A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESTADO E SOCIEDADE ATUANDO PELO DESENVOLVIMENTO DA LEITURA NO BRASIL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESTADO E SOCIEDADE ATUANDO PELO DESENVOLVIMENTO DA LEITURA NO BRASIL."— Transcrição da apresentação:

1

2 ESTADO E SOCIEDADE ATUANDO PELO DESENVOLVIMENTO DA LEITURA NO BRASIL

3 Histórico

4 Retratos do Livro e da Leitura no Brasil Setor Produtivo e Distributivo O Brasil está entre os 8 maiores produtores de livro do mundo (46 mil títulos/310 milhões de exemplares publicados ao ano-2006). Setor de bibliotecas e mediação de leitura O país possui cerca de bibliotecas públicas, bibliotecas comunitárias, escolares, universitárias Temos um dos maiores programas de distribuição de livros gratuitos do mundo, principalmente na área educacional pública. Histórico

5 Retratos do Livro e da Leitura no Brasil Índice de leitura baixo (4,7 livro per capita/ano – 1,3 se retirados os livros escolares/didáticos). Altas índices de analfabetismo absoluto (16 milhões) e funcional (30 milhões de brasileiros). Dificuldade de acesso: –630 municípios sem bibliotecas em –Maioria das bibliotecas estão em situação precária de acervo e instalações, com baixo índice de utilização. –2.600 livrarias em 600 cidades (11% do total de cidades do país e altíssima concentração no Sul/Sudeste). –Baixas tiragens dos livros/alto preço final ao leitor. Histórico

6 Retratos do Livro e da Leitura no Brasil Preços x Capacidade de Compra. Descontinuidade das ações governamentais e privadas. Desarticulação: Estado x Sociedade. Estado x Estado. Sociedade x Sociedade Histórico

7 A pergunta que se impôs nos últimos anos: Como reverter este quadro? Conhecer, sistematizar e integrar ações. Otimizar: sinergia e eficácia. Complementação x Sobreposição. Articular Estado x Sociedade x Mercado. Criar estruturas e formas de financiamento. Converter livro e leitura em um programa permanente, fruto de consenso nacional dos setores envolvidos e do Estado em todos os seus níveis. Histórico

8 2005 Ano Ibero-Americano da Leitura Ano Vivaleitura CONQUISTAS FUNDAMENTAIS: UNIÃO ENTRE OS MINISTÉRIOS DA CULTURA (MinC) E DA EDUCAÇÃO (MEC) EM TORNO DO LIVRO E DA LEITURA – TRABALHO INTEGRADO PARA CRIAR O PNLL PARTICIPAÇÃO EFETIVA DE ESTADOS E MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DE TODOS OS SEGMENTOS DO LIVRO E DA LEITURA AMPLO APOIO DA SOCIEDADE OBJETIVO COMUM: CONSTRUIR UMA POLÍTICA DE ESTADO PARA O LIVRO E A LEITURA Histórico

9 O que é o PNLL

10 O que é o PNLL O Plano Nacional do Livro e Leitura é um conjunto de políticas, programas, projetos, ações continuadas e eventos empreendidos pelo Estado (em âmbito federal, estadual e municipal) e pela Sociedade (setor privado e terceiro setor) para promover o livro, a leitura, a literatura e as bibliotecas no Brasil.

11 O que é o PNLL O Plano Nacional do Livro e Leitura tem por finalidade básica assegurar a democratização do acesso ao livro, o fomento e a valorização da leitura e o fortalecimento da cadeia produtiva do livro como fator relevante para o incremento da produção intelectual e o desenvolvimento da economia nacional. (Portaria Interministerial 1442 – 14/08/ MinC e MEC)

12 O que é o PNLL Nesta primeira fase, solidificou conceitos com um texto amplo e acordado entre Estado e Sociedade. Está compilando, sistematizando e divulgando as ações em prol do livro e da leitura realizadas no país através de seu Mapa de Ações. Com esse mapeamento, são criadas as condições para o intercâmbio de experiências e colaborações entre projetos similares, potencializando recursos públicos e privados.

13 O que é o PNLL Em 2007 e 2008, os projetos do Estado deverão ser adensados com ações de grande importância estratégica para a implantação de uma Política de Estado para o livro e a leitura. Tais ações poderão centrar forças em determinadas áreas, focar em investimentos que sejam fundamentais para o desenvolvimento da leitura e da conquista de novos leitores. O PNLL passou a ser um forte elemento indutor de políticas públicas para o setor, otimizando ações até então dispersas entre os vários níveis do Estado.

