A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Trabalho de Literatura 3a. Manuel de Barros Por pudor sou impuro Por pudor sou impuro O Branco me corrompe O Branco me corrompe Não gosto de frase acostumada.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Trabalho de Literatura 3a. Manuel de Barros Por pudor sou impuro Por pudor sou impuro O Branco me corrompe O Branco me corrompe Não gosto de frase acostumada."— Transcrição da apresentação:

1 Trabalho de Literatura 3a

2 Manuel de Barros

3 Por pudor sou impuro Por pudor sou impuro O Branco me corrompe O Branco me corrompe Não gosto de frase acostumada Não gosto de frase acostumada

4 Há muitas maneiras sérias de não dizer nada, mas só a poesia é verdadeira Há muitas maneiras sérias de não dizer nada, mas só a poesia é verdadeira Não saio de dentro de mim nem para pescar Não saio de dentro de mim nem para pescar Há histórias tão verdadeiras que as vezes parece que foram inventadas Há histórias tão verdadeiras que as vezes parece que foram inventadas

5 Tem mais presença em mim do que me falta Tem mais presença em mim do que me falta O meu amanhecer vai ser de noite O meu amanhecer vai ser de noite

6 Palavra poética tem que chegar ao grau de Brinquedo para ser séria Palavra poética tem que chegar ao grau de Brinquedo para ser séria Não preciso do fim para chegar Não preciso do fim para chegar Do Lugar onde estou já fui embora Do Lugar onde estou já fui embora

7 Sábio é o que é adivinha Sábio é o que é adivinha

8 Trabalho feito pelos alunos Luan Lucas Douglas Nakata Eduardo Elivelton Fábio Luan Lucas Douglas Nakata Eduardo Elivelton Fábio


Carregar ppt "Trabalho de Literatura 3a. Manuel de Barros Por pudor sou impuro Por pudor sou impuro O Branco me corrompe O Branco me corrompe Não gosto de frase acostumada."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google