A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

BIOLOGIA. PROTOCTISTAS Protoctistas autotróficos – algas Protoctistas autotróficos – algas Características gerais: 1. eucarióticos aquáticos 2. unicelulares/pluricelulares.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "BIOLOGIA. PROTOCTISTAS Protoctistas autotróficos – algas Protoctistas autotróficos – algas Características gerais: 1. eucarióticos aquáticos 2. unicelulares/pluricelulares."— Transcrição da apresentação:

1 BIOLOGIA

2 PROTOCTISTAS Protoctistas autotróficos – algas Protoctistas autotróficos – algas Características gerais: 1. eucarióticos aquáticos 2. unicelulares/pluricelulares 3. não apresentam tecidos, nem órgãos diferenciados (talófitas) 4. substâncias de reserva:amido e óleos

3 Plâncton comunidade microscópica aquática comunidade microscópica aquática fitoplâncton e zooplâncton fitoplâncton e zooplâncton algas microscópicas algas microscópicas microcrustáceos microcrustáceos larvas larvas

4 Clorofíceas (algas verdes) Clorofíceas (algas verdes) Feofíceas (algas pardas) Feofíceas (algas pardas) Rodofíceas (algas vermelhas) Rodofíceas (algas vermelhas) Bacilariofíceas ( diatomáceas) Bacilariofíceas ( diatomáceas) Crisofíceas (algas douradas) Crisofíceas (algas douradas) Euglenofíceas (euglenóides) Euglenofíceas (euglenóides) Dinofíceas (dinoflagelados) Dinofíceas (dinoflagelados) Carofíceas Carofíceas

5 Classificação das algas Tipo de pigmento presentes nos cloroplastos e a parede celular Tipo de pigmento presentes nos cloroplastos e a parede celular - cloroplastos: um ou dezenas - clorofila e outros pigmentos - parede celular – celulose em geral combinada com outras substâncias como: algina, ágar.

6 Principais Filos Chlorophyta (algas verdes) unicelulares/ multicelulares unicelulares/ multicelulares marinhos/água doce/terrestres (ambientes úmidos) marinhos/água doce/terrestres (ambientes úmidos) tipo de clorofila a e b tipo de clorofila a e b pigmentos – carotenos e xantofilas pigmentos – carotenos e xantofilas parede celular - celulose parede celular - celulose

7 ALGAS VERDES Caulerpa racemosa Ulva fasciata Foto: Suzana S. Rodrigues (Biota/FAPESP)

8 Phaeophytas algas pardas ou feofíceas algas pardas ou feofíceas multicelulares multicelulares tipo de clorofila a e c tipo de clorofila a e c pigmentos – carotenos e xantofilas (coloração castanho-amareladas) pigmentos – carotenos e xantofilas (coloração castanho-amareladas) parede celular – celulose e algina parede celular – celulose e algina

9 Phaeophytas Sargassum vulgare Padina gymnospora Fotos: Natália P. Ghilardi (Biota/FAPESP)

10 Rhodophyta algas vermelhas ou rodofíceas algas vermelhas ou rodofíceas unicelulares/ multicelulares unicelulares/ multicelulares marinhos/água doce/terrestres (ambientes úmidos) marinhos/água doce/terrestres (ambientes úmidos) tipo de clorofila a e d tipo de clorofila a e d pigmentos – ficoeritrina pigmentos – ficoeritrina parede celular – celulose, ágar e carragenina parede celular – celulose, ágar e carragenina

11 Rhodophyta Galaxaura marginata Asparagopsis taxiformis Fotos: Natália P. Ghilardi (Biota/FAPESP)

12 Bacillariophytas ( diatomáceas) unicelulares unicelulares clorofila a e c clorofila a e c carotenos e xantofilas carotenos e xantofilas parede celular - sílica parede celular - sílica mares de águas frias/ lagos de água doce mares de águas frias/ lagos de água doce carapaça de sílica carapaça de sílica constituem o fitoplâncton constituem o fitoplâncton carapaças acumuladas no fundo do mar por milhares de anos – terra de diatomáceas ou diatomito carapaças acumuladas no fundo do mar por milhares de anos – terra de diatomáceas ou diatomito

13 Diatomáceas (diatomito) Recebe também os nomes de farinha fóssil, tripoli, rocha leve, em geral friável (suja os dedos). Recebe também os nomes de farinha fóssil, tripoli, rocha leve, em geral friável (suja os dedos). Graças à porosidadade, o diatomito foi usado na fabricação da dinamite(absorve três vezes o peso de nitroglicerina); serve como abrasivo; usa-se na fabricação de telhas e tijolos refratários; utilizado como isolador térmico; emprega-se para juntar ao cimento, etc. Graças à porosidadade, o diatomito foi usado na fabricação da dinamite(absorve três vezes o peso de nitroglicerina); serve como abrasivo; usa-se na fabricação de telhas e tijolos refratários; utilizado como isolador térmico; emprega-se para juntar ao cimento, etc.

