A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EDITORIAL EQUIPE Faça parte da equipe do nosso JORNAL ASGAP. Mande seu artigo pelo: CONTATOS CNPJ:000.999.080/0001-30.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EDITORIAL EQUIPE Faça parte da equipe do nosso JORNAL ASGAP. Mande seu artigo pelo: CONTATOS CNPJ:000.999.080/0001-30."— Transcrição da apresentação:

1 EDITORIAL EQUIPE Faça parte da equipe do nosso JORNAL ASGAP. Mande seu artigo pelo: CONTATOS CNPJ: / ASGAP - Casa de Apoio Local abençoado por Deus,onde a solidariedade é a regra maior ! Ladeira do Ipiranga n°28 Cidade Nova - Salvador/Ba Tesl/Fax. 71/ / s DIRETORIA DA ASGAP Presidente : Francisco Dantas Diretor Social: Mariana Pena Godoy Vice-Presidente: Jorge Britto de S. Ribeiro Diretor Financeiro: Maria da Graça Sobrinho Diretor Administrativo: Ana Maria C. Duarte Diretor Assistencial: Maria Alba T. de Oliveira JORNAL ASGAP Jornal da ASGAP - Associação Solidariedade Grupo de Apoio ao Paciente Portador de Câncer ANO III JULHO/2013 N. 35 DOAÇÕES : BRADESCO Agência: PITUBA C/C: ou C/C: Prezados Leitores Ao lado começamos a colocação de inúmeras orientações para que vocês, tomem conhecimento sobre câncer. O material será tirado do livro COLEÇÃO DOUTOR DRAUZIO VARELLA-Guia Pratico de Saúde e Bem-estar: câncer. Na pagina 2, colocamos o SUMARIO e nos próximos exemplares de nosso jornalzinho, daremos continuidade, publicando todo o conteúdo dessa obra. Temos certeza de que será muito útil a todos nós ! Como ele mesmo disse : BOA LEITURA ! Vai longe o tempo em que o diagnóstico de câncer era interpretado como sentença de morte. Felizmente, a oncologia moderna oferece muitas possibilidades de tratamento curativo, não apenas para os casos iniciais, mas até para doenças avançadas. Mesmo diante de um tumor disseminado, incurável, contamos com recursos para combater os sintomas, amenizar os efeitos colaterais do tratamento e prolongar a vida. Às vezes, por vários anos. O fato de haver recursos avançados para combater o câncer não nos desobriga nem da adoção de medidas para prevenir o aparecimento da doença, nem da atenção ao diagnóstico precoce. Ninguém está livre do risco de um dia ter câncer, porque não é possível evitar todos os fatores de risco (caso da predisposição genética, por exemplo). Porém muitos dos fatores envolvidos no aparecimento dessa doença, como o sedentarismo e o cigarro, podem ser banidos de nossas vidas pelo bem de nossa saúde. A partir deste número, apresentaremos um guia onde será mostrado como ocorre o processo de formação das células malignas, como elas podem se disseminar no organismo, os recursos da medicina para combater os mais diferentes tipos de câncer, assim como o que cada pessoa pode fazer para amenizar os efeitos colaterais do tratamento oncológico. Boa leitura! Drauzio Varella Carlos Jardim APRESENTAÇÃO

2 2 ESSA CAMPANHA SERA BASTANTE UTIL PARA A DIVULGAÇÂO DA ASGAP Ainda como uma CAMPANHA, divulgaremos em nosso jornal, como dissemos no Editorial, tudo sobre cuidados com pacientes portadores de câncer, do livro desse médico de renome: Dr. Drauzio Varella. Ele, com a vasta experiência que tem, nos ensinará e muito, nos próximos números do nosso jornal. SUMÁRIO DO LIVRO: CÂNCERES. - Introdução: Câncer, a multiplicação sem limites - Fatores envolvidos no aparecimento (etiologia) do câncer – Prevenção do câncer. SINTOMAS, DIAGNOSTICOS E TRATAMENTO DO CÂNCER : Sintomas e diagnostico do câncer – As principais