A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

HISTÓRIA EVOLUTIVA DA TERRA. Envolve o período desde a formação da Terra – 4,6 bilhões de anos atrás – até o início do período cambriano – 540 milhões.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "HISTÓRIA EVOLUTIVA DA TERRA. Envolve o período desde a formação da Terra – 4,6 bilhões de anos atrás – até o início do período cambriano – 540 milhões."— Transcrição da apresentação:

1 HISTÓRIA EVOLUTIVA DA TERRA

2 Envolve o período desde a formação da Terra – 4,6 bilhões de anos atrás – até o início do período cambriano – 540 milhões de anos atrás. PERÍODO PRÉ-CAMBRIANO

3 Compreende o período em que a vida surgiu como simples moléculas orgânicas autorreplicantes – os coacervados – até o aumento de complexidade estrutural e bioquímica com a formação dos eucariontes metazoários. PERÍODO PRÉ-CAMBRIANO

4 Os coacervados PERÍODO PRÉ-CAMBRIANO

5 Bactérias de todos os tipos PERÍODO PRÉ-CAMBRIANO

6 Bactérias de todos os tipos PERÍODO PRÉ-CAMBRIANO

7 Bactérias de todos os tipos PERÍODO PRÉ-CAMBRIANO

8 A célula eucariótica PERÍODO PRÉ-CAMBRIANO

9 Tem-se uma diversidade de acritarcas e as primeiras algas multicelulares. PERÍODO PRÉ-CAMBRIANO

10 No fim do período pré-cambriano (há 580 milhões de anos) surge uma experiência evolutiva, uma diversidade de organismos que não são relacionados com nenhum filo de hoje em dia. PERÍODO PRÉ-CAMBRIANO

11 A fauna de Ediacara era constituída de indivíduos filtradores, de corpo mole e não havia nenhum tipo de predação. PERÍODO PRÉ-CAMBRIANO

12 Uma extinção eliminou toda a fauna de Ediacara. Sua causa pode estar relacionada com a glaciação do varangiano há 550 milhões de anos. PERÍODO PRÉ-CAMBRIANO

13 Começou em 540 milhões de anos atrás e durou cerca de 40 milhões de anos. Surgem os primeiros organismos que realizam predação e também os primeiros organismos com esqueleto rígido. Vários filos modernos já estavam presentes (esponjas, corais, moluscos, equinodermos, artrópodes e algas). PERÍODO CAMBRIANO

14 Diversidade do cambriano PERÍODO CAMBRIANO

15 Diversidade do cambriano PERÍODO CAMBRIANO

16 No fim do cambriano há uma elevação do nível do mar e extinção de gastrópodes, trilobitas e esponjas. Ainda não se sabem as causas dessas extinções. PERÍODO CAMBRIANO

17 Iniciou-se há 500 milhões de anos e durou até 435 milhões de anos. Plantas semelhantes a briófitas (musgo) começam a invadir a zona entremarés e gradativamente se espalham pela terra. Há um aumento da diversidade de seres vivos de 150 famílias do cambriano para 400 famílias. PERÍODO ORDOVICIANO

18 Diversidade PERÍODO ORDOVICIANO

19 Diversidade PERÍODO ORDOVICIANO

20 Diversidade Foram encontradas algumas escamas ósseas, sugerindo que os primeiros vertebrados (peixes) devem ter surgido no início do período. PERÍODO ORDOVICIANO

21 O fim do período foi marcado pela segunda maior extinção em massa, associada a uma glaciação quando o supercontinente de Gondwana foi formado. Vários grupos de organismos de águas quentes morreram, totalizando mais de 100 famílias extintas. PERÍODO ORDOVICIANO

22 Durou de 435 milhões de anos atrás até 410 milhões de anos atrás. Os organismos sobreviventes eram adaptados ao clima frio. As plantas se diversificam, surgindo as pteridófitas (samambaias) e os artrópodes invadem a terra. PERÍODO SILURIANO

