A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional Guilherme Henrique Pereira Secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação Ministério.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional Guilherme Henrique Pereira Secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação Ministério."— Transcrição da apresentação:

1 Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional Guilherme Henrique Pereira Secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação Ministério da Ciência e Tecnologia

2 Primeira premissa Existe uma forte correlação entre o grau de desenvolvimento de um país e seu esforço em C,T&I, expresso pelos investimentos em pesquisa e desenvolvimento (P&D) e pela dimensão de sua comunidade de pesquisa. Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional Premissas básicas para o Plano de C,T&I

3 Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional Segunda premissa Os países com economias desenvolvidas têm forte atividade de pesquisa, desenvolvimento e inovação (P&D&I) nas empresas, financiadas por elas próprias e pelo governo. Premissas básicas para o Plano de C,T&I

4 Terceira premissa Alguns países mudaram drasticamente seu padrão de desenvolvimento econômico através de políticas industriais articuladas com as políticas de C,T&I. Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional Premissas básicas para o Plano de C,T&I

5 Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional Quarta premissa Existe no Brasil massa crítica para uma gradual aproximação aos níveis tecnológicos das economias desenvolvidas: somos um país intermediário, no mundo, em termos de capacidade produtiva e acadêmica, capazes, portanto, de superar nosso atraso relativo e de atingir um patamar que se aproxime ao dos países desenvolvidos. Premissas básicas para o Plano de C,T&I

6 Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional Plano de Ação

7 Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional O PLANO contém: atividades distribuídas em quatro prioridades estratégicas,atividades distribuídas em quatro prioridades estratégicas, que abrigam 21 linhas de ação que abrigam 21 linhas de ação uma meta prioritária para cada dimensãouma meta prioritária para cada dimensão a abrangência necessária para incorporar aa abrangência necessária para incorporar a extensa gama de atividades em C&T&I no Brasil extensa gama de atividades em C&T&I no Brasil O Plano prioriza a consolidação do sistema nacional de C&T e a ampliação da inovação nas empresas a ampliação da inovação nas empresas

8 Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional 1- EXPANSÃO E CONSOLIDAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE C,T&I: Expandir, integrar, modernizar e consolidar o Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação 2- PROMOÇÃO DA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA NAS EMPRESAS: Intensificar as ações de fomento para a criação de um ambiente favorável à inovação nas empresas e o fortalecimento da Política Industrial, Tecnológica e de Comércio Exterior 3- P,D&I EM ÁREAS ESTRATÉGICAS: Fortalecer as atividades de pesquisa e inovação em áreas estratégicas para a soberania do País 4- C&T PARA O DESENVOLVIMENTO SOCIAL: Promover a popularização e o aperfeiçoamento do ensino de ciências nas escolas, bem como a difusão de tecnologias para a inclusão e o desenvolvimento social Prioridades Estratégicas

9 Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional 4- Apoio à Inovação Tecnológica nas Empresas 5- Tecnologia para a Inovação nas Empresas 6- Incentivos à Criação e Consolidação de Empresas Intensivas em Tecnologia Principais linhas de ação em II- Promoção da Inovação Tecnológica nas Empresas

10 Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional II- Promoção da Inovação Tecnológica nas Empresas Principais linhas de ação em Ação - Apoio à Inovação Tecnológica nas Empresas Apoio financeiro às atividades de P,D&I e à inserção de pesquisadores nas empresas Apoio à cooperação entre empresas e ICTs Iniciativa nacional para a inovação Capacitação de recursos humanos para a inovação

11 Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional II- Promoção da Inovação Tecnológica nas Empresas Principais linhas de ação em Ação - Tecnologia para a Inovação nas Empresas Sistema Brasileiro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico das Indústrias - SIBRATEC Centros de Inovação Institutos de Serviços Tecnológicos Extensão Tecnológica

12 Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional II- Promoção da Inovação Tecnológica nas Empresas Principais linhas de ação em Ação - Incentivos à Criação e Consolidação de Empresas Intensivas em Tecnologia Programa Nacional de Apoio às Incubadoras e Parques Tecnológicos - PNI INOVAR - Fomento à criação e ampliação da indústria de capital empreendedor Uso do poder de compra para estimular empresas nacionais inovadoras em tecnologia

13 Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional II- P,D&I em Áreas Estratégicas Principais linhas de ação em Áreas portadoras de futuro: Biotecnologia e Nanotecnologia 9 - Biocombustíveis 11 - Energia Elétrica, Hidrogênio e Energias Renováveis 12 - Petróleo, Gás e Carvão Mineral

14 Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional II- P,D&I em Áreas Estratégicas Principais linhas de ação em Ação - Áreas portadoras de futuro: Biotecnologia e Nanotecnologia Competitividade em biotecnologia Programa de C,T&I para nanotecnologia

15 Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional II- P,D&I em Áreas Estratégicas Principais linhas de ação em Ação - Biocombustíveis Programa de desenvolvimento tecnológico para o biocombustível Programa de C,T&I para o etanol

16 Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional II- P,D&I em Áreas Estratégicas Principais linhas de ação em Ação - Energia Elétrica, Hidrogênio e Energias Renováveis Programa de C,T&I para a economia do hidrogênio Programa de C,T&I para energias renováveis

