A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CÉLULA VEGETAL CÉLULA – DO LATIM CELLULA, PEQUENA CELA ROBERT HOOKE INVENTOU O MICROSCÓPIO AO ANALISAR UMA CORTIÇA EM 1665.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CÉLULA VEGETAL CÉLULA – DO LATIM CELLULA, PEQUENA CELA ROBERT HOOKE INVENTOU O MICROSCÓPIO AO ANALISAR UMA CORTIÇA EM 1665."— Transcrição da apresentação:

1 CÉLULA VEGETAL CÉLULA – DO LATIM CELLULA, PEQUENA CELA ROBERT HOOKE INVENTOU O MICROSCÓPIO AO ANALISAR UMA CORTIÇA EM 1665

2 CÉLULA VEGETAL ROBERT BROWN DESCOBRIU O NÚCLEO EM 1831

3 UNIDADES ESTRUTURAIS E FUNCIONAIS QUE CONSTITUEM O ORGANISMOS VIVOS. PECULIARIDADE? CÉLULA VEGETAL

4 Não apresentam centríolos, mas fuso acromático. CÉLULA VEGETAL

5 PAREDE CELULAR: Envolve externamente a membrana plasmática e o conteúdo celular; Formada por microfibrilas de celulose; Lignina, proteínas e lipídios (subst. orgânicas) Substâncias lipídicas como suberina, cutina e ceras conferem impermeabilidade à água:

6 CÉLULA VEGETAL

7 A lignina é um polímero que envolve a fibra e a proteína, tornando-as inacessíveis à digestão enzimática. O teor de lignina nas plantas pode variar de 2 a 12% da matéria seca e a sua digestão, se ocorrer, não envolve mais do que 15-20% da lignina ingerida. Já a celulose é um dos mais abundantes compostos existentes na natureza e pode ser utilizado como fonte de energia pêlos animais ruminantes, graças a presença da enzima celulase nos microorganismos habitantes do rúmen. A natureza química da associação da lignina com a celulose e a hemicelulose ainda não está esclarecida, mas não há dúvida que a lignificação reduz a digestibilidade desses carboidratos complexos.

8 rev64_nutricao.htm

9 Pontoações

10

11 CÉLULA VEGETAL FUNÇÕES DA PAREDE CELULAR: Contém o protoplasto conferindo rigidez á célula; Previne a ruptura da membrana plasmática pela entrada de água; Contém enzimas relacionadas a vários processos metabólicos; Protege contra fungos e bactérias.

12 MEMBRANA PLASMÁTICA Situada internamente á parede celular FUNÇÕES: Controle de entrada e saída de substâncias (é semipermeável e seletiva); Este controle pode envolver gasto de energia; Pode ocorrer endocitose ou exocitose (substância mucilaginosa); Controla a produção da parede celular.

13 CITOPLASMA Matriz fluida onde se encontram núcleo organelas Principal componente é a água, contendo também: proteínas, carboidratos, lipídios, íons e metabólicos secundários Movimento de ciclose Funções: Reações bioquímicas; Troca de substancias p/ fora da célula e células adjacentes; Acumular substâncias para o metabolismo. MATRIZ CITOPLASMÁTICA

14 CITOPLASMA Plasmodesmos

15 VACÚOLO É uma estrutura característica da célula vegetal: apresenta o tonoplasto e sua estrutura se assemelha à membrana plasmática; Sua função é de armazenamento de substâncias. 90% DO ESPAÇO

16 PLASTÍDIOS OU PLASTOS São organelas que podem ter se originado de relações endossimbióticas; Existem basicamente três tipos, os quais, dois apresentam pigmentos. Originados a partir do proplastídio

17 CLOROPLASTOS Contém pigmentos do grupo das clorofilas, importantes para a fotossíntese, além de outros pigmentos; São mais diferenciados em folhas. Quando exposto a luz, forma e acumula amido

18 CLOROPLASTOS Tilacóides - Sistema de membranas; Arranjam-se como uma pilha de moedas (granum ou grana);

19 CROMOPLASTOS Contém pigmentos, entretanto não apresentam componentes relacionados à fotossíntese.

20 LEUCOPLASTOS Não contém pigmentos; Armazenam amido.

21 Microcorpos Semelhante às miticôndrias, representam sítios de utilização de oxigênio; Estão divididos em peroxissomos e glioxissomos. Perioxissomos - Presentes nas folhas e atuam na fotorrespiração; Glioxissomos - Oxidação de ácidos graxos.

22 Citoesqueleto Formam uma rede complexa de elementos proteicos. Microtúbulos: Atuam no crescimento e diferenciação das células. Componentes de flagelos de gametas; Filamentos intermediários: Manutenção da estrutura do núcleo. Microfilamentos: Movimento das organelas além de funções semelhantes aos microtúbulos.

23 Complexo de Golgi Conjunto de sacos discóides Síntese de compostos não celulósicos da parede celular; Acúmulo de substâncias envolvidas no odor.

24 Mitocôndrias Acretedita-se que são derivadas de bactérias simbióticas, possuem seu prórpio genoma e se auto duplicam; Constituem o sítio da respiração aeróbica celular; Obtém-se energia na forma de ATP;

25 Ribossomos Estão presentes no citoplasma, podendo ou não estar retidos no retículo endoplasmático. Também podem ser encontrados em plastídeos e mitocôndrias; Contém sítios onde são acoplados o RNAm e RNAt. São responsáveis pela síntese proteica.

26 Retículo endoplasmático Quando associado aos ribossomos são denominados retículo endoplasmático rugoso (RER) e do contrário, retículo endoplasmático liso (REL); Sistema de comunicação dentro da célula, possibilitando a distribuição das substâncias. RER – Síntese proteica; REL - Síntese lipídica.

27 Núcleo É uma das estruturas mais evidentes da célula; Contém as informações genéticas e desempenha papel fundamental nesta organização. É envolvido por membranas lipoproteicas (envoltório nuclear).

28 Funções do Núcleo Controla todas as atividades da célula; Está contido o genoma nuclear, que é responsável pela maior parte da informação genética.


Carregar ppt "CÉLULA VEGETAL CÉLULA – DO LATIM CELLULA, PEQUENA CELA ROBERT HOOKE INVENTOU O MICROSCÓPIO AO ANALISAR UMA CORTIÇA EM 1665."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google