A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

L A T I N A M E R I C A Engº Agrº Cristiano Walter Simon Presidente Executivo ANDEF ABRIL, 2004 SEMINÁRIO BM&F – MAPA – ABAG PERSPECTIVA PARA O AGRIBUSINESS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "L A T I N A M E R I C A Engº Agrº Cristiano Walter Simon Presidente Executivo ANDEF ABRIL, 2004 SEMINÁRIO BM&F – MAPA – ABAG PERSPECTIVA PARA O AGRIBUSINESS."— Transcrição da apresentação:

1 L A T I N A M E R I C A Engº Agrº Cristiano Walter Simon Presidente Executivo ANDEF ABRIL, 2004 SEMINÁRIO BM&F – MAPA – ABAG PERSPECTIVA PARA O AGRIBUSINESS EM 2004 E 2005

2 L A T I N A M E R I C A MUNDO – VALOR DO MERCADO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS EX-FABRICANTES (US$ BILHÕES) US$ BILHÕES

3 L A T I N A M E R I C A MERCADO BRASILEIRO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS PROMISSOR PROMISSOR 1992US$ 947 milhões 2001US$ 2,287 bilhões 2002US$ 1,952 bilhão (US$ 2,3-2,4 bilhões) 2003US$ 3,100 bilhões - ESTIMADO RANKING RANKING 3° maior mercado mundial, atrás do Japão e EUA

4 L A T I N A M E R I C A MERCADO BRASILEIRO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS TENDÊNCIAS/CONCENTRAÇÃO TENDÊNCIAS/CONCENTRAÇÃO Anos empresas = 80% do mercado Ano empresas = 69% do mercado Ano empresas = 72% do mercado Ano empresas = 90% do mercado

5 L A T I N A M E R I C A I.A.: DEMANDA PRINCIPAIS CULTURAS I.A.: DEMANDA PRINCIPAIS CULTURAS ,9 mil toneladas ,4 mil toneladas ,6 mil toneladas ,1 mil toneladas - ESTIMADO ( 8° colocado no consumo por hectare) ÍNDICE DE CRESCIMENTO ÍNDICE DE CRESCIMENTO Brasil- 11,4% ao ano, em média Países desenvolvidos - 1% a 2% ao ano, em média MERCADO BRASILEIRO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS

6 L A T I N A M E R I C A VOLUME CONSUMIDO DE INGREDIENTE ATIVO POR PAÍS KG/HA MERCADO BRASILEIRO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS

7 L A T I N A M E R I C A VENDAS DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS POR CULTURAS 2002 US$ MERCADO BRASILEIRO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS

8 L A T I N A M E R I C A MERCADO BRASILEIRO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS

9 L A T I N A M E R I C A BRASIL: EVOLUÇÃO DA COMPOSIÇÃO DOS RECURSOS HUMANOS NA INDÚSTRIA DE DEFENSIVOS

10 L A T I N A M E R I C A BRASIL: EVOLUÇÃO DA COMPOSIÇÃO DOS CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO NA INDÚSTRIA DE DEFENSIVOS

11 L A T I N A M E R I C A POTENCIALIDADES POTENCIALIDADES EXPANSÃO DAS FRONTEIRAS AGRÍCOLAS AUMENTO DAS EXPORTAÇÕES IN NATURA AUMENTO DAS EXPORTAÇÕES COM VALOR AGREGADO AGRICULTURA MAIS TECNIFICADA MIGRAÇÃO DE PECUÁRIA PARA AGRICULTURA AUMENTO DE INCIDÊNCIA DE PRAGAS E DOENÇAS AUMENTO DA ÁREA DE SAFRINHA MERCADO BRASILEIRO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS

12 L A T I N A M E R I C A POTENCIALIDADES POTENCIALIDADES SOJA CRESCIMENTO DO VALOR DO MERCADO % ÁREA PLANTADA - 5% PREÇO CONTINUARÁ FAVORÁVEL MERCADO DE HERBICIDAS E INSETICIDAS – CRESCIMENTO VEGETATIVO MERCADO DE FUNGICIDA % MERCADO BRASILEIRO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS

13 L A T I N A M E R I C A POTENCIALIDADES POTENCIALIDADES ALGODÃO CRESCIMENTO DO VALOR DO MERCADO- + 10% ÁREA PLANTADA % AUMENTO DA EXPORTAÇÃO DE ALGODÃO DE ALTA QUALIDADE IMPORTAÇÃO DE ALGODÃO DE BAIXA QUALIDADE MERCADO DE HERBICIDAS E INSETICIDAS – CRESCIMENTO DEVIDO A MELHORIA DE TECNOLOGIA MERCADO BRASILEIRO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS

14 L A T I N A M E R I C A POTENCIALIDADES POTENCIALIDADES MILHO VALOR DO MERCADO- ESTÁVEL DEPENDERÁ DA EXPORTAÇÃO DE FRANGO E SUINOS NÃO TERÁ AUMENTO DE ÁREA PLANTADA MERCADO DE HERBICIDAS E INSETICIDAS – CRESCIMENTO DEVIDO A MELHORIA DE TECNOLOGIA MERCADO BRASILEIRO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS

15 L A T I N A M E R I C A MERCADO BRASILEIRO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS NECESSIDADES DO SETOR PROGRAMAS DE FINANCIAMENTOS – MODER-INSUMOS REGULAMENTADORES MAIS ÁGEIS INCENTIVOS A INVESTIMENTOS LOCAIS CONTER IMPUNIDADES ROUBO DE CARGAS CONTRABANDO FALSIFICAÇÃO DE PRODUTOS POLÍTICAS RESPEITAR REGULAMENTAÇÃO DE REGISTROS EVITAR REGISTROS DE PRODUTOS QUESTIONÁVEIS

16 L A T I N A M E R I C A BIOTECNOLOGIA: PRIMEIRA ONDA:- MUDANÇA DE PRÁTICAS - SUBSTITUIÇÃO DE PRODUTOS SEGUNDA ONDA:- ALIMENTOS MAIS RICOS - MAIOR TEOR DE PROTEINAS - MAIOR TEOR/INTRODUÇÃO DE VITAMINAS TERCEIRA ONDA:- VACINAS INCORPORADAS AO ALIMENTO IMPACTOS FUTUROS

17 L A T I N A M E R I C A PREÇO: VARIAÇÃO CAMBIAL POLÍTICA FUNDIÁRIA: MST – Insegurança REGULAMENTAÇÃO: ASSIMETRIA GOVERNO GLOBALIZAÇÃO: ABERTURA MERCADO MERCOSUL: PRODUTOS EQUIVALENTES IMPACTOS FUTUROS

18 L A T I N A M E R I C A PERSPECTIVA GERAL DO SETOR PERSPECTIVA GERAL DO SETOR CRESCIMENTO DE APROXIMADAMENTE CRESCIMENTO DE APROXIMADAMENTE 10% SOBRE % SOBRE 2003 CRESCIMENTO VEGETATIVO PARA HERBICIDAS E INSETICIDAS CRESCIMENTO VEGETATIVO PARA HERBICIDAS E INSETICIDAS CRESCIMENTO DE USO PARA FUNGICIDAS CRESCIMENTO DE USO PARA FUNGICIDAS CRESCIMENTO PELA MELHORIA DE TECNOLOGIA CRESCIMENTO PELA MELHORIA DE TECNOLOGIA MERCADO BRASILEIRO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS

19 L A T I N A M E R I C A MUITO OBRIGADO São Paulo, Abril 2004


Carregar ppt "L A T I N A M E R I C A Engº Agrº Cristiano Walter Simon Presidente Executivo ANDEF ABRIL, 2004 SEMINÁRIO BM&F – MAPA – ABAG PERSPECTIVA PARA O AGRIBUSINESS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google