mais tempo para produzir dados, não perde tempo com numerosos pedidos individuais; Aplicações push rodam, na maioria, na máquina do cliente, onde estão os logs e profiles; Aplicações push rodam, na maioria, na máquina do cliente, onde estão os logs e profiles; Filtragem inteligente de informação, baseado nos profiles dos clientes. Filtragem inteligente de informação, baseado nos profiles dos clientes.

15 15 Técnicas de Broadcast - Push Push: Push: Desvantagens: Desvantagens: É complexo e o custo (tempo e recursos) de desenvolvimento é alto; É complexo e o custo (tempo e recursos) de desenvolvimento é alto; Requer software específico no cliente; Requer software específico no cliente; Ainda não é para clientes individuais; Ainda não é para clientes individuais; Problema de incompatibilidade entre os sistemas de fornecedores diferentes; Problema de incompatibilidade entre os sistemas de fornecedores diferentes;

16 16 Técnicas de Broadcast - Push Push: Push: Desvantagens: Desvantagens: Ainda não há uma solução confiável para broadcast seguro; Ainda não há uma solução confiável para broadcast seguro; Falta de padrões na área. Falta de padrões na área.

17 17 Técnicas de Broadcast - Push Mercado para Push: Mercado para Push: Microsoft e Netscape lideram a competição; Microsoft e Netscape lideram a competição; Algumas categorias de produtos: Algumas categorias de produtos: Application Distributor: entrega, gerenciamento de aplicações para o usuário final; Application Distributor: entrega, gerenciamento de aplicações para o usuário final; Content Aggregator: reuni, formata, envelopa e entrega conteúdo para os clientes; Content Aggregator: reuni, formata, envelopa e entrega conteúdo para os clientes; Real-time Data Transfer: garante a entrega da informação na hora certa. Real-time Data Transfer: garante a entrega da informação na hora certa.

18 18 Broadcast Disk Uso mais eficiente da largura de banda para enviar dados por push; Uso mais eficiente da largura de banda para enviar dados por push; Noção de múltiplos discos com os dados, rodando a velocidades diferentes; Noção de múltiplos discos com os dados, rodando a velocidades diferentes; Todos os discos podem estar num mesmo canal de broadcast; Todos os discos podem estar num mesmo canal de broadcast; Os dados nos discos mais rápidos são enviados mais freqüentemente que os dos discos mais lentos; Os dados nos discos mais rápidos são enviados mais freqüentemente que os dos discos mais lentos;

19 19 Broadcast Disk Com vários canais de diferente capacidade, podemos ter vários discos de diferentes capacidades; Com vários canais de diferente capacidade, podemos ter vários discos de diferentes capacidades; Usuários direcionam para o disco onde estão as informações desejadas; Usuários direcionam para o disco onde estão as informações desejadas; As velocidades relativas dos discos afetam a configuração do broadcast; As velocidades relativas dos discos afetam a configuração do broadcast; Diferentes tipos de informação podem estar em discos de diferentes velocidades. Diferentes tipos de informação podem estar em discos de diferentes velocidades.

20 20 Medidas de tempo Latency Time: Tempo entre a chegada de uma requisição no servidor e o envio de seus dados; Latency Time: Tempo entre a chegada de uma requisição no servidor e o envio de seus dados; Tuning Time: Tempo total em que o cliente fica direcionado para o canal desejado; Tuning Time: Tempo total em que o cliente fica direcionado para o canal desejado; Acess Time: Total de tempo entre a requisição do cliente e a chegada dos dados de resposta no mesmo. Acess Time: Total de tempo entre a requisição do cliente e a chegada dos dados de resposta no mesmo.

21 21 Medidas de tempo O arranjo dos dados no broadcast deve minimizar latency time e tuning time; O arranjo dos dados no broadcast deve minimizar latency time e tuning time; Deve haver selective model, para alternar entre active e doze model; Deve haver selective model, para alternar entre active e doze model; Geralmente para diminuir tuning time é necessário adicionar informações aos dados; Geralmente para diminuir tuning time é necessário adicionar informações aos dados; Mais informações --> maior access time – trade- off. Mais informações --> maior access time – trade- off.

22 22 Medidas de tempo T 0 o cliente envia o pedido, T 7 a resposta chega ao cliente. T 0 o cliente envia o pedido, T 7 a resposta chega ao cliente.

