A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Modelo de Gestão. Estrutura da AQRS/PGQP – 2007/2008 (1) CONSELHO SUPERIOR Presidente Vice-Presidente Conselheiros CONSELHO SUPERIOR Presidente Vice-Presidente.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Modelo de Gestão. Estrutura da AQRS/PGQP – 2007/2008 (1) CONSELHO SUPERIOR Presidente Vice-Presidente Conselheiros CONSELHO SUPERIOR Presidente Vice-Presidente."— Transcrição da apresentação:

1 Modelo de Gestão

2 Estrutura da AQRS/PGQP – 2007/2008 (1) CONSELHO SUPERIOR Presidente Vice-Presidente Conselheiros CONSELHO SUPERIOR Presidente Vice-Presidente Conselheiros CONSELHO DIRETOR Presidente (*) 1º Vice-Presidente (*) Vice-Presidente de Controle (*) Vice-Presidente de Operações (*) CONSELHO DIRETOR Presidente (*) 1º Vice-Presidente (*) Vice-Presidente de Controle (*) Vice-Presidente de Operações (*) CONSELHO FISCAL Secretaria do C.D. DIRETORIA TÉCNICA Presidente do C.D. 11 Diretores DIRETORIA TÉCNICA Presidente do C.D. 11 Diretores SECRETARIA EXECUTIVA GERÊNCIA COMERCIAL (**) GERÊNCIA TÉCNICA (**) GERÊNCIA ADM. FINANCEIRA (**) (*) Participam do Conselho Superior (**) Têm responsabilidade solidária Comitês Setoriais Comitês Regionais PESSOAS (1)Conforme orientação do Pres do CS e decorrente do consenso entre Pres CS e Pres,Vices e Diretores do CD Org. com Termo de Adesão

3 Situação atual: Gestão por Processos Realização de Produtos e serviços - Formulação das estratégias - Desdobramento - Divulgação - Controle - Formulação das estratégias - Desdobramento - Divulgação - Controle Gestão de: - Parcerias - R H - Comitês - Finanças - Suprimentos - Voluntários -Desenvolvimento de produtos Gestão de: - Parcerias - R H - Comitês - Finanças - Suprimentos - Voluntários -Desenvolvimento de produtos Gestão e Venda de: - Sistemas de Avaliação - Prêmio - Cursos - Consultorias - Eventos - Kit / Livros / Pílulas - Visitas Técnicas - Portal Gestão e Venda de: - Sistemas de Avaliação - Prêmio - Cursos - Consultorias - Eventos - Kit / Livros / Pílulas - Visitas Técnicas - Portal - Divulgação Institucional - Sistema de Contribuições - Adesão - Vendas valor adicionado às Organizações

4

5

6 Ser referência mundial na promoção da qualidade e gestão para a competitividade da sua região Promover a competitividade no Rio Grande do Sul para melhoria da qualidade de vida das pessoas através da busca da excelência em gestão com foco na sustentabilidade IMPULSIONAR a qualidade na gestão com inovação e educação empreendedora, no Setor Privado, com destaque na cadeia de valor PROMOVER a melhoria da gestão, da produtividade e da qualidade do gasto e investimento no Setor Público PROMOVER a melhoria da gestão, a articulação e a integração dos projetos no 3º Setor DESENVOLVER lideranças promotoras de mudanças Ser Benchmark em DISPONIBILIZAR metodologias e ferramentas ELEVAR a efetividade e a abrangência da rede do PGQP ALCANÇAR a Excelência em Gestão AMPLIAR as fontes de recursos para sustentação financeira CONHECER as necessidades atuais e futuras das partes interessadas DESENVOLVER parcerias com entidades nacionais e internacionais geradoras de conhecimento e soluções. PROCESSOS ESTRUTURANTES PROCESSOS ALAVANCADORES RESULTADOS PARA AS PARTES INTERESSADAS Versão 02/09/2008 CONTRIBUIR para o alcance dos resultados das iniciativas integradoras que promovam a competitividade no Rio Grande do Sul. DISSEMINAR conhecimento de forma estruturada e ágil ARTICULAR as iniciativas dos diversos setores GARANTIR as competências essenciais à realização das estratégias

7 Strategic Adviser Planejamento Estratégico Balanced Scorecard

8 Strategic Adviser Acompanhamento de Planos de Ação Acompanhamento de Indicadores

9 8.4 MIL ORGANIZAÇÕES COM ADESÃO COM ADESÃO 2097 Organizações Diplomadas e 458 Premiadas UMA REDE COM 79 COMITÊS SETORIAIS E REGIONAIS, 100 ENTIDADES NA LIDERANÇA E 15.000 VOLUNTÁRIOS 386 NOVAS ADESÕES 39 NOVAS ORGANIZAÇÕESPREMIADAS 1.2 MILHÃO DE PESSOAS PRINCIPAIS NÚMEROS

