A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sociedade, Conhecimento, Tecnologia e Educação Eduardo O C Chaves Professor Titular/UNICAMP Diretor Presidente/Mindware.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sociedade, Conhecimento, Tecnologia e Educação Eduardo O C Chaves Professor Titular/UNICAMP Diretor Presidente/Mindware."— Transcrição da apresentação:

1 Sociedade, Conhecimento, Tecnologia e Educação Eduardo O C Chaves Professor Titular/UNICAMP Diretor Presidente/Mindware

2 2 Um Novo Meio de Produção Talvez o desenvolvimento mais importante de nossa era tenha sido o surgimento de um novo meio de produção de riquezas, baseado não na posse da terra, nem na posse de bens de capital, nem no trabalho muscular, mas no trabalho mental Talvez o desenvolvimento mais importante de nossa era tenha sido o surgimento de um novo meio de produção de riquezas, baseado não na posse da terra, nem na posse de bens de capital, nem no trabalho muscular, mas no trabalho mental O trabalho, nas economias avançadas, não mais consiste em transformar matéria prima em coisas, mas em transformar informação em conhecimento O trabalho, nas economias avançadas, não mais consiste em transformar matéria prima em coisas, mas em transformar informação em conhecimento

3 3 Os Meios de Produção Tradicionais A terra e os bens tangíveis (como os bens de capital) existem em quantidade limitada A terra e os bens tangíveis (como os bens de capital) existem em quantidade limitada Duas pessoas não podem possuir a mesma terra e os mesmos bens tangíveis ao mesmo tempo Duas pessoas não podem possuir a mesma terra e os mesmos bens tangíveis ao mesmo tempo

4 4 O Conhecimento O conhecimento é inexaurível, sempre sendo possível gerar mais O conhecimento é inexaurível, sempre sendo possível gerar mais Duas pessoas podem possuir o mesmo conhecimento ao mesmo tempo Duas pessoas podem possuir o mesmo conhecimento ao mesmo tempo Quanto mais pessoas têm conhecimento, mais é gerado Quanto mais pessoas têm conhecimento, mais é gerado O conhecimento transcende fronteiras, é verdadeiramente global, não sendo propriedade de nenhuma nação O conhecimento transcende fronteiras, é verdadeiramente global, não sendo propriedade de nenhuma nação A alfândega não inspeciona quanto conhecimento entra e sai do país A alfândega não inspeciona quanto conhecimento entra e sai do país

5 5 Conhecimento e Riqueza Por isso, o conhecimento se tornou extremamente valioso em nossos dias Por isso, o conhecimento se tornou extremamente valioso em nossos dias O fato de eu poder compartilhar o conhecimento sem ficar sem ele não quer dizer que eu deva compartilhá-lo gratuitamente O fato de eu poder compartilhar o conhecimento sem ficar sem ele não quer dizer que eu deva compartilhá-lo gratuitamente Se fui eu que descobri ou inventei um certo conhecimento, posso cobrar para transmiti- lo, e, eventualmente, ganhar mais com isso do que se tentasse, sozinho, aplicá-lo Se fui eu que descobri ou inventei um certo conhecimento, posso cobrar para transmiti- lo, e, eventualmente, ganhar mais com isso do que se tentasse, sozinho, aplicá-lo

6 6 A Força de Trabalho nos Estados Unidos Agricultura40% 02% 02% Agricultura40% 02% 02% Indústria38% 21% 03% Indústria38% 21% 03% Serviços16% 27% 35% Serviços16% 27% 35% Informação06% 50% 60% Informação06% 50% 60%

7 7 O Papel da Tecnologia Até recentemente, a tecnologia ajudava a ampliar nossa força física, nossa capacidade de locomoção e o poder de nossos órgãos dos sentidos: o arado, as máquinas industriais, os meios de transporte, o telescópio, o microscópio, sensores vários, os meios de comunicação (telégrafo, telefone, rádio, televisão) Até recentemente, a tecnologia ajudava a ampliar nossa força física, nossa capacidade de locomoção e o poder de nossos órgãos dos sentidos: o arado, as máquinas industriais, os meios de transporte, o telescópio, o microscópio, sensores vários, os meios de comunicação (telégrafo, telefone, rádio, televisão)