14 O que é o PNLL ALGUNS EXEMPLOS DE PROGRAMAS LIDERADOS PELO MinC COM FORTE PRESENÇA DE AÇÕES INDUTORAS DO PNLL ESSES PROGRAMAS ESTÃO TOTALMENTE BASEADOS NAS DIRETRIZES DO PNLL, E VÃO AO ENCONTRO DO TEXTO APROVADO EM DEZEMBRO DE 2007 NA CÂMARA SETORIAL DO LIVRO, LITERATURA E LEITURA, EM REUNIÃO CONJUNTA COM O COMITÊ DIRETIVO DO PNLL.

15 O que é o PNLL Convênio com agentes financiadores públicos para incentivo à indústria editorial e ao comércio livreiro (Eixo 4 do PNLL):

16 O que é o PNLL

17 O que é o PNLL FORMULAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A CULTURA. FORTE AÇÃO NA ÁREA DE DISPONIBILIDADE DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS E MEDIAÇÃO DA LEITURA, COM ÊNFASE NA DEMOCRATIZAÇÃO DO ACESSO AO LIVRO – EIXOS 1 E 2 DO PNLL. ALGUNS EXEMPLOS RECENTES:

18 O que é o PNLL Programa Mais Cultura – MinC em parceria com 12 ministérios. O governo federal lançou no dia 4 de outubro de 2007, o PROGRAMA MAIS CULTURA. O objetivo é promover a diversidade sócio- cultural, a auto-estima, a cidadania, o protagonismo e a emancipação social. O investimento previsto é de R$ 4,7 bilhões até 2010 e será dada prioridade para as 11 regiões metropolitanas com maior índice de violência, as regiões com baixos indicadores de saúde e de educação, os chamados territórios de identidade (como os quilombos, as reservas indígenas e as comunidades artesanais) e os territórios especiais (como a Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco e o Semi-Árido).

19 O que é o PNLL Bibliotecas em todas as cidades brasileiras Fazer com que todas as cidades brasileiras tenham ao menos uma biblioteca é um dos objetivos do PNLL e essa meta já tem data para ser alcançada: Hoje são 630 cidades que não contam com esse recurso básico de cultura, sendo 423 no Nordeste, 77 no Norte, 69 no Centro-Oeste, 45 no Sul e 17 no Sudeste. Com o Mais Cultura, será zerado esse número. As bibliotecas terão 2 mil livros, mobiliário, kit audiovisual (tevê e DVD) e kit multimídia (um PC). A Fundação Biblioteca Nacional fará modificações na lista de títulos a partir de critérios de regionalidade e possibilitando a participação de pequenas editoras.

20 O que é o PNLL Modernização das bibliotecas existentes Até 2010, serão modernizadas bibliotecas cadastradas no Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBP). O formato livro será articulado com os demais suportes de leitura (audiovisual e multimídia) e as bibliotecas receberão livros atualizados e diversificados, seguindo os critérios de diversidade regional e de editoras. Serão estabelecidas quatro faixas de tamanhos de bibliotecas, contemplando as diferenças de populações desses locais. Todas essas bibliotecas serão remodeladas, estruturando o uso cultural dos espaços, além de fortalecer seu atual uso educacional. Dentro dessa remodelação, 100 unidades receberão forte investimento e funcionarão como espaços multiuso, sendo aqui o livro usado como foco de centros culturais e articulado com as demais linguagens, como teatro e música.

21 O que é o PNLL Pontos de leitura O Programa Mais Cultura prevê a instalação de 4 mil Pontos de Leitura em todo o país. Serão 3 mil em bibliotecas comunitárias, 600 unidades em pontos de cultura e 400 em hospitais, CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) e outros locais de atendimento público. Cada Ponto terá 500 livros (entre ficção, não- ficção, gibis), dois computadores, duas estantes, um tapete e quatro almofadas. Os computadores serão para uso público e formarão uma rede de pontos de leitura articulada com a Rede Cultura Viva dos Pontos de Cultura. O software Bibilivre será usado para catalogação.

22 O que é o PNLL NÚMERO DE MUNICÍPIOS SEM BIBLIOTECA POR ESTADO. TOTAL DE MUNICÍPIOS: MUNICÍPIOS SEM BIBLIOTECA: 630 (FONTE: SNBP/FBN – BIBLIOT.ILCE CAVALCANTI)

23 O que é o PNLL Livros a preços populares Também faz parte das metas do Programa o investimento para publicação de 9 milhões de livros de baixo custo em conjunto com a iniciativa privada e distribuição gratuita. Estímulo à circulação de revistas e periódicos a preços acessíveis. Novas redes de distribuição, como bancas de jornais, permitirão levar os livros às pequenas cidades, áreas rurais e comunidades tradicionais. Isso permitirá uma circulação menos centralizada do livro, já que hoje no Brasil praticamente restringe-se aos 600 municípios com livrarias.