armas usadas no tratamento do câncer: **Cirurgia **Radioterapia **Quimioterapia **Hormonoterapia **Terapia-alvo **Transplante de medula óssea **Imunoterapia **Terapia gênica. - Efeitos colaterais do tratamento oncológico. INTRODUÇÃO Na célula-ovo que deu origem a cada um de nós, reuniram-se mais de 30 mil pares de gêneses característicos da espécie humana: metade chegou com o espermatozóide e metade aguardava no óvulo. Em seu interior, os gêneses paternos e maternos formaram pares, ordenadamente, para definir as características do que somos, uma por uma. Ao fazer a primeira divisão, essa célula primordial tratou de copiar 30 mil pares de gêneses para dividi-los em dois pacotes iguais, um para cada célula filha. Sucessivamente, estas repetiram a operação de copiar os 30 mil pares de gêneses e se dividiram em 4, 8, 16, 32 e, assim, até chegar aos 70 bilhões de células do organismo adulto, cada uma das quais contendo o pacote completo de instruções armazenadas nos gêneses legados por nossos pais. Se todas as células do organismo contem os 30 mil gêneses, o que faz uma célula da pele ser diferente de uma do fígado ou do cérebro ? Já nas primeiras fases do embrião, são liberadas substancias (fatores de crescimento) que vão agir especificamente em cada grupo celular, nele ativando certos gêneses e apagando a expressão de outros. Numa orquestração impecável, cada célula migra para um local determinado do embrião, onde passará a exprimir exclusivamente os gêneses necessários para exercer sua futura função. Por exemplo: nas células que formarão a pele, um dos gêneses ativados será o que produz a queratina, proteína essencial para revestir e impermeabilizar a superfície do corpo; ao mesmo tempo será silenciado (entre outros) o gene que as obrigaria a produzir a insulina. No pâncreas, ocorre o oposto: é ativado o gene da insulina e amordaçado o da queratina. O mesmo processo de divisão celular prossegue depois do nascimento, para que os tecidos possam ser renovados constantemente; copiar os gêneses todos e distribuir o pacote completo para todas as células-filhas. No próximo número, saiba o que é DNA. Até lá!

3 3 DEFINIÇÃO DE SAUDADE Texto de Dr. Rogério Brandão, Médico oncologista Como médico cancerologista, já calejado com 29 anos de atuação profissional posso afirmar que cresci e modifiquei-me com os dramas vivenciados pelos meus pacientes. Não conhecemos nossa verdadeira dimensão até que, pegos pela adversidade,descobrimos que somos capazes de muito mais além. Recordo-me com emoção do Hospital do Câncer de Pernambuco, onde dei meus primeiros passos como profissional. Comecei a freqüentar a enfermaria infantil e apaixonei-me pela oncopediatria. Vivenciei os dramas dos meus pacientes, crianças vítimas do câncer. Com o nascimento da minha primeira filha, comecei a me acovardar ao ver o sofrimento das crianças; até o dia em que um anjo passou por mim! Meu anjo veio na forma de uma criança já com 11 anos, calejada por dois longos anos de tratamentos diversos, manipulações, injeções e todos os desconfortos trazidos pelos programas de quimios e radioterapias. Mas, nunca vi o pequeno anjo fraquejar. Vi-a chorar muitas vezes; também vi medo em seus olhinhos; porém,isso é humano! Um dia, cheguei ao hospital cedinho e encontrei meu anjo sozinho no quarto. Perguntei pela mãe. A resposta que recebi, ainda hoje, não consigo contar sem vivenciar profunda emoção. - Tio, disse-me ela, às vezes minha mãe sai do quarto