A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Motoyama: Motivação Análise de Redes de Telecomunicações Prof.: S. Motoyama.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Motoyama: Motivação Análise de Redes de Telecomunicações Prof.: S. Motoyama."— Transcrição da apresentação:

1 1 Motoyama: Motivação Análise de Redes de Telecomunicações Prof.: S. Motoyama

2 2 Motoyama: Motivação Objetivos do Curso - Descrição de Redes de Comunicação Redes Locais - LAN Redes Metropolitanas - MAN Redes de Longa Distância - WAN - Análise de Redes de Comunicação Predição estatística do comportamento das redes acima descritas Ferramentas de Análise Teoria de Fila Simulação

3 3 Motoyama: Motivação Exemplos de Análise Ex. 1 - Quantos terminais são possíveis de conectar em um multiplexador estatístico considerando um determinado tempo de resposta? 1 2 L C bits/seg. Enlace (Meio de transmissão) Buffer Terminais Multiplexador Estatístico Modelo de Fila: M / M / 1 Fila Servidor

4 4 Motoyama: Motivação Exemplo 2 - Qual é a porcentagem de chamadas bloqueadas em uma central telefônica? 1 2 L 1 N Central Telefô- ca L > N Modelo de Fila: M / M / N / N BloqueioServidores

5 5 Motoyama: Motivação Exemplo 3 - Conhecida uma certa estrutura de umcomutador de pacote, qual é o tempo médio de espera dos pacotes? 800 Mb/s 6 Gb/s Barramento > 6 Gb/s O comprimento do pacote é variável Planet - Comutador rápido de pacote da IBM

6 6 Motoyama: Motivação Modelo de Fila: Servidor Cíclico EntradasSaídas Servidor Cíclico

7 7 Motoyama: Motivação Exemplo 4: Comutadores ATM - Conhecida a estrutura do comutador, qual é a sua vazão?

8 8 Motoyama: Motivação Estruturas Possiveis para Comutador ATM Necessidade de armazenamento: duas ou mais células, em um ciclo, podem se encaminhar a uma mesma saída. Procedimentos para solução de conflito: 1. Descarte das células excedentes 2. Colocar um buffer em cada enlace de entrada. Buffer na entrada (input buffering). 3. Colocar um buffer em cada enlace de saída. Buffer na saída (output buffering). 4. Colocar buffers nos enlaces de entrada e de saída. 5. Colocar buffers nos estágios intermediários. 6. Utilizar uma memória compartilhada. Para cada caso qual é a máxima vazão possivel?

9 9 Motoyama: Motivação Exercícios 1.1 Uma central PABX possui 3 terminais telefônicos e 1 tronco de saída. Suponha que cada telefone tenha uma probabilidade p = 0,5 de fazer uma ligação externa. a) Determinar a probabilidade de ocorrer i chamadas, onde i = 0, 1, 2, 3. b) Determinar o número médio de ocorrências de chamadas. c) Determinar a probabilidade de bloqueio. d) Determinar o número médio de chamadas bloqueadas. e) Determinar o número médio de chamadas atendidas Suponha agora que a central PABX possui dois tronco de saída. Repita os ítens c), d) e e) Suponha agora que a central PABX possui n terminais telefônicos. Escreva a expressão geral para a probabilidade de ocorrer i chamadas, onde i = 0, 1, 2,.... n. PABX 1 2 3


Carregar ppt "1 Motoyama: Motivação Análise de Redes de Telecomunicações Prof.: S. Motoyama."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google