8 8 A Tecnologia e o Conhecimento O papel central do computador hoje se deve ao fato de que ele é uma tecnologia que amplia nossa capacidade de conhecer: obter, representar, armazenar, processar, e disseminar o conhecimento O papel central do computador hoje se deve ao fato de que ele é uma tecnologia que amplia nossa capacidade de conhecer: obter, representar, armazenar, processar, e disseminar o conhecimento Por isso, na sociedade do conhecimento, o computador é a principal tecnologia (Vannevar Bush, Douglas Engelbart) Por isso, na sociedade do conhecimento, o computador é a principal tecnologia (Vannevar Bush, Douglas Engelbart)

9 9 A Convergência das Tecnologias O papel do computador também é fundamental em nossa sociedade porque ele tornou possível a convergência das mídias ou tecnologias de comunicação: o texto, o som, a imagem (multimídia) O papel do computador também é fundamental em nossa sociedade porque ele tornou possível a convergência das mídias ou tecnologias de comunicação: o texto, o som, a imagem (multimídia) Na verdade, o computador, hoje, mais do que um equipamento que faz cálculos e processa textos, é, ele próprio, um meio de comunicação, e será o principal deles, porque englobará os demais Na verdade, o computador, hoje, mais do que um equipamento que faz cálculos e processa textos, é, ele próprio, um meio de comunicação, e será o principal deles, porque englobará os demais

10 10 O Macro Comunicador O computador já engloba hoje os correios, o telégrafo e o telex, o telefone e o fax, e boa parte da imprensa O computador já engloba hoje os correios, o telégrafo e o telex, o telefone e o fax, e boa parte da imprensa Em futuro próximo englobará também o rádio, a televisão, o vídeo Em futuro próximo englobará também o rádio, a televisão, o vídeo

11 11 A Ubiqüidade do Computador O computador hoje afeta a forma em que nos comunicamos uns com os outros, em que nos locomovemos, em que enviamos e recebemos bens e serviços, nossa maneira de trabalhar, de fazer negócios, de nos divertir O computador hoje afeta a forma em que nos comunicamos uns com os outros, em que nos locomovemos, em que enviamos e recebemos bens e serviços, nossa maneira de trabalhar, de fazer negócios, de nos divertir O computador hoje já afeta a forma em que aprendemos -- mas afeta muito pouco nossas escolas O computador hoje já afeta a forma em que aprendemos -- mas afeta muito pouco nossas escolas

12 12 O Impacto do Computador Se os computadores do mundo parassem, o que aconteceria com estas instituições: Se os computadores do mundo parassem, o que aconteceria com estas instituições: Indústria Indústria Serviços em Geral Serviços em Geral Bancos e Instituições Financeiras Bancos e Instituições Financeiras Serviços de Telecomunicações Serviços de Telecomunicações Meios de Comunicação de Massa Meios de Comunicação de Massa Meios de Transportes Meios de Transportes Empresas de Transmissão e Distribuição de Energia Empresas de Transmissão e Distribuição de Energia Escola Escola

13 13 A Escola e a Tecnologia A escola é uma das poucas instituições da nossa sociedade que está totalmente à margem do intenso desenvolvimento tecnológico que caracterizou a segunda metade do século XX A escola é uma das poucas instituições da nossa sociedade que está totalmente à margem do intenso desenvolvimento tecnológico que caracterizou a segunda metade do século XX A maior parte de nossas escolas vive, em termos de tecnologia, não no século passado, mas, na verdade, virtualmente na pré- história A maior parte de nossas escolas vive, em termos de tecnologia, não no século passado, mas, na verdade, virtualmente na pré- história

14 14 Peter Drucker "O primeiro professor da história se sentiria perfeitamente em casa na maioria das salas de aula do mundo de hoje. Além do quadro- negro e do livro impresso houve pouca mudança nos meios de ensino e nenhuma nos métodos. A única tecnologia introduzida nestes oito mil anos foi o livro impresso, que poucos professores sabem usar -- se o soubessem, não continuariam expondo o que já está nos livros" "O primeiro professor da história se sentiria perfeitamente em casa na maioria das salas de aula do mundo de hoje. Além do quadro- negro e do livro impresso houve pouca mudança nos meios de ensino e nenhuma nos métodos. A única tecnologia introduzida nestes oito mil anos foi o livro impresso, que poucos professores sabem usar -- se o soubessem, não continuariam expondo o que já está nos livros"

