A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS D. DINIS ESCOLA BÁSICA DOS 2º e 3º CICLOS D. DINIS – QUARTEIRA 2009-2010 Trabalho realizado pelos alunos do 5ºB com a ajuda.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS D. DINIS ESCOLA BÁSICA DOS 2º e 3º CICLOS D. DINIS – QUARTEIRA 2009-2010 Trabalho realizado pelos alunos do 5ºB com a ajuda."— Transcrição da apresentação:

1 AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS D. DINIS ESCOLA BÁSICA DOS 2º e 3º CICLOS D. DINIS – QUARTEIRA Trabalho realizado pelos alunos do 5ºB com a ajuda dos professores: Cecília Serra Jorge Manuel Barros Maria Graciete Faria Maria Manuela Figueiredo

2

3 REVESTIMENTO: penas SIMETRIA: bilateral HABITAT: montanhas (ex: Alpes) LOCOMOÇÃO: voo REGIME ALIMENTAR: carnívora ÁGUIA REAL

4 Medidas para evitar a extinção da Águia-Real Não destruir os seus alimentos através da prática da caça; Não perturbar os seus ninhos nos períodos de incubação; Não caçar as Águias-Reais.

5 REVESTIMENTO: pêlo acastanhado SIMETRIA: bilateral HABITAT: selvas e florestas LOCOMOÇÃO: marcha e corrida REGIME ALIMENTAR : carnívoro LINCE IBÉRICO

6 Criar mais habitats artificiais para que os linces se reproduzam; Fazer com que os caçadores não os matem, proibindo a caça; Publicar anúncios/apelos no jornal da escola de forma a evitar a extinção deste animal; Não destruir os habitats do lince; Não destruir a vegetação de que se alimentam os roedores, a sua principal presa. Medidas para evitar a extinção do Lince Ibérico

7 REVESTIMENTO: pêlos (que podem variar em vários tons de castanho). SIMETRIA: bilateral HABITAT: florestas e selvas LOCOMOÇÃO: corrida e marcha REGIME ALIMENTAR: carnívoro (prefere roedores e veados). PUMA

8 Evitar a caça do Puma; Não poluir as águas, pois os animais podem bebê-las e morrer envenenados; Não destruir os habitats do Puma; Deixá-los viver em liberdade. Medidas para evitar a extinção do Puma

9 REVESTIMENTO: pêlos brancos com riscas pretas SIMETRIA: bilateral HABITAT: florestas húmidas, bosques e estepes geladas da Sibéria - Rússia. LOCOMOÇÃO: corrida e marcha REGIME ALIMENTAR: carnívoro TIGRE DA SIBÉRIA

10 Não caçar nenhuma das espécies que fazem parte do seu regime alimentar; Não caçar a sua espécie; Não destruir o seu habitat; Criar mais habitats artificiais. Medidas para evitar a extinção do Tigre da Sibéria

11 REVESTIMENTO: escamas SIMETRIA: bilateral HABITAT: vive nas ilhas Komodo, Rinca, Gili Motang e Flores, na Indonésia. LOCOMOÇÃO: marcha REGIME ALIMENTAR: carnívoro DRAGÃO DE KOMODO

12 Não destruir o seu habitat; Não matar/caçar estes animais. Medidas para evitar a extinção do Dragão de Komodo

13 REVESTIMENTO: pêlos SIMETRIA: bilateral HABITAT: este animal habita nas florestas da Austrália. LOCOMOÇÃO: marcha (passam de uma árvore para a outra quando as folhas não são suficien- tes para saciar a sua fome). REGIME ALIMENTAR: herbívoro (alimenta-se de folhas de eucalipto). COALA

14 Não fazer queimadas nas florestas de eucaliptos; Não poluir o meio ambiente; Não caçar Coalas para fabricar roupas com a sua pele. Medidas para evitar a extinção do Coala

