A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Bancos de Dados Projeto de Banco de Dados Modelagem E-R.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Bancos de Dados Projeto de Banco de Dados Modelagem E-R."— Transcrição da apresentação:

1 Bancos de Dados Projeto de Banco de Dados Modelagem E-R

2 Realiza projeto do Sistema; Prepara testes Define regras do negócio UsuárioAnalista de Sistemas Banco de dados DBA Projeto Lógico/ Físico BD Projeto Conceitual/ Lógico BD Projetista Prepara projeto do BD Define restrições e solução lógica Atores do Processo

3 ANALISTA Mini-mundo Modelo Lógico Modelo Físico Modelo Conceitual Banco de Dados Realidade Níveis de Abstração

4 Modelo Conceitual => modelo abstrato que descreve a estrutura de um BD de forma independente de um SGBD particular (restrições impostas por tecnologias, técnicas de implementação ou dispositivos físicos)

5 Modelo Conceitual primeira etapa do projeto de um sistema de aplicação em banco de dados utilizado para entendimento, transmissão, validação de conceitos, mapeamento do ambiente, diálogo entre usuários e desenvolvedores

6 Exemplo de Modelo Conceitual AUTOR LIVRO escreve N INFANTILADULTO N Modelo Entidade-Relacionamento

7 Modelo Lógico Os objetos, suas características e relacionamentos têm uma representação de acordo com as regras de implementação e limitações impostas por algum tipo de tecnologia Relacional, Orientada a Objetos, Objeto- Relacional

8 Modelo Lógico Resulta da aplicação de regras de derivação sobre um modelo conceitual Nível mais restrito aos desenvolvedores

9 Modelo Lógico descreve as estruturas que estarão contidas no banco de dados, de acordo com as possibilidades permitidas pela abordagem, sem considerar características de armazenamento do SGBD

10 Modelo Lógico é dependente do TIPO/MODELO de dados particular do SGBD que será usado Exemplo: Tabela/Relação -> Modelo Relacional IdentidadeNomeTelefone Flávio Câmara Lúcio Maia Ana Furtado Joana Marques

11 Modelo Físico partirá do lógico e descreverá as estruturas físicas de armazenamento de dados (tamanho de campos, índices, métodos de acesso do SGBD, etc) Linguagens e Notações dependem do SGBD Pode ser necessário o conhecimento do modo físico de implementação das estruturas de dados

12 Modelos Os objetivos dos modelos são: Comunicação com clientes pode-se mostrar ao cliente, através de um produto de demonstração, parte ou todo o comportamento externo de um sistema

13 Modelos Os objetivos dos modelos são: Visualização: permite visualizar idéias antes de torná- las concretas Redução da complexidade: os modelos reduzem a complexidade dividindo-a em um pequeno número de coisas importantes a serem tratadas de cada vez

14 Objetivos da Modelagem Conceitual de Dados Representar um ambiente observado O significado da informação Servir de instrumento para comunicação Favorecer o processo de verificação e validação

15 Objetivos da Modelagem Conceitual de Dados Capturar aspectos de relacionamento entre os objetos observados Servir de referencial para a geração de estruturas de dados Estabelecer conceitos únicos a partir de visões diversas

16 Modelo Entidade-Relacionamento Histórico: 1976, Peter P. Chen publicou: The Entity-Relationship Model: Toward the unified view of data Base: Teoria Relacional (Codd, 1970)

17 Modelo Entidade-Relacionamento É um modelo de dados conceitual de alto nível, projetado para estar o mais próximo possível da visão que o usuário tem dos dados, não se preocupando em representar como estes dados estarão realmente armazenados. É utilizado principalmente durante o processo de projeto de banco de dados

18 Modelo Entidade-Relacionamento Identifica e modela entidades e relacionamentos, permitindo a especificação de um esquema que represente a estrutura lógica geral do Banco de Dados; Produz um diagrama fácil de ser entendido pelo usuário final;

19 Abordagem Entidade-Relacionamento ENTIDADE 1 ENTIDADE 2 Relacio- namento Atributo 1 Atributo 2

20 Entidade ENTIDADES - Representa qualquer coisa (concreta ou abstrata) sobre o qual se deseja manter informações. Ex: Empregado, empresa, consulta, embarque São representadas graficamente por um retângulo! Embarque Empregado

21 Entidades

22 AlunoPessoaProfessor MaterialAnimalMamífero Ave Meio de Transporte Aéreo

23 Entidade Pode ser interpretada como uma tabela de dados, onde cada linha representa uma instância

24 Atributos de uma Entidade são características, valores descritos, propriedades ou dados associados a uma entidade ou relacionamento. Ex: são atributos da entidade Pessoa: nome, endereço, telefone,... Para cada atributo há um conjunto de valores permissíveis (domínio)