15 15 O Fim da Escola Para a educação, é ótimo que a escola, em geral, esteja tão alienada da tecnologia Para a educação, é ótimo que a escola, em geral, esteja tão alienada da tecnologia Esse fato ajudará a apressar o seu fim, liberando, assim, a educação da tutela da escola Esse fato ajudará a apressar o seu fim, liberando, assim, a educação da tutela da escola

16 16 Karl Popper Tem se dito, e com muita verdade, que Platão foi o inventor de nossas escolas e universidades. Não conheço melhor argumento para uma visão otimista da humanidade, nem melhor prova de seu amor indestrutível pela verdade e pela decência, de sua originalidade e de sua saúde mental, do que o fato de que essa devastadora instituição não tenha sido capaz de arruiná- la totalmente Tem se dito, e com muita verdade, que Platão foi o inventor de nossas escolas e universidades. Não conheço melhor argumento para uma visão otimista da humanidade, nem melhor prova de seu amor indestrutível pela verdade e pela decência, de sua originalidade e de sua saúde mental, do que o fato de que essa devastadora instituição não tenha sido capaz de arruiná- la totalmente

17 17 Samuel Butler Às vezes fico a imaginar porque é que que a escola não causa mais danos aos jovens, e como é que eles, em geral, acabam crescendo sensatos e bons, apesar das tentativas deliberadas da escola de distorcer e mesmo de impedir seu crescimento. Alguns, naturalmente, não conseguem escapar dos efeitos danosos da escola e sofrem até o fim de suas vidas por isso. Outros, porém, poucos danos parecem sofrer, e alguns até se safam sem dano algum Às vezes fico a imaginar porque é que que a escola não causa mais danos aos jovens, e como é que eles, em geral, acabam crescendo sensatos e bons, apesar das tentativas deliberadas da escola de distorcer e mesmo de impedir seu crescimento. Alguns, naturalmente, não conseguem escapar dos efeitos danosos da escola e sofrem até o fim de suas vidas por isso. Outros, porém, poucos danos parecem sofrer, e alguns até se safam sem dano algum

18 18 Samuel Butler A resposta parece ser que o instinto natural dos jovens, na maior parte dos casos, se rebela de forma tão absoluta contra o que a escola tenta fazer com eles que, não importa o que tentem os professores, não conseguem que seus alunos os tomem realmente a sério A resposta parece ser que o instinto natural dos jovens, na maior parte dos casos, se rebela de forma tão absoluta contra o que a escola tenta fazer com eles que, não importa o que tentem os professores, não conseguem que seus alunos os tomem realmente a sério

19 19 Rubem Alves Em artigo recente, publicado em jornal de alunos da PUCCAMP, Rubem Alves observou que o fato de os alunos se esquecerem rápida e totalmente do que estudaram, tão logo terminam as provas e os exames escolares, é evidência de sua saúde mental, não de problemas que precisem ser corrigidos Em artigo recente, publicado em jornal de alunos da PUCCAMP, Rubem Alves observou que o fato de os alunos se esquecerem rápida e totalmente do que estudaram, tão logo terminam as provas e os exames escolares, é evidência de sua saúde mental, não de problemas que precisem ser corrigidos

20 20 O Desafio Encontrar novas formas de educar, que não envolvam a escola nem privilegiem o ensino Encontrar novas formas de educar, que não envolvam a escola nem privilegiem o ensino

21 21 Educação e Aprendizagem Embora haja muitos outros elementos que que se unem para constituir o complexo processo que é a educação -- como, por exemplo, conhecimento, compreensão, valores -- uma coisa é certa: educação implica aprendizagem. Sem aprendizagem não há educação. Embora haja muitos outros elementos que que se unem para constituir o complexo processo que é a educação -- como, por exemplo, conhecimento, compreensão, valores -- uma coisa é certa: educação implica aprendizagem. Sem aprendizagem não há educação.