15 REVESTIMENTO: pêlo branco SIMETRIA: bilateral HABITAT: gelo LOCOMOÇÃO: marcha e corrida REGIME ALIMENTAR: carnívoro (comem focas, morsas, marmotas, carcaças de baleias, peixes, aves marinhas e ovos). URSO POLAR

16 Contribuir para a diminuição do aquecimento global de forma a não afectar os animais que vivem no gelo como por exemplo o Urso Polar; Evitar caçá-lo, porque se todos os humanos o fizerem ele acabará por ficar extinto; Não os matar; Não os deslocar do seu habitat natural; A poluição ambiental é outra ameaça. Estando no topo da cadeia alimentar, o Urso Polar concentra substâncias tóxicas no seu organismo devido ao que come, podendo levar à sua morte. Medidas para evitar a extinção do Urso Polar

17 REVESTIMENTO: pêlo castanho, cinzen- to, branco e preto. SIMETRIA: bilateral HABITAT: quase todo o Hemisfério Norte LOCOMOÇÃO: marcha e corrida REGIME ALIMENTAR: carnívoro LOBO IBÉRICO

18 Preservar os seus habitats; Não os deslocar do seu habitat natural; Não os matar; Não poluir as águas perto de locais onde possam existir estes ou outros animais que a consumam ou que vivam nesse habitat. Medidas para evitar a extinção da Lobo Ibérico

19 REVESTIMENTO: pêlos castanhos SIMETRIA: bilateral HABITAT : este animal vive em grutas, flores- tas e cavernas. LOCOMOÇÃO: este animal desloca-se por marcha REGIME ALIMENTAR: omnívoro (este animal alimenta-se de carne, peixe, frutas silvestres e mel). URSO PARDO

20 Para evitar a sua extinção não devemos poluir o ambiente, nem abater as árvores; Não caçar os Ursos Pardos; Não fazer fogueiras nas florestas, etc. Medidas para evitar a extinção do Urso Pardo

21 REVESTIMENTO: pêlo com manchas pretas SIMETRIA: bilateral HABITAT: savanas africanas LOCOMOÇÃO: corrida (por vezes marcha) REGIME ALIMENTAR: carnívora CHITA

22 Não matar as Chitas para adquirir as suas peles para roupa, etc; Não matar os pais para ficar com as crias; Não destruir os seus habitats; Não retirar as Chitas do seu habitat natural. Medidas para evitar a extinção da Chita

23 REVESTIMENTO: pêlo SIMETRIA: bilateral LOCOMOÇÃO: marcha e corrida HABITAT: florestas da América do Norte REGIME ALIMENTAR: herbívoro BISONTE

24 Não destruir o seu Habitat; Não caçar o bisonte. Medidas para evitar a extinção do Bisonte

25 REVESTIMENTO: pêlo com listas pretas e brancas SIMETRIA: bilateral HABITAT: Índia LOCOMOÇÃO: marcha e corrida REGIME ALIMENTAR: carnívoro TIGRE BRANCO

26 Não matar o Tigre Branco; Não destruir o seu habitat. Medidas para evitar a extinção do Tigre Branco

27 REVESTIMENTO: pêlos pretos e brancos SIMETRIA: bilateral HABITAT: este animal vive nas florestas de regiões montanhosas do sudoeste da China. LOCOMOÇÃO: este animal desloca-se no solo por marcha REGIME ALIMENTAR: omnívoro (apesar de se alimentar principalmente de folhas e brotos de bambu, comem também alguns insectos e ovos como fonte de proteínas.) PANDA

28 Evitar caçar o Panda; Evitar poluir o ambiente, pois se poluirmos o seu habitat, ele pode desaparecer; Não devemos fazer fogueiras, pois podem destruir o seu habitat; Evitar o abate das florestas para as converter em campos de cultivo. Medidas para evitar a extinção do Panda

29 REVESTIMENTO: escamas SIMETRIA: bilateral HABITAT: vivem em florestas tropicais LOCOMOÇÃO: marcha REGIME ALIMENTAR: herbívora IGUANA