10 FINANCIABILIDADE

11 Valor adicionado à Sociedade 1)PGQP já possui fatores que podem gerar sua auto-sustentação

12 1 a 10 11 a 50 51 a 300 301 a 999 > 1.000 PatrocinadorInstitucional CATEGORIA ASSOCIADO CONTRIB. MANTENED. PatrocinadorAnoApoioProjetos

13 Resumo das etapas do Credenciamento - 2008 - Chamada bianual - Relação inicial -Primeira avaliação Comitê Técnico Pesquisa - Segunda avaliação Comitê Técnico - Terceira Avaliação Comitê de Produtos Apresentações e definições Recomendação - Conselho Diretor aprova - Negociação e contrato - Divulgação Portal 4 meses 40 org. 151 prod. 26 org. 81 prod. CREDENCIAMENTO

14 Produtos/metodologias Credenciados formam nossa base de dados para a designação das CONSULTORIAS em Organizações Privadas, Públicas e do Terceiro Setor

15 Controle de Contratos

16

17 Projetos Especiais / Específicos Disponibilizar metodologia para melhoria da gestão das Organizações Públicas e Privadas, através da introdução de práticas alinhadas com os modelos de excelência. OBJETIVO: ABORDAGEM POR PROCESSOS

18 EVOLUÇÃO DO RESULTADO - 2005 A 2008 Período: Contábil até setembro de 2008 e projetado de outubro a dezembro/2008 (em R$) Reunião Conselho Fiscal – 26/11/2008 Evolução 2008 sobre: 2007: 227,5% 2006: 779,56% Sobre soma 2005/2006/2007: 24,5%

19 INDICADORES DE DESEMPENHO – RECEITA Período: Meta x Resultado contábil até setembro de 2008 e projetado de outubro a dezembro/2008 (em R$) Reunião Conselho Fiscal – 26/11/2008

20 INDICADORES DE DESEMPENHO – DESPESA Período: Meta x Resultado contábil até setembro de 2008 e projetado de outubro a dezembro/2008 (em R$) Reunião Conselho Fiscal – 26/11/2008

21 INDICADORES DE DESEMPENHO – RESULTADO OPERACIONAL Período: Meta x Resultado contábil até setembro de 2008 e projetado de outubro a dezembro/2008 (em R$) Reunião Conselho Fiscal – 26/11/2008

22 INDICADORES DE DESEMPENHO – RECEITA Período: Meta até dezembro 2008 x Resultado contábil até setembro com projeção de outubro a dezembro/2008 (em R$) Reunião Conselho Fiscal – 26/11/2008

23 INDICADORES DE DESEMPENHO – DESPESA Período: Meta até dezembro de 2008 x Resultado contábil até setembro com projeção de outubro a dezembro/2008 (em R$) Reunião Conselho Fiscal – 26/11/2008

24 INDICADORES DE DESEMPENHO – RESULTADO OPERACIONAL Período: Meta até dezembro 2008 x Resultado contábil até setembro com projeção de outubro a dezembro/2008 (em R$) Reunião Conselho Fiscal – 26/11/2008

25 Demonstrações Financeiras Período: Metas e Resultado Contábil até setembro e projetado de outubro a dezembro/2008 RECEITAS 10.041.153,2519.478.793,66 Contribuições600.000,00972.350,44 Produtos87.500,0075.291,49 Cursos111.000,00161.508,07 Eventos1.156.000,00934.178,89 Portal4.200,003.002,80 Projetos Específicos7.713.249,9516.674.000,33 Credenciamento24.000,0057.556,18 Marketing / Doações294.603,30386.006,66 Financeiras50.600,00127.601,45 Deduções Rec. Operacionais-4.689,87 Outras Rec. Operacionais-82.607,48 DESPESAS 9.943.669,2419.073.251,89 Pessoal506.591,31517.382,54 Administrativa275.080,00267.462,20 Terceiros374.800,00366.042,71 Contribuições (Rep.Comitês)100.000,0044.957,90 Produtos24.800,00960,54 Cursos61.000,0061.000,34 Eventos1.085.000,00962.221,82 Projetos Específicos6.656.994,6416.328.249,80 Credenciamento-23.128,63 Comerciais21.200,0012.688,40 Marketing / Doações294.603,30405.172,86 Financeiras64.800,0026.363,41 Outras despesas-31.134,86 Depreciações e Amortizações28.800,0026.486,60 RESULTADO 547.484,01405.541,77 Previsto Realizado PrevistoRealizado Reunião Conselho Fiscal – 26/11/2008

26 Origem de Receitas: Captação de Receitas

27 FONTES DE GERAÇÃO DE RECEITAS - MENSALIDADES / PATROCÍNIOS / DOAÇÕES - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS – PRODUTOS - PROJETOS ESPECIAIS


Carregar ppt "Modelo de Gestão. Estrutura da AQRS/PGQP – 2007/2008 (1) CONSELHO SUPERIOR Presidente Vice-Presidente Conselheiros CONSELHO SUPERIOR Presidente Vice-Presidente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google