A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Com o fio dos dias e das horas vamos tecendo a história da nossa vida...

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Com o fio dos dias e das horas vamos tecendo a história da nossa vida..."— Transcrição da apresentação:

1

2 Com o fio dos dias e das horas vamos tecendo a história da nossa vida...

3 Em seu silêncio, ela olha o infinito com a concentração e a serenidade de quem reza.

4 Rezará por alguém?

5 Em momentos de oração, nos acompanham as pessoas que amamos.

6 As pessoas que surgem naturalmente no coração em momentos de prece são aquelas verdadeiramente amadas.

7 E as pessoas que creem ter motivos para nos contemplarem com uma oração geralmente não são muitas, às vezes uma só.

8 Leva tempo e cuidado arar a terra que fecunda afeição e ternura.

9 Os caminhos da comunicação das almas são muitos, quantos ainda misteriosos...

10

11 A bisavó de 97 anos segura no colo a sua bisneta de 9 meses.

12 A fragilidade das mãos, a inocência do olhar.

13 O peso de tantos anos se contrapõe à leveza de tão poucos meses.

14 O amor que pulsa, e a vida que eternamente se renova.

15 O mundo que eu vi, quão diferente é do mundo que te espera...

16 Anos e anos a viver é muito tempo. Se cada um escrevesse a sua vida, que grande biblioteca seria.

17 De tão pequenas coisas depende, como se sabe, a felicidade das pessoas.

18 Uma pausa, um silêncio, uma presença, uma prece, um olhar...

19

20 O educador e poeta Rubem Alves nos recorda: A vida da gente não se mede pela quantidade de anos que se vive. A vida da gente se mede pela quantidade de alegria que se distribui.

21 O educador e poeta Rubem Alves nos recorda: A vida da gente não se mede pela quantidade de anos que se vive. A vida da gente se mede pela quantidade de alegria que se distribui. As alegrias compartilhadas.

22 O educador e poeta Rubem Alves nos lembra que: A vida da gente não se mede pela quantidade de anos que se vive. A vida da gente se mede pela quantidade de alegria que se distribui. Os mistérios do mundo, e os mistérios da vida.

23 A vida da gente não se mede pela quantidade de anos que se vive. Quem é rico em sonhos não envelhece nunca. Rubem Alves

24 A vida da gente não se mede pela quantidade de anos que se vive. Velhice é o tempo da verdade da alma. Rubem Alves

25 A vida da gente não se mede pela quantidade de anos que se vive. Toda alma é uma música que se toca. Rubem Alves

26 A vida da gente não se mede pela quantidade de anos que se vive. Deus existe para tranquilizar a saudade. Rubem Alves

27 A vida da gente não se mede pela quantidade de anos que se vive. A saudade é o rosto da eternidade refletido no rio do tempo. Rubem Alves

28 A vida da gente não se mede pela quantidade de anos que se vive. A saudade é a nossa alma dizendo para onde quer voltar. Rubem Alves

29 A vida da gente não se mede pela quantidade de anos que se vive. Quem experimenta a beleza está em comunhão com o sagrado. Rubem Alves

30 A vida da gente não se mede pela quantidade de anos que se vive. Os velhos terão rosto de criança se a criança eterna continuar viva dentro deles. Rubem Alves

31 Os velhos terão rosto de criança se a criança eterna continuar viva dentro deles. Rubem Alves A vida da gente não se mede pela quantidade de anos que se vive. Tema musical: A Moment Lost, Enya Formatação:

32

33


Carregar ppt "Com o fio dos dias e das horas vamos tecendo a história da nossa vida..."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google