A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Tomás Antônio Gonzaga Tomás Antônio Gonzaga (Miragaia, 11 de agosto de 1744 Ilha de Moçambique, 1810), cujo nome arcádico é Dirceu, foi um jurista, poeta.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Tomás Antônio Gonzaga Tomás Antônio Gonzaga (Miragaia, 11 de agosto de 1744 Ilha de Moçambique, 1810), cujo nome arcádico é Dirceu, foi um jurista, poeta."— Transcrição da apresentação:

1

2 Tomás Antônio Gonzaga Tomás Antônio Gonzaga (Miragaia, 11 de agosto de 1744 Ilha de Moçambique, 1810), cujo nome arcádico é Dirceu, foi um jurista, poeta e ativista político luso-brasileiro. Considerado o mais proeminente dos poetas árcades,suas obras são analisadas por diversos professores e sua principal obra foi"Marília de Dirceu"

3 Biografia Tomás Antônio Gonzaga, filho de um magistrado brasileiro, nasceu, no entanto, em Porto, Portugal. A família retornou ao Brasil quando o menino contava sete anos. Aqui estudou com os jesuítas, na cidade da Bahia. Com dezessete anos foi para Coimbra estudar Direito. Por algum tempo exerceu a profissão de advogado em terras portuguesas, mas em 1782 foi nomeado Ouvidor de Vila Rica, capital de Minas Gerais. Ocupou altos cargos jurídicos e em 1787 casou-se com Maria Joaquina Dorotéia de Seixas, a futura Marília.

4 Ele tinha mais de quarenta anos e ela era pouco mais do que uma adolescente. A detenção pelo envolvimento na Conjuração Mineira impediu o enlace. Ficou três anos preso numa prisão no Rio de Janeiro e depois foi condenado a dez anos de degredo em Moçambique. Lá se casou com a filha de um rico traficante de escravos e voltou a ocupar postos importantes na burocracia portuguesa. Morreu no continente africano em 1810.

5 característica literária As principal característica da literatura de Tomás Antônio Gonzaga apresenta a típica característica árcade: o pastoril, o bucólico, a natureza amena, o equilíbrio, etc. Ou seja, ele resultava muito a vida no campo e as belezas que este ambiente podia demonstrar.

6 Arcadismo O Arcadismo é uma escola literária surgida na Europa no século XVIII. O nome dessa escola é uma referência à Arcádia, região bucólica do Peloponeso, na Grécia, tida como ideal de inspiração poética. No Brasil, o movimento árcade toma forma a partir da segunda metade do século XVIII.A principal característica desta escola é a exaltação da natureza e de tudo que lhe diz respeito. É por isto que muitos poetas ligados ao arcadismo adotaram pseudônimos de pastores gregos ou latinos (pois o ideal de vida válido era o de uma vida bucólica).

7 Bucolismo Género literário sinónimo da poesia pastoril que respeita as convenções clássicas provenientes, sobretudo, das Bucólicas de Virgílio e dos Idílios de Teócrito de Siracusa. Este género enuncia um ideal de vida que canta as belezas da vida do campo, o espaço dos pastores, a ingenuidade dos costumes, o cotidiano tranquilo em simples contato com a natureza. Trata também dos amores, alegrias e penas dos pastores que contrastam com os sobressaltos e inquietações da vida urbana.

8 Obras As vinte e três liras iniciais de Marília de Dirceu são autobiográficas dentro dos limites que as regras árcades impõem à confissão pessoal, isto é, o EU não deve expor nada além do permitido pelas convenções da época. Assim um pastor (que é o poeta) celebra, em tom moderadamente apaixonado, as graças da pastora Marília, que conquistou o seu coração:

9 Tu, Marília, agora vendo Do Amor o lindo retrato Contigo estarás dizendo Que é este o retrato teu. Sim, Marília, a cópia é tua, Que Cupido é Deus suposto: Se há Cupido, é só teu rosto Que ele foi quem me venceu.

10 Os teus olhos espalham luz divina, A quem a luz do Sol em vão se atreve; Papoula, ou rosa delicada, e fina, Te cobre as faces, que são cor de neve. Os teus cabelos são uns fios d'ouro; Teu lindo corpo bálsamos vapora. Ah! não, não fez o Céu, gentil Pastora, Para glória de Amor igual tesouro. Graças, Marília bela, Graças à minha Estrela!"


Carregar ppt "Tomás Antônio Gonzaga Tomás Antônio Gonzaga (Miragaia, 11 de agosto de 1744 Ilha de Moçambique, 1810), cujo nome arcádico é Dirceu, foi um jurista, poeta."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google