A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Simulação de Sistemas Prof. MSc Sofia Mara de Souza AULA5.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Simulação de Sistemas Prof. MSc Sofia Mara de Souza AULA5."— Transcrição da apresentação:

1 Simulação de Sistemas Prof. MSc Sofia Mara de Souza AULA5

2 Diagrama de Ciclos de Atividades n Em uma simulação discreta é necessário: –identificar as classes de entidades. –considerar as atividades nas quais as entidades estão envolvidas. –construir a relação entre elas.

3 n Diagramas de Ciclos de Atividades são uma forma de modelar as interações entre as entidades e é particularmente útil no estudo de sistemas de filas. n Embora não modele o sistema por completo, é útil na construção de um esqueleto básico para o processo de modelagem.

4 Modelo: n Cada classe de entidade possui um diagrama de atividades, constituído de uma série de estados. n As entidades se movem de um estado para outro durante o seu ciclo de vida. n Dois tipos de estados: –ativos –mortos

5 n Estado ativo: –Usualmente envolve a cooperação de diferentes classes de entidades. –Sua duração pode ser prevista com antecedência. Por exemplo, através de uma distribuição de probabilidade. –Exemplo: No problema do supermercado, serviço é um estado ativo pois envolve a cooperação entre um funcionário e um cliente. Além disso, uma distribuição de probabilidade fornece o tempo de demora de cada atendimento. Estado Ativo

6 n Estado morto: –Não envolve cooperação entre entidades. –Geralmente representa um estado de espera. –Tempo de permanência em um estado morto não pode ser determinado com antecedência, pois depende da duração dos estados ativos anterior e posterior. –Exemplo: Filas de espera por um serviço. O tempo depende do tempo de chegada do cliente e do tempo de serviço. Estado Morto

7 Exemplo: Teatro n Um teatro possui um funcionário para a venda de ingressos. A venda pode ser realizada na bilheteria do teatro ou através de um número telefônico. A central telefônica tem capacidade de manter as ligações em fila.

8 n Entidades: –um funcionário –clientes na bilheteria –chamadas telefônicas n Diagramas: –Funcionário: Estados Ativos: –at. balcão: atendendo a bilheteria –at. telefone: atendendo um telefonema Estados Mortos: –livre: funcionário sem atividade at.balcão at. telefone livre

9 –Clientes: Estados Ativos: –chegada: cliente chega à bilheteria –at. balcão: cliente é atendido Estados Mortos: –rua: cliente está inicialmente fora do teatro –fila: cliente esperando para ser atendido chegadaat. balcão fila rua

10 –Chamadas telefônicas: Estados Ativos: –at. telefone: chamada sendo atendida –chamada: chamada telefônica chega ao teatro Estados Mortos: –telefone: ambiente de origem do telefonema –espera: fila de espera da central telefônica chamadaat.telefone espera telefone

11 chegada at.balcão fila rua livre at. telefone chamada telefoneespera

12 Exemplo: Depósito n Um depósito recebe produtos de uma fábrica através de caminhões e distribui os produtos através de vans. Atualmente, o depósito possui 2 baias para descarregar produtos e 4 baias para o carregamento. Para carregar e descarregar um veículo são utilizados 2 funcionários. Existe um total de 10 homens disponíveis. Somente um caminhão passa pela entrada do depósito. Duas vans podem passar ao mesmo tempo pela entrada, uma saindo e outra entrando.

13 n Entidades: –vans –caminhões n Recursos: –baias de descarga: 4 –baias de carregamento: 2 –grupos de trabalho: 5 –pista de entrada: 1 –pista de saída: 1 n Diagramas: –Obs.: neste exemplo, devemos indicar a manipulação dos recursos.

14 chegada fora entrada fila saída vazio espera descarrega descarga>0? entrada=1? saída=1? descarga-1 entrada=0 saída=0 entrada=1 saída=1 grupo>0? grupo-1 grupo+1 entrada=1? saída=1? descarga+1 entrada=0 saída=0 entrada=1 saída=1 n Caminhões:

15 chegar rua entrar estacionamento sair cheio baia carregar carrega>0? entrada=1? carrega-1 entrada=0 entrada=1 grupo>0? grupo-1 grupo+1 saída=1? carrega+1 saída=0 saída=1 n Vans:

16 Exercícios: 1) Uma fábrica consiste em diversas máquinas de cortar iguais. Cada máquina é capaz de realizar um trabalho de cada vez. Trabalhos são alocados para a primeira máquina livre. A fábrica possui empregados que operam estas máquinas. As tarefas dos empregados são as seguinte: reiniciar as máquinas entre a realização de um trabalho e outro; recuperar as máquinas cujas lâminas estão gastas. Construir o diagrama de atividades.

17 Reiniciar Funcionando Recuperar paradapronta ok esperando


Carregar ppt "Simulação de Sistemas Prof. MSc Sofia Mara de Souza AULA5."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google