23 Diversidade PERÍODO SILURIANO

24 Começa há 410 milhões de anos e dura até 360 milhões de anos. Na terra surgem os primeiros insetos (400 Ma) e posteriormente os primeiros anfíbios (370 Ma). As plantas com sementes surgem no fim do período (360 Ma). No mar há uma diversificação e aumento no número de peixes. PERÍODO DEVONIANO

25 Diversidade PERÍODO DEVONIANO

26 No fim do período uma nova extinção atinge os organismos. Relacionada com outro evento de glaciação, novamente os grupos mais atingidos foram aqueles que viviam em regiões quentes. PERÍODO DEVONIANO

27 Um mapa dos continentes: PERÍODO CARBONÍFERO

28 O carbonífero dura de 360 Ma até 290 Ma atrás. Várias formas de organismos marinhos antigos ainda existiam (corais rugosos, braquiópodes, trilobitas), mas eram muito mais raros. Poucos filos dominavam a paisagem. Poucas famílias de peixes ainda existiam. Na terra os organismos diversificam, surgindo inúmeros tipos de plantas e grandes florestas. Entre os animais surgem os primeiros répteis. PERÍODO CARBONÍFERO

29 Diversidade PERÍODO CARBONÍFERO

30 Começou há 290 Ma e durou até 250 Ma. Na terra surgem as gimnospermas (não dependem da água para a fecundação). Os répteis se diversificam e alguns voltam para a água. Muitos grupos de organismos marinhos estavam em declínio: Trilobitas, briozoários, crinóides, corais tabulados, amonóides, etc. PERÍODO PERMIANO

31 Diversidade PERÍODO PERMIANO

32 Diversidade PERÍODO PERMIANO

33 O fim do período é marcado pela maior extinção em massa da história. Desapareceram cerca de 49% das famílias, 72% dos gêneros e cerca de 95% das espécies (Ordoviciano 60% das espécies e cretáceo 47% das espécies). 60% dos anfíbios e répteis foram extintos e 30% dos insetos. 91% dos invertebrados do período também foram extintos. PERÍODO PERMIANO

34 As causas da extinção estão associadas ao intenso vulcanismo na sibéria. 45 derrames de lavas de 400 a 3700 metros de espessura com 1,5 Km 3. A nuvem de poeira resfriou a atmosfera, gases vulcânicos formaram chuva ácida e a longo prazo houve acumulo de CO 2. PERÍODO PERMIANO

35 Estado dos continentes: Pangéia PERÍODO TRIÁSSICO

36 Durou de 250 à 210 Ma atrás. Se caracterizou pela diversificação dos répteis (crocodilos, tartarugas, lagartos e dinossauros). Surgem os primeiros mamíferos. Houve a recuperação da fauna marinha com peixes, moluscos e equinóides. Grandes recifes de corais modernos surgem na época. PERÍODO TRIÁSSICO

37 Diversidade PERÍODO TRIÁSSICO

38 Compreende de 210 à 145 Ma atrás. Começa a separação da pangeia. Diversificação dos répteis saurópodes. Surgem as primeiras aves. PERÍODO JURÁSSICO

39 Estado dos continentes: PERÍODO JURÁSSICO

40 Diversidade PERÍODO JURÁSSICO

41 Compreende o período que vai de 145 à 65 Ma atrás. Maior diversificação dos dinossauros. Surgem as primeiras plantas com flores – angiospermas. O período termina com a extinção dos saurópodes devido à queda de um meteoro. PERÍODO CRETÁCEO

42

43 Compreende o período que vai de 65 à 1,8 Ma atrás. Diversificação dos mamíferos e aves. Domínio das angiospermas. Há 6 Ma surgem vindos dos primatas os hominídeos – Australopitecos PERÍODO TERCIÁRIO

44 De 1,8 ma até hoje. Surge o Homo sapiens há cerca de 1,5 Ma atrás. Extinção dos grandes mamíferos devido a glaciações e a ação dos grupos de hominídeos. PERÍODO QUATERNÁRIO

45


Carregar ppt "HISTÓRIA EVOLUTIVA DA TERRA. Envolve o período desde a formação da Terra – 4,6 bilhões de anos atrás – até o início do período cambriano – 540 milhões."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google