14 diatomáceas

15 Euglenophytas unicelulares unicelulares água doce (maioria) água doce (maioria) clorofilas: a e b clorofilas: a e b pigmentos: caratenos e xantofilas pigmentos: caratenos e xantofilas não tem parede celular não tem parede celular dois flagelos curtos (estigma/ocelo) dois flagelos curtos (estigma/ocelo) vacúolo pulsátil vacúolo pulsátil nutrição: nutrição: Autótrofos (fotossíntese) Autótrofos (fotossíntese) Heterótrofos (fagocitose) Heterótrofos (fagocitose)

16 euglenófitas

17 Dinophytas (dinoflagelados) unicelulares unicelulares fitoplâncton fitoplâncton clorofilas: a e c clorofilas: a e c pigmentos: caroteno e xantofila pigmentos: caroteno e xantofila lórica (placa de celulose e sílica) lórica (placa de celulose e sílica) flagelos – rodopios flagelos – rodopios bioluminescência do mar (Noctiluca) bioluminescência do mar (Noctiluca) maré vermelha maré vermelha

18 Dinoflagelados (pyrrophytas)

19 Charophyta (carofíceas) Multicelulares Multicelulares Dulcícolas Dulcícolas Musgos pétreos Musgos pétreos Utilizadas em ornamentação de aquários Utilizadas em ornamentação de aquários

20

21 Reprodução Assexuada 1. F issão binária 2. F ragmentação (filamentosas) 3. Z oosporia – formação de células flageladas (zoósporos) soltam-se do indivíduo - nadam – suporte – novos indivíduos

22 Alternância de gerações (metagênese) indivíduos haplóides /indivíduos diplóides indivíduos haplóides /indivíduos diplóides zigoto – esporófito(2n) – R! – esporos haplóides zigoto – esporófito(2n) – R! – esporos haplóides gametófitos haplóides – gametas – fecundação(2n) gametófitos haplóides – gametas – fecundação(2n)

23

24 Importância alimentação: grande valor nutricional. alimentação: grande valor nutricional. possuem proteínas, como a que é produzida pela Spirulina (facilitam a digestão por não possuir parede celulósica possuem proteínas, como a que é produzida pela Spirulina (facilitam a digestão por não possuir parede celulósica possuem também carboidratos, vitaminas (caroteno, ácido ascórbico…) e sais minerais (cálcio, ferro, fósforo, sódio, potássio …). possuem também carboidratos, vitaminas (caroteno, ácido ascórbico…) e sais minerais (cálcio, ferro, fósforo, sódio, potássio …). A Undaria é importante ao tecido ósseo, já que aumenta a concentração de cálcio no sangue. A Undaria é importante ao tecido ósseo, já que aumenta a concentração de cálcio no sangue.

25 Rodófitas, Clorófitas, Feófitas, - espécies do gênero Laminaria, Alaria, Ulva e Durviella, são usadas diretamente em sopas, saladas, condimentos. Rodófitas, Clorófitas, Feófitas, - espécies do gênero Laminaria, Alaria, Ulva e Durviella, são usadas diretamente em sopas, saladas, condimentos. Porphyra (envolve o sushi), a Laminaria (usada no kombu), e a Undaria e Sargassum (usados no wakami). Porphyra (envolve o sushi), a Laminaria (usada no kombu), e a Undaria e Sargassum (usados no wakami). Rhodophytas - ágar, sendo utilizado no meio culinário (é usado como espessante e estabilizante). Rhodophytas - ágar, sendo utilizado no meio culinário (é usado como espessante e estabilizante). Phaeophytas - alginato, usados como espessantes e estabilizadores, clareador de cervejas, estabilizador de espumas, e na preservação de frutas. Phaeophytas - alginato, usados como espessantes e estabilizadores, clareador de cervejas, estabilizador de espumas, e na preservação de frutas.

26 Medicina as algas - utilizadas como antibióticos, vermífugos, anestésicos, no controle de hipertensão, na diarréia; na ativação do sistema imunológico, na redução do colesterol. as algas - utilizadas como antibióticos, vermífugos, anestésicos, no controle de hipertensão, na diarréia; na ativação do sistema imunológico, na redução do colesterol. gênero Laminaria, são usadas no combate ao inchaço da tiróide, e como substância anti-coagulante (devido a um componente com características semelhantes a heparina). gênero Laminaria, são usadas no combate ao inchaço da tiróide, e como substância anti-coagulante (devido a um componente com características semelhantes a heparina). Por possuírem propriedades de aumentar e diminuir seu volume, é utilizada na dilatação do colo uterino, a fim de provocar o parto prematuro. Por possuírem propriedades de aumentar e diminuir seu volume, é utilizada na dilatação do colo uterino, a fim de provocar o parto prematuro.


Carregar ppt "BIOLOGIA. PROTOCTISTAS Protoctistas autotróficos – algas Protoctistas autotróficos – algas Características gerais: 1. eucarióticos aquáticos 2. unicelulares/pluricelulares."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google