22 22 Aprendizagem e Ensino Para muitos, aprender está para ensinar da mesma forma que ouvir está para falar e ler para escrever Para muitos, aprender está para ensinar da mesma forma que ouvir está para falar e ler para escrever Mas essa é uma visão totalmente errônea da realidade Mas essa é uma visão totalmente errônea da realidade A aprendizagem não é simplesmente a contrapartida do ensino A aprendizagem não é simplesmente a contrapartida do ensino

23 23 Aprendizagem O processo de aprendizagem também é extremamente complexo e pode acontecer em função de inúmeros fatores, dos quais o ensino formal e deliberado é apenas um deles -- e nem de longe o mais importante O processo de aprendizagem também é extremamente complexo e pode acontecer em função de inúmeros fatores, dos quais o ensino formal e deliberado é apenas um deles -- e nem de longe o mais importante

24 24 Aprendizagem Aprendizagem Ensino Observação Leitura Investigação Conversa Etc. Lazer Trabalho

25 25 Escola A escola foi criada para promover a educação A escola foi criada para promover a educação Contudo, ela se preocupa mais hoje com o ensino do que com a aprendizagem Contudo, ela se preocupa mais hoje com o ensino do que com a aprendizagem

26 26 Ensino O processo de ensino, embora não tão complexo quanto os processos de educação e aprendizagem, também envolve vários elementos O processo de ensino, embora não tão complexo quanto os processos de educação e aprendizagem, também envolve vários elementos

27 27 Ensino Ensino Conteúdos Disciplinas Currículo Sala de Aula Professor Etc. Tecnologia

28 28 Educação e Escola A escola é hoje uma instituição onde se ensina, mas não se aprende A escola é hoje uma instituição onde se ensina, mas não se aprende O vínculo entre a escola e a educação hoje é tênue O vínculo entre a escola e a educação hoje é tênue

29 29 Educação: Novo Paradigma Se quisermos reconstituir o vínculo da educação com a aprendizagem, precisamos de um novo paradigma, que corte o vínculo da educação com a escola e desprivilegie o ensino como principal forma de promover a aprendizagem Se quisermos reconstituir o vínculo da educação com a aprendizagem, precisamos de um novo paradigma, que corte o vínculo da educação com a escola e desprivilegie o ensino como principal forma de promover a aprendizagem Isso significa que precisaremos promover uma reengenharia da educação Isso significa que precisaremos promover uma reengenharia da educação

30 30 Reengenharia A reengenharia é o repensar fundamental e a reestruturação radical dos processos empresariais, que visam a alcançar drásticas melhorias em indicadores críticos e contemporâneos de desempenho, tais como custo, qualidade, atendimento e velocidade (Michael Hammer e James Champy) A reengenharia é o repensar fundamental e a reestruturação radical dos processos empresariais, que visam a alcançar drásticas melhorias em indicadores críticos e contemporâneos de desempenho, tais como custo, qualidade, atendimento e velocidade (Michael Hammer e James Champy)

31 31 Automação Automação é a execução, através de recursos tecnológicos, de processos que antes eram executados manualmente Automação é a execução, através de recursos tecnológicos, de processos que antes eram executados manualmente A automação pode levar a ganhos de fracionários de eficiência e qualidade A automação pode levar a ganhos de fracionários de eficiência e qualidade Mas a automação não busca modificar os processos, em função de sua eficácia, com vistas à melhoria radical do desempenho Mas a automação não busca modificar os processos, em função de sua eficácia, com vistas à melhoria radical do desempenho

32 32 Eficiência e Eficácia Eficiência Executar certo um processo (=executar o processo do modo certo) Eficiência Executar certo um processo (=executar o processo do modo certo) Eficácia Executar o processo certo (=o processo que leva ao resultado desejado) Eficácia Executar o processo certo (=o processo que leva ao resultado desejado)

33 33 A Automação do Ensino O que se vê hoje na área de tecnologia da educação é quase que exclusivamente a tentativa de automatizar o ensino O que se vê hoje na área de tecnologia da educação é quase que exclusivamente a tentativa de automatizar o ensino Pensar a tecnologia educacional apenas nesses termos é admitir que o ensino escolar é a forma mais eficaz de promover a educação e que só resta torná-lo mais eficiente Pensar a tecnologia educacional apenas nesses termos é admitir que o ensino escolar é a forma mais eficaz de promover a educação e que só resta torná-lo mais eficiente

34 34 A Reengenharia da Educação Promover a reengenharia da educação não é automatizar o ensino: é, isto sim, repensar fundamentalmente os objetivos básicos da educação e reestruturar radicalmente os processos através dos quais esses objetivos devem ser alcançados, com vistas a obter drásticas melhorias em indicadores críticos e contemporâneos de desempenho Promover a reengenharia da educação não é automatizar o ensino: é, isto sim, repensar fundamentalmente os objetivos básicos da educação e reestruturar radicalmente os processos através dos quais esses objetivos devem ser alcançados, com vistas a obter drásticas melhorias em indicadores críticos e contemporâneos de desempenho

35 35 Os Objetivos Básicos da Educação Quais são os objetivos realmente básicos da educação (não da escola)? Quais são os objetivos realmente básicos da educação (não da escola)?