17 Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional II- P,D&I em Áreas Estratégicas Principais linhas de ação em Ação - Energia Elétrica, Hidrogênio e Energias Renováveis Implantação de infra-estrutura nas instituições de ensino e pesquisa nacionais nas áreas de geração, transmissão e distribuição e uso final de energia elétrica Programas de P&D tecnológico nas áreas de geração, transmissão e distribuição e uso final de energia elétrica Expansão, modernização, manutenção e infra-estrutura para P&D tecnológico em geração, transmissão e distribuição e uso final de energia elétrica

18 Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional II- P,D&I em Áreas Estratégicas Principais linhas de ação em Ação - Petróleo, Gás e Carvão Mineral Implantação de infra-estrutura nas instituições de ensino e pesquisa nacionais nas áreas de petróleo, gás natural, energia meio ambiente Programas de P&D tecnológico nas áreas de petróleo e gás natural Expansão, modernização, manutenção e infra-estrutura para P&D tecnológico áreas de petróleo, gás natural e biocombustíveis Programa de C,T&I para produção e uso limpo do carvão mineral - ProCarvão

19 Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional Grupos de Trabalho Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação Desenvolvimento institucional para inovação 1 - Desenvolvimento institucional para inovação 1.1 Difusão da cultura da inovação 1.1 Difusão da cultura da inovação 1.2 Aperfeiçoamento/modernização dos marcos legais 1.2 Aperfeiçoamento/modernização dos marcos legais e normativos e normativos 1.3 Desenvolvimento de novos agentes facilitadores 1.3 Desenvolvimento de novos agentes facilitadores 2 - Promoção da Inovação nas Empresas 3 - Promoção da Competitividade em Setores Estratégicos 4 - Novas Tecnologias Estratégicas 4.1 Nanotecnologia, Biotecnologia, Química Fina, etc. 4.1 Nanotecnologia, Biotecnologia, Química Fina, etc. 4.2 Estudos sobre outras tecnologias portadoras de futuro 4.2 Estudos sobre outras tecnologias portadoras de futuro 5. Apoio à Gestão 5.1 Acompanhamento de processos e programas 5.1 Acompanhamento de processos e programas 5.2 Gestão do orçamento, PPA, incentivos fiscais 5.2 Gestão do orçamento, PPA, incentivos fiscais, outros instrumentos e apoio e demandas específicas

20 Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional Desenvolvimento Institucional para Inovação Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação Consolidação institucional do SNCT(desburocratização dos mecanismos de apoio, segurança jurídica e outras iniciativas) Consolidação institucional do SNCT(desburocratização dos mecanismos de apoio, segurança jurídica e outras iniciativas) Iniciativa nacional para inovação Iniciativa nacional para inovação Serviços tecnológicos: regulação, normalização, instituições, rede de metrologia Serviços tecnológicos: regulação, normalização, instituições, rede de metrologia Propriedade intelectual e NIT Propriedade intelectual e NIT Aperfeiçoamento institucional: poder de compra, novos Aperfeiçoamento institucional: poder de compra, novos instrumentos e outros instrumentos e outros Sistemas de parceria com os Estados (Secretarias e FAPs) Sistemas de parceria com os Estados (Secretarias e FAPs) Responsável: Reinaldo Dias Ferraz de Souza

21 Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional Promoção da Inovação nas Empresas Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação Apoio às atividades de P&D nas empresas (financiamento, subvenção, incentivos fiscais) Apoio no empreendedorismo (incubadoras, parques, capital de risco) Apoio à cooperação empresas e ICT Extensionismo e prestação de serviços tecnológicos e centros de inovação Serviço Brasileiro de Respostas Técnicas – SBRT Capacitação de RH para inovação Apoio à infra-estrutura das ICT para a inovação a inovação Responsável: Reinaldo Fernandes Danna

22 Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional Promoção da Competitividade em Setores Estratégicos Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação Desenvolvimento Tecnológico de Fontes Renováveis Desenvolvimento Tecnológico de Fontes Renováveis de Energia (Biodiesel, Etanol, etc.) de Energia (Biodiesel, Etanol, etc.) Desenvolvimento Tecnológico para Economia do Hidrogênio Desenvolvimento Tecnológico para Economia do Hidrogênio Desenvolvimento de Tecnologias e Gestão da Água Desenvolvimento de Tecnologias e Gestão da Água Desenvolvimento Tecnológico de Tecnologia Mineral Desenvolvimento Tecnológico de Tecnologia Mineral (incluindo carvão) (incluindo carvão) Estudos de Outras Possibilidades de Fontes de Energia Estudos de Outras Possibilidades de Fontes de Energia Estudos de Outros Setores Estratégicos Estudos de Outros Setores Estratégicos Responsável: Adriano Duarte Filho

23 Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional Novas Tecnologias Estratégicas Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação Programa de Nanotecnologia Inovação em Química Fina Inovação em Química Fina Inovação em Biotecnologia Inovação em Biotecnologia Prospecção de outras tecnologias portadoras do futuro Prospecção de outras tecnologias portadoras do futuro e estudos sobre possibilidades de apoio e estudos sobre possibilidades de apoio Responsável: Antonio Alberto R. Fernandes

24 Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional Apoio à Gestão Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação Acompanhamento e Avaliação do Plano de Ação 2007/2010 Orçamento, PPA Orçamento, PPA Demanda específica ou pontuais (ZFM e outros) Demanda específica ou pontuais (ZFM e outros) Relações Institucionais com parceiros do SNCT e outros Relações Institucionais com parceiros do SNCT e outros Cooperação bilateral internacional Cooperação bilateral internacional Acompanhamento das representações Acompanhamento das representações

25 Obrigado


Carregar ppt "Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional Guilherme Henrique Pereira Secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação Ministério."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google