23 23 Infra-estrutura No futuro broadcast irá fornecer grandes massas de dados; No futuro broadcast irá fornecer grandes massas de dados; Isso requer melhor arranjo e diminuição do espaço de busca; Isso requer melhor arranjo e diminuição do espaço de busca; Broadcasts são visto como push; Broadcasts são visto como push; BD móveis são vistos como pull; BD móveis são vistos como pull; Novos sistemas de gerenciamento de dados são capazes de reunir ambos; Novos sistemas de gerenciamento de dados são capazes de reunir ambos;

24 24 Infra-estrutura Componentes dos novos sistemas Componentes dos novos sistemas Data Acess Frequency: Data Acess Frequency: Servidores devem fornecer tipos de dados de maior demanda; Servidores devem fornecer tipos de dados de maior demanda; Padrões, históricos de acessos, tendências de mercado; Padrões, históricos de acessos, tendências de mercado; Utiliza Probabilidade; Utiliza Probabilidade; Duas formas: Duas formas: Estática – Colaboração dos usuários, que estimam seus desejos, feito durante um período; Estática – Colaboração dos usuários, que estimam seus desejos, feito durante um período; Dinâmica – Os dados desejados são identificados automaticamente; Dinâmica – Os dados desejados são identificados automaticamente;

25 25 Novos sistemas Data Acess Frequency (Forma Dinâmica): Data Acess Frequency (Forma Dinâmica): Residence Latency: Residence Latency: Tempo em que um item de dado permanece no broadcast; Tempo em que um item de dado permanece no broadcast; É usado o tempo médio em que um usuário permanece na célula. É usado o tempo médio em que um usuário permanece na célula. Popularity Factor: É a popularidade de um conjunto de dados; Popularity Factor: É a popularidade de um conjunto de dados; Número de clientes que acessam este conjunto em um instante de tempo; Número de clientes que acessam este conjunto em um instante de tempo; Dados com maior popularidade têm prioridade; Dados com maior popularidade têm prioridade; Problema: cliente que deseja um dado com baixa popularidade pode nunca ser atendido. Problema: cliente que deseja um dado com baixa popularidade pode nunca ser atendido.

26 26 Novos sistemas Solução: Solução: waiting time – após este tempo o dado será enviado no próximo broadcast; waiting time – após este tempo o dado será enviado no próximo broadcast; Ignore Factor. Ignore Factor. Ignore Factor: Ignore Factor: Para dados pouco populares e ignorados a muito tempo; Para dados pouco populares e ignorados a muito tempo; Dar uma chance a estes dados de entrar no broadcast; Dar uma chance a estes dados de entrar no broadcast; Analisa: Analisa: tempo do último broadcast com estes dados; tempo do último broadcast com estes dados; tempo de request; tempo de request; quant. de broadcasts entre estes dois tempos. quant. de broadcasts entre estes dois tempos.

27 27 Novos sistemas Sistemas onde o cliente escuta o canal continuamente são insatisfatórios; Sistemas onde o cliente escuta o canal continuamente são insatisfatórios; Necessário esperar por uma marca de início; Necessário esperar por uma marca de início; Gasto de energia e tempo de espera; Gasto de energia e tempo de espera;

28 28 Broadcast Indexing Quando o cliente direciona para um broascast: Quando o cliente direciona para um broascast: Se os dados desejados estiverem no broadcast, serão baixados; Se os dados desejados estiverem no broadcast, serão baixados; Caso contrário será baixado informações de um índice; Caso contrário será baixado informações de um índice; Índice: informa quando cada dado estará da próxima vez no broadcast; Índice: informa quando cada dado estará da próxima vez no broadcast; Poderá ficar em doze model ou até desligado; Poderá ficar em doze model ou até desligado;

29 29 Broadcast Indexing Eficiência vai depender do esquema de índices; Eficiência vai depender do esquema de índices; Esquemas: Esquemas: Replicação intera de índice: Replicação intera de índice: O índice aparece inteiro no broadcast antes de cada tipo de informação: O índice aparece inteiro no broadcast antes de cada tipo de informação:

30 30 Broadcast Indexing (1, m) Estruturas de indexação: (1, m) Estruturas de indexação: Qualquer arquivo a ser transmitido é fracionado em m pedaços; Qualquer arquivo a ser transmitido é fracionado em m pedaços; O índice aparece antes de cada pedaço; O índice aparece antes de cada pedaço;

31 31 Broadcast Indexing Indexação distribuída Indexação distribuída O índice não é replicado por inteiro; O índice não é replicado por inteiro; Entradas de índice aparecem com mais freqüência que outras; Entradas de índice aparecem com mais freqüência que outras; Vai depender da relevância de cada entrada. Vai depender da relevância de cada entrada.

32 32 Conclusões Disseminação de informações por broadcast vem crescendo muito; Disseminação de informações por broadcast vem crescendo muito; Inclusive para unidades móveis; Inclusive para unidades móveis; Grande problema em consumo de recursos como energia e largura de banda; Grande problema em consumo de recursos como energia e largura de banda; São necessárias técnicas que utilizem melhor estes recursos; São necessárias técnicas que utilizem melhor estes recursos; Clientes não podem esperar muito tempo para baixar as informações desejadas. Clientes não podem esperar muito tempo para baixar as informações desejadas.


Carregar ppt "Broadcast de Informações em Meio Sem Fio Welmisson Silva."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google