A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROF. CLEBER PESSOA N. MAQUIAVEL (1469- 1527). Com Maquiavel, novidades importantes no pensamento político: Introduz o vocábulo ESTADO; nova classificação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROF. CLEBER PESSOA N. MAQUIAVEL (1469- 1527). Com Maquiavel, novidades importantes no pensamento político: Introduz o vocábulo ESTADO; nova classificação."— Transcrição da apresentação:

1 PROF. CLEBER PESSOA N. MAQUIAVEL ( )

2 Com Maquiavel, novidades importantes no pensamento político: Introduz o vocábulo ESTADO; nova classificação das formas de governo - assunto tratado nos dois livros: O Príncipe; Os Comentários sobre a Primeira Década de Tito Lívio A novidade na classificação de Maquiavel: Todos os Estados que existem e já existiram são e foram sempre MONARQUIAS e REPÚBLICAS. (substitui a tripartição clássica)

3 MAQUIAVEL: a Teoria das Formas de Governo A tripartição clássica de Aristóteles: Monarquia/Aristocracia/Democracia(+):boas; Tirania/Oligarquia/Democracia(-): más. A CLASSIFICAÇÃO DE MAQUIAVEL: Monarquias (principados): governo de um só; Repúblicas: a) Aristocráticas: divisão do poder entre o Príncipe e a Aristocracia; b) Democráticas: divisão do poder entre Príncipe, Aristocracia e Povo.

4 MAQUIAVEL A veritá effetuale (verdade efetiva): a realidade política da época de Maquiavel Europa Moderna: Inglaterra, França e Espanha (formados gradualmente depois da dissolução do Império Romano); A Itália de Maquiavel: fragmentada, dominada por povos estrangeiros, e formada por repúblicas como as de Gênova, Veneza, Florença...

5 MAQUIAVEL O campo de reflexão de Maquiavel: não foi o das cidades gregas, mas o da REPÚBLICA ROMANA: Defesa do GOVERNO MISTO: república compósita, complexa, formada por diversas partes que mantêm relações de concórdia contrastantes entre si.

6 Maquiavel e a obra O Príncipe: Obra dedicada aos principados Principados hereditários (sucessão constitucional); Principados novos: conquistas (alguém que ainda não era príncipe). Ex.: Francisco Sforza, em Milão. - As formas de conquista: virtù X fortuna força X consentimento

7 Maquiavel: as formas de governo Além de negar a clássica tripartição aristotélica, Maquiavel não faz a distinção (como tb. fez Aristóteles) entre formas boas e más de governo. O Príncipe tirano (per scelera) é como os demais (ex defectu tituli): ???? - o critério para distinguir a boa política da má não é a MORAL, é o seu ÊXITO (os fins justificam os meios, p EdUnB, 1982.)

8 A crítica de Maquiavel às formas clássicas de governo de Políbio POLÍBIO segue literalmente a teoria de Aristóteles: - Boas: Monarquia, Aristocracia e Democracia; - Más: Tirania, Oligarquia e Oclocracia (democ. negativa). A crítica de Maquiavel: as 3 formas boas porque não podem durar; as 3 outras pelo princípio de corrupção que contêm

9 A crítica de Maquiavel às formas clássicas de governo de POLÍBIO MAQUIAVEL criticou também a teoria dos ciclos (anaciclose) de Políbio:

10 Maquiavel: elogio ao Governo Misto O objetivo de Maquiavel ao elogiar o Governo Misto é exaltar a constituição da República Romana – como tinha feito Políbio. República Romana:

11 MAQUIAVEL E O GOVERNO MISTO Ao defender o Governo Misto, Maquiavel antecipa a noção de sociedade civil: A saúde dos Estados reside não na harmonia forçada, mas sim na luta, no conflito, no antagonismo.

12 MAQUIAVEL e MAX WEBER O estadista de Maquiavel: homem de VIRTÙ *Sua ética: ética dos fins últimos ou ética da convicção. O estadista para Max Weber: o chefe/líder carismático (estadista moderno) *Sua ética: ética da convicção + a ética da responsabilidade


Carregar ppt "PROF. CLEBER PESSOA N. MAQUIAVEL (1469- 1527). Com Maquiavel, novidades importantes no pensamento político: Introduz o vocábulo ESTADO; nova classificação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google