36 36 Os Objetivos Básicos da Educação Primeiro: Capacitar o indivíduo para viver sua vida pessoal de maneira plena, propondo-se objetivos dignos e lutando por alcançá- los, assim obtendo plena realização enquanto ser humano Primeiro: Capacitar o indivíduo para viver sua vida pessoal de maneira plena, propondo-se objetivos dignos e lutando por alcançá- los, assim obtendo plena realização enquanto ser humano

37 37 Os Objetivos Básicos da Educação Segundo: Capacitar o indivíduo para escolher e exercer com competência uma profissão que, além de contribuir para a sua realização pessoal, represente uma contribuição para a sociedade Segundo: Capacitar o indivíduo para escolher e exercer com competência uma profissão que, além de contribuir para a sua realização pessoal, represente uma contribuição para a sociedade

38 38 Os Objetivos Básicos da Educação Terceiro: Capacitar o indivíduo para atuar como cidadão de maneira responsável, na forma que julgar mais eficaz e mais coerente com seus objetivos pessoais e profissionais Terceiro: Capacitar o indivíduo para atuar como cidadão de maneira responsável, na forma que julgar mais eficaz e mais coerente com seus objetivos pessoais e profissionais

39 39 Questão Dados esses objetivos básicos da educação, quais são os principais processos através dos quais se deve procurar alcançá-los? Dados esses objetivos básicos da educação, quais são os principais processos através dos quais se deve procurar alcançá-los?

40 40 Desafio Definir esses processos é o grande desafio da reengenharia educacional Definir esses processos é o grande desafio da reengenharia educacional

41 41 O Desafio para as Escolas Mas o grande desafio da reengenharia educacional para as escolas está no fato de que estas, por se concentrarem no ensino, estão especialmente mal equipadas para fazer face aos múltiplos outros fatores que afetam a aprendizagem numa sociedade centrada no conhecimento e altamente dominada pela tecnologia Mas o grande desafio da reengenharia educacional para as escolas está no fato de que estas, por se concentrarem no ensino, estão especialmente mal equipadas para fazer face aos múltiplos outros fatores que afetam a aprendizagem numa sociedade centrada no conhecimento e altamente dominada pela tecnologia

42 42 O Desafio para a Educação Reengenheirar a educação implica reinventar a educação Reengenheirar a educação implica reinventar a educação Reiventar a educação envolve, antes de mais nada, esquecer como ela é feita hoje Reiventar a educação envolve, antes de mais nada, esquecer como ela é feita hoje

43 43 A Desaprendizagem Criativa A tarefa mais urgente para os que estão genuinamente preocupados com a educação é, portanto, desaprender como a educação tem sido e continua a ser feita A tarefa mais urgente para os que estão genuinamente preocupados com a educação é, portanto, desaprender como a educação tem sido e continua a ser feita Só assim estarão em condições de criar, a partir do zero, uma nova educação para uma nova era (Carlos Seabra) Só assim estarão em condições de criar, a partir do zero, uma nova educação para uma nova era (Carlos Seabra)

44 44 Adeus ao Velho Paradigma Não faz mais sentido, toda vez que se fala em educação, pensar em escolas, ensino, disciplinas, currículos, professores, etc. Não faz mais sentido, toda vez que se fala em educação, pensar em escolas, ensino, disciplinas, currículos, professores, etc.

45 45 Redefinir o Negócio Aqueles que são proprietários de escolas devem urgentemente repensar o seu negócio: Aqueles que são proprietários de escolas devem urgentemente repensar o seu negócio: O seu negócio é escola e ensino ou O seu negócio é escola e ensino ou O seu negócio é educação? O seu negócio é educação?

