A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

POSICIONAMENTO RELATIVO PÓS- PROCESSADO UTILIZANDO GPS DE NAVEGAÇÃO Gabriel do Nascimento Guimarães Orientador: Paulo de Oliveira Camargo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "POSICIONAMENTO RELATIVO PÓS- PROCESSADO UTILIZANDO GPS DE NAVEGAÇÃO Gabriel do Nascimento Guimarães Orientador: Paulo de Oliveira Camargo."— Transcrição da apresentação:

1 POSICIONAMENTO RELATIVO PÓS- PROCESSADO UTILIZANDO GPS DE NAVEGAÇÃO Gabriel do Nascimento Guimarães Orientador: Paulo de Oliveira Camargo

2 Posicionamento Relativo por GPS de Navegação INTRODUÇÃO Receptores GPS de navegação; Programas ASYNC e GAR2RNX; e Lei /2001.

3 Posicionamento Relativo por GPS de Navegação Receptores GPS de navegação Sistema GPS (Global Positioning System); Principal motivo da popularização do GPS de navegação se deve a desativação da SA (Selective Availabitily – Disponibilidade Seletiva); e Esses receptores não registram as observáveis (pseudodistância – C/A e fase da onda portadora L1), somente estimam e armazenam as posições.

4 Posicionamento Relativo por GPS de Navegação Programas ASYNC e GAR2RNX O Instituto de Engenharia de Levantamento e Geodésia Espacial (IESSG) da Universidade de Nottingham desenvolveu um programa comercial chamado GRINGO (GPS Rinex Generator); Na Universidade Politécnica de Madri, Espanha, foram desenvolvidos os programas gratuitos ASYNC e GAR2RNX; Os dados dos receptores são transmitidos para o computador em tempo real. Então a combinação de um simples coletor de dados ou notebook e os programas, torna os usuários de receptores GPS de navegação capazes de realizarem uma série de atividades e aplicações.

5 Posicionamento Relativo por GPS de Navegação Lei /2007 Estabelecida para visar a caracterização e o georreferenciamento de imóveis rurais; Levantamentos deverão atingir a classe P3 de precisão, com valor limite de +/- 0,500 m; e Utilização de GPS de navegação não é admitida, pois ele não registra as observáveis (pseudodistância e fase da portadora L1), o que inviabiliza um pós-processamento e ajustamento dos dados.

6 Posicionamento Relativo por GPS de Navegação OBJETIVOS Avaliar os resultados do posicionamento relativo estático e estático rápido, em linhas de base de até 20 km, com receptor GPS de navegação, através do pós-processamento dos dados coletado por meio dos programas freeware ASYNC e GAR2RNX; e Investigar a utilização dos receptores de navegação para atendimento da Lei 10267/2001, para georreferenciamento de imóveis rurais.

7 Posicionamento Relativo por GPS de Navegação SISTEMA DE COLETA DE DADOS GPS COM RECEPTOR DE NAVEGAÇÃO O sistema montado com o GPS de navegação para coletar dados, é composto de um receptor Garmin GPS 12XL, de uma antena externa RV 15, de um notebook, bipé, bastão e programas ASYNC e GAR2RNX.

8 Posicionamento Relativo por GPS de Navegação

9 EXPERIMENTOS REALIZADOS Levantamento da Área Teste de Georreferenciamento da UNESP/ITESP; e Levantamento de linhas de base até 20 km.

10 Posicionamento Relativo por GPS de Navegação Levantamento da Área Teste de Georreferenciamento da UNESP/ITESP O experimento foi realizado em uma área teste localizada no Assentamento Florestan Fernandes, implantada pela FCT/UNESP em conjunto com o Instituto de Terras do Estado de São Paulo (ITESP).