24 O que é o PNLL Agentes de Leitura Outra ação do Mais Cultura está voltada para a capacitação de gestores públicos e privados para atividades culturais, oferecendo formação e especialização na área de artes. Em relação ao livro, ocorrerão ações de multiplicação de Agentes de Leitura por todo o país. O modelo será o projeto Agentes de Leitura do Ceará, que integra o Eixo 1 do PNLL.

25 O que é o PNLL PRINCÍPIOS NORTEADORES A criação de um Plano Nacional do Livro e da Leitura (PNLL) traduz uma Política de Estado para o Livro e a Leitura plenamente assumida pelo governo federal. Essa política baseia-se em 5 princípios internacionalmente difundidos pela UNESCO para a existência expressiva de leitores em um país:

26 O que é o PNLL Fatores qualitativos: a)O livro deve ocupar destaque no imaginário nacional, sendo dotado de forte poder simbólico e valorizado por amplas faixas da população; b) Devem existir famílias leitoras, cujos integrantes se interessem vivamente pelos livros e compartilhem práticas de leitura, de modo que as velhas e novas gerações se influenciem mutuamente e construam representações afetivas em torno da leitura; c) Deve haver escolas que saibam formar leitores, valendo-se de mediadores bem formados (professores, bibliotecários) e de múltiplas estratégias e recursos para alcançar essa finalidade.

27 O que é o PNLL Fatores quantitativos: d) Deve ser garantido o acesso ao livro, com a disponibilidade de um número suficiente de bibliotecas e livrarias, entre outros aspectos; e) O preço do livro deve ser acessível a grandes contingentes de potenciais leitores.

28 1.1 Implantação de novas bibliotecas 1.2 Fortalecimento da rede atual de bibliotecas 1.3 Conquista de novos espaços de leitura 1.4 Distribuição de livros gratuitos 1.5 Melhoria do acesso ao livro e a outras formas de expressão da cultura letrada 1.6 Incorporação e uso de tecnologias de informação e comunicação 1.1 Implantação de novas bibliotecas 1.2 Fortalecimento da rede atual de bibliotecas 1.3 Conquista de novos espaços de leitura 1.4 Distribuição de livros gratuitos 1.5 Melhoria do acesso ao livro e a outras formas de expressão da cultura letrada 1.6 Incorporação e uso de tecnologias de informação e comunicação Eixos do PNLL 1 - Democratização do Acesso O que é o PNLL

29 2.1Formação de mediadores de leitura 2.2Projetos sociais de leitura 2.3Estudos e fomento à pesquisa na área do livro e leitura 2.4Sistemas de informação nas áreas de bibliotecas, da bibliografia e do mercado 2.5Prêmios e reconhecimento às ações de incentivo e fomento às práticas sociais de leitura 2.1Formação de mediadores de leitura 2.2Projetos sociais de leitura 2.3Estudos e fomento à pesquisa na área do livro e leitura 2.4Sistemas de informação nas áreas de bibliotecas, da bibliografia e do mercado 2.5Prêmios e reconhecimento às ações de incentivo e fomento às práticas sociais de leitura Eixos do PNLL 2 - Fomento à Leitura e Formação de Mediadores O que é o PNLL

30 3.1Ações para criar consciência sobre o valor social do livro e da leitura 3.2Ações para converter o fomento às práticas sociais da leitura em política de Estado 3.3Publicações impressas e outras mídias dedicadas à valorização do livro e da leitura 3.1Ações para criar consciência sobre o valor social do livro e da leitura 3.2Ações para converter o fomento às práticas sociais da leitura em política de Estado 3.3Publicações impressas e outras mídias dedicadas à valorização do livro e da leitura Eixos do PNLL 3 - Valorização da Leitura e Comunicação O que é o PNLL

31 4.1Fomento à cadeia produtiva do livro 4.2Fomento à distribuição, circulação e consumo de livros e materiais de leitura 4.3Fomento à cadeia criativa do livro 4.4Maior presença de livros e materiais de leitura brasileiros no exterior 4.1Fomento à cadeia produtiva do livro 4.2Fomento à distribuição, circulação e consumo de livros e materiais de leitura 4.3Fomento à cadeia criativa do livro 4.4Maior presença de livros e materiais de leitura brasileiros no exterior Eixos do PNLL 4 - Desenvolvimento da Economia do Livro O que é o PNLL