para chorar escondido nos corredores. Quando eu morrer, acho que ela vai ficar com muita saudade. Mas, eu não tenho medo de morrer, tio. Eu não nasci para esta vida!" Indaguei: - "E o que a morte representa para você, minha querida?" "-Olha tio, quando a gente é pequena, às vezes, vamos dormir na cama do nosso pai e, no outro dia, acordamos em nossa própria cama, não é?" (Lembrei das minhas filhas, na época crianças de 6 e 2 anos, com elas eu procedia assim.) "- É isso mesmo!",respondi e ouvi dela : "- Um dia eu vou dormir e o meu Pai vem me buscar. Vou acordar na casa Dele, na minha vida verdadeira!" Fiquei "entupigaitado", não sabia o que dizer,chocado com a maturidade com que o sofrimento acelerou, a visão e a espiritualidade daquela criança. "- E minha mãe vai ficar com saudades, emendou ela. Emocionado, contendo uma lágrima e um soluço, perguntei: - "E o que saudade significa para você, minha querida?" - "Saudade é o amor que fica!" Hoje, aos 53 anos de idade, desafio qualquer um a dar uma definição melhor, mais direta e simples para a palavra saudade: é o amor que fica! Meu anjinho já se foi, há longos anos. Mas, deixou-me uma grande lição que ajudou a melhorar a minha vida, a tentar ser mais humano e carinhoso com meus doentes, com as pessoas em geral e a repensar meus valores. Quando a noite chega, se o céu está limpo e vejo uma estrela,chamo pelo "meu anjo", que brilha e resplandece no céu. Imagino ser ela uma fulgurante estrela em sua nova e eterna casa. Obrigado anjinho, pela vida bonita que teve, pelas lições que me ensinaste, pela ajuda que me deste. Que bom que existe saudade! O amor que fica eterno !! COMO É BONITO ESSE TEXTO ! NELE NOTAMOS A GRANDEZA DO GESTO DESSE MÉDICO. VIVER TODOS OS DIAS ASSISTINDO O SOFRIMENTO DE SEUS PACIENTE E DE REPENTE SE DEPARAR D COM UM DIALOGO DESSE E AINDA MAIS DE UMA CRIANÇA ! PARABENS DOUTOR E QUE DEUS LHE CUBRA DE FORÇAS PARA RESISTIR TAMANHA EMOÇÃO !

4 ESSAS NOTÍCIAS NOS UNEM ! DADA LARGADA PARA O MCDIA FELIZ No dia 11 de junho, aconteceu o lançamento oficial da venda antecipada de tíquetes da campanha McDia Feliz A cerimônia foi na Fundação do Câncer e reuniu representantes das principais forças de venda, entre eles funcionários da Fundação, Instituto Nacional de Câncer (INCA), INCAvoluntário, além de contar com as presenças da empresa ABC Turismo, parceira da Fundação na realização da campanha, e de Ana Nicolini, gerente do setor de Mobilização Social do Instituto Ronald McDonald, coordenador nacional da campanha TWITAÇO CELEBRA DIA MUNDIAL SEM TABACO A Fundação do Câncer comemorou o Dia Mundial Sem Tabaco, em 31 de maio, com um twitaço. Foi preparada uma campanha online, intitulada E ai governo?, divulgada no Facebook e no site, na qual a instituição cobrou políticas eficazes para reduzir o consumo de produtos de tabaco. A intenção foi que internautas apoiassem o movimento, curtissem e compartilhassem os posts e mandassem mensagens pelo Twitter, cobrando as medidas. CHÁ BENEFICENTE PARA A PEDIATRIA DO INCA Cerca de cem pessoas participaram da 3ª edição do chá beneficente promovido pela Fundação do Câncer, o INCA voluntário e o Iate Clube do Rio de Janeiro, no dia 4. O evento, realizado no Salão Marlin do Iate, foi em benefício da unidade de Pediatria do Instituto Nacional de Câncer (INCA). Somente com a venda dos convites, o valor arrecadado foi de R$ 5.785,00. Ficamos felizes divulgando essas notas. Eventos como esses servem de apoio para os que