30 Evitar caçar Iguanas; Não poluir nem destruir o seu habitat natural; Para evitar a extinção da Iguana, nós devemos preservá-la; Não devemos apanhar os seus ovos, etc. Medidas para evitar a extinção da Iguana

31 REVESTIMENTO: pêlos SIMETRIA: bilateral HABITAT: regiões montanhosas dos Himalaias e no sul da China LOCOMOÇÃO: marcha REGIME ALIMENTAR: omnívoro PANDA VERMELHO

32 Não destruir os seus habitats; Não matar as crias e os progenitores; Não destruir as florestas com árvores de bambu. Medidas para evitar a extinção do Panda Vermelho

33 REVESTIMENTO: exterior por placas calcáricas e no corpo por pele nua. SIMETRIA: bilateral HABITAT: lagos e lagoas LOCOMOÇÃO: natação e reptação REGIME ALIMENTAR: omnívoro CÁGADO

34 Não poluir, nem destruir o seu habitat; Limpar os rios, os lagos e as lagoas regularmente; Não matar os Cágados; Não destruir a vegetação. Medidas para evitar a extinção do Cágado

35 REVESTIMENTO: pêlos SIMETRIA: bilateral HABITAT: lagos, lagoas e rios da Austrália. LOCOMOÇÃO: semi-aquático (marcha e natação). REGIME ALIMENTAR: piscívoro ORNITORRINCO

36 Não destruir os seus habitats, Não matar os progenitores; Não poluir os lagos, as lagoas e os rios. Medidas para evitar a extinção do Ornitorrinco

37 REVESTIMENTO: placas calcáricas (lisas, granulosas e espinhosas). SIMETRIA: radiada (neste caso pentarradiada) HABITAT: fundo do mar LOCOMOÇÃO: marcha lenta (estes animais movem-se usando a retracção e a distensão dos seus pés ambulacrários). REGIME ALIMENTAR: carnívora ESTRELA-DO-MAR

38 A Estrela-do-Mar não deve ser pescada; Evitar comercializar produtos construídos com Estrelas-do-Mar; Não as deslocar do seu habitat natural; Evitar apanhá-las para vender ou para outros fins. Medidas para evitar a extinção da Estrela-do-Mar

39 REVESTIMENTO: pele SIMETRIA: bilateral HABITAT: África (charcos, rios, etc.) LOCOMOÇÃO: marcha e natação REGIME ALIMENTAR: herbívoro (nenúfares, herbáceas, gramíneas, etc.) HIPOPÓTAMO

40 Não destruir o seu Habitat; Não os matar para não destruir o equilíbrio natural das zonas onde habitam. Medidas para evitar a extinção do Hipopótamo

41 OLHE POR ELES! Considera-se um animal em vias de extinção quando o número de indivíduos da sua espécie é muito reduzido e correm perigo de desaparecerem se não forem protegidos. Diogo Teixeira (Adaptado)

42 LOCOMOÇÃO

43 REGIME ALIMENTAR

44 REVESTIMENTO

45 PENSAMENTOS Os animais, as águas, as plantas, e os ares FIM são partes da Natureza que me ajudam a viver. Respeitando-as É a mim que respeito. Catarina Emídio Os animais em vias de extinção têm como principal inimigo na sua preservação, o animal racional – HOMEM Adaptado Jorge Barros Ao realizarmos este trabalho conseguimos perceber, principalmente, a importância da preservação de determinadas espécies no nosso planeta TERRA Jéssica Betoque - OS ALUNOS DO 5º B As causas da extinção incluem a poluição, a destruição do habitat e a introdução de novos predadores Diogo Teixeira Não conseguimos entender como é possível que o SER HUMANO não admire, respeite e proteja estes animais Alunos do 5ºB


Carregar ppt "AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS D. DINIS ESCOLA BÁSICA DOS 2º e 3º CICLOS D. DINIS – QUARTEIRA 2009-2010 Trabalho realizado pelos alunos do 5ºB com a ajuda."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google