46 46 Miopia Empresarial Aqueles que concluirem que seu negócio é escola e ensino poderão vir a fazer companhia àqueles que pensaram que o negócio do Serviço Postal Americano estava inseparavelmente ligado a pôneis, ou que o negócio dos relojoeiros suiços tinha que ver, essencialmente, com engrenagens e ponteiros Aqueles que concluirem que seu negócio é escola e ensino poderão vir a fazer companhia àqueles que pensaram que o negócio do Serviço Postal Americano estava inseparavelmente ligado a pôneis, ou que o negócio dos relojoeiros suiços tinha que ver, essencialmente, com engrenagens e ponteiros

47 47 Visão Empresarial Por outro lado, aqueles que concluirem que seu negócio é a educação poderão se ver, subitamente, na companhia de parceiros e concorrentes que nunca imaginavam pudessem estar no ramo de negócio educação -- e quanto mais cedo enxergarem isso, maior vantagem competitiva terão Por outro lado, aqueles que concluirem que seu negócio é a educação poderão se ver, subitamente, na companhia de parceiros e concorrentes que nunca imaginavam pudessem estar no ramo de negócio educação -- e quanto mais cedo enxergarem isso, maior vantagem competitiva terão

48 48 Educação sem Escolas A nova educação será uma educação sem escolas, mas não necessariamente no sentido romântico, de retorno ao passado, imaginado originalmente por Ivan Illitch A nova educação será uma educação sem escolas, mas não necessariamente no sentido romântico, de retorno ao passado, imaginado originalmente por Ivan Illitch A nova educação será realizada através de instituições e de canais que, talvez, nem consigamos prever inteiramente hoje A nova educação será realizada através de instituições e de canais que, talvez, nem consigamos prever inteiramente hoje

49 49 Novos Parceiros da Educação

50 50 Educação Não-Escolar No lar No lar Na comunidade (mesmo que virtual) Na comunidade (mesmo que virtual) No trabalho No trabalho Nas atividades de lazer Nas atividades de lazer Nas organizações voluntárias Nas organizações voluntárias Através de meios de comunicação Através de meios de comunicação Através do computador Através do computador

51 51 A Informática e a Educação A importância da informática computador para a educação está no fato de que todos os meios de comunicação estão hoje centrados no computador, que, além de integrá-los, tornou-se, ele mesmo, um super-meio de comunicação A importância da informática computador para a educação está no fato de que todos os meios de comunicação estão hoje centrados no computador, que, além de integrá-los, tornou-se, ele mesmo, um super-meio de comunicação

52 52 Multimídia Falar em informática hoje é falar em multimídia, ou seja, a integração no computador das tecnologias de: Falar em informática hoje é falar em multimídia, ou seja, a integração no computador das tecnologias de: Texto (Livros, Revistas, Jornais) Texto (Livros, Revistas, Jornais) Artes Visuais (Gráficos, Desenhos) Artes Visuais (Gráficos, Desenhos) Animações (Desenhos em Movimento) Animações (Desenhos em Movimento) Fotografias (Imagens Reais Estáticas) Fotografias (Imagens Reais Estáticas) Áudio (Voz, Música, Efeitos Especiais) Áudio (Voz, Música, Efeitos Especiais) Vídeo (Imagens Dinâmicas com Som) Vídeo (Imagens Dinâmicas com Som) Telecomunicações Telecomunicações

53 53 Multimídia e Educação É inconcebível que multimídia possa deixar de afetar profundamente a educação: ela é a tecnologia essencial na reengenharia da educação, porque não é apenas mais uma tecnologia, ao lado de outras, mas, sim, um conjunto integrado de tecnologias que, mesmo individual e isoladamente, já têm enorme relevância para a educação, e que, reunidas, poderão revolucioná-la É inconcebível que multimídia possa deixar de afetar profundamente a educação: ela é a tecnologia essencial na reengenharia da educação, porque não é apenas mais uma tecnologia, ao lado de outras, mas, sim, um conjunto integrado de tecnologias que, mesmo individual e isoladamente, já têm enorme relevância para a educação, e que, reunidas, poderão revolucioná-la