lutam contra o câncer. Vamos seguir esses exemplos e fazer mais pela nossa ASGAP! A G R A D E C I M E N T O S A todos vocês que tanto têm nos ajudado, muito obrigado e que Deus lhes pague ! Aniversariantes de Julho MUITAS FELICIDADES E MUITOS ANOS DE VIDA 01-JULIA DAMASCENO DOS SANTOS 02-MÔNICA SUZAT / NUBIA DA CONCEIÇÃO SILVA 03-JOAQUIM JOSÉ DE OLIVEIRA, SANDRA REGINA GONÇALVES 04-CELIDALVA COSTA DOS SANTOS 05-IRENE DA SILVA CUNHA 06 GILDÁSIA NOGUEIRA SANTANA/ LEANDRO DOS SANTOS SILVA 07-PEDRO CRISTOVÃO P. DOS SANTOS 08-ALVINO FIUZA DA SILVA, MARIA CELIA TEIXEIRA NEVES 09-MARCELO TANAJURA / ELIENE FERREIRA DA SILVA/MAGNO ALVES PAIXÃO 10-GISELIA BINA DE CARVALHO, ABIGAIU RAMOS TEIXEIRA, ANALIZA PEREIRA LOPES 11-ALEX DOS SANTOS OLIVEIRA 12-JOSÉ COSTA SOBRINHO 13-VALDIRENE BOMFIM LUZ 14-DINALVA CARDOSO ARARIPE / MARIA APARECIDA C. DOS SANTOS 15-TEREZINHA S. CUNHA / ADOLFO FIUZA DA SILVA 16-JOSÉ ANTONIO COTRIM 18-ELIANA MEIRELLES DOS SANTOS/ MARIA JOSÉ DA SILVA, JUCELINO BEZERRA LIMA, LUCIDALVA MARIA DE JESUS 19-RUI CARLOS LACERDA MAGALHÃES / LÚCIA MARIA CURVELLO 20-MANUEL MESSIAS PIRES DE NOVAIS 21-DANIEL OLIVEIRA CARDOSO / ALECI SOUZA SANTO 22-AUDA MOREIRA TOSTA / GILKA CASTELLO BRANCO/ JANY FRANCISCA DA SILVA 23-CASIMIRO DE OLIVEIRA VIVAS / RITA RAMALHO DOS SANTOS CAMPINA 25-JOÃO CASTRO, MARLY NERY DOS SANTOS 26-CELISVALDA MARIA DE FREITAS LEAL 27-IRACEMA MARIA O. BARBOSA / NEREIDA PASSOS DOS REIS ELOY 28-IVANIR DOS SANTOS, ANA MEIRE SOARES DE FREITAS 31-CLEIDE PADARCO QUE NESTE ANIVERSÀRIO TODOS POSSAM COMEMORAR JUNTO AOS QUE AMAM E QUE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO CUBRA-OS DE BENÇÃOS !!

5 5 Uma campanha que em muito ajudará a ASGAP, nas despesas de manutenção da sua Casa de Apoio. Como todos sabem, a ASGAP não conta com nenhum recurso governamental para o custeio de suas despesas. Nossa receita, advêm da contribuição mensal dos associados,dos eventos realizados e de campanhas como essa. Um trabalho dos alunos: Mariana Gáspari, Maria Aparecida Dantas, Victor Carvalho e Geovanna Macedo do Curso MBA em Comunicação Corporativa/2012 da UNIFACS Esperamos, caro leitor,que ao ver esta CAMPANHA, se motive e venha participar. Temos até o final do mês de Julho, e ela poderá continuar para sempre, só depende de você. VAMOS AJUDAR A ASGAP A AJUDAR! PARTICIPE! Como pode ser visto no cartaz, além das doações de cobertores e agasalhos, você pode também ajudar de outra forma : 1 - Depósito em conta BRADESCO - Agência C/C: ou C/C: Contribuição através do boleto de associado 3 - Doação de cupons fiscais. No item 1, basta você fazer o depósito, de preferência se identificando, para que possamos oportunamente lhe agradecer, pelo gesto solidário. No item 2, você só terá de preencher uma ficha de associado, que levaremos aonde você indicar para o devido preenchimento. Aqui fica a seu critério o valor da contribuição. Não temos valor mínimo, a quantia é você quem escolhe para contribuir mensalmente. Essa contribuição também pode ser feita em depósito bancário ou através do nosso funcionário que, mensalmente, receberá a contribuição no local indicado por você. No item 3, doações de cupons fiscais, poderemos recolhe-los diretamente com você, ou você pode depositar em qualquer de nossas URNAS espalhadas por Salvador. Aliás, esse programa Sua Nota é um Show, é muito útil para as entidades como a ASGAP, que recolhem as Notas Fiscais, dando ao Governo Estadual oportunidade de controlar os impostos.