11 Posicionamento Relativo por GPS de Navegação

12 Georreferenciamento e Análise dos Resultados Linhas de base de aproximadamente 0,29 a 2,00 km; A coleta de dados foi realizada entre os dias 25 e 27 de janeiro de 2006, sessões de rastreio de 30 minutos; Máscara com 15 o de elevação e taxa de coleta de 15 segundos; Duplas linhas de base foram formadas a partir do apoio básico implantado na Área Teste;

13 Posicionamento Relativo por GPS de Navegação Cada uma das 3 áreas foi levantada separadamente, e como estação base nos apoios foi empregado receptores GPS Trimble 4600 LS; O processamento do levantamento foi realizado com o software TGO (Trimble Geomatics Office), configurado para utilizar efemérides transmitidas e modelo Hopfield para correção do efeito da troposfera; e Como referência para análise e comparação dos resultados foram utilizados os resultados advindos do levantamento das mesmas áreas com o receptor Trimble 4600 LS.

14 Posicionamento Relativo por GPS de Navegação Precisões dos vértices das Áreas 01, 02 e 03 com os receptores Trimble 4600 LS e Garmin GPS 12XL, respectivamente. Precisão dos vértices das Áreas 01, 02 e 03 – Trimble 4600 LSPrecisão dos vértices das Áreas 01, 02 e 03 – Garmin 12 XL

15 Posicionamento Relativo por GPS de Navegação Discrepâncias dos pontos que formam as Áreas 01, 02 e 03, respectivamente, com relação as coordenadas consideradas verdadeiras

16 Posicionamento Relativo por GPS de Navegação Acurácia entre os vértices comuns das Áreas 01 e 02 e das Áreas 02 e 03, obtido com o receptor de navegação.

17 Posicionamento Relativo por GPS de Navegação Levantamento de linhas de base até 20 km O experimento foi realizado em uma área de estudo implantada na região de Presidente Prudente, a partir do posicionamento relativo com linhas de base de até 20 km. Um total de 20 pontos foram implantados na área teste e rastreados com receptor GPS, sendo 5 pontos em cada linha, num total de 4 direções, tomando como base a estação PPTE.

18 Posicionamento Relativo por GPS de Navegação

19 Georreferenciamento e Análise dos Resultados Linhas de base de aproximadamente 1 a 20 km; A coleta de dados foi realizada entre os dias 03 e 04 de junho de 2006, sessões de rastreio de 30 minutos; Máscara com 15 o de elevação e taxa de coleta de 15 segundos; Simples linhas de base foram formadas a partir do apoio básico da PPTE;

20 Posicionamento Relativo por GPS de Navegação O processamento do levantamento foi realizado com o software TGO (Trimble Geomatics Office), configurado para utilizar efemérides transmitidas e modelo Hopfield para correção do efeito da troposfera; e Como referência para análise e comparação dos resultados foram utilizados os resultados advindos do levantamento das mesmas áreas com o receptor Trimble 4600 LS.

21 Posicionamento Relativo por GPS de Navegação Precisão dos pontos das linhas de base com o receptor Garmin GPS 12XL

22 Posicionamento Relativo por GPS de Navegação Discrepância das linhas de base com relação as coordenadas consideradas verdadeiras

23 Posicionamento Relativo por GPS de Navegação CONSIDERAÇÕES E CONCLUSÕES Com a divulgação do protocolo de entrada e saída de dados dos receptores Garmin e com a modernização do sistema GPS, conseqüentemente a desativação da SA, a utilização de receptores GPS de navegação está se tornando cada vez mais popular; A possibilidade de gravar os dados do receptor de navegação Garmin fez com que se tornasse possível à pesquisa para avaliar o posicionamento relativo;

24 Posicionamento Relativo por GPS de Navegação CONSIDERAÇÕES E CONCLUSÕES Os experimentos realizados com o receptor de navegação Garmin GPS 12XL, mostram que os resultados atendem a precisão e acurácia exigida no georreferenciamento, conforme estabelecido na Norma Técnica para Georreferenciamento de Imóveis Rurais, segundo a classe P3 de precisão (1 ); e Em trabalhos futuros, será avaliado o georreferenciamento de imóveis rurais com receptor de navegação, utilizando o método de posicionamento relativo estático rápido, semicinemático e cinemático.


Carregar ppt "POSICIONAMENTO RELATIVO PÓS- PROCESSADO UTILIZANDO GPS DE NAVEGAÇÃO Gabriel do Nascimento Guimarães Orientador: Paulo de Oliveira Camargo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google