32 Fontes de Recursos Administrativos: –MinC, MEC e Parceiros por Convênio Para as Ações –Realizadores dos Projetos e Programas e seus patrocinadores Áreas a Explorar –Leis de incentivo –Organismos Internacionais –Outras áreas de Governo –Fundos privados, públicos e mistos existentes ou a serem criados O que é o PNLL

33 Plano de Comunicação Portal do PNLL ( acessos/mês) Boletim do PNLL ( s/semana) Caderno do PNLL (texto do PNLL/no prelo) Banners do PNLL em sites parceiros Materiais de divulgação do PNLL Materiais informativos sobre as ações Campanhas do Eixo 3 – Valorização da Leitura e Comunicação (Linha de Ação 3.1) Prêmio VIVALEITURA – Minc/Mec/OEI O que é o PNLL

34 O PNLL hoje

35 2006 Plano Nacional do Livro e Leitura lançamento: 13 de março de 2006 institucionalização e nomeação: Portaria Interministerial 1442 Portaria Interministerial de agosto de O PNLL hoje

36 Implementação Em regime de mútua cooperação entre a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, dela podendo participar sociedades empresariais e organizações da sociedade civil que manifestem interesse em aderir ao Plano. (Portaria Interministerial 1442 MinC e MEC) Baseado na idéia de se buscar o consenso, a primeira tarefa do primeiro ano de implantação do PNLL foi a de buscar e/ou consolidar múltiplas articulações institucionais e políticas: Articulação do Estado Articulação da Sociedade O PNLL hoje

37 –Conselho Diretivo – 7 membros –Coordenação Executiva – 5 membros –Conselho Consultivo - CSLLL O PNLL hoje Estrutura e Gestão Projetada para a fase inicial de implantação do PNLL e para refletir a presença do Estado e da Sociedade, a atual estrutura é operacionalizada por intermédio de um contrato de gestão (convênio) entre o Minc/MEC e a Fundação Editora da UNESP – Universidade Estadual Paulista.

38 O DESAFIO IMEDIATO: ENCONTRAR FORMAS DE GESTÃO MAIS PERMANENTES, COM RECURSOS PÚBLICOS E PRIVADOS QUE SUSTENTEM, ADMINISTRATIVA E FINANCEIRAMENTE, OS OBJETIVOS DO PNLL. REALIZAR ESTA TAREFA SEM QUE ELE PERCA ESSE PAPEL DE INDUÇÃO E MEDIAÇÃO ENTRE O ESTADO E A SOCIEDADE, CAMINHO SEGURO PARA UMA POLÍTICA DE ESTADO ABRANGENTE E DURADOURA. O PNLL hoje

39 O PNLL em Números

40 Total de atividades cadastradas: 630 Projetos Publicados: 482 Projetos em Análise: 112 Projetos Aguardando Dados: 36 Projetos Arquivados: 430 (*) Estatísticas em 26/5/ :19:38 (*) Formulários incompletos, duplicados ou fora do escopo do PNLL O PNLL em Números

41 O PNLL em Números Fonte: PNLL-04/09/07 Distribuição das ações conforme a classificação do proponente

42 O PNLL em Números Distribuição das Ações nas Regiões 1)

43 O PNLL em Números Abrangência 1.Abrangência Municipal: quando a ação está circunscrita pelos limites da municipalidade; 2.Abrangência Estadual: se a ação envolve duas ou mais cidades do mesmo estado; 3.Abrangência Nacional: quando a ação volta-se para dois ou mais estados brasileiros; 4.Abrangência Internacional: se a ação ultrapassa nossas fronteiras

44 Propostas de atuação PARTICIPAR ATIVAMENTE DE: COMO ATUAR NO PNLL 1.Reuniões e eventos para divulgação do PNLL; 2.Inscrever ações de livro e leitura realizadas pelo Estado no PNLL; 3.Preparar e implantar os Planos Estaduais e Planos Municipais de Livro e Leitura. 4.Reivindicar, orientar, solicitar ações para o setor em que você está envolvido.

45 José Castilho Marques Neto Secretário Executivo Atendimento geral:


Carregar ppt "ESTADO E SOCIEDADE ATUANDO PELO DESENVOLVIMENTO DA LEITURA NO BRASIL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google