25 Atributos PlacaMarcaChassiProprietárioFabricanteAno JHK-3456Gol3KG00324MH9José BatistaVolkswagen2001 MSN-3289Fiesta5GH00845MH8Carla MaiaFord2002 JHG-5634Meriva7JK00887MH8Ana GomesChevrolet2002 Entidade: Automóvel IdentidadeNomeEndereçoTelefoneEstaturaPeso PBJosé BatistaDias Rocha, , CEMaria CostaBeira Mar, , PECaio SilvaBoa Viagem, ,7068 Entidade: Cliente

26 Relacionamento Fato ou acontecimento que liga dois objetos existentes no mundo real são relações ou associações existentes entre entidades Obs: Verbos expressam fatos

27 Relacionamentos Pessoa possui automóvel Professor ensina aluno Pessoa mora em apartamento Francisco é casado com Maria Marcos passeia em um barco Carla pilota avião Documento pertence a processo

28 Generalização/Especialização Generalização: Resultado da união de dois ou mais conjuntos de entidades de nível mais baixo produzindo um conjunto de entidades de nível mais alto Especialização: Resultado da separação de um subconjunto de entidades de nível mais alto, formando um conjunto de entidades de nível mais baixo

29 Generalização/Especialização CLIENTE PESSOA FÍSICA PESSOA JURÍDICA Generalização Especialização

30 Generalização/Especialização Herança de Propriedades Cada instância da entidade especializada possui, além de suas próprias propriedades, também as propriedades da instância da entidade genérica correspondente Atributos Relacionamentos Generalizações ou especializações

31 Generalização/Especialização Herança de Propriedades CLIENTE PESSOA FÍSICA PESSOA JURÍDICA nome código RGsexoCGCTipo de organização

32 Generalização/Especialização Total - Para cada instância da entidade genérica, existe sempre uma instância em uma das entidades especializadas CLIENTE PESSOA FÍSICA PESSOA JURÍDICA t Todo cliente deve ser pessoa física ou jurídica

33 Generalização/Especialização Parcial - Nem toda ocorrência da entidade genérica possui correspondente em entidade especializada FUNCIONÁRIO MOTORISTA SECRETÁRIA p tipo Pode existir funcionário que não seja motorista nem secretária

34 Generalização/Especialização Não há limites no número de níveis hierárquicos No entanto, atenção quanto ao número de níveis.

35 Relacionamentos Grau ou Cardinalidade Caracterizam o número mínimo e máximo de instâncias de cada entidade que podem estar associadas através do relacionamento

36 Relacionamentos Grau ou Cardinalidade A B R 1. Com quantos elementos de B se relaciona cada um dos elementos de A? 2. Dado um elemento de B, com quantos elementos de A ele se relaciona?

37 Relacionamentos Relacionamento de Um-para-Um (1:1) PESSOA CERTIDÃO DE ÓBITO recebe 11

38 Relacionamentos Relacionamento de Um-para-Muitos (1:N) EMPRESA FILIAL possui 1N onde N = 0, 1 ou mais

39 Relacionamentos Relacionamento de Muitos-para-Muitos (M:N) ou (N:N) ATLETA ESPORTE pratica MN

40 Exercício - Identifique as entidades e atributos O sistema deve possibilitar o cadastro dos alunos, professores e turmas de uma Escola Infantil. Para os alunos, devem existir informações sobre seu nome, matrícula, data de nascimento, pais ou responsáveis, telefone, endereço, entre outras. Para os professores, devem constar as informações sobre seu grau de instrução, matrícula, nome, endereço, telefone, data de nascimento, formação, faixa etária de experiência (das crianças que já lecionou), salário base, etc.

41 Exercício - Identifique as entidades e atributos As turmas devem ser registradas segundo um código, nome da turma, sala, horário, tipo (se é A, B, C), etc. Serão cadastrados, também, os materiais utilizados na turma que deverão ser entregues pelos alunos. O sistema deverá gerar listagens dos alunos por turma e professor, boletins de notas, emissão de boletins de pagamento, lista de materiais por turma, entre outros relatórios.

42 Exercícios Represente através da notação E-R os seguintes relacionamentos, incluindo a cardinalidade: a) Médico atende paciente b) Estado é governado por Governador c) Autor escreve livro

43 Exercícios Represente através da notação E-R os seguintes relacionamentos, incluindo a cardinalidade: e) Empregado possui dependente f) Coordenação é composta de professores g) Em determinada clínica, os médicos são classificados em pediatras, neurologistas e ortopedistas


Carregar ppt "Bancos de Dados Projeto de Banco de Dados Modelagem E-R."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google