54 54 A Domesticação da Multimídia Aqueles que continuam a ver o seu negócio como sendo a escola e o ensino vão tentar domesticar as tecnologias de multimídia, colocando-as a serviço da escola e do ensino, procurando, assim, evitar que os processos pelos quais se tenta promover a educação sejam radicalmente reestruturados Aqueles que continuam a ver o seu negócio como sendo a escola e o ensino vão tentar domesticar as tecnologias de multimídia, colocando-as a serviço da escola e do ensino, procurando, assim, evitar que os processos pelos quais se tenta promover a educação sejam radicalmente reestruturados

55 55 Os Dias da Escola Estão Contados Mas os dias da escola, enquanto instituição promotora da educação estão contados Mas os dias da escola, enquanto instituição promotora da educação estão contados A educação vai acontecer através de processos informais, difusos, que permeiam toda a sociedade, e são as tecnologias de multimídia que viabilizarão esses processos A educação vai acontecer através de processos informais, difusos, que permeiam toda a sociedade, e são as tecnologias de multimídia que viabilizarão esses processos

56 56 A Crechização da Escola A escola terá uma sobrevida, mas apenas como um repositório de crianças e adolescentes A escola terá uma sobrevida, mas apenas como um repositório de crianças e adolescentes Ela se tornará uma espécie de creche, i.e., uma instituição que cuidará da segurança e do bem estar de crianças e adolescentes enquanto os pais estão ocupados Ela se tornará uma espécie de creche, i.e., uma instituição que cuidará da segurança e do bem estar de crianças e adolescentes enquanto os pais estão ocupados Se bem sucedida, poderá até entretê-los Se bem sucedida, poderá até entretê-los

57 57 O Corte do Vínculo Quando a completa crechização da escola acontecer, terá sido cortado definitivamente o vínculo que hoje ainda se presume existir entre a escola e a educação Quando a completa crechização da escola acontecer, terá sido cortado definitivamente o vínculo que hoje ainda se presume existir entre a escola e a educação Naquele momento, possivelmente se dirá: A escola está morta, enquanto instituição educacional. Tenha uma vida longa a educação! Naquele momento, possivelmente se dirá: A escola está morta, enquanto instituição educacional. Tenha uma vida longa a educação!

58 58 A Educação A educação é aquilo que resta depois de esquecermos tudo aquilo que nos foi ensinado (Michael Hammer) A educação é aquilo que resta depois de esquecermos tudo aquilo que nos foi ensinado (Michael Hammer)

59 Decálogo Educacional na Era da Informação

60 60 Habilidades Relativas à Absorção da Informação Leitura dinâmica (aprender a ler com rapidez e compreensão) Leitura dinâmica (aprender a ler com rapidez e compreensão) Desenvolvimento e aprimoramento dos sentidos (aprender a perceber) Desenvolvimento e aprimoramento dos sentidos (aprender a perceber)

61 61 Habilidades Relativas à Análise da Informação Pensamento crítico (aprender a analisar e avaliar a informação, textual, numérica, estatística, gráfica, sonora, visual) Pensamento crítico (aprender a analisar e avaliar a informação, textual, numérica, estatística, gráfica, sonora, visual) Raciocínio lógico (aprender a inferir e deduzir) Raciocínio lógico (aprender a inferir e deduzir)

62 62 Habilidades Relativas ao Gerenciamento da Informação Organização pessoal (aprender a organizar e arquivar a informação) Organização pessoal (aprender a organizar e arquivar a informação) Memorização (aprender a reter o essencial na memória) Memorização (aprender a reter o essencial na memória) Acesso a informação (aprender a encontrar o que não é memorizado) Acesso a informação (aprender a encontrar o que não é memorizado)

63 63 Habilidade Relativa à Transmissão da Informação Comunicação (aprender a apresentar a informação) Comunicação (aprender a apresentar a informação)

64 64 Habilidades Relativas ao Gerenciamento da Vida Planejamento (aprender a definir objetivos e metas e as estratégias para alcançá-los) Planejamento (aprender a definir objetivos e metas e as estratégias para alcançá-los) Administração do tempo (aprender a distinguir o importante do urgente e a priorizar as atividades) Administração do tempo (aprender a distinguir o importante do urgente e a priorizar as atividades)


Carregar ppt "Sociedade, Conhecimento, Tecnologia e Educação Eduardo O C Chaves Professor Titular/UNICAMP Diretor Presidente/Mindware."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google