6 , 6 Como e a quem posso servir hoje ! Prestar auxílio a quem solicita é lei divina. É verdade que nem sempre estamos em condições de satisfazer todos os pedidos solicitados, contudo quando as solicitações forem justas, com um pouco de boa vontade e bom coração, sempre encontraremos meios de atender à maior parte delas. A pratica da caridade em sua mais ampla acepção, constitui o único caminho para a conquista da perfeição, porque esta só é atingida, quando o coração se vê despojado de toda e qualquer mácula de rancor, ódio e ressentimento para com o seu semelhante. Um dia, todos nós seremos perfeitos, pois em nós reside o germe de todas as virtudes que, em tempo propício, desenvolver-se-ão em função de nosso livre arbítrio. Esteja sempre pronto a amparar e socorrer a todos que cruzarem seu caminho. Você não sabe o futuro que lhe espera e pode ser que um dia necessite também de uma mão amiga para lhe socorrer. Seja sempre misericordioso e não se esqueça de que na terra de uma maneira ou de outra, todos nós somos necessitados, e não há também quem não esteja em condições de ajudar. Ajude, pois, doando não apenas o pão, a moeda, a vestimenta, mas também, o sorriso amigo, a palavra, o abraço ou até mesmo um bom pensamento. Esteja sempre receptivo a doar não apenas bens materiais, mas, sobretudo, os do coração. Nossa carência é mais de afeto do que de pão. Jesus nos ensinou que: É mais bem aventurado dar do que receber, (At 20:35) e nos recomendou: dar a quem nos pedir. (Mt 5:42). Tenha cuidado com a maneira que doa para não humilhar a quem recebe. A esmola pode ter em seu bojo algo que deprime o pedinte. Muitas vezes ao propagarmos um benefício concedido a um irmão carente, estamos envergonhando-o e diminuindo-o. Embora os cristãos devam ser vistos praticando boas obras, eles não devem fazer boas obras com o objetivo de serem vistos. Não alardeie o benefício que conceder a seu irmão, pois se assim o proceder, não deverá esperar nada de Deus. Com efeito, aquele que procura a sua glorificação na terra pelo bem que fez, já pagou a si mesmo. Ao dares esmola ignore a tua mão esquerda o que faz a direita. (Mt 6:3). A verdadeira beneficência é modesta e branda; socorre sem humilhar e ampara sem ferir a dignidade de quem recebe. Beneficie seu irmão, mas nunca deixe vestígios que possam ostentar sua caridade. É importante nos habituar a servir. Só pode amar realmente quem está disposto a servir. Comecemos nosso dia perguntando a nós mesmos: Como e quem posso servir hoje? Temos milhares de maneiras de como podemos ajudar nossos semelhantes. Se estamos dispostos e comprometidos a auxiliar, nossas oportunidades de serviço serão infinitas. Servir não é apenas praticar grandes obras, é, sobretudo praticar atos pequenos, discretos que acabam nos fazendo muito bem. Há um ditado que diz: Dar é sua própria recompensa. É pura verdade. Quando damos, estamos sempre recebendo. Quanto mais damos mais haveremos de receber. Essa é uma lei divina tão certa como dois mais dois são quatro. A caridade é também benevolência para com todos, indulgência para as imperfeições dos outros, perdão às ofensas. Silenciar as imperfeições e faltas alheias é também um modo de servir. Quando estamos prontos para servir, a ajuda não deve se restringir apenas à esmola e sim abranger todas as relações em que nos encontramos com os nossos semelhantes, sejam eles inferiores, iguais ou superiores a nós. Procuremos então praticar atos silenciosos e pequenos e jamais pensar em retribuição. Façamos o bem pelo próprio bem, sem esperar nada em troca. DEVEMOS SERVIR AO NOSSO PRÓXIMO,SEM ESPERAR QUE OS OUTROS NOS ELOGIEM. DE QUE VALE A CARIDADE SE ELA FOR FEITA COM A INTENÇÃO DE MOSTRAR QUE SOMOS CARIDOSOS. Esperar que todos digam – Fulano é uma pessoa tão caridosa, tão bondosa... Nunca !! Ajudar sim, sem esperar nenhuma recompensa, a não ser o reconhecimento de nossa própria consciência de estarmos seguindo os ensinamentos de Cristo : AMAI-VOS UNS AOS OUTROS COMO EU VOS AMO No site da Fraternidade Francisco de Assis, você encontrará inúmeras palestras, as quais foram gentilmente disponibilizadas pelos palestrantes, com o objetivo de levar o esclarecimento a todos nós. ACESSE E SAIBA MAIS COMO SERVIR AO SEU PROXIMO !!


Carregar ppt "EDITORIAL EQUIPE Faça parte da equipe do nosso JORNAL ASGAP. Mande seu artigo pelo: CONTATOS CNPJ:000.999.080/0001-30."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google