A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sistema de Acessibilidade ao Transporte Coletivo para Deficientes Visuais Diego Casarin Pedro Henrique de Lima Gomes Virgílio Vettorazzo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sistema de Acessibilidade ao Transporte Coletivo para Deficientes Visuais Diego Casarin Pedro Henrique de Lima Gomes Virgílio Vettorazzo."— Transcrição da apresentação:

1 Sistema de Acessibilidade ao Transporte Coletivo para Deficientes Visuais Diego Casarin Pedro Henrique de Lima Gomes Virgílio Vettorazzo

2 O que é? Funcionamento Auxílio ao embarque/desembarque Seleção de ônibus customizada Motivação 4 horas esperando ônibus! Motorista esquece de avisar! Aplicação Independência aos deficientes visuais Expansível: Sistemas em Shoppings Guia-turístico

3 Como funciona? Sistema de parada de ônibus: primeira interação com usuário.

4 Como funciona? Sistema de rastreamento do ônibus

5 Como funciona? Sistema interno do ônibus: análogo à parada.

6 Mercado Tamanho do mercado deficientes visuais… …no Brasil, morando em ambiente rural ou urbano, de todas as faixas etárias. Fonte: IBGE, Censo 2000

7 Segmentação do Mercado Número de deficientes visuais por segmento do Mercado: Região Sudeste: ; Estado de São Paulo: ; Região Metropolitana: ; População Urbana: ; Fonte: IBGE, Censo 2000

8 Público alvo – Cenário A: Implementação Total Deficientes visuais; Região metropolitana de São Paulo; Entre 10 e 60 anos; Rendimento nominal mensal entre 3 e 15 salários mínimos; Salário mínimo de referência: R$151,00 De acordo com o IBGE, Censo 2000: usuários; Fonte: IBGE, Censo 2000

9 Público alvo – Cenário B: Implementação Parcial Deficientes visuais; Região central de São Paulo; Entre 10 e 60 anos; Rendimento nominal mensal entre 3 e 15 salários mínimos; Salário mínimo de referência: R$151,00 Estimativa: Sé: habitantes Adotando taxa de 0,17%: 635 deficientes visuais Fonte: IBGE, Censo 2000 e Prefeitura Municipal de SP

10 Participação Desejada – Cenários A e B CENÁRIO A 5% do público alvo deficientes visuais CENÁRIO B 5% do público alvo 31 deficientes visuais Fonte: IBGE, Censo 2000

11 Custo de Implementação – Cenários A e B Custo do módulo do ônibus: $600,00 Custo do módulo das paradas de ônibus: R$50,00 Custos fixos mensais: CENÁRIO A veículos Fonte: SpTrans, ano 2005 CENÁRIO B Veículos? Fonte: IBGE, Censo 2000

12 Retorno de Investimento – Cenários A e B CENÁRIO A Gráfico A CENÁRIO B Gráfico B Fonte: IBGE, Censo 2000

13 Opções de Financiamento Prefeitura/Governo Consórcios/Grupos de Empresas Fonte: IBGE, Censo 2000


Carregar ppt "Sistema de Acessibilidade ao Transporte Coletivo para Deficientes Visuais Diego Casarin Pedro Henrique de Lima Gomes Virgílio Vettorazzo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google