A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1. MONTAGEM A FRESCO: Ao microscópio de campo claro, os oocistos são grandes (25 a 30 por 10 a 19 µm) e apresentam uma forma elipsóide típica (fig. A eB).

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1. MONTAGEM A FRESCO: Ao microscópio de campo claro, os oocistos são grandes (25 a 30 por 10 a 19 µm) e apresentam uma forma elipsóide típica (fig. A eB)."— Transcrição da apresentação:

1 1. MONTAGEM A FRESCO: Ao microscópio de campo claro, os oocistos são grandes (25 a 30 por 10 a 19 µm) e apresentam uma forma elipsóide típica (fig. A eB). Oocistos esporulados (fig. B)podem ser observados se a amostra fecal contendo este coccídeo for armazenado em dicromato de potássio por mais de dois dias, à temperatura ambiente. Oocistos de Isospora belli podem ser visualizados em montagens a fresco, sob microscopia fluorescente, como ilustrado na fig.C. Uma intensa fluorescência azul é observada utilizando-se conjunto de filtros de excitação ultravioleta na faixa de nm. Se este conjunto de filtros não for disponível, uma fluorescência verde de menor intensidade pode ser observada de excitação azul ( nm). Outros objetos, todavia, podem também adquirir fluorescência. A utilização de microscópio com ambos os tipos de iluminação, campo claro e de fluorescência UV, constitui o procedimento de diagnóstico eficiente e confiável, quando a presença de objetos autofluorescentes podem ser conferidos por observação em campo claro e vice versa. Entretanto, isto requer um microscópio de fluorescência e não fornece registro permanente como proporcionaria a lâmina corada que pode ser arquivada. 2. COLORAÇÃO DE KINYOUN (ZIEHL-NEELSEN MODIFICADA): Um fundo azul esverdeado preparação fecal, ou outra coloração contrastante, permite que os oocistos se sobressaiam. Estes se coram de forma variável: alguns se tingirão de rosa claro à púrpura intensa, enquanto outros podem permanecer não corados. Os oocistos (25 a 30 µ m) terão um formato elipsóide típico como mostrado na montagem a fresco, e suas estruturas internas não serão bem visualizadas. Alguns oocistos podem aparecer em colapso ou distorcidos em um dos lados. ISOSPORA BELLI PONTOS CHAVES PARA DIAGNÓSTICO LABORATORIAL I Esfregaço de fezes contendo um oocisto de Isospora belli corado pela técnica de Kinyoun (ácool-ácido-resistência modificado). A B C PRINCÍPIOS BÁSICOS: a) Amostras fecais múltiplas (ao menos 3) * devem ser testadas antes de ser considerada uma interpretação de diagnóstico negativo. b) Para maximizar a recuperação de oocisto, amostras de fezes devem ser concentradas antes de um exame microscópico (por exemplo, centrifugação a 500 X g, 10 min., por método da formalina- acetato de etila). c) A escolha da técnica de diagnóstico depende da disponibilidade de equipamentos e reagentes, experiência e considerações quanto a tempo e custo dos exames. Os métodos mais freqüentemente usados incluem: * O conceito quanto ao uso de amostras fecais múltiplas está atualmente sobre revisão. Alguns estudos têm demonstrado que a primeira amostra é geralmente suficiente para proporcionar diagnóstico preciso em 90% dos casos.

2 ISOSPORA BELLI PONTOS CHAVES PARA DIAGNÓSTICO LABORATORIAL II Esfregaço de fezes contendo um oocisto de Isospora belli corado pela técnica de safranina. 3. COLORAÇÃO PELA SAFRANINA: Oocistos se coram uniformemente em vermelho a vermelho-alaranjado. Os oocistos (25 à 30 µm) terão formato elipsóide típico como na montagem a fresco e sua estrutura interna pode não estar bem visualizada. Alguns oocistos podem se apresentar em colapso ou distorcidos em um dos lados. Esta técnica requer aquecimento, portanto equipamento adicional é necessário (ex: forno microondas). PONTOS CHAVES PARA IDENTIFICAÇÃO DE OOCISTOS DE ISOSPORA BELLI Tamanho: 25 a 30 por 10 a 19 µm. Esporozoítas: podem ser vistos em oocistos maturados fora do corpo. Autofluorescência: presente. Teste de Anticorpo Fluorescente Direto: nenhum. Teste Imunoenzimático: nenhum. Safer · Healthier · People COLORAÇÃO DE KINYOUN (CONTINUAÇÃO): Este método de coloração é o mais fácil, e o mais prático, e proporciona um registro permanente. Além disso, as lâminas não precisam ser examinadas dentro de um período de tempo rígido e ficam disponíveis para arquivamento. Entretanto, erros de diagnóstico podem ocorrer em decorrência da variabilidade de colorações e artefatos.


Carregar ppt "1. MONTAGEM A FRESCO: Ao microscópio de campo claro, os oocistos são grandes (25 a 30 por 10 a 19 µm) e apresentam uma forma elipsóide típica (fig. A eB)."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google