A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof.º José Luis. As Demonstrações Financeiras são compostas de quatro peças: Balanço Patrimonial; Demonstração do Resultado do Exercício; Demonstração.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof.º José Luis. As Demonstrações Financeiras são compostas de quatro peças: Balanço Patrimonial; Demonstração do Resultado do Exercício; Demonstração."— Transcrição da apresentação:

1 Prof.º José Luis

2 As Demonstrações Financeiras são compostas de quatro peças: Balanço Patrimonial; Demonstração do Resultado do Exercício; Demonstração das Mutações do Pat. Líquido; Demonstração das Origens e Aplicação dos Recursos; 2

3 Balanço Patrimonial: É a demonstração que apresenta todos os bens e direitos da empresa (Ativo), assim como as obrigações (Passivo). A diferença entre Ativo e Passivo é chamada Patrimônio Líquido e representa o capital investido pelos sócios, quer através de recursos trazidos de fora da empresa, quer gerados por esta em suas operações e retidos internamente. Equação Fundamental do Patrimônio: 3 Ativo = Passivo + Patrimônio Líquido

4 4

5 Curto e Longo Prazo: Por convenção, considera-se que tudo que se deve ou será realizado em um ano, a partir da data do início do balanço, é circulante ou de curto prazo. Desse modo, todos os ativos que irão ser recebidos ou vendidos dentro dos próximos 360 dias, após a data de início do balanço, são considerados de curto prazo, ou ativo circulante. O ativo circulante é composto por disponibilidades, recebíveis, estoques, e outros ativos de curto prazo. 5

6 Curto e Longo Prazo: Da mesma maneira, todos os passivos que serão pagos em um ano, após a data de início do balanço, também são de curto prazo, ou passivo circulante. O passivo circulante é composto por dívidas com fornecedores, financiamentos bancários, encargos e tributos a recolher e outras contas a pagar. Os ativos e passivos que serão realizados em dinheiro após 360 dias da data inicial do balanço são considerados de longo prazo. 6

7 Assim, do lado do ativo o termo é realizável a longo prazo, e do lado do passivo, o termo é exigível a longo prazo. Os ativos que a empresa tem por intenção manter em caráter permanente, seja para uso nas operações, seja para obter lucro no futuro são chamados de permanentes. Há três tipos de ativos permanentes: 1. Investimentos; 2. Imobilizado; 3. Diferido; 7

8 o Investimentos: São aqueles ativos que a empresa pretende manter por longos períodos, mas que não fazem parte de sua própria operação, como as participações em outras empresas; o Imobilizado: É composto por ativos operacionais, como os imóveis, os veículos, as máquinas e equipamentos. o O diferido: É formado por gastos realizados que irão beneficiar períodos futuros, como os gastos pré-operacionais e os gastos com pesquisa e desenvolvimento. 8

9 Demonstração do Resultado do Exercício - DRE Contrastando com o Balanço que é uma fotografia da empresa em uma determinada data, o demonstrativo de resultados espelha o fluxo de atividades e transações ao longo de um período específico. Agora estamos falando de Receitas obtidas e Despesas geradas. De sua confrontação surge o Lucro ou Prejuízo da empresa, neste determinado período. 9

10 10

11 Demonstração das Mutações do P. Líquido A demonstração das Mutações do P. Líquido (PL), apresenta as variações de todas as contas do Patrimônio Líquido ocorrida entre dois balanços, independente da origem da variação, seja ela proveniente de aumento de capital, da reavaliação de elementos do ativo, de lucro ou de simples transferência entre contas dentro do próprio P.L. 11

12 Demonstração de Origem e Aplicações de Recursos - DOAR A demonstração de Origens e Aplicações de Recursos-DOAR- não mostra a totalidade das novas origens e aplicações, mas apenas aquelas ocorridas nos itens não circulantes do Balanço, ou seja, no Exigível a Longo Prazo, Patrimônio Líquido, Ativo Permanente e Realizável a Longo Prazo. A diferença entre as novas origens não circulantes e as novas aplicações não circulantes, será igual ao Capital Circulante Líquido. Desta forma a DOAR é uma demonstração que evidencia a variação do Capital Circulante Líquido (CCL). 12

13 Indicadores econômico-financeiros O principal instrumento utilizado para analisar a situação econômico-financeira de uma empresa é o índice, ou seja, o resultado da comparação entre grandezas; Os índices estabelecem a relação entre as contas ou grupo de contas das demonstrações contábeis, visando evidenciar determinado aspecto da situação econômico- financeira de uma empresa; 13

14 Indicadores econômico-financeiros Facilitam sensivelmente o trabalho de análise, uma vez que a apreciação de certas relações ou percentuais é mais significativa que a observação de montantes. Servem como um termômetro da saúde financeira da empresa. Os principais índices são: Índices de líquidez: apontam a capacidade de pagamento da empresa; 14

15 Indicadores econômico-financeiros Índices de estrutura de capital: demonstram a estrutura de capital da empresa; Índices de rentabilidade: avaliam o desempenho econômico da empresa; Índices de atividades: mostram a dinâmica de algumas atividades da empresa; Índices de endividamento: refletem o nível de endividamento da empresa; 15


Carregar ppt "Prof.º José Luis. As Demonstrações Financeiras são compostas de quatro peças: Balanço Patrimonial; Demonstração do Resultado do Exercício; Demonstração."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google