A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IMPÉRIO ROMANO. OTÁVIO Dinastia Júlia Principado ∟ República disfarçada Imperador pelo Senado ∟ 27 a.C Augusto César Estado único Força do exército.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IMPÉRIO ROMANO. OTÁVIO Dinastia Júlia Principado ∟ República disfarçada Imperador pelo Senado ∟ 27 a.C Augusto César Estado único Força do exército."— Transcrição da apresentação:

1 IMPÉRIO ROMANO

2 OTÁVIO Dinastia Júlia Principado ∟ República disfarçada Imperador pelo Senado ∟ 27 a.C Augusto César Estado único Força do exército

3 Pax Romana ∟ Respeito às tradições locais Reorganização dos territórios Pão e Circo Guarda Pretoriana Latim ∟ Língua oficial Urbanização Artes → Mecenas → Patrício protetor Tradições OTÁVIO

4 UNICAMP 2014 Com relação ao ornamento, Roma não correspondia, absolutamente, à majestade do Império e, além disso, estava exposta às inundações, como também aos incêndios. Porém, Augusto fez dela uma cidade tão bela que pode se envaidecer, principalmente por ter deixado uma cidade de mármore no lugar onde encontrara uma de tijolos. (Adaptado de Suetônio, A Vida dos Doze Césares. São Paulo: Martin Claret, 2006, p. 91.) Considerando o texto e o período de Otávio Augusto no governo de Roma, responda: a)Qual a relação da nova urbanização da capital do Império com o período de paz que Augusto pretendia simbolizar? A troca do material empregado nas edificações, substituição do tijolo pelo mármore, simboliza a superação das crises sociopolíticas no final da República e a consolidação de um poder centralizado perene. Otávio ainda mandou construir anfiteatros, templos, estádios e mandou alargar as ruas. Criou também um corpo de bombeiros para combater incêndios e um corpo especial de soldados para combater desordens. A reurbanização de Roma, transformando-a numa cidade bela e magnífica, representa o valor das decisões do imperador como cabeça do Império e o início de um período de paz, ordem e prosperidade, a chamada Pax Romana. b) Identifique uma medida social e uma medida política estabelecidas por Augusto para adaptar a tradição romana ao novo momento. Medida social: Otávio estabeleceu uma divisão censitária da sociedade – ordem senatorial, ordem equestre e ordem inferior –, na qual os direitos sociais e a participação política dependiam da renda anual do cidadão. Também pode ser citado a política do Pão e Circo. Medida política: manutenção de instituições republicanas, com mero papel decorativo, quando na verdade o poder decisório dependia diretamente do imperador.

5

6

7

8

9 Calígula → Ultra divinização Cláudio → Conquista da Bretanha Nero → Incêndio de Roma → Perseguição aos cristãos ∟ milhares de cristãos → maioria pobre (Jesus era pobre) → Revolta na Judeia Vespasiano → Dinastia Flávia → Destruição do templo de Jerusalém → Tito → Coliseu

10

11 Trajano → Dinastia dos Antoninos → Villae → Residências rurais → Exército pessoal → Autossuficiência → Diminuição do comércio → Conquista da Romênia → Dácia → Fim das conquistas Adriano → Muro → Bretanha → Destruição de Jerusalém → Expulsão dos judeus Marco Aurélio → Imperador filósofo → Peste e empobrecimento

12

13 Dinastia dos Severos → Guarda Pretoriana X Legiões X Senado → Força do exército Caracala → Edito de Caracala (212 d.C) ∟ Cidadania para todos os livres do Império

14 CRISE DO SÉCULO III Extensão máxima do Império Fim das guerras de expansão ∟ Muito caro ∟ Diminuição de escravos ∟ Províncias se enriquecem ∟ Península itálica empobrece ∟ Aumento de tributos ∟ Crise econômica ∟ Manter as fronteiras → Guerra

15 Dioclesiano → Dinastia dos Ilírios → Baixo Império → Dominato → Monarquia → Coroas → Militarismo → Tetrarquia → 2 imperadores → 2 vices → 4 grandes regiões → Reorganização administrativa → Germanização do exército → Perseguição aos cristãos

16

17 Constantino → Século IV d.C. → Edito de Milão em 313 d.C. ∟ Liberdade aos cristãos → Constantinopla ∟ Nova capital → Colonato ∟ Migração para o campo ∟ Colono preso à terra ∟ controlar a produção ∟ Fugir dos impostos ∟ Concentração de terras ∟ Ruralização da sociedade ∟ Elites rurais ∟ Fortalezas ∟ Miniexércitos

18 Teodósio → 395 d.C. → Edito de Tessalônica ∟Cristianismo é oficial → Divisão ∟ Império Romano Ocidental ∟1 imperador ∟1 vice ∟ Roma/Ravena/Milão ∟ Império Romano Oriental ∟ 1 imperador ∟ 1 vice ∟ Constantinopla

19 Invasões bárbaras → 476 d.C. → Queda da “mãe das nações” → Fim do Império Romano Ocidental → Rômulo Augusto deposto

20

21 UNESP 2014 Apesar de não ter sido tão complexo quanto os governos modernos, o Império [Romano] também precisava pagar custos muito altos. Além de seus funcionários, da manutenção das estradas e da realização de obras, precisava manter um grande exército distribuído por toda a sua extensão. A cobrança de impostos é que permitia ao governo continuar funcionando e pagando seus gastos. (Carlos Augusto Ribeiro Machado. Roma e seu império, 2004.) Sobre o recolhimento de impostos e os gastos públicos no Império Romano, e correto afirmar que a) os patrícios e os proprietários de terras não pagavam tributos, uma vez que estes eram de responsabilidade exclusiva de arrendatários e escravos. b) o desenvolvimento da engenharia civil foi essencial para integrar o Império e facilitar o deslocamento dos exércitos. c) as obras financiadas com recursos públicos foram apenas as de função religiosa, como altares ou templos. d) a desvalorização da moeda foi uma das formas utilizadas pelos governantes para aliviar o peso dos impostos sobre a população despossuída. e) os tributos eram cobrados por coletores enviados diretamente de Roma, não havendo qualquer intermediacao ou intervenção de autoridades locais.

22 UNESP 2014 Os gastos militares intensificaram-se a partir dos séculos III e IV d.C., devido a) ao esforço romano de expandir suas fronteiras para o centro da África. b) as perseguições contra os cristãos, que, bem sucedidas, permitiram o pleno retorno ao politeísmo. c) a necessidade de defesa diante de ataques simultâneos de bárbaros em varias partes da fronteira. d) aos anseios expansionistas, que levaram os romanos a buscar o controle armado e comercial do mar Mediterrâneo. e) a guerra contra Cartago pelo controle de terras no norte da África e na Península Ibérica.

23 Roma Etruscos, latinos e a lenda. Plebeus, patrícios e os escravos. República e o Senado. Magistrados e as revoltas Plebeus querem suas conquistas. Enquanto isso o mare nostrum. Generais surgem, triunviratos Júlio César e a Cleópatra, Uma ditadura. Segundo triunvirato, Otávio Augusto. Império Romano surge, A pax romana. Pão e circo, gladiadores, E o cristianismo. Com o fim das conquistas romanas Surgiram as Villas e os colonos. Problemas com o escravismo. Constantino e os cristãos, Liberdade para adoração. Surge a Igreja Romana. Futuro Papa no Vaticano. Divisão do Império Romano. Ocidente, Oriente. Fim do Império Ocidental, Os bárbaros invadiram. Divisão do Império Romano. Ocidente, Oriente. Fim do Império Ocidental, Os bárbaros invadiram.


Carregar ppt "IMPÉRIO ROMANO. OTÁVIO Dinastia Júlia Principado ∟ República disfarçada Imperador pelo Senado ∟ 27 a.C Augusto César